ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE...

of 32 /32
1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro Mairinque/SP CNPJ (MF) 45.944.428/0001-20 CEP: 18.120.000 / Fone (11) 4718-9090 2º ROTEIRO 2º SEMESTRE ATIVIDADES DOMICILIARES - EJA II 3º TERMO ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES As atividades domiciliares poderão ser impressas ou retiradas na unidade escolar de acordo com o cronograma abaixo. Retirada do 2º roteiro de atividades 2º bimestre 8h às 12h e 13h às 16h 01 de setembro 3ª FEIRA 2º e 3º termo 02 de setembro 4ª FEIRA 4º termo Devolução do 2º roteiro de atividades 2º bimestre 8h às 12h e 13h às 16h 06 de outubro 3ª feira 2º e 3º termo 07 de outubro 4ª feira 4º termo As mesmas deverão ser realizadas no roteiro impresso ou folha à parte que deverá ser anexada ao material a ser entregue na escola. Procure um lugar tranquilo, sente-se bem acomodado e de preferência com o caderno apoiado numa mesa para fazer as atividades. Quando necessitar, solicite ou busque ajuda para realizá- las. Sugerimos que a sequência de atividades seja realizada um pouco a cada dia. Para garantir aprendizado e aproveitamento do seu tempo não deve deixar acumular atividades e/ou, querer fazer num único dia. Ao fazer os registros deve lembrar-se da necessidade de organização e cuidado com o documento de registro de suas tarefas (o seu caderno), não se esqueça de colocar a data no início nas atividades diárias. Importante: não se esqueça de fazer uma leitura diária, do material que tiver em casa: revistas, livros, jornais, rótulos de produtos, propagandas, embalagens, bulas, cartazes, letreiros, ou qualquer outro material que tenha e possa ser lido. Reserve um horário do dia para uma leitura. Nome Completo:

Transcript of ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE...

Page 1: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

1

PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP CNPJ (MF) 45.944.428/0001-20 – CEP: 18.120.000 / Fone (11) 4718-9090

2º ROTEIRO – 2º SEMESTRE

ATIVIDADES DOMICILIARES - EJA II – 3º TERMO

ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

• As atividades domiciliares poderão ser impressas ou retiradas na unidade escolar de acordo

com o cronograma abaixo.

Retirada do 2º roteiro de atividades – 2º bimestre 8h às 12h e 13h às 16h

01 de setembro – 3ª FEIRA 2º e 3º termo

02 de setembro – 4ª FEIRA 4º termo

Devolução do 2º roteiro de atividades – 2º bimestre 8h às 12h e 13h às 16h

06 de outubro – 3ª feira 2º e 3º termo

07 de outubro – 4ª feira 4º termo

• As mesmas deverão ser realizadas no roteiro impresso ou folha à parte que deverá ser anexada

ao material a ser entregue na escola.

• Procure um lugar tranquilo, sente-se bem acomodado e de preferência com o caderno apoiado

numa mesa para fazer as atividades. Quando necessitar, solicite ou busque ajuda para realizá-

las.

• Sugerimos que a sequência de atividades seja realizada um pouco a cada dia.

• Para garantir aprendizado e aproveitamento do seu tempo não deve deixar acumular atividades

e/ou, querer fazer num único dia.

• Ao fazer os registros deve lembrar-se da necessidade de organização e cuidado com o

documento de registro de suas tarefas (o seu caderno), não se esqueça de colocar a data no

início nas atividades diárias.

• Importante: não se esqueça de fazer uma leitura diária, do material que tiver em casa: revistas,

livros, jornais, rótulos de produtos, propagandas, embalagens, bulas, cartazes, letreiros, ou

qualquer outro material que tenha e possa ser lido.

• Reserve um horário do dia para uma leitura.

Nome Completo:

Page 2: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

2

O COMBATE À COVID 19 DEPENDE DE TODOS NÓS

DICAS AMBIENTAIS PARA OS TEMPOS DE ISOLAMENTO

http://meioambientenasescolas.org.br/dicas-ambientais/estudantes-e-familias/

Page 3: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

3

LÍNGUA PORTUGUESA

Variação Linguística

Variação linguística é uma expressão empregada para denominar como os indivíduos que

compartilham a mesma língua têm diferentes formas de utilizá-la.

Essa diversidade de escrita e fala decorre de fatores geográficos, socioculturais,

temporais e contextuais. Todas as variedades linguísticas têm o seu valor e sua importância. Mas

saber usar bem uma língua significa saber empregar a variedade linguística mais adequada a cada

situação.

A comunicação é inerente ao convívio social. No trabalho e na sociedade, você convive com

pessoas e grupos diferentes que exercem papéis e funções distintas e, para cada situação de fala,

você precisa se comunicar de forma adequada para se fazer entendido.

Linguagem Culta e Linguagem Coloquial

A linguagem culta ou norma culta é um conjunto de padrões linguísticos que definem o uso

correto de uma língua. É também a variedade linguística de maior prestígio social, pois segue

rigorosamente às normas gramaticais.

Características:

• Segue as normas gramaticais;

• É usada em situações formais;

• Há uma seleção cuidadosa das palavras;

• Variante prestigiada;

• Ensinada nas escolas.

A linguagem coloquial, informal ou popular é uma linguagem utilizada no cotidiano em que

não exige a atenção total da gramática, de modo que haja mais fluidez na comunicação oral. Na

linguagem informal usam-se muitas gírias e palavras que na linguagem formal não estão

registradas ou têm outros significados.

Características:

• Utilizada em relações informais;

• Sem preocupações com as regras da gramática normativa;

• Presença de coloquialismos (expressões próprias da fala), tais como: pega leve, se toca, tá

rolando, etc.

• Uso de gírias;

• Uso de formas reduzidas ou contraídas (pra, cê, peraí, etc.);

• Uso de " a gente" no lugar de nós;

• Uso frequente de palavras para articular ideias (assim, aí, então, etc).

Observe os exemplos:

Page 4: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

4

(Linguagem culta) (Linguagem coloquial)

Questão 1 - Observe a imagem abaixo retirada do Facebook e responda às perguntas: a, b e c.

a) Qual linguagem o personagem da imagem acima usou para se expressar: linguagem culta ou

coloquial?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

b) Observando bem a imagem, diga pelo menos dois motivos que contribuem para que o

personagem fale dessa forma.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

c) Esse jeito como o personagem falou dá para o ouvinte / leitor compreender? Por quê?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 5: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

5

Questão 2 - Leia o texto abaixo e assinale a resposta correta.

Gerente – Boa tarde. Em que eu posso ajudá-lo?

Cliente – Estou interessado em financiamento para compra de veículo.

Gerente – Nós dispomos de várias modalidades de crédito. O senhor é nosso cliente?

Cliente – Sou Júlio César Fontoura, também sou funcionário do banco.

Gerente – Julinho, é você, cara? Aqui é a Helena! Cê tá em Brasília? Pensei que você inda

tivesse na agência de Uberlândia! Passa aqui pra gente conversar com calma.

BORTONI-RICARDO, S. M. Educação São Paulo: Parábola, 2004 (adaptado em língua materna).

Na representação escrita da conversa telefônica entre a gerente do banco e o cliente, observa-se

que a maneira de falar da gerente foi alterada de repente devido:

a) ( ) a adequação de sua fala à conversa com um amigo, caracterizada pela informalidade.

b) ( ) a iniciativa do cliente em se apresentar como funcionário do banco.

c) ( ) ao fato de ambos terem nascido em Uberlândia (Minas Gerais).

d) ( ) a intimidade forçada pelo cliente ao fornecer seu nome completo

e) ( ) ao seu interesse profissional em financiar o veículo de Júlio.

Leia a tirinha abaixo para responder às questões: 3, 4, 5, 6 e 7.

Questão 3 - O humor da tira é construído a partir das diferenças de uso da língua portuguesa. No

1º quadrinho, o papagaio fala algumas palavras que causam estranhamento à mulher. Quais são?

a) ( ) Bicicreta, cocrete,cardeneta

b) ( ) Bicicleta, croquete, cardeneta

c) ( ) Nossa, bicicleta, cocrete

d) ( ) N.D.A (nenhuma das alternativas)

Page 6: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

6

Questão 4 - Como provavelmente a mulher diria essas palavras:

a) ( ) bike, cocrete, caderneta

b) ( ) bicicleta, croquete, cardeneta

c) ( ) bicicleta, croquete, caderneta

d) ( ) N.D.A (nenhuma das alternativas)

Questão 5- Como os papagaios aprendem a falar?

a) ( ) imitando as pessoas com as quais convive

b) ( ) com as pessoas que não convivem

c) ( ) com seus pais

d) ( ) N.D.A (nenhuma das alternativas)

Questão 6- No 2º quadrinho, a mulher procura o comerciante para devolver o papagaio. Qual é a

provável relação entre o homem e o papagaio?

a) ( ) ele deve ser o dono anterior

b) ( ) ele deve ser um fonoaudiólogo

c) ( ) ele deve ser um veterinário

d) ( ) N. D.A ( nenhuma das alternativas)

Questão 7- A surpresa e a graça da tira estão na fala do comerciante. O que a fala dele revela?

a) ( ) a fala do comerciante está de acordo com a norma padrão.

b) ( ) a fala do comerciante está empregada de forma irônica

c) ( ) a fala do comerciante revela que o papagaio aprendeu a falar com ele, pois ele também

emprega a língua de uma forma diferente da norma- padrão.

d) ( ) N.D.A. (nenhuma das alternativas)

Questão 8- Leia à música a seguir e faça o que se pede:

Tenho visto tanto coisa nesse mundo de meu Deus

Coisas que prum cearense não existe explicação

Qualquer pinguinho de chuva fazer uma inundação

Moça se vestir de cobra e dizer que é distração

Vocês cá da capitá me adiscurpe essa expressão

No Ceará não tem disso não...

Tem disso não, tem disso não...(Luiz Gonzaga)

a) Qual linguagem foi usada para escrever essa música?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

b) Essa linguagem atrapalhou o entendimento da música?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 7: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

7

c) Se essa música fosse escrita/cantada seguindo à risca a norma culta da língua, continuaria

com a mesma beleza melódica?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

d) Retire desta música palavras e expressões da linguagem coloquial.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 9 - Que tipo de linguagem (culta ou coloquial) podemos ou devemos usar nas seguintes

situações?

a) Falando em público sobre política. ________________________________________________

b) Numa pequena mensagem de celular para um amigo próximo. __________________________

c) Numa pequena mensagem de celular para o seu professor de português. _________________

d) Numa carta de reclamação para a presidente Dilma. __________________________________

e) Numa conversa na praça entre amigos. ____________________________________________

f) Um debate numa conferência nacional sobre meio ambiente. ___________________________

g) Um bilhete para irmã, explicando que você foi a padaria comprar pão. ____________________

h) Um bilhete para a diretora da sua escola, explicando o porquê da sua falta de hoje. _________

i) Uma redação solicitada pelo professor de português. __________________________________

Observe: Preposição

A preposição é uma palavra invariável, ou seja, não é alterada em número (singular/plural)

ou gênero (masculino/feminino) tem a função de ligar dois elementos de uma frase, estabelecendo

uma relação entre eles. Essa relação pode ser de: posse, modo, lugar, causa, fim, entre outras.

Page 8: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

8

Locuções Prepositivas: As locuções prepositivas são grupos de duas ou mais palavras que têm

a função de uma preposição. A última palavra dessas locuções é sempre uma preposição.

Questão 10 - Complete as frases com as preposições em destaque.

de

para

com

após

contra

pela

desde

sem

entre

até

sob

por

a) As crianças brincam __________ anoitecer.

b) Comprei um presente _________ o meu pai.

c) Meus amigos discutiram ________ si, e alguns ficaram _______ mim.

d) Mariano encontrou o bolo _________ a mesa.

e) O pássaro entrou __________ janela do quarto.

f) Mamãe serviu o sorvete _________ o jantar.

g) Hoje, lembrei-me _________ você __________muita saudade.

h) Comprei um sorvete e fiquei _______ dinheiro.

i) Lucas passa _________ aqui toda a tarde.

j) João não aparece aqui _________ domingo.

Questão 11 - Circule as preposições existentes nas frases a seguir.

a) Após alguns minutos, resolvi intervir.

b) Estou decidido: agora, vou até o fim!

c) Quando percebemos, já tinha voltado com o

irmão.

d) Trazia a arma sob a camisa.

e) Muita gente ainda morre de fome no Brasil.

f) Vou sair daqui a pouco.

g) Saímos para almoçar.

h) Passei a noite em uma cabana.

i) Consertei o carro com o alicate.

j) Marcelo e Francisco realizaram um debate

sobre política e economia.

Page 9: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

9

MATEMÁTICA

RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO CONJUNTO N

Cálculo de um valor desconhecido

A adição e a subtração são operações inversas.

Veja:

Adição Subtração

a) 3 + 4 = 7 3 = 7 – 4

b) 9 + 5 = 14 9 = 14 – 5

A multiplicação e a divisão são operações inversas.

Veja

Multiplicação Divisão

a) 2. 5 = 10 5 = 10: 2

b) 3. 7 = 21 7 = 21: 3

Exercícios resolvidos:

1)

x + 17 = 25

x = 25 – 17

x = 8

2)

10 + x = 15

x = 15 – 10

x = 5

3)

x – 4 = 12

x = 12 + 4

x = 16

4)

15 – x = 8

15 = 8 + x

8 + x = 15

x = 15 – 8

x = 7

Page 10: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

10

Exercícios

Questão 1 - Calcule o valor de x:

a) x + 5 = 8

b) x + 6 = 10

c) x + 13 = 54

d) x + 27 = 42

e) x + 10 = 21

f) x + 12 = 78

g) 4 + x = 9

h) 9 + x = 43

i) 18 + x = 54

Questão 2 - Calcule o valor de x:

a) x – 1 = 7

b) x – 4 = 9

c) x – 3 = 15

d) x – 19 = 12

e) x – 18 = 54

f) x – 37 = 13

g) 8 – x = 7

h) 10 – x = 3

i) 30 – x = 14

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

Calcular o valor de x:

1)

3.x + 10 = 31

3.x = 31 – 10

3.x = 21

x = 21: 3

x = 7

2)

2 . x – 5 = 13

2 . x = 13 + 5

2 . x = 18

X = 18 : 2

X = 9

EXERCÍCIOS

Questão 3 - Calcule o valor de x:

a) 2x + 1 = 7

b) 5x - 2 = 8

c) 2x + 1 = 15

d) 6x - 3 = 9

e) 5x - 2 = 23

f) 3x + 1 = 76

g) 3x - 2 = 16

h) 4x + 1 = 33

i) 7x - 1 = 41

j) 5x - 10 = 80

k) 5x + 3 = 78

l) 3x - 7 = 65

Page 11: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

11

CIÊNCIAS

Page 12: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

12

Page 13: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

13

Page 14: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

14

Page 15: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

15

Page 16: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

16

Page 17: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

17

Page 18: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

18

Page 19: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

19

Page 20: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

20

Page 21: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

21

HISTÓRIA A REFORMA E CONTRARREFORMA

A Reforma foi um movimento europeu de criação de novas igrejas e credos religiosos, em

oposição aos dogmas católicos.

Já a Contrarreforma foi a resposta da Igreja Católica contra estes movimentos, que

ameaçavam diminuir seu número de fiéis, sua influência política e, principalmente, sua riqueza.

Em cada país, a disputa entre Reforma e Contrarreforma aconteceu de forma diferente e em

algumas regiões, como em Roma, sede da Igreja Católica Apostólica, sequer houve um movimento

importante de Reforma.

Enquanto em lugares como Inglaterra, Suíça, e, principalmente, no Sacro Império Romano-

Germânico (a Alemanha como conhecemos hoje, não existia ainda), tivemos os principais

movimentos reformistas.

Sendo assim, precisamos separar os acontecimentos nestas três regiões, para que tudo fique claro

sobre as principais reformas religiosas.

Os primeiros pontos que precisamos destacar são os motivos para que tantos religiosos

europeus quisessem reformar a Igreja, porque é isso que explica o que foi a Reforma

Protestante.

Por volta do século XV (anos 1400), com o desenvolvimento das grandes navegações e o

renascimento comercial, começou a se estabelecer uma nova classe social, que enriquecia

nestas novas atividades.

Esta classe, chamada de burguesia, incluía banqueiros e grandes comerciantes. Ao

enriquecer, se colocavam contra a Igreja Católica por alguns motivos principais:

• Pecado da usura: para o catolicismo, o enriquecimento era pecado, mas a própria

Igreja possuía terras e, principalmente, enriquecia cobrando indulgências (doações como forma

de se redimir dos pecados).

• O crescimento do pensamento científico: conforme o conhecimento científico se desenvolvia,

as sociedades europeias passavam a discutir os fundamentos da própria fé, procurando novas

formas de se relacionar com a ideia de Deus.

• A influência política da Igreja Católica: o catolicismo dominou a Europa durante toda a Idade

Média, tendo muita influência sobre a organização política e social das nações. As reformas

religiosas pretendiam alterar este quadro.

Por outro lado, cada um dos Estados principais teve particularidades em seu movimento de reforma.

Vejamos quais foram.

LUTERANISMO

No início do século XVI (anos 1500), no antigo Sacro Império Romano-Germânico, Martinho

Lutero desenvolveu suas famosas 95 teses contra a Igreja Católica. Entre elas, duas são mais

importantes para o nosso conhecimento:

• Condenação da prática das indulgências;

• Condenação da veneração de imagens e figuras sagradas que não fossem o próprio Deus.

Page 22: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

22

As indulgências eram uma das principais fontes de renda da Igreja e, pior, se a humanidade

deveria venerar apenas a Deus, o próprio Papa perdia seu caráter sagrado.

Por isso, Lutero foi convocado, em 1521, a se retratar perante a Igreja, desmentindo suas teses.

No entanto, ele se manteve firme e, pouco depois, ajudou a disseminar o protestantismo pela

Europa, ao demonstrar que era possível se opor ao poder do papado.

CALVINISMO

Com o luteranismo crescendo no norte da Europa, vários teólogos europeus começaram a

propagar ideias reformistas mais ou menos baseadas nas teses de Lutero.

Um destes teólogos foi o francês João Calvino, que pregando na Suíça, propôs a chamada tese

da predestinação.

Para ele, os homens já nasciam destinados a serem salvos ou não, ou seja, eram escolhidos

por Deus. O enriquecimento, através do trabalho honesto e justo, servia como prova desta

predestinação.

Em outras palavras, não havia porque pagar indulgências para a Igreja Católica e, assim, as

ideias de Calvino em conjunto com outros teólogos deram origem ao calvinismo, que se espalhou

por vários países europeus, incluindo França, Escócia, Países Baixos, Portugal e Espanha, além

da própria Inglaterra.

ANGLICANISMO

O anglicanismo foi um movimento um pouco diferente das demais reformas religiosas, porque

se tratava de um movimento do Estado inglês.

No século XVI, o rei Henrique VIII solicitou a permissão do Papa para anular seu casamento. Como

o pedido foi negado, o rei iniciou a reforma inglesa, contando com características singulares:

• Aliança da nobreza contra a Igreja Católica;

• Desapropriação das terras da Igreja Católica, com a posse passando para o Estado e a

nobreza;

• A nova Igreja Anglicana fundada pelo próprio Estado inglês.

A base teológica do anglicanismo é similar ao luteranismo e ao calvinismo, mas o fato de ser

uma reforma patrocinada pelo Estado, conferiu a esta corrente religiosa um grande poder.

Porém, como estamos falando de Reforma e Contrarreforma, precisamos ver qual foi a resposta

da Igreja Católica contra estes movimentos que ameaçavam sua existência.

O QUE FOI A CONTRARREFORMA

Com tantas reformas ocorrendo, era natural que houvesse uma Contrarreforma Católica, mas

como seria esta nova reforma?

Como a história já mostrou, toda vez que ocorre uma disputa pelo poder, mesmo no campo

religioso, raramente o desenvolvimento é pacífico.

Quem está sendo ameaçado, tende a lutar com unhas e dentes para manter sua posição, assim

como quem tenta mudar as coisas, também não desiste.

Page 23: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

23

Por isso, o movimento de Reforma e Contrarreforma gerou uma série de conflitos armados

e massacres por toda a Europa, agravados a partir do momento em que a Igreja Católica resolveu

perseguir os reformistas.

Para resumir as medidas da Contrarreforma Católica ao longo do século XVI, podemos destacar:

• Criação dos jesuítas, considerados os “soldados da Igreja”: tinham a função de arrebanhar

novos fiéis ao redor do mundo, como forma de compensar a perda de influência na Europa;

• Concílio de Trento (1545 a 1563): reafirmação dos dogmas católicos, contra todos os

movimentos reformistas;

• Restauração da Inquisição: um tribunal permanente para julgamento dos reformistas. Um ponto

importante que precisamos tratar separadamente.

CONTRARREFORMA: INQUISIÇÃO

A Inquisição teve seu grande momento no século XIII (anos 1200), mas durante a Contrarreforma

Católica, os tribunais eclesiásticos voltaram a perseguir hereges e infiéis, conforme as disputas

ocorriam por toda a Europa.

No entanto, é preciso lembrar que a Igreja já não tinha mais o mesmo poder de antes e, assim,

as possibilidades da Inquisição estavam restritas, principalmente:

• A proposta de excomunhão daqueles considerados hereges;

• A criação de listas de livros proibidos.

Para encerrar, basta dizer que até hoje, passados séculos destes eventos, ainda vemos efeitos

distantes, diluídos na sociedade moderna, em países como a Irlanda, por exemplo,

onde católicos e protestantes mantém a disputa pela hegemonia social e política até hoje.

Fontes Bibliográficas:

https://www.stoodi.com.br/blog/historia/reforma-e-contrarreforma/ acesso 13/08/2020

://www.todamateria.com.br/reforma-protestante/ acesso dia 13/08/2020

https://ensinarhistoriajoelza.com.br/sobre-a-reforma religiosa/ - Blog: Ensinar História - Joelza Ester

Domingues acesso dia 13/08/2020

ATIVIDADES

Questão 1 - A partir de profundo estudo do pensamento de Santo Agostinho, o teólogo Martinho

Lutero foi o primeiro a organizar um movimento bem sucedido contra o clero católico. Com base

nessa afirmação, responda:

a) ( ) Quem era Lutero?

b) ( ) Quais as críticas fundamentais que Lutero fez contra a Igreja Católica?

c) ( ) Que argumentos ele utilizou para condenar a venda das indulgências?

d) ( ) Quais foram as consequências do gesto de Lutero

e) ( ) Exponha e comente sobre as noções religiosas inovadoras pregadas por Lutero.

Page 24: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

24

Questão 2 - Perdão à venda

Essa gravura, de Joerg Breu, c.1500, mostra sacerdotes (a cavalo) e agentes de banqueiros

(sentados) vendendo cartas de indulgências.

a) ( ) O que eram as indulgências?

b) ( ) O que o artista representa nesta cena

projetada?

c) ( ) Quem são os personagens retratados?

d) ( ) Quem está vendendo?

e) ( ) O que aconteceria com os fiéis e também

com seus mestres que acreditassem estar

salvos através da compra da indulgência,

segundo Lutero?

Questão 3 - Sintetize os fatores que explicam a crise da Igreja Católica.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 4 - Explique a origem dos termos Luteranismo, Calvinismo, Anglicanismo.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 5 - Comente uma característica de cada doutrina que a distingue das outras.

a) Luteranismo: _________________________________________________________________

b) Calvinismo: __________________________________________________________________

c) Anglicanismo: _________________________________________________________________

Questão 6 - Por que o Calvinismo atraiu tantos comerciantes e banqueiros?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 7 - Segundo Calvino, o homem já nasce predestinado à salvação ou condenação eternas,

e um dos sinais da salvação é a riqueza acumulada através do trabalho.

Estabeleça a relação entre a expansão da doutrina calvinista e o fortalecimento do capitalismo no

século XVI.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 25: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

25

Questão 8 - Em um dicionário histórico, encontramos a seguinte definição: "Contrarreforma - O

termo abrange tanto a ofensiva ideológica contra o protestantismo quanto os movimentos de

Reforma e reorganização da Igreja Católica, a partir de meados do século XVI." (DICIONÁRIO DO

RENASCIMENTO ITALIANO, Zahar Editores, 1988)

a) Dê as principais características da Contrarreforma.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

b) Explique o que foi a Inquisição.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 9 - A análise dos textos e os conhecimentos sobre a Reforma permitem concluir:

(apenas leitura)

(01) O movimento luterano questionou a infalibilidade papal e o seu poder de conceder a salvação aos

cristãos.

(02) A Igreja Católica, no século XVI, foi contestada pelo caráter comercial que atribuiu às relações entre

Deus e os fiéis.

(04) Os "pregadores das indulgências" mencionados na tese luterana contribuíram decisivamente para o

aumento do poder real, pois atribuíam aos reis a indicação definitiva dos que deveriam ser salvos para o

reino da glória. (08) Erasmo de Rotterdam, quando afirmou que os bispos "deixam o cuidado do rebanho a

Cristo", demonstrava a preocupação dos dignitários da Igreja com a vida material e espiritual das camadas

populares, no século XVI.

(16) Quando Calvino afirmou que "O trabalhador é o que mais se assemelha a Deus", enaltecia a dignidade

do trabalho e reivindicava a melhoria das relações trabalhistas.

(32) "O pobre é suspeito de preguiça, o que constitui uma injúria a Deus"; a afirmativa de Calvino encorajava

o trabalhador e o lucro, o que favoreceu significativamente a construção de uma justificativa ética para o

enriquecimento da burguesia.

(64) A crise da Igreja Católica, no século XVI, propiciou, entre outras transformações socioeconômicas e

político culturais, o desenvolvimento do nacionalismo no Estado Moderno.

Questão 10 - A Reforma Católica significou uma reconciliação com as novas ideias religiosas ou a

reafirmação da doutrina estabelecida pela Igreja Católica? Explique.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 26: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

26

GEOGRAFIA

Questão 1 - Sobre as vegetações do mundo defina:

a) ( ) tundra b) ( ) pradarias c) ( ) estepes d) ( ) savanas

Questão 2 - Como é o solo, a cobertura vegetal, a fauna, o clima e o aproveitamento econômico

da Floresta de Conífera?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 3 - Explique a importância dos incêndios naturais para o cerrado.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 4 - Qual o benefício econômico para os países que detém uma grande biodiversidade?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 5 - O que é o Protocolo de Kyoto?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 6 - Para que serva o estudo dos biomas e sua distribuição ao redor do mundo?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 27: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

27

ARTE

Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil

Em 1816, chegou ao Brasil a missão artística francesa. Liderada por Joaquim Le Breton

(1760-1819). A missão era composta por artistas de destaque na Europa, como os pintores Jean-

Baptiste Debret e Nicolas-Antoine Taunay.

Debret foi o responsável pela primeira exposição pública de arte realizada na colônia em

1929. O prestígio de Debret nasceu a partir de desenhos, estampas, e gravuras, que produziu para

retratar a sociedade brasileira do início do século XIX. Entre 1834 e 1839, Debret publicou em Paris,

um conjunto de 3 volumes intitulado de “Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil”.

Jean Baptiste Debret, Uma senhora de algumas poses em sua casa (1823). Museu Castro Maya – RJ

Questões

Questão 1 - Descreva a obra.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 2 - Que aspecto social do Brasil do início do século XIX, pode ser observado na obra?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 3 - Na sua opinião, porque a obra de Debret foi intitulada de “Viagem pitoresca e histórica

ao Brasil”?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Questão 4 - Qual conteúdo dos 3 volumes de “Viagem pitoresca e histórica ao Brasil”, descreva

cada um deles.

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

Page 28: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

28

INGLÊS

SIMPLE PRESENT

O Simple Present é um tempo verbal que usamos para indicar ações

habituais que ocorrem no presente, como verdades universais, sentimentos, desejos,

opiniões e preferências.

I walk to school. – Eu caminho para a escola.

You ride your bike to school. – Você vai de bicicleta para a escola.

He works near here. – Ele trabalha aqui perto.

She takes the bus to work. – Ela pega o ônibus para o trabalho.

We live with our parents. – Nós moramos com nossos pais.

They use public transportation. – Eles usam transporte publico.

Acima estão alguns exemplos; agora gostaria de falar sobre como montar uma frase no

presente simples, porque como vocês notaram, o verbo BE – AM, IS e ARE não aparece. Por

quê? Porque não se encaixa no contexto, caso tenha ficado confuso, leia as frases acima em

português e veja se dá para colocar é, está.

Voltando a estrutura. É a mesma estrutura que vimos anteriormente, só o verbo que mudará.

Estrutura:

O que vier antes do verbo é SUJEITO; e o que vier depois do verbo é COMPLEMENTO. No

entanto, como temos vários verbos, não apenas três (3) como o BE, precisaremos pensar um pouco

mais, veja o exemplo.

US Senate passes bill that could delist some Chinese

firms

Assim fica difícil!

Uma dica. O “ES” indica que o verbo está na 3ª pessoa do singular

SUJEITO VERB COMPLEMENTO

You ride your bike to school.

Page 29: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

29

US Senate passes bill that could delist some Chinese firms

SUJEITO Verbo COMPLEMENTO

O senado dos EUA aprova projeto de lei que pode retirar algumas empresas chinesas.

Brazil hits 20,000 deaths as virus spreads in region.

Brasil atinge 20.000 mortes com a disseminação de vírus na região.

Observe a conjugação dos verbos to work e to pay

A conjugação é bem simples, se observar, é só copiar o verbo e na terceira pessoa do

singular que HE, SHE e IT acrescentar “S”, lembra do verbo be HE, SHE, IT = IS; agora somente

o “S”. Lembrando que o “S” não indica plural. Outra coisa, o verbo “to work” (trabalhar)

pode ser “funcionar”.

The machine works properly. – A máquina funciona corretamente.

E claro, como toda regra, há exceções.

Vejas outras regras para usar “S” nos verbos.

TO WORK – TRABALHAR

I WORK - EU TRABALHO

YOU WORK – VOCÊ TRABALHA

HE WORKS – ELE TRABALHA

SHE WORKS – ELE TRABALHA

IT WORKS – FUNCIONA

WE WORK – NÓS TRABALHAMOS

YOU WORK – VOCÊS TRABALHAM

THEY WORK – ELES/ELAS TRABALHAM

TO PAY – PAGAR

I PAY – EU PAGO

YOU PAY – VOCÊ PAGA

HE PAYS – ELE PAGA

SHE PAYS –ELA PAGA

WE PAY – NÓS PAGAMOS

YOU PAY – VOCÊS PAGAM

THEY PAY – ELES/ELAS PAGAM

Page 30: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

30

Verbos terminados em -o, -z, -ss, -ch, -sh, -x

É preciso acrescentar -es no final do verbo.

Exemplos:

• to teach (ensinar) - teaches

• to watch (assistir) - watches

• to push (empurrar) - pushes

• to kiss (beijar) - kisses

• to go (ir) - goes

• to fix (consertar) – fixes

Verbos terminados em -y precedido de consoante

Retira-se o -y e acrescenta-se -ies

Exemplos:

• to fry (fritar) - fries

• to fly (voar) - flies

• to study (estudar) - studies

• to worry (preocupar-se) – worries

Verbos terminados em -y precedido de vogal

Acrescenta-se somente o -s.

Exemplos:

• to say (dizer) - says

• to play (brincar; jogar) - plays

OBSERVAÇÃO: Com pronomes indefinidos como somebody, nobody, everybody, nothing,

everything, usa-se o verbo na terceira pessoa:

Nobody likes you. (Ninguém gosta de você.)

Everybody hates Chris. (Todo mundo odeia o Chris)

Page 31: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

31

Com os verbos terminados em -ss, -sh, -ch, -x, -z e -o, acrescenta-se -es a eles para formar o

Presente Simples com a terceira pessoa do singular (He, She, It):

- Wash: She washes her hair every day. (Ela lava o cabelo todos os dias.)

- Kiss: My friend always misses the school bus. (Meu amigo sempre perde o ônibus escolar.)

- Go: He goes to work by bus. (Ele vai ao trabalho de ônibus.)

- Watch: She only watches horror movies. (Ela só assiste filmes de terror.)

- Buzz: Bee buzzes among the flowers. (A abelha produz um zumbido entre as flores.)

- Fix: My cousin fixes cars at his garage. (Meu primo conserta carros em sua garagem.)

- Do: My husband does the dishes after dinner. (Meu marido lava a louça depois do jantar.)

Se os verbos terminarem em -y precedido de consoante, troca-se o -y por -i e acrescenta-se -es a

eles para formar o Presente Simples com a terceira pessoa do singular (He, She, It):

- Try: My teacher tries to help me learning English. (Minha professora tenta me ajudar a aprender

inglês.)

- Fly: The little bird flies so high. (O pequeno pássaro voa tão alto.)

- Study: My neighbor studies engineering. (Meu vizinho estuda engenharia.)

- Cry: She cries whenever we argue. (Ela chora sempe que discutimos.)

Para a 3ª pessoa do singular (He, She, It), o verbo to have possui a forma has:

- He has lots of friends. (Ele tem muitos amigos.)

- She has red hair. (Ela tem cabelo ruivo.)

ENGLISH ACTIVITY

Questão 1 - Circule os verbos nas frases abaixo.

a) The earth goes round the sun.

b) It snows a lot in winter in Russia.

c) We live in Texas.

d) My mother never lies.

e) The course starts next Sunday.

f) My son lives in London.

g) My brother’s dog barks a lot.

h) Tomorrow early morning first I go to morning walk.

i) The train leaves in ten minutes.

Page 32: ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES...1 PREFEITURA MUNICIPAL DE MAIRINQUE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Joaquim de Oliveira, 410 - Jd. Cruzeiro – Mairinque/SP

32

Questão 2 - Complete as frases com a forma correta dos verbos.

a) My family and I ______ (live/lives) in the suburbs. My wife and I _______ (work/works) near

here, so we _______ (walk/walks) to work. Our daughter Annella _______ (work/works)

downtown, so she ________ (drive/drives) to work. Our son doesn´t drive. He _______

(ride/rides) his bike to school.

b) My parents ________ (live/lives) in the city. My mother _________ (take/takes) a train to work.

My father is retired, so he doesn´t work now. He also _______ (use/uses) public

transportation.

HELLO AND GOOD-BYE

Questão 3 - Você conhece estas expressões? Quais são usadas para dizer OLÁ e quais são

usadas para dizer TCHAU. Complete o quadro:

HELLO GOOD-BYE

Bye How are you?

Good morning How´s it going?

Good night See you later

Hey See you tomorrow

Have a good Day Talk to you later

Hi What´s up?