3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

of 22 /22
E.M. PROFª MARIA IGNÊS BLANCO ABREU 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO CRONOGRAMA: RETIRADA DAS ATIVIDADES 17 e 18/05/2021 DEVOLUÇÃO 31/05 e 01/06/2021 HORÁRIO DAS 09:00 ÀS 16:00 NOME DO ALUNO: _______________________________________________________ “DIQUE 100 – DENÚNCIA DE ABUSO E EXPLORAÇÃO CONTRA A CRIANÇA E ADOLESCENTE. VOCÊ FICA NO ANONIMATO”

Transcript of 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

Page 1: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

E.M. PROFª MARIA IGNÊS BLANCO ABREU

3º ROTEIRO - MAIO

7º ANO

CRONOGRAMA:

RETIRADA DAS ATIVIDADES 17 e 18/05/2021 DEVOLUÇÃO 31/05 e 01/06/2021

HORÁRIO DAS 09:00 ÀS 16:00

NOME DO ALUNO: _______________________________________________________

“DIQUE 100 – DENÚNCIA DE ABUSO E EXPLORAÇÃO CONTRA A CRIANÇA E ADOLESCENTE.

VOCÊ FICA NO ANONIMATO”

Page 2: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _______________________________________________________ LIPT – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

GÊNERO TEXTUAL CARTAZ E POEMA

1º TEXTO – CARTAZ: SOBRE CAMPANHA PUBLICITÁRIA CONTRA A VIOLÊNCIA INFANTIL E DO ADOLESCENTE

2º TEXTO - POEMA: PARA SEMPRE - CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça,

é eternidade. Por que Deus se lembra — mistério profundo — de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei:

Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho

Page 3: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

RESPONDA:

01 – No 2º texto nos versos: “Luz que não se apaga”, “Quando sopra o vento”, “E chuva desaba”, o termo em negrito pode ser analisado como:

a) Uma oposição de ideias; b) Uma explicação;

c) Uma indicação de um acréscimo.

02 – No texto 2º- A alternativa que melhor explica o título do poema é:

a) A aceitação da morte da mãe pelo filho, na velhice.

b) A tristeza e a indignação da morte da mãe.

c) Que mesmo morrendo ela sempre será a mãe do filho.

03 – No 2º texto copie o verso em que comprova o foco narrativo onde (narrador-personagem) está em primeira pessoa.

04 - Qual lei no poema o poeta iria cumprir se fosse rei? ___________

05 - O poeta faz uma homenagem para quem? ____________________

LEIA O CARTAZ DO 1ª TEXTO PARA RESPONDER

06 - O texto acima trata- se de um(a):

a) Cartaz de Campanha publicitária b) Cartaz c) Notícia

07 - O dia 18 de maio é:

a) Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Infantil

b) Dia Nacional de luta pelas crianças

c) Dia Nacional do Disque 100

08 - Para combater o Abuso e Exploração Infantil devemos:

a) Fazer a diferença b) Lutar pelas Crianças

c) Fazer a denúncia através do disque 100

09 - Qual é o gênero textual do 1º texto? _________________________

Page 4: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: ________________________________________________________________ GRAMÁTICA – 7º ANO 3º ROTEIRO DE MAIO

Dia 18 de maio é Dia da Conscientização de todos nós pelo Combate à Exploração e ao Abuso sexual de

crianças e adolescentes em nosso país. Digamos NÃO a isso!!!

1) Circule os verbos das frases abaixo:

a) Denuncie! Disque 100!

b) Faça bonito!

c) Proteja nossas crianças e adolescentes!

d) Quem não denuncia também violenta!

e) Todos nós estamos contra a violência!

SUJEITO E PREDICADO

O macaco comeu duas bananas. É uma oração (possui um verbo: comeu)

Quem comeu? O macaco.

Sujeito: QUEM?

O que fez o macaco? Comeu duas bananas.

Predicado: O QUE FEZ?

Sujeito e predicado são duas partes essenciais em uma oração.

2) Leia as orações abaixo, circule o sujeito e grife o predicado:

a) O padre celebrou a missa rápido.

b) As meninas não estão mais aqui.

c) Marcelo pilotou bem a moto.

d) A blusa está descosturada.

e) O leão fugiu da jaula.

f) Morreu o meu amigo.

g) Marina e Letícia são irmãs.

3) Numere de acordo com a legenda:

(S) – SUJEITO

(P) – PREDICADO

Page 5: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

( ) Ana Laura fez um bolo delicioso de chocolate.

( ) As crianças foram ao parque.

( ) O carro passou naquela avenida em alta velocidade.

( ) Bruno e eu sairemos mais cedo do trabalho hoje.

4) Observe a tirinha do Senninha e responda:

a) Na oração: “Mãe exagera!!!”, qual é o sujeito?

b) E o predicado?

c) “Minha mãe falou: -- Chega de carrinhos!”, quais são os verbos nessas falas?

d) Quem falou?

e) Por que a mãe de Senninha disse isso? Você acha que ela exagerou?

f) Qual é o sinal de pontuação mais utilizado nas falas dos personagens? Por quê?

Page 6: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

Atividades: 3º roteiro de MAIO

1º aula- Leitura e interpretação do texto. 2º aula-Continuação da leitura e interpretação do texto. 3º aula- Atividades para fixação.

Componente Curricular: História Ano Escolar: 7º ano A e B

Professora: Manoela Maria D. C. F. Vicentin

Nome:_________________________________________________nº:______7º ano___

O FEUDALISMO: SOCIEDADE, CULTURA E RELIGIÃO – PARTE 04

• O Senhorio

Os historiadores especializados em Idade Média chamam essa unidade de

produção, que você vê na imagem de senhorio. Como o senhorio era muitas vezes doado

na forma de um benefício, tornou-se hábito chamá-lo de feudo.

As principais características do feudalismo são:

a) relações baseadas na dependência e na fidelidade;

b) poder político descentralizado (dividido entre diversos senhores, e não

concentrado no rei);

c) predomínio do cristianismo;

d) produção econômica voltada para a subsistência (conjunto das coisas essenciais

à manutenção da vida; sustento).

O senhorio produzia quase tudo o que seus habitantes necessitavam: alimentos,

roupas, ferramentas, tecidos etc. Vinham de fora apenas alguns produtos, como o sal, que

é essencial à vida, e o ferro, para a fabricação de armas e utensílios. Por isso se diz que a

economia era quase autossuficiente.

• A sociedade feudal

A sociedade feudal era dividida em grupos e era caracterizada pela imobilidade

social. Como a posição de uma pessoa dependia de seu nascimento, dificilmente ela

poderia subir de classe. Assim, a possibilidade de um camponês tornar-se membro da

nobreza, por exemplo, era muito pequena. Um nobre, mesmo que falido, continuaria sendo

Page 7: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

um nobre, enquanto que o camponês, por mais que trabalhasse, dificilmente deixaria de

ser um camponês. No auge do feudalismo a sociedade estava dividida da seguinte maneira:

CLERO: A Igreja Católica era a instituição mais importante da sociedade feudal. Seu poder era tanto, que cerca de 1/3 das terras da Europa lhe pertenciam. Logo, seus representantes estavam acima de nobres e de camponeses na divisão social. O clero era formado pelo papa, por cardeais, bispos, abades, monges e padres. A maioria dos membros do clero provinha da nobreza. No imaginário da época, cabia ao clero mediar a relação entre Deus e o homem. NOBREZA: A nobreza estava encarregada do comando militar. O poder de um nobre dependia do tamanho de suas propriedades e do número de camponeses que trabalhavam em suas terras. A nobreza era composta de reis, duques, marqueses, condes, viscondes, barões. Os nobres consideravam o trabalho braçal indigno e se ocupavam com a guerra, com a caça e com torneios. Eram os chamados senhores feudais. CAMPONESES: Eram a maioria da população. Esse grupo era composto por um grande número de trabalhadores: artesãos, comerciantes, camponeses livres e servos, que eram a maioria. Predominava no feudalismo a servidão, pela qual a maioria dos camponeses recebiam do nobre um lote de terra e em troca tinham o dever de servir ao senhor. Estavam, portanto, presos a terra.

• As obrigações servis

A economia feudal baseava-se na agricultura e no pastoreio as relações comerciais ocorriam, principalmente, através do sistema de trocas. A posse sobre a terra durante a Idade Média se consolidou como sendo a coisa mais valiosa para qualquer pessoa. Ter ou não ter terra determinava a condição social e de vida do indivíduo. Como já foi dito, os senhores feudais tinham total autoridade para de definir os impostos que seriam cobrados e as leis e regras que organizavam o convívio entre as pessoas que viviam no interior de suas terras. Dentro dessa lógica, além de produzirem para seu sustento próprio, os servos eram obrigados a produzir excedentes para poder atender as necessidades dos nobres. Entre as principais obrigações dos servos, pode ser citado:

CORVEIA: obrigação de o servo trabalhar alguns dias por semana nas reservas senhoriais. Não recebia nada por esse trabalho.

TALHA: os servos deveriam entregar parte de sua produção, agrícola ou pastoril, ao senhor feudal.

BANALIDADES: taxas que os servos deveriam pagar por utilizar equipamentos e instalações do senhorio (celeiros, fornos, moinhos, etc.).

Além dessas obrigações, os servos ainda tinham o compromisso de hospedar o senhor quando esse estivesse de passagem pelos seus territórios, prestar serviço militar e ainda o dever de entregar 10% de sua produção à igreja (dízimo). Apesar de serem explorados pelos senhores e essa condição provocar logicamente revoltas, a relação servil era aceitável para muitos por estar baseada em valores que faziam do senhor feudal, além de explorador, também um protetor.

• O poder da Igreja No ano de 391, a religião cristã foi transformada em religião oficial do Império

Romano. Durante a Idade Média (século V ao XV), período marcado por guerras, pestes e miséria da maioria, a Igreja Católica conquistou e manteve grande poder. Possuía grande poder econômico, político e jurídico e estabelecia padrões de comportamento moral para a sociedade. Controlando completamente a educação, a Igreja controlava também a forma de pensar das pessoas afirmando que a miséria e a desigualdade social eram vontade divina e sinais de pecado.

Além disso, não permitia opiniões e posições contrárias aos seus dogmas (verdades incontestáveis). Aqueles que desrespeitavam ou questionavam as decisões da Igreja eram perseguidos e punidos. Na Idade Média, a Igreja Católica criou o Tribunal do Santo Ofício (Inquisição) no século XIII, para combater os hereges (contrários à religião católica). Por

Page 8: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

isso tudo, as pessoas na época viviam com o constante medo de não ter garantido o lugar no céu. FONTES:

BOULOS Júnior, Alfredo. História: sociedade e cidadania: 6º ano. São Paulo: Nova Geração, 2018, p. 218-224. O Feudalismo. História e Historiografia. Disponível em:<http://historiaehistoriografia2.blogspot.com/2016/03/7.html>. Acesso em: 19 Abr. 2021.

EXERCÍCIOS

1) Descreva as principais características do feudalismo 2) Cite e comente sobre os três principais impostos pagos pelo servo ao senhor feudal. 3) Sobre a sociedade feudal é correto afirmar que: a) Ela era justa, pois todos possuíam os mesmo direitos e deveres.

b) Ela era dinâmica, pois era muito fácil uma pessoa passar de uma camada para outra

superior.

c) A maior parte da sociedade era composta por nobres (reis, senhores feudais, cavaleiros).

d) Ela era hierarquizada e com pouca mobilidade social. Era dividia em três classes: nobres,

clero e os servos.

4) Qual o papel da Igreja na sociedade Feudal? a) Representar a Deus, oferecendo ajuda espiritual e responsabilizando-se pelo ensino.

Exerceu grande poder político, econômico, cultural e ideológico.

b) Controlar a terra.

c) Consolar os pobres e ajudá-los em sua ascensão social. Era, em geral, perseguida

pela nobreza detentora das terras.

d) Cobrar impostos.

5) Qual das alternativas abaixo apresenta importantes características da economia feudal? a) A base era a agricultura e no pastoreio, as relações comerciais ocorriam, principalmente,

através do sistema de trocas.

b) A base era o artesanato e as relações comerciais ocorriam, principalmente, através do

sistema monetário (uso de moedas).

c) A economia era controlada pelos servos, que detinham quase toda a riqueza da Europa

na época feudal.

d) A terra tinha pouco valor, pois o comércio era a base da economia feudal.

Page 9: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

GEOGRAFIA – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

O ESPAÇO RURAL E A AGROPECUÁRIA BRASILEIRA

As atividades rurais estão cada vez mais presentes no espaço urbano e as atividades e elementos dos centros urbanos também está inserido no espaço rural. O espaço rural está ligado a práticas agrárias e não agrárias. A maior parte das atividades produtivas típicas desse espaço está relacionada com a agricultura, pecuária e extrativismo. O espaço rural obteve modificações nos últimos tempos, com altos níveis de mecanização, utilização de tecnologia e especialização da mão de obra. A modernização no meio rural é resultado da intensificação de capital empregado na produção rural sob a forma de máquinas, defensivos químicos, engenharia genética, serviços meteorológicos, além de avançadas técnicas de irrigação, manejo de animais, preparação do solo e assessoria tecnológica e financeira. A utilização de tecnologias, como as da Engenharia Genética, tem contribuído para a configuração de um novo espaço rural. As modificações ocorridas no meio rural não trazem apenas benefícios. É crescente a preocupação sobre os impactos dessas atividades na saúde e bem-estar das pessoas, bem como os danos causados ao meio ambiente. A modernização das atividades agrícolas trouxe novas questões que são objeto de análise e preocupação. As transformações ocorridas no espaço rural trouxeram consequências como:

• a elevação dos níveis de endividamento dos agricultores;

• a diminuição da biodiversidade;

• o êxodo rural provocado pela redução da mão de obra no campo;

• poluição do solo causada pelo uso de fertilizantes. Além das consequências citadas, a modernização do campo não solucionou o problema da fome mundial, pois grande parte da produção agrícola modernizada é destinada a abastecer os países ricos industrializados.https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/espaco-rural.

ASSINALAR A RESPOSTA CERTA:

1) Há várias atividades econômicas desenvolvidas pelo ser humano. Assinale a atividade econômica que não é predominante no espaço urbano e altera a paisagem nos espaços rurais.

( ) Indústria. ( ) Comércio. ( ) Agropecuária. 2) As transformações ocorridas no espaço rural trouxeram consequências como? ( ) Solo cada vez mais fértil. ( ) Impactos na saúde e bem-estar das pessoas, e danos ao meio ambiente. “Dia 18 de maio, dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes”. “DISQUE 100 - DENÚNCIA DE ABUSO E EXPLORAÇÃO CONTRA A CRIANÇA E ADOLESCENTE. VOCÊ FICA NO ANONIMATO.”

Page 10: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

CIÊNCIAS – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

CALOR

O calor é a energia térmica que passa de um corpo com maior temperatura para

outro com menor temperatura. Quando não há diferença de temperatura entre dois corpos,

não há transmissão de calor dizemos que os corpos estão em equilíbrio térmico, ou seja,

estão com a mesma temperatura.

Para que ocorra troca de calor, é necessário que ele seja transferido de uma região a outra através do próprio corpo, ou de um corpo para outro. Existem três processos de transferência de calor estudados na termologia, são eles: condução, convecção e irradiação. A irradiação é a propagação de ondas eletromagnéticas que não precisam de meio para se propagar, enquanto a condução e a convecção são processos de transferência que necessitam de um meio material para se propagar.

• Condução: Quando dois corpos com temperaturas diferentes são colocados em contato, as moléculas do corpo mais quente, colidindo com as moléculas do corpo mais frio, transferem energia para este. Esse processo de condução de calor é denominado condução. No caso dos metais, além da transmissão de energia de átomo para átomo, há a transmissão de energia pelos elétrons livres, ou seja, são os elétrons que estão mais afastados do núcleo e que são mais fracamente ligados aos núcleos, portanto, esses elétrons, colidindo entre si e com átomos, transferem energia com bastante facilidade. Por esse motivo, o metal conduz calor de modo mais eficiente do que outros materiais.

• Convecção: Da mesma forma que o metal, os líquidos e os gases são bons condutores de calor. No entanto, eles transferem calor de uma forma diferente. Esta forma é denominada convecção. Esse é um processo que consiste na movimentação de partes do fluido dentro do próprio fluido. Por exemplo, vamos considerar uma vasilha que contenha água à temperatura inicial de 4°C. Sabemos que a água acima de 4ºC se expande, então ao colocarmos essa vasilha sobre uma chama, a parte de baixo da água se expandirá, tendo sua densidade diminuída e, assim, de acordo com o Princípio de Arquimedes, subirá. A parte mais fria e mais densa descerá, formando-se, então, as correntes de convecção. Como exemplo de convecção temos a geladeira, que tem seu congelador na parte de cima. O ar frio fica mais denso e desce, o ar que está embaixo, mais quente, sobe.

• Irradiação: Podemos dizer que a irradiação térmica é o processo mais importante, pois sem ela seria praticamente impossível haver vida na Terra. É por irradiação que o calor liberado pelo Sol chega até a Terra. Outro fator importante é que todos os corpos emitem radiação, ou seja, emitem ondas eletromagnéticas, cujas características e intensidade dependem do material de que é feito o corpo e de sua temperatura. Portanto, o processo de emissão de ondas eletromagnéticas é chamado de irradiação. A garrafa térmica é um bom exemplo de irradiação térmica. A parte interna é uma garrafa de vidro com paredes duplas, havendo quase vácuo entre elas. Isso dificulta a transmissão de calor por condução. As partes internas e externa da garrafa são espelhadas para evitar a transmissão de calor por irradiação.ca.

Page 11: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

1) Selecione a alternativa que supre as omissões das afirmações seguintes: I - O calor do Sol chega até nós por _________________________. II - Uma moeda bem polida fica __________ quente do que uma moeda revestida de tinta preta, quando ambas são expostas ao sol. III - Numa barra metálica aquecida numa extremidade, a propagação do calor se dá para a outra extremidade por ________________________.

a) Irradiação – menos – convecção b) convecção - mais - radiação. c) irradiação – menos – condução d) convecção - mais – condução.

2) Julgue as afirmações a seguir: I – A transferência de calor de um corpo para outro ocorre em virtude da diferença de temperatura entre eles; II – A convecção térmica é um processo de propagação de calor que ocorre apenas nos sólidos; III – O processo de propagação de calor por irradiação não precisa de um meio material para ocorrer. Estão corretas:

a) Apenas I b) Apenas I e II c) I, II e III d) I e III apenas;

3) Um recipiente cilíndrico de vidro tem área da base relativamente pequena se comparada com sua altura. Ele contém água em temperatura ambiente até quase a sua borda e é colocado sobre a chama de um fogão, como ilustra a figura. A transmissão do calor por meio das moléculas da água durante seu aquecimento ocorre apenas por a) condução. b) convecção. c) irradiação.

d) condução e convecção.

Page 12: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

4) Preparar um bom churrasco é uma arte e, em todas as famílias, sempre existe um que se diz bom no preparo. Em algumas casas, a quantidade de carne assada é grande e se come no almoço e no jantar. Para manter as carnes aquecidas o dia todo, alguns utilizam uma caixa de isopor revestida de papel alumínio. A figura a seguir mostra, em corte lateral, uma caixa de isopor revestida de alumínio com carnes no seu interior. Considerando o exposto, assinale a alternativa correta que completa as lacunas das frases a seguir.

A caixa de isopor funciona como recipiente adiabático. O isopor tenta ______ a troca de calor com o meio por ________ e o alumínio tenta impedir _________.

a) impedir - convecção - irradiação do calor

b) facilitar - condução - convecção

c) impedir - condução - irradiação do calor

d) facilitar - convecção - condução

➢ Sugestão de vídeos complementares:

https://www.youtube.com/watch?v=JCrS9TSgrtw - Temperatura e calor – Ciências – 7º ano – Ensino Fundamental – Canal Futura

https://www.youtube.com/watch?v=ecYI7GUVKPM - Formas de propagação de calor – Ciências – 7º ano – Ensino Fundamental – Canal Futura https://www.youtube.com/watch?v=xA2lm_smraM - Propagação de calor: aplicações no cotidiano – Ciências – 7º ano – Ensino Fundamental – Canal Futura

Page 13: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

TEORIA DA MATEMÁTICA – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

Máximo divisor comum ( MDC)

Já aprendemos que:

Divisor é quem divide. Por exemplo, os divisores de 20 são 1, 2, 4, 5, 10 e o próprio 20. Os

divisores de 18 são 1, 2, 3, 6, 9, e o próprio 18. O número 1 é divisor de todos os números

e é o menor dos seus divisores. O próprio número é o maior de seus divisores.

Divisores comuns são divisores que são ao mesmo tempo de 2 ou mais números. Por

exemplo 2 é divisor de 4, de 6 e também de 20. Dizemos então que 2 é divisor comum de

4, 6 e 20.

Quando falamos de divisores comuns podemos ter 1 ou vários divisores dependendo de

quais são os números a qual nos referimos.

Veja:

Sequência dos divisores de:

D ( 40) = 1, 2, 4, 5, 8, 10, 20 e 40

D ( 60) = 1, 2, 3, 4, 5, 6, 10, 12 15, 20, 30 e 60.

Observando as sequências notamos que os divisores comuns são 1, 2, 4, 5, 10 e 20.

O maior dos divisores comuns a 40 e a 60 é 20, então 20 é o M.D.C. (máximo divisor

comum) de 40 e 20.

Podemos determinar o MDC fazendo a decomposição em fatores primos dos números e

considerar apenas os fatores primos comuns a 40 e a 60.

Veja:

40, 60 ÷ 2 *

= 20, 30 ÷ 2. *

= 10, 15 ÷ 2

= 5, 15 ÷ 3

= 5, 5 ÷ 5. *

= 1, 1

O produto desses fatores comuns será o M. D.C. de 40 e 60

2 x 2 x 5 = 20.

Atividades

1) 40 é o M. D. C. Dos números:

A) 30, 40 e 100

B) 20, 40 e 80

C) 20, 40 e 60

Page 14: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

D) 40, 80 e 120

2) Duas tábuas devem ser cortadas em pedaços de mesmo comprimento, sendo esse

comprimento o maior possível.

Se uma das tábuas tem 90 cm e a outra 126 cm, qual deve ser o comprimento de cada

pedaço, se toda a madeira deve ser aproveitada?

A) 17 cm

B) 18 cm

C) 20 cm

D) 22 cm

3) Uma coleção é composta por 165 moedas de ouro, 220 moedas de prata e 275 moedas

de bronze.

Deve- se organizar essas moedas em caixas que tenham as mesmas quantidades de

moedas e de tal forma que cada caixa contenha o maior número possível de moedas.

Nessas condições cada caixa deverá conter:

A) 65 modas

B) 55 moedas

C) 75 moedas

D) 45 moedas

Page 15: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

GEOMETRIA – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

Área de figuras planas

Área do quadrado

Área = lado x lado

A = L x L = L2

Exemplo: calcular a área de um quadrado que tem 5 cm de lado.

Solução: A = 5 x 5

A = 25 cm2´

Área do retângulo

Área = base x altura

A = b x h

Exemplo: calcular a área de um retângulo que tem 5 cm de base e

3 cm de altura.

Solução: A = 5 x 3

A = 15 cm2

Page 16: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

Área do paralelogramo

Área = base x altura

A = b x h

Exemplo: calcular a área de um paralelogramo que tem base 7 cm e 4 cm de

altura.

Solução: A = 7 x 4

A = 28 cm2

Área do triângulo

Área = base x altura ÷ 2

A = 𝒃 𝒙 𝒉

𝟐

Exemplo: calcular a área de um triângulo que tem 15 cm de base e 10 cm de

altura.

Área = 15 . 10

2

A = 150

2

A = 75 cm2

Page 17: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

Atividades

1 - Calcule a área:

a) 18 cm2 b) 9 cm2 c) 12 cm2 d) 24 cm2

2 – Calcule a área de um triângulo cuja base mede 8 cm e a altura 3 cm.

3 – Calcule a área do paralelogramo:

a) 250 cm2 b) 500 cm2 c) 250cm2 d) 125 cm2

5) Sabendo que a área do quadrado é 81 m2, determine o valor do lado;

a) 3 m2

b) 9 m2

c) 81 m2

d) 40 m2

Page 18: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

EDUCAÇÃO FÍSICA – 7º ANO 3º ROTEIRO DE MAIO

ESPORTES DE MARCA, PRECISÃO, INVASÃO E TÉCNICO COMBINATÓRIOS

(EF06EF03)

HANDEBOL FEMININO Nos jogos pan-americanos de 1999, que teve lugar no Canadá, a seleção feminina conquistou a medalha de ouro. Com isso, a equipe foi classificada para os jogos Olímpicos de Sidney (Austrália) no ano 2000. Em 2013, ocorreu na Sérvia o campeonato feminino mundial de Handebol. Novamente, a seleção brasileira foi campeã.

Seleção brasileira feminina de handebol

FUNDAMENTOS DO HANDEBOL

• O jogo envolve dribles, passes e recepção de bola entre os jogadores; • O arremesso é uma técnica muito utilizada para fazer gols; • A maneira de segurar a bola no jogo é chamada de "empunhadura".

REGRAS DO HANDEBOL BÁSICAS O objetivo do handebol é fazer gols. Portanto, ganha a equipe que fizer mais gols. Para isso, a habilidade e a rapidez dos jogadores favorecem o resultado final. Quando a bola está na mão do jogador, ele pode dar até três passos até arremessá-la para outro. Isso também vale para o tempo, ou seja, cada jogador pode permanecer com ela nas mãos durante 3 segundos. Isso faz com que o handebol seja um jogo bem dinâmico. Dividido em dois tempos de 30 minutos cada, possui um intervalo de 10 minutos entre cada etapa, existem dois árbitros e um cronometrista; FALTAS As faltas são cometidas quando há toque de bola com os pés ou outras partes do corpo. Também é considerado falta se um jogador tentar arrancar a bola das mãos de outro. Além disso, e dependendo da gravidade da agressão entre jogadores, ocorre falta. Assim, empurrões, chutes, cotoveladas, são consideradas faltas. Como no futebol, há o cartão amarelo e vermelho dado pelo árbitro. CARTÃO AMARELO O cartão amarelo serve como uma advertência ao jogador que cometeu alguma falta. No total, ele não pode receber mais de três cartões amarelos durante um jogo. Se isso acontecer, ele é desclassificado. Em resumo, três amarelos, equivalem a um vermelho. No segundo cartão amarelo, o jogador sai da quadra por 2 minutos de jogo.

Page 19: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

CARTÃO VERMELHO O cartão vermelho é dado pelo árbitro quando o jogador comete uma falta mais grave. Por recebê-lo, ele está fora do jogo e a equipe fica com um jogador a menos durante dois minutos.Passado esse tempo, outro jogador pode entrar na quadra. O cartão vermelho indica, portanto, a expulsão do jogador.

Quadra A quadra de handebol possui 40 por 20 metros. De cada lado, estão os respectivos gols que medem 2 por 3 metros. O piso é geralmente de madeira envernizada, ou ainda, emborrachado.

Jogadores O handebol apresenta duas equipes de 7 jogadores cada. Desses 7 um deles será o goleiro do time. Interessante notar que ele é o único jogador em que pode encostar os pés na bola, sem que seja considerado falta.

CURIOSIDADE Além do handebol de salão (quadra), a prática na praia começou a se expandir a partir da década de 80. Ainda que sejam semelhantes, no handebol de praia o tempo total de partida é de 20 minutos. Portanto, são dois tempos de 10 minutos cada e um intervalo de 5 minutos.

ATIVIDADES:

1. Quais os principais fundamentos do Handebol?

2. Como é a quadra de jogo?

3. Quantos jogadores tem por equipe em um jogo de handebol?

4. Existe uma variação do Handebol de quadra? Explique.

Page 20: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________ ARTES – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO Obs: continuação da aula anterior Baião

O baião é uma dança e canto típicos do nordeste brasileiro que recebeu, em suas origens, influências das danças indígenas e da música caipira.

Com movimentos que se aproximam do forró, o baião é dançado em pares e sua temática é baseada no cotidiano e nas dificuldades da vida dos nordestinos.

Quadrilha

A quadrilha foi popularizada no Brasil a partir do Século XIX mediante influência da Corte Portuguesa.

É uma dança típica das festas juninas, bailada em duplas de casais caracterizados com vestimenta tipicamente caipira. Atualmente, a quadrilha abrange todas as regiões do Brasil.

Catira

A catira ou cateretê é uma dança folclórica presente em vários estados brasileiros. Há controvérsias em relação à sua origem, entretanto, acredita-se que ela contém influências indígena, africana, espanhola e portuguesa.

A catira apresenta muitos elementos ligados à cultura caipira caracterizada pelo figurino dos dançarinos acompanhados ao som das violas.

Jongo

Dança folclórica de origem africana e em alguns lugares é conhecida pelo nome "caxambu". O jongo é uma dança da zona rural, acompanhada por instrumentos de percussão. Muitas vezes ela é considerada uma variante do samba.

RESPONDA:

Qual dessas danças você conhece?

Page 21: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

Jogo dos 7 erros

Encontre os 7 erros que existem entre os desenhos abaixo. Marque com uma caneta para não perder

a conta!

Page 22: 3º ROTEIRO - MAIO 7º ANO - Mairinque

NOME: _________________________________________________________________

INGLÊS – 7º ANO

3º ROTEIRO DE MAIO

Simple Present

Observando as regras da forma afirmativa, vamos completar o exercício

(crosswords) com os verbos entre parênteses

1 - He --------------- a book every night (to read)

2 - We --------------- soccer on Wednesday (to play)

3 - My son --------------- cartoons on TV (to watch)

4 - I --------------- 5 minutes for the bus on the morning (to wait

5 - I ---------------- the dishes after lunch (to wash)

6 - My dog --------------- only dog food (to eat)

7 - They ---------------- a bike to work (to ride)

8 - My family -------------- in the country (to live)

9 - My neighbors -------------- a very loud dog (to have)

10 - Your sister ------------- at home very late at night (to go)

11 - Children ------------------- early (to sleep)

12 - A new phone ----------------- a fortune (to cost)

13 - water ----------------- at 100 degrees celsius (to boil)

14 - Ana and Vicky --------------------- first graders at school (to teach)

15 - My car is clean because my husband -------------------- it every Saturday (to wash)

16 - The pub ------------------- at 11 o'clock (to close)

17 - This is a very nice place to -------------------- (to meet)