QUALIFICAÇÃO MESTRADO: SIVUCA

download QUALIFICAÇÃO MESTRADO: SIVUCA

If you can't read please download the document

  • date post

    09-Dec-2014
  • Category

    Education

  • view

    1.412
  • download

    2

Embed Size (px)

description

Resumo do meu texto de 70 páginas maravilhosamente qualificado em outubro de 2008 no PPGCC/UNISINOS! :)

Transcript of QUALIFICAÇÃO MESTRADO: SIVUCA

  • 1. UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM CINCIAS DA COMUNICAO MESTRADO EM CINCIAS DA COMUNICAO Hlio Sassen Paz So Leopoldo ,2008

2.

  • 1.1 EIXOS TEMTICOS
  • 1.2 PROBLEMA DE PESQUISA
  • 1.3 OBJETIVOS
    • 1.3.1 Objetivo Geral
    • 1.3.2 Objetivos Especficos

3. 1.1 EIXOS TEMTICOS 4. 1.2 PROBLEMA DE PESQUISA

  • Se e como a sociabilidade e as interaes sociais de amizade afetam a dinmica e o contedo deblogsque se propem como uma alternativa ao discurso poltico hegemnico, divulgando fatos e opinies sob uma tica diferente do discurso veiculado pelagrande imprensa .

5. 1.3 OBJETIVOS 1.3.1 Objetivo Geral

  • Verificar como se constri, mantm, amplia (e at mesmo abandona-se) relacionamentos presenciais atravessados pelo ambienteonlineem funo de um tema em comum compartilhado atravs da blogosfera e, inversamente, como as trocas sociais entre blogueiros afetam os contedos de suas postagens em blogs cuja proposta a discusso sobre temas polticos.

6. 1.3.2 Objetivos Especficos

  • Discutir a proposta de blogs polticos como alternativa para a mdia hegemnica;
  • Verificar os relacionamentos existentes entre blogueiros do Sivuca a partir de indicaes nos prprios blogs ( linksnoblogroll , comentrios,posts ) formando a redeonline ;
  • Verificar a existncia de interaoofflineentre blogueiros do Sivuca;
  • Identificar se essas relaes so anteriores ou posteriores entrada no coletivo deblogs ;
  • Ver se h relao entre o pertencimento ao Sivuca e as relaes de amizade entre blogueiros;
  • Categorizar os contedos de posts e comentrios dosblogsdos sivuqueiros;
  • Verificar e discutir a relao entre as interaesonlineentre blogueiros e os contedos postados;
  • Verificar e discutir a relao entre as interaesofflineentre blogueiros e os contedos postados.

7.

    • 2.1 UMA BREVE HISTRIA DOS BLOGS 2.1.1 O(s) Primeiro(s) Blog(s) 2.1.2 O Surgimento dos Nomes Webloge Blog 2.1.3 A Proliferao dos Blogs na Internet
    • 2.2 O QUE UM BLOG?
    • 2.3 GNEROS DE BLOGS

8. 2.2 O QUE UMBLOG ?

  • BLOOD: incio: - listas delinks ;Dirios Online(2002); mistura de propores nicas delinks , comentrios, pensamentos e ensaios pessoais .(2000,online )
  • RECUERO: construode umarede de relaes ,construes esignificados(2003a);Publicao Eletrnica(2004)
  • Microcontedo:textos curtos; atualizao freqente;organizados em torno do tempo(JOHNSON, 2002, online)
  • SILVA, Jan Alyne B.:estrutura padro+formato especfico com algumas variveis facilmente distinguveis na internet(ordem cronolgica reversa, edio simplificadaferramentasblog ); [ blogstemticos so]catalizadoresdaintegraoe dodilogoentreindivduos(autores ou comentaristas) num mesmo espao (site) ou compondo umarededeblogs ,redes de confiana(2003)

9. 2.2 O QUE UMBLOG ? (cont.)

  • BLOG: unidade potencial de construo, manuteno, reforo e abandono de relaes contida em um espao autoral individual ou coletivo que espalha-se na rede atravs do dilogo, da conversao, da discusso e do debate proporcionados por trs ambientes ( posts , comentrios eblogroll ) que caracterizam o lugar desse ser e a sua forma de interagir em um ambiente marcado pela remidiao.

10. 2.3 GNEROS DEBLOGS

  • BLOOD (2000):Filtro (linksp/eventos e fatos diversos );Dirios Pessoais ( registro dirio de eventos e acontecimentos de natureza pessoal )Notebook : artigos mais extensos e mais focados (tema, pblico ou agenda especficos)
  • SILVA, Jan Alyne B. (2003):Weblogsindividuais ;coletivos ;temticos ;livres
    • (BURGESSinBRUNS e JACOBS 2006):gneros emblogs : articulao complexa entre: a) as ferramentas disponveis + complicaes das plataformas deblogse das redes; b) os caminhos nos quais os discursos sobre essas plataformas atraem comunidades especficas de usurios para si, num convite a formas especficas de letramento, textualidade e sociabilidade e c) a ao dos participantes em dar forma a essas comunidades.
    • (BROOKSat al. a pudBURGESSinBRUNS e JACOBS 2006): remidiaes de velhos gneros literrios (jornais, ensaios, cartas e assim por diante).

11. 12.

  • AZENHA
    • Os nichos de crtica invaso do Iraque pelos EUA surgiram na internet.
    • Acredita que s se consegue juntar gente pela internet apelando para objetivos mnimos :
      • A internet deve serlivre : gratuita, sem censura,pluralismode opinies, na liberdade de expresso e no direito crtica;
      • ...o Sivuca no um partido poltico, no responde a partidos polticos, pode ser definido como uma espcie decooperativa digital .

13.

  • AZENHA
    • Entrar no SIVUCA exige:
      • 1. Defesa da liberdade ampla, geral e irrestrita de opinio e de expresso na internet;
      • 2. Defesa do pluralismo de opinio, ou seja, quem quiser esculhambar conosco sinta-se vontade;
      • 3. Combate ao pensamento nico da grande mdia (PUM).

14. NOVOS EIXOS TERICOS 15.

    • 4.1 AS QUATRO FASES DO JORNALISMO (MARCONDES FILHO, 2000):
      • 4.1.1Primeiro Jornalismo(1789 at meados do sculo XIX)
      • 4.1.2Segundo Jornalismo(aps 1830)
      • 4.1.3Terceiro Jornalismo(aps ocrackde 1929)
      • 4.1.4Quarto Jornalismo(a partir do final do sculo XX)
    • 4.2 MODELOS DE JORNALISMOONLINE(SCHWINGEL):
      • 4.2.1Primeira Gerao
      • 4.2.2 Segunda Gerao
      • 4.2.3 Terceira Gerao
      • 4.2.4 Quarta Gerao

16.

    • 5.1 LIBERDADE x EXCLUSO NA WEB (BARABSI, 2003) DIVERSIDADE DE OFERTAS x DIFICULDADE DE ENCONTRARA MAIORIA DAS OPES DISPONVEIS (FRAGOSO, 2006)
    • 5.2 A TEORIA DA CAUDA LONGA (ANDERSON, 2004)

17.

    • 6.1 EMERGNCIA(JOHNSON, 2003)
    • 6.2 MULTIDO (HARDT E NEGRI, 2005)

18. 6.1 EMERGNCIA

  • Dinmica da rede: interaes entreblogs conexo entre os ns resulta em sistemas relativamente simples para construir inteligncia de nvel mais alto. (JOHNSON, 2003, p. 9)
  • Blogscomo clulas autnomas que, sob condies adequadas, interagem em um organismo maior; quando o ambiente mais hostil, cadablogse transforma em um organismo nico, oscilando entre ser uma criatura nica e uma multido (JOHNSON, 2003, p. 10)
  • Movimento das regras de nvel baixo para a sofisticao do nvel mais alto (JOHNSON, 2003, p. 14)

19. 6.2 MULTIDO

  • Forma de resistncia ao estado de guerra permanente do Imprio;
  • A mesma globalizaotambm a criao de novos circuitos de cooperao e colaborao que se alargam pelas naes e os continentes, facultando uma quantidade infinita de encontros.(HARDT e NEGRI, 2005 p. 12).
  • Rede abertaeem expanso , na qualtodas as diferenas podem ser expressas livre e igualitariamente , proporcionando osmeios de convergnciapara que possamos trabalhar e viver em comum, com a ressalva de que isso no quer dizer que todos se tornem iguais;
  • Possibilidade de descobrirmos ospontos comunsque permitam quenos comuniquemos uns com os outrosa fim deagirmos conjuntamente .

20. 6.2 MULTIDO (cont.)

  • Produo Social:toda a construo colaborativa de conhecimento, cultura, ao poltica e gerao de riqueza atravs da transao virtual tanto de bens imateriais como de bens materiais nas redesbottom-upresulta em novas formas de comunicao, relacionamento e formas de vida (HARDT E NEGRI, 2005, p. 13) emergentes a partir da Multido.
  • Internet: base ou modelo para a Multido:
    • Produo biopoltica + desejo de democracia: moedas comuns a todos os movimentos e lutas de libertao atravs do mundo (movimentos que atravessam e so atravessados pela internet).

21.

    • 7.1 RECORTE DE UMA AMOSTRA DE BLOGS PARA OBSERVAO
    • 7.2 RECORTE TEMPORAL DA AMOSTRA

22. 7.1 RECORTE DE UMA AMOSTRA DEBLOGSPARA OBSERVAO 23. 7.1 RECORTE DE UMA AMOSTRA DEBLOGSPARA OBSERVAO 24. 7.1 RECORTE DE UMA AMOSTRA DEBLOGSPARA OBSERVAO 25. 7.1 RECORTE DE UMA AMOSTRA DEBLOGSPARA OBSERVAO

  • SIVUCA: total de 66 blogs
  • 22 do RS (33,33% ou 1/3 do total)
  • Aps cruzamento dos padres e das discrepncias do diagrama e dos grficos anteriores, a anlise dospostse dos comentrios ser realizada exclusivamente nos seguintesblogs :Agente 65 ,Aldeia Gaulesa ,Alma da Geral ,Biruta do Sul ,Blog do Julio Garcia ,Blog do Kayser ,Celeuma ,Dialgico ,Dirio Gauche ,Jean ScharlaueRS Urgente .