MAIS PREZA - 25/05

Click here to load reader

  • date post

    08-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    222
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Mais Preza, correio do povo

Transcript of MAIS PREZA - 25/05

  • Fabricio Vaz apaixonado por Star Wars, membro do Conselho Jedi do RS, um dos organizadores do f-clube da saga no Estado e (nas horas vagas) designer. Nerd assumido, o cara foi levado por um amigo em 2003 para conhecer uma conveno (encontro de fs da srie) e, desde l, no largou mais o vcio. Fabricio assiste a filmes, l livros, faz pesquisas, participa de encontros com outros vidrados, coleciona dezenas de itens e, resumindo, respira Star Wars. Minha vida Star Wars. um estilo que carrego 24 horas por dia. como uma profisso, s que melhor, conta Fabricio, que disse que sempre foi nerd e que a saga foi s uma desculpa.

    4 5#

    Tars

    ila

    Per

    eira

    c o m p o r t a m e n t o m s i c a c u l t u r a i n t e r n e t c a r r e i r a c i n e m a m o d a a g i t o

    PORTO ALEGRE,SEXTA-FEIRA,25 de maio de 2012

    nerdsA vingana dos

    H seis anos, o dia 25 de maio ganhou um toque mais inteli-gente. Essa foi a data escolhida para comemorar o Orgulho Nerd. Com o tempo, aquele aluno excludo no cantinho da sala com cu-los fundo de garrafa deu lugar a um nerd mais seguro de si, popular e at que dita moda. O que no passado era motivo de chacota, agora tem outro valor. O Orgulho Nerd comemorado hoje porque, na mesma data, em 1977, estreava o primeiro filme da srie Star Wars. Alm disso, 25 de maio tambm o dia em que o escritor Douglas Adams, autor da srie de livros O Guia do Mochileiro das Galxias, homenageado.

    Tanto uma srie quanto a outra moveram multides de pesso-as que se tornaram aficionadas pelas histrias, seus personagens e at por seus figurinos. E essa a principal caracterstica de um nerd: gostar de aprender profundamente e muito sobre qualquer as-sunto. A expresso surgiu na dcada de 50 no Massachusetts Insti-tute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, e designava aqueles

    alunos que trabalhavam intensamente e que passavam noites em claro estudando para suas pesquisas.

    Estudar muito, se aperfeioar de forma quase manaca em al-gum assunto ou passar a maior parte do tempo envolvido com a tecnologia so algumas das nerdices mais comuns, mas o concei-to muito amplo. Existem vrios tipos de nerds, e o trao comum entre eles achar o processo de aprender alguma coisa a atividade mais divertida do mundo. Pode ser dentro do esportes, da mecnica ou da msica, por exemplo. comum, inclusive, aprenderem vrias coisas diferentes ao mesmo tempo, explica o professor de comu-nicao digital da PUCRS, Marcelo Trsel. Ele ainda contou que os nerds tiveram sua vingana cultural e passaram a ser peas prin-cipais da sociedade, deixando de lado a imagem da excluso. Hoje, a gente v que alguns alunos considerados nerds tm uma vida so-cial bastante ativa, namoram e so atraes nas festas dos amigos, quando no fazem as suas prprias, conta o professor.

    NERDS e seus tiposP

    G.2 BAZAAR

    e o Jogo de DamasPG.

    3 A MANIA dos headphonesP

    G.4

    Nerd Made in ChinaSen Ni ou Leonardo, como

    chamado no Brasil , tem 23 anos, formado em Letras e est no pas fazendo mestrado em Comunicao Social. Ele um autntico nerd e, alm de superestudioso, viciado no jogo on-line World of Warcraft.

    O guri chega a acordar s 6h para jogar. Eu divido meu tempo entre computador e livros. 60% do meu dia eu jogo e 40%, estudo, conta ele que chega a passar

    mais de 10 horas do dia logado. Os vcios do Sen Ni estudar e se puxar cada vez mais no jogo dele. Se liga na pgina 2 e descubra a que categorias esse nerd made in China pertence.

    Arq

    uivo

    pes

    soal

    /CP

  • 2 S e x t a - f e i r a , 2 5 d e m a i o d e 2 0 1 2

    A srie de televiso americana The Big Bang Theory, criada em 2007, a prova mxima de que os aplicadinhos ganharam seu espao. O seriado conta o dia a dia de cinco colegas de quarto supernerds. Estudiosos, geeks ou nerds cientficos usam o tempo livre fazendo todo tipo imaginvel de nerdice. Eles passam horas jogando RPG, fazendo maratonas de sries de fico cientfica ou simplesmente discutindo fsica. The Big Bang Theory ganhou um Emmy de melhor comdia em 2010 e tem mais de 14 milhes de telespectadores.

    A nerdice na TV

    Orgulho de qu?

    Palco PUCRS apresenta finalistas

    Amanh e domingo, as 20 bandas escolhidas no concurso Palco PUCRS vo se apresentar ao vivo na Universidade. A funo vai acontecer das 17h s 22h no Salo de Atos do Campus. A comisso julgadora ir selecionar 10 grupos para a terceira etapa do concurso, que sero divulgados no final das apresentaes. Na final, que acontece no dia 7 de julho, o vencedor ganhar um videoclipe gravado e editado, 40 horas em estdio profissional com assessoria de produo, vai poder participar de um Concerto da Orquestra Filarmnica da PUCRS e (ufa!) abrir o show de banda reconhecida no Estado. Os shows so abertos ao pblico e a entrada franca. Saiba mais: (51) 3320-3708.

    Curte artes?

    At o dia 13 de junho est rolando a exposio Conexes Contnuas, com obras de Manoela Furtado, aluna do stimo semestre de Artes Visuais no Instituto de Artes da Ufrgs. Trabalhando com desenho e pintura, a obra de Manoela caracteriza-se pelos estudos sobre a figura humana e sobre gestualidade e aponta questes da representao e percepo do corpo e do homem no mundo. A artista trabalha com desenho e pintura. A mostra pode ser visitada de segunda a sbado, das 8h s 22h, no Espao Ado Malagoli do IA/Ufrgs (rua Senhor dos Passos, 248, trreo- campus Centro) e tem entrada franca.

    Que tal Espanha? O Programa de Bolsas Ibero-Americanas do Santander t oferecendo vagas de estudos em instituies espanholas e a Unisinos vai selecionar cinco alunos pra entrar nessa. Os interessados devem fazer as inscries at hoje (se liga!), s 16h, na Assessoria de Relaes Internacionais e Desenvolvimento da universidade. Pra participar preciso comprovar domnio da lngua espanhola. Os estudantes contemplados recebero uma bolsa-auxlio equivalente a 3 mil euros. Quer saber mais? s ligar pra (51) 3591-1122 ou dar uma olhada no edital no site unisinos.br.

    E o direito da vtima?Pensei mil vezes antes de escrever esse

    texto, mas ainda vivo num pas com liberdade de expresso, n? No final de semana assisti de novo o Tropa de Elite 2. O filme uma dura crtica entre um tringulo polticos x Polcia x direitos humanos. J falei aqui sobre poltica, sobre segurana e hoje quero falar sobre os direitos humanos. Precisaria muito mais de uma coluna para aprofundar o assunto, mas o que me incomoda : e o direito da vtima? A justia (muitas vezes) lenta, burocrtica e tendenciosa. A Polcia (muitas vezes) corrupta e despreparada. O bandido (muitas vezes) uma pessoa sem oportunidade, que tomou esse caminho por no ter educao e estrutura suficiente. Mas e a vtima? E a famlia da vtima?

    Eu (graas a Deus) nunca perdi ningum prximo em um assalto, por exemplo, mas posso imaginar a dor que . Alis, maior que a dor deve ser a revolta. Sabendo da impunidade, sabendo de como a banda toca no nosso pas, tu perder algum querido estupidamente e pensar que tem gente preocupada com o bandido deve ser um verdadeiro tapa na cara. Todo mundo merece uma segunda chance? Sim, mas e o cara que foi morto, ele tambm no merecia? Todo ser humano merece um mnimo de dignidade para viver (mesmo na cadeia)? Sim, mas quando os sequestradores deixam a vtima no cativeiro, apanhando, passando fome, frio, a regra dos direitos humanos no vale?

    Certa vez (eu devia ter uns 15 anos) dois guris roubaram o mercado da esquina da minha casa. Na hora da fuga, os meus vizinhos conseguiram pegar eles. Um deles, depois de imobilizar o ladro, comeou a encher o pi de tapas, na frente de todo mundo, enquanto a Polcia no chegava. Nossa, aquilo me deixou muito mal. Ver aquela cena me deu MUITA pena do guri que tinha roubado. Logo ele parou porque as pessoas que estavam na volta intervieram, dizendo que ele no devia bater no cara, que era um absurdo, que ele tinha feito errado em roubar, mas que no tinha que bater. A Polcia chegou, levou os dois e fim de papo. Meses depois esse MESMO guri que tinha tomado os tapas assaltou um guri que morava na minha rua. Alm de roubar tnis, bon e dinheiro, ele espancou o guri que ficou todo roxo. Eu s pensava: porque agora no tem um monte de gente intervindo e dizendo que ele no tem o direito de roubar, MUITO menos de bater.

    Usei um exemplo de uma cena leve pra mostrar que tudo tem os dois lados. Eu vivo em um pas onde as medidas e os pesos mudam constantemente. E que as vtimas ainda so as maiores vtimas (!). No acho que tem que sair batendo em bandido, nem sou a favor da pena de morte, mas tenho certeza de que se alguma coisa um dia acontecer com algum da minha famlia e eu sentir essa dor, vou ter raiva dos direitos humanos. Eles deviam valer para todos.

    Falamos!

    Esse texto foi originalmente publicado no blog de Guilherme Alf (guilhermealf.com.br) e o seu contedo de responsabilidade do autor.

    Guilherme Alfgalf@correiodopovo.com.brSabe aquele aluno que senta no fundo da sala, no tem muitos amigos, s estuda e sofre bullying? Ele pode no ser nada

    nerd. Esse esteretipo deixou de ser realidade na vida dessa gurizada aplicada. Agora eles so populares e at sua forma de vestir virou moda. Se algumas dcadas atrs as pessoas se esforavam para se afastar da identidade de nerd, hoje esse um papel social desejado. Nada de depreciao. Por isso, o Mais Preza perguntou para trs estudantes universitrios, por

    que eles tm orgulho de ser nerd:

    Tenho orgulho de ter certeza de que por ser

    desse meu jeito nerd um dia vou ser grande

    na vida. Camila Piccinini, 20, que no se contenta

    com uma nota menor que 10

    Tenho orgulho de ter o conhecimento e a curiosidade como motivao para a vida.Felipe Nogs, 19, passa 24 horas conectado na Internet

    Tenho orgulho de ser quem eu sou e do fato

    de que isso hoje no mais rotulado como

    loser, fracas