Caracteriza§£o de duas popula§µes de pescadores ... A todos os pescadores,...

download Caracteriza§£o de duas popula§µes de pescadores ... A todos os pescadores, pela simpatia e disponibilidade

of 43

  • date post

    20-Jan-2019
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Caracteriza§£o de duas popula§µes de pescadores ... A todos os pescadores,...

Resumo

O Homem sentiu desde muito cedo, vontade de explorar novos horizontes e de escapes para a

sua rotina do dia-a-dia. Entre tantas atividades praticadas, uma delas foi a pesca. A pesca

recreativa uma das atividades de turismo e lazer mais praticadas em todo o mundo. Pode ser

praticada em gua salgada, em gua salobra e em gua doce. Neste trabalho analisam-se duas

populaes de pescadores desportivos de gua salobra.

Portugal um pas com imenso potencial para a prtica desta atividade especialmente por

habitantes de zonas costeiras.

Muitos dos ecossistemas estuarinos so afetados por esta prtica, pois os pescadores acabam

por utilizar espcies exticas como isco. Neste trabalho, estudou-se em particular a espcie Alitta

sucnea (Nereididae), comummente designada como Coreana.

Procurou-se caracterizar a prtica desta modalidade, as tcnicas utilizadas pelos pescadores e os

possveis impactos que espcies exticas utilizadas como isco podero trazer para os

ecossistemas aquticos. Para tal foram realizados inquritos em duas reas (S. Jacinto e Torreira;

Gaia e Porto). Os resultados obtidos foram analisados no programa Statistica 11.

De uma forma geral, concluiu-se que as populaes de pescadores nos dois locais apresentavam

algumas diferenas, sendo mais impactante para o ambiente a actividade desenvolvida na regio

de Aveiro.

No que se refere a espcies exticas, embora fosse possvel determinar que h libertao de

exemplares para o meio ambiente, sero necessrios estudos especficos para determinar a real

expanso desta e doutras espcies em Portugal, bem como o seu impacte nas comunidades

biolgicas aquticas.

Palavras-chave: pesca recreativa, espcies exticas, esturios.

Abstract

Since the beginnings of mankind history, man felt the need to explore new horizons and to develop

some getaway activities, to escape daily routines. Among these, was sport fisheries. Nowadays,

this is one of the most popular recreational and turistical activities in the world. It can be practiced

in saltwater, brackish water or freshwater. In the present work, two populations of brackish water

sportive fisherman are studied.

Portugal has an enormous potential for the development of this activity, especially by those

inhabiting coastal areas.

Estuarine ecosystems are affected by this activity, because fisherman end up using exotic species

as bait. In the present work, the studied species was Alitta sucnea (Nereididae), commonly known

as Coreana.

The aim was to characterize this activity, the techniques more commonly used by the fisherman,

and the possible impacts that might rise from the use of exotic species as bait, regarding aquatic

ecosystems. Inquiries were made in two areas (S. Jacinto e Torreira; Gaia e Porto). The results

were analysed using the software STATISTICA 11.

The fisherman populations in the two areas presented some differences, with the activity in the

Aveiro region being more impacting for the environment.

Concerning exotic species, although it was possible to determine that some individuals are

released into the ecosystem, more specific studies will be needed to determine the real expansion

of these, and other species in Portugal, as well as its impact in the aquatic biological communities.

Agradecimentos

Agradeo profundamente ao Professor Nuno Formigo, por me ter dado imenso apoio nesta

caminhada de dois anos, principalmente neste ltimo ano. Por me ter dado esperana e por no

me ter deixado desistir. Muito obrigada.

Quero tambm deixar o meu agradecimento ao Professor Paulo Talhadas dos Santos, por ter

compreendido da melhor forma a minha deciso em relao ao tema e orientao da

dissertao. Obrigada.

A todos os pescadores, pela simpatia e disponibilidade de me ajudarem e de me terem dado

explicaes extremamente importantes e muito interessantes, no que diz respeito pesca

desportiva/recreativa.

Aos meus colegas do curso de Mestrado, a todos. Pela simpatia e compreenso, por estarem

sempre disponveis quando a matria no era to bem compreendida! Um especial agradecimento

Maria Joo, Mafalda e Marta. Os trs M extremamente importantes para mim nesta

caminhada! Obrigada.

A alguns dos meus colegas de trabalho que, fizeram questo de me apoiar neste ltimo ano e por

estarem sempre disponveis e nunca me terem deixado desistir do curso nem de ter esperana.

Aos meus pais e irmos. Sempre com muito apoio, amor e carinho!

ndice

1. Introduo 1

1.1 . Pesca ldica 2

1.1.1. Equipamentos de pesca 4

1.1.2. Iscos de pesca iscos naturais 5

1.2 Espcies exticas 6

1.3 Alitta sucnea (Nereididae) 8

1.4 Objetivos 9

2. Metodologia 10

2.1 rea de estudo 10

2.2 Metodologia da amostragem 11

3. Apresentao e discusso de resultados 13

4. Concluses e consideraes finais 29

5. Bibliografia 32

ndice de tabelas

Tabela 1 Tabela em excel com todas as variveis do inqurito utilizadas para a elaborao dos

resultados pg 14

ndice de figuras

Fig.1 Minhoca ou bicha do mar pg 6

Fig. 2. Casulo pg 6

Fig. 3. Camaro pg 6

Fig. 4. Coreana pg 6

Fig. 5. Coreana (Alitta sucnea) pg 8

Fig. 6. Coreana (Alitta sucnea) pg 8

Fig.7. S. Jacinto, Aveiro pg 10

Fig. 8. Rio Douro, Vila Nova de Gaia pg 10

Fig. 9. Inqurito realizado aos pescadores pg 12

Fig. 10. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 15

Fig. 11. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 16

Fig. 12. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 17

Fig. 13. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 18

Fig. 14. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 19

Fig. 15. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 20

Fig. 16. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 21

Fig. 17. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 22

Fig. 18. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 23

Fig. 19. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 24

Fig. 20. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 25

Fig. 21. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 26

Fig. 22. PCA - Grfico com a projeco das variveis analisadas no crculo de correlaes

correspondente aos dois primeiros factores pg 27

Fig. 23. PCA - Grfico com a projeco dos vrios inquiridos no espao dos dois primeiros

factores pg 28

FCUP Caracterizao de duas populaes de pescadores desportivos algumas

consideraes ecolgicas

1