Atitudes de conserva§£o e Conhecimento de pescadores ... pescadores artesanais sobre...

download Atitudes de conserva§£o e Conhecimento de pescadores ... pescadores artesanais sobre tartarugas

of 84

  • date post

    07-Feb-2019
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Atitudes de conserva§£o e Conhecimento de pescadores ... pescadores artesanais sobre...

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ

PS-GRADUAO EM ECOLOGIA E CONSERVAO

DA BIODIVERSIDADE

Atitudes de conservao e Conhecimento de

pescadores artesanais sobre tartarugas marinhas

(Reptilia: Testudines) no Sul da Bahia, Brasil

Heitor de Oliveira Braga

Orientador: Dr. Alexandre Schiavetti

Ilhus-Bahia

2012

2

Heitor de Oliveira Braga

Atitudes de conservao e Conhecimento de

pescadores artesanais sobre tartarugas marinhas

(Reptilia: Testudines) no Sul da Bahia, Brasil

Dissertao apresentada como requisito parcial para obteno do ttulo de Mestre em Ecologia e Conservao da Biodiversidade pela Universidade Estadual de Santa Cruz.

Orientador: Dr. Alexandre Schiavetti

Ilhus-Bahia 2012

3

B813 Braga, Heitor de Oliveira. Atitudes de conservao e conhecimento de pes- cadores artesanais sobre tartarugas marinhas (Re- ptilia: Testudines) no sul da Bahia, Brasil / Heitor de Oliveira Braga. Ilhus, BA: UESC, 2012. 84f. : il. ; anexos Orientador: Alexandre Schiavetti. Dissertao (Mestrado) Universidade Estadual de Santa Cruz, Programa de Ps - Graduao em Ecologia e Conservao da Biodiversidade. Inclui bibliografia e apndice.

1. Biodiversidade - Conservao. 2. Tartaruga marinha. 3. Animais marinhos Conservao. 4. Pescadores Bahia. I. Ttulo. CDD 333.95

4

Heitor de Oliveira Braga

Atitudes de conservao e Conhecimento de

pescadores artesanais sobre tartarugas marinhas

(Reptilia: Testudines) no Sul da Bahia, Brasil Aprovado em 27 de maro de 2012

COMISSO EXAMINADORA:

Dr. Alexandre Schiavetti Orientador

(UESC)

Dr. Rmulo R. N. Alves

(UEPB)

Dr. Eraldo Medeiros Costa-Neto (UEFS)

Dra. Natlia Hanazaki (UFSC)

Ilhus-Bahia

2012

5

Dedico minha famlia, em

especial a minha querida av

materna Gilma Alves de Oliveira.

6

"Agradeo todas as dificuldades que enfrentei; no

fosse por elas, eu no teria sado do lugar. As

facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as

crticas nos auxiliam muito.

Francisco Cndido Xavier

7

AGRADECIMENTOS

Agradeo em especial, aos meus pais, Heleno Braga e Maria Auxiliadora

de Oliveira Silva, por terem acreditado em mais essa fase da minha vida,

garantindo dedicao, companheirismo e confiana.

Ao Prof. Dr. Alexandre Schiavetti por ter se mostrado disposto a me

conceder orientao desde o comeo e me ajudado a evoluir no decorrer do

curso.

Ao CNPq pelo financiamento da bolsa de mestrado.

Universidade Estadual de Santa Cruz e o Programa de Ps-graduao

em Ecologia e Conservao da Biodiversidade (PPGECB) pela oportunidade

de realizao de um mestrado de excelncia e qualidade.

Ao Projeto TAMAR/ICMBio pelo treinamento concedido nas bases de

Arempebe (Kellyn Cristina Carneiro) e Praia do Forte (Luciana Franco

Verssimo) e demais estagirios e bilogos do Tamar.

A todos os professores, alunos e funcionrios do PPGECB que

contriburam de alguma forma para aprimoramento dos meus conhecimentos e

solicitaes.

Aos dois presidentes e pescadores entrevistados da colnia Z-19 e Z-39

de Ilhus por terem concedido informaes que foram fundamentais para o

desenvolvimento do trabalho de campo. Agradeo em especialmente a Salada,

Valdeque e Rui por toda contribuio.

Aos pescadores da colnia Z-18 de Itacar por terem colaborado para o

projeto piloto inicial do trabalho em especialmente ao grande pescador

Arapiraca que sempre mostrou disposio em ajudar.

Aos colegas do EtnoLab, pelas trocas de conhecimentos e

disponibilidade em ajudar com destaque a Luciana Castilho que colaborou

bastante com idias e anlise de dados e Daniela Alarcon por sempre estar

disposta em ajudar de alguma forma em prol do projeto.

grande amiga espiritual eterna Romari Martinez, Adriana Crispim e

Eraldo M. Costa-Neto por toda disposio em ajudar e amizade.

Ao colega de repblica Henrique Matheus pela amizade e toda

pacincia, ajuda e ensinamentos estatsticos.

8

Ao Professor Dr. Maurcio Moreau pela grande contribuio na

confeco dos mapas.

Aos membros da banca examinadora: Dr. Rmulo R. N. Alves, Dr.

Eraldo M. Costa-Neto e a Dra. Natlia Hanazaki.

Aos grandes amigos que me ajudaram a conseguir vencer mais essa

batalha dando fora, confiana e pensamentos positivos: Felipe, Lucas,

Fabiana, Melina, Elane, Sara, Mitchel, talo, Netto, Renata Guedes, Heitor

Liuth, Jack, Murilo, Alton, Galvo, Juru Campeche, Fbio e Dinho, a galera de

Minas, Gois e So Paulo: Amanda, Natalya Dayrel, Renata, Herval, Gabriel,

Ariana, Mara, Sofia, Mary, Cinthia, Dbora, Sara, Maite, Edilson, Marcos,

Paula, Giseli e que mesmo de longe deram muita fora e outros vrios amigos

que de alguma forma fizeram parte da minha vida nesses ltimos dois anos.

Muito obrigado deus por ter me concebido mais uma experincia indita

em minha vida que encarei como uma forma de evoluo.

9

RESUMO

H registro de sete espcies de tartarugas marinhas no mundo. Dessas, cinco so

encontradas na costa litornea do Brasil. Numa esfera global todas essas espcies se

encontram em algum grau de ameaa. Diversas so as causas da reduo da

populao desse quelnio nos ltimos anos. No obstante, a interao com a pesca

representa o maior fator de mortalidade desses txons, com destaque a duas artes de

pesca: rede de arrasto e rede de lagosta. Devido aos poucos estudos com

comunidades pesqueiras tradicionais e tartarugas marinhas na regio Sul da Bahia, o

presente trabalho buscou identificar e avaliar o conhecimento ecolgico e as possveis

atitudes tomadas pelos pescadores artesanais em relao conservao e a captura

acidental de tartarugas marinhas em Ilhus, Sul da Bahia, Brasil. A pesquisa foi

conduzida com 30 pescadores especialistas, reconhecidos como os detentores do

conhecimento sobre a pesca na regio. O conhecimento e as atitudes em relao

conservao de tartarugas marinhas foram respectivamente mdio e moderado,

segundo os parmetros de classificao adotados (baseado na escala de likert e Alfa

de Cronbach). As atitudes mediram o grau de conscincia do entrevistado sobre o

estado de conservao das tartarugas e as tendncias em terem aes favorveis

ou/e desfavorveis em relao manuteno da populao de tartarugas na regio de

estudo. Possveis reas de desovas foram relatadas pelos especialistas. Alguns

comportamentos e dados ecolgicos do quelnio em estudo foram corroborados com

a literatura cientfica. A maioria dos pescadores mencionou ter capturado tartarugas

durante alguma operao de pesca recentemente. As regies costeiras de Ilhus,

Olivena e Acupe foram destacadas como reas de grande probabilidade de captura

acidental. As ltimas capturas foram atribudas linha de pesca. Entretanto, segundo

especialistas, a rede de lagosta e a rede de camaro apresentam maior probabilidade

de captura do animal. O conhecimento e as atitudes no mostraram relao com a

idade, nmero de filhos e tempo de associao com a colnia de pescadores.

Conhecimento e atitudes foram fracamente inversamente correlacionados (r = -038, p

= 0.04). O nvel educacional do entrevistado mostrou ter uma relao positiva com

atitudes positivas em relao conservao do recurso (H = 8.33; p = 0.04). Foram

identificados crenas e tabus alimentares (tabus segmentares, tabus de histria de

vida, tabus de hbitat e tabu exgeno). A espcie Lepidochelys olivacea (Eschscholtz,

1829) foi o nico registro de captura acidental na regio e a CPUE para uma

embarcao de rede de arrasto foi de 13.07 tartarugas por hora de arte de pesca no

mar. Estudos etnoecolgicos, continuao de projetos de educao ambiental,

10

monitoramento de reas de desovas e a utilizao de recursos pesqueiros

moderadamente so recomendados para o Sul da Bahia.

Palavras-chave: Reptilia; Cheloniidae; Dermochelyidae, conhecimento ecolgico

tradicional, atitudes, captura acidental; conservao.

11

ABSTRACT

In the world are found seven species of sea turtles. Of these, five are found in the

littoral coast of Brazil. In a global sphere all these species if find in some degree of

threat. Several cause of declining population in recent years this turtle. Nevertheless,

interaction with fishing is the biggest factor in degradation of these txon, especially the

two gears: trawl net and lobster. Due to few studies with traditional fishing communities

and marine turtles in the southern region of Bahia