Uso das ervas no candombl© ketu

download Uso das ervas no candombl© ketu

of 70

  • date post

    07-Aug-2015
  • Category

    Documents

  • view

    1.552
  • download

    19

Embed Size (px)

description

Ensina o uso correto das folhas nos rituais de candomblé ketu

Transcript of Uso das ervas no candombl© ketu

Classificaao das folhas.. ervas dos orixs1) So divididas por elementos, a saber: EW AFEF folhas de ar EW INN folhas de fogo EW OMIN folhas de gua EW IL ou IGB folhas de terra Essa diviso remonta classificao dos orixs por elementos, apesar de sabermos que os orixs podem ter, e efetivamente possuem, folhas pertencentes a todos os elementos. A chave o equilbrio. S para lembrar, a diviso dos orixs por elementos :

ORIXS DE FOGO: Ex, Ogum, Xang, Oy. ORIXS DE TERRA: Ogum (o ferro), Oxssi, Omol/Obalua, Nan.(lama = terra + gua), Oxumar e Logun. ORIXS DE GUA: Iemonj, Oxum, Nan, Oxumar, Logun, Ob, Yew, Oxal (nas chuvas finas). ORIXS DE AR: Oy, Oxal (nas nuvens e no cu), Oxumar (no arco ris). Devemos ter em mente que esta classificao genrica, pois no leva em considerao que, em suas qualidades, os orixs se relacionam com outros orixs e, conseqentemente, com outros elementos. Por exemplo, Oy Onira = fogo + ar + gua = gua fervente ou vapor dgua; Ogum Alagbed = fogo + ar = ferreiro do cu; Od Inle = terra + ar + gua, etc. Por isso, aconselhvel o uso equilibrado dos quatro elementos num amaci/ab/omier, principalmente no que diz respeito aos rituais iniciticos. Outra classificao diz respeito polaridade das folhas, determinada normalmente por seu formato, onde temos: EW OPA TN X EW OPA S

Folhas da direita Masculinas Formas alongadas/flicas Geralmente, de fogo ou ar

Folhas da esquerda Femininas Formas arredondadas/uterinas Geralmente de gua ou terra

Tambm se considera as condies de: excitao (gn) ou calma (r) geradas pelas folhas, que de extrema importncia. GUN X R

Folhas de fogo ou terra, Facilitam a possesso e excitam o orix e a pessoa.

Folhas de ar ou gua, abrandam o transe e acalmam o orix e a pessoa.

Volta-se a frisar, o equilbrio fundamental. Em banhos (amacis banhos frescos, ou abs banhos de fundamento do ax) necessrio analisar as condies da pessoa e de seu orix. Se o banho para pessoa /orix muito calmo, usam-se algumas folhas GUN, para equilibrar a energia. Se for ao contrrio, usa-se algumas folhas R.

Banho de Ervas Importante ao preparar:Os banhos de ervas devem ser preparados por pessoas especializadas dentro dos terreiros ou por voc mesmo(a), com a orientao de seu Zelador de Santo (Pai de Santo). No candombl quem colhe as ervas o Mo-de-Of, ou Olossain, que antes de entrar na mata sada Osse (orix das ervas e folhas) e oferece-lhe um cachimbo de barro, mel, aguardente e moedas. Esse sacerdote que se dedica s folhas, nos cultos de Nao, o Babalossaim, e ele usa seus dotes a cura, para a preparao de amacis e feitura de Santo no candombl.

Na Umbanda, os Pais e Mes de Santo tem o conhecimento do uso das ervas e no preparo delas. Acenda uma vela branca e oferea ao seu anjo de guarda. Ponha gua (de preferncia mineral) dentro da bacia juntamente com a erva, e macere-a at extrair o sumo. Deixe descansar a mistura, dependendo da "dureza", por algumas horas (flores, brotos e folhas), at por dias (caules, cips e razes). Durante este processo, importante que o filho de f, ou cante algum ponto correspondente, ou ao menos esteja concentrado e vibrando positivamente. Retire o excesso das folhas da bacia; tome seu banho de asseio normal; depois o de descarrego, se indicado;e, depois tome o banho com o amaci, lavando bem a cabea, a nuca, o frontal e os demais chacras, (o banho dever permanecer no corpo), vista uma roupa branca. Procure se recolher por uns trinta (30) minutos, mentalizando seu orix. Em todos os banhos, onde se usam as ervas, devemos nos preocupar com alguns detalhes : Ao adentrar numa mata para colher ervas ou mesmo num jardim, saudamos sempre Ossaim que responsvel pelas folhas; Antes de colhermos as ervas, toquemos levemente a terra, para que descarreguemos nossas mos de qualquer carga negativa, que levada para o solo; No utilizar ferramentas metlicas para colher, d preferncia em usar as prprias mos, j que o metal faz com que diminua o poder energtico das ervas; Normalmente usamos folhas, flores, frutos, pequenos caules, cascas, sementes e razes para os banhos, embora dificilmente usemos as razes de uma planta, pois estaramos matando-a; Colocar as ervas colhidas em sacos plsticos, j que so elementos isolantes, pois at chegarmos em casa, estaremos passando por vrios ambientes;

Lavar as ervas em gua limpa e corrente; Os banhos ritualsticos devem ser feitos com ervas frescas, isto , no se demorar muito para us-las, pois o Prana contido nelas, vai se dispersando e perde-se o efeito do banho; A quantidade de ervas, que iro compor o banho, so 1 ou 3 ou 5 ou 7 ervas diferentes e afins com o tipo de banho. No usar aqueles banhos preparados e vendidos em casas de artigos religiosos, j que normalmente as ervas j esto secas, no se sabe a procedncia nem a qualidade das ervas, nem se sabe em que lua foi colhida, alm de no ter serventia alguma, apenas sugestivo o efeito. Banhos feitos com gua quente devem ser feitos por meio da abafao e no fervimento da gua e ervas, isto , esquenta-se a gua, at quase ferver, apague o fogo, deposite as ervas e abafe com uma tampa, mantenha esta imerso por uns 10 minutos antes de usar. Os banhos no devem ser feitos nas horas abertas do dia (06 horas, 12 horas ou meiodia, 18 horas e 24 horas ou meia-noite), pois as horas abertas so horas livres onde todo o tipo de energia corre. S realizamos banhos nestas horas, normalmente os descarregos com ervas, quando uma entidade prescrever (normalmente um Ex). No se enxugar, esfregando a toalha no corpo, apenas, retire o excesso de umidade, j que o esfregar cria cargas eltricas (esttica) que podem anular parte ou todo o banho. Aps o banho, importante saber desfazer-se dos restos das ervas. Retiramos os restos das ervas que ficaram sobre o nosso corpo, juntamos com o que ficou no cho. E despachamos em algum local de vibrao da natureza como, por exemplo, num Rio (rio abaixo), no mar, numa mata, etc.; Ou at mesmo em gua corrente

Banho de Descarrego com ervas, folhas ou EweAuthor: AUTOR: EBOMI | at : 13:51 | Category : Banhos, Candombl, Ervas - Ewe - folhas Plantas, O Candombl, UMBANDA |

O banho muito utilizado o Banho de Descarrego com ervas, folhas ou Ewe. Quando feito com ervas, as mesmas devem ser colhidas por pessoas capacitadas para tal, em horas e condies exigidas, entretanto, podem ser usadas tambm as adquiridas no comrcio (frescas), desde que quem v us-las, as conhea. Banhos com essncias tambm devem ser utilizados com cuidado, pois contm muita vibrao, somente administrados por pessoas capacitadas. O banho de descarga mais usado feito com ervas positivas, variando de acordo com os fludos negativos acumulados que uma pessoa est carregando, e de acordo com os orixs que a pessoa traz em sua cabea. O banho de descarga com ervas deve ser tomado aps o banho rotineiro, de preferncia com sabo da costa, sabo neutro ou sabo de coco.

Um banho de descarga no deve ser jogado brutalmente pelo corpo e sim suavemente, com o pensamento voltado para as falanges que vibram naquelas ervas ali contidas. Ao tomarmos o banho de descarrego podemos tambm entoar um ponto cantado, chamando os guias que vibram com aquelas ervas ali maceradas. Ao terminarmos o banho de descarga, devemos recolher as ervas e "despach-las" em algum local de vibrao da natureza como, por exemplo, num Rio (rio abaixo), no mar, numa mata, etc.; Ou at mesmo em gua corrente. Hoje em dia h banhos de descarga que so comprados prontos, mas no so recomendados, pois muitos no so preparados com o rigor que deveriam ser. Pois para preparar um banho, devemos colher as ervas certas, caso contrrio, no h efeito positivo e/ou completo. Aps um Banho de Descarga ou descarrego, aconselhvel, que se tome algum Banho de Energizao, com ervas de Oxal, ou com as ervas do Orix do mdium. Sistema de Classificao Jj-Nag Ew Or s y , o orix patrono da vegetao e divindade das folhas litrgicas e medicinais. cultuado nos terreiros de Candombl, principalmente, durante o processo inicitico quando banhos, atin (ps) e descarrego so feitos com o auxlio das folhas. Sua importncia to abrangente dentro da religio que nenhuma cerimnia pode ser praticada sem a sua participao, pois sendo o detentor do contido nos vegetais, todos os r dependem dele, por isso diz-se que sem folhas no tem orixa - k s ew k s r O sistema de classificao dos jje-nags, que diz respeito aos vegetais, se estrutura sobre quatro elementos que esotricamente visto como universal, Fogo, gua, Terra e Ar. Sendo os orixs, representaes vivas destas foras que regem a natureza, as folhas a eles atribudos, no contexto litrgico, associam-se, conseqentemente, a estes elementos. Deste modo, os vegetais esto dispostos em quatro compartimentos-base diretamente relacionados aos quatro elementos da natureza Nestes quatro compartimentos-base, insere-se todo o sistema litrgico jje-nag. Sendo assim, cada orix possui uma caracterstica prpria que transmitida ao seu iniciado, o que possibilita identificar, atravs do arqutipo humano, seus pais mticos, ou seja, qual o orix que rege a pessoa. Deste modo temos: Compartimento gua Terra Ew Omi Ew Il Ew Ojor w

Fogo Ew Inn Folha Principa l Ew Inn

Ar w Ew r

Exu Xang Oy

Orixs

Yemanj Oxum Oba Oy ew Oxumar Nana Oxossi l

snyn Ogun Oxossi ml

l Oxumar Oya

A diviso do rx em caminhos (qualidades ou avatares) faz com que estes pertenam a mais de um compartimento. Ex.: Ex que se relacionam com todos os orixs; gn e Oxosi que vivem na gua; Oi que possui caminhos de fogo, gua, mato; Oxumar que transita entre o cu, a terra e as guas etc. Os vegetais se dividem, tambm, dentro de um sistema binrio, em Masculinos (ak ) e Femininos (abo) que so determinadas pela forma de suas folhas: Folhas alongadas ou que possuem forma flica so masculinas. Folhas arredondadas ou que possuem forma uterina so femininas.

Masculino

Feminino

As folhas consideradas masculinas esto