Reacção de Precipitação

download Reacção de Precipitação

of 13

  • date post

    20-Sep-2014
  • Category

    Education

  • view

    91
  • download

    9

Embed Size (px)

description

Este um trabalho que fiz no 8 ano para a disciplina de Fsico-qumica sobre as reaces de precipitao, sobre a dureza da gua, formao de corais e formao de grutas como as de Mira de Aire ou as Da Moeda. Os gifs no ltimo diapositivo podem ser encontrados pesquisando qualquer coisa como "gifs qumica". Espero que gostem e partilhem.

Transcript of Reacção de Precipitação

Diapositivo 1REACES DE PRECIPITAOLus Oliveira, n10; Patrcia Pereira, n14; A.PR./C.F.Q. 2010/2011NDICE Dureza da gua; Dureza da gua em Portugal; As grutas calcrias; Formaes Calcrias; A formao de corais; Fenmenos na natureza resultantes de reaces de precipitao; Grutas de Mira De Aire; Grutas da Moeda; Webgrafia.A gua que ns utilizamos no quotidiano pode classificar-se quanto espuma que fazem com sabo: gua dura - rica em sais de clcio e magnsio, com o sabo faz pouca espuma e vem de solos calcrios e por isso tambm chamada gua calcria. gua macia pobre em sais de clcio e magnsio e com o sabo faz muita espumaCaractersticas deste tipo de guas: - no so as melhores para consumo- no dissolvem bem o sabo;- tm sabor desagradvel;- causam mais facilmente depsitos de calcrio nas canalizaes e nas mquinas.DUREZA DA GUA3A dureza da gua medida geralmente com base na quantidade de partes por milho de Carbonato de Clcio (CaCO3), tambm representada como mg/l de Clcio CaCO3. Quanto maior a quantidade de "ppm", mais "dura" ser considerada a gua.muito mole0 a 70 ppmmole (branda)70-135 ppmmdia dureza135-200 ppmdura200-350 ppmmuito duramais de 350 ppmguas macias0-75 mg/l (CaCO3) guas mdias75-150 mg/l (CaCO3) guas duras150-300 mg/l (CaCO3) guas muito duras> 300 mg/l (CaCO3)DUREZA DA GUADUREZA DA GUA EM PORTUGALgua muito duragua duragua mdiagua maciaAs guas duras, presentes nos solos calcrios, localizam-se a Sul de Portugal, as guas mdias situam-se na regio de Lisboa e as guas macias, existentes nos solos de rocha slica argilosa, localizam-se a Norte de Portugal. GRUTAS CALCRIASA gua da chuva dissolve o dixido de carbono (Co2) na atmosfera formando-se uma soluo aquosa:Estas chuvas reagem com o carbonato de clcio existente no calcrio formando-se bicarbonato de clcio.Dixido de carbono (g) + gua (l) Dixido de carbono (aq) Dixido de carbono (aq) + Carbonato de Clcio (s) Bicarbonato de Clcio (s)H2O + CO2 H2CO3H2CO3 CaCo3 Ca(HCo3)2Esta reaco decorre durante milhares de anos o que faz com que se abram cavidades na rocha formando-se assim as grutas calcrias. Ao evaporar-se, a gua forma novamente carbonato de clcio, dixido de carbono e gua. O carbonato de clcio, que tem pouca solubilidade, deposita-se formando colunas no interior das grutas.Estas colunas dividem-se em dois tipos: estalagmites e estalactites. As que foram formadas no tecto chamam-se estalactites e as que se formaram no cho chamam-se estalagmites. Estas formaes calcrias podem unir-se formando uma coluna e aumentam cerca de um centmetro por ano e tm formas variadas dependendo do escoamento de gua que pode originar nascentes de gua dura.EstalagmiteEstalactiteColunaFormaes CalcriasFormao de CoraisOs plipos de coral retiram o carbonato de clcio dissolvido na gua do mar e pricipitam-no na forma do mineral aragonite. Isto acontece na forma de um esqueleto em forma de taa, denominado coralite, onde os plipos vivem. Os recifes de corais existem nas guas limpas das regies tropicais.Fenmenos Naturais resultantes das reaces de precipitaoAs Grutas de Mira de Aire so umas das 7 Maravilhas Naturais de Portugal. So as maiores grutas tursticas de Portugal com uma extenso que atinge os 11kms, mas apenas 600 metros podem ser visitados. Inauguradas em 1974, j receberam mais de 6 milhes de visitantes. As dimenses, a beleza e a importncia ecolgica das guas subterrneas fazem-nas a Capital do Mundo Subterrneo Portugus.GRUTAS DE MIRA DE AIREDescobertas em 1971, as Grutas da Moeda situam-se em S. Mamede, Batalha, e tm cerca de 350m de extenso e 45 de profundidade mantendo uma temperatura de 18.C todo o ano.Foram descobertas por dois caadores que perseguiam uma raposa que se ter refugiado num poo no meio do bosque. Curiosos, entraram e percorrendo o seu interior aperceberam-se da sua beleza natural, com galerias repletas de inmeras formaes calcrias. Depois foi explorada e descobriram vrias galerias de interessecientfico e turstico.GRUTAS Da moedaVisita virtual: http://www.grutasmoeda.com/portal/index.php?id=1528WEBGRAfIA Wikipdia - (pt.wikipedia.org/wiki/Dureza_da_gua ) aguaemfquimica.blogs.sapo.pt/529.html Livro de Fsico-qumica de 8anowww.grutasmiradaire.comFIM