"Neurociência do Consumidor" - Palestra de Pedro Camargo - Seminário: "O Negócio do Varejo -...

download "Neurociência do Consumidor" - Palestra de Pedro Camargo - Seminário: "O Negócio do Varejo - Mudou!"

of 73

  • date post

    09-Jul-2015
  • Category

    Retail

  • view

    344
  • download

    2

Embed Size (px)

description

Palestra de Pedro Camargo, CEO da Educorp, com o tema "Neurociência do Consumidor", proferida no seminário "O Negócio do Varejo - Mudou!", realizado no dia 8/4/14 na Business School SP.

Transcript of "Neurociência do Consumidor" - Palestra de Pedro Camargo - Seminário: "O Negócio do Varejo -...

  • Neurocincia do Consumidor

    O comportamento de consumo masculino x feminino

    Pedro de Camargo

  • Os livros

  • Srie de e-books Bora L... Amazon

  • Meus estudos e pesquisas

    Neurocincia Endocrinologia comportamental cincias biolgicas Gentica comportamental

    Biologia evolutiva Psicologia evolucionista Paleoantropologia cincias evolucionistas Neuroantropologia Etologia Gentica evolutiva

    Neurocincia do comportamento do consumidor Finanas comportamentais cincias Neuroeconomia aplicadas Neuromarketing Genoeconomics

  • Precisamos mudar nossa viso do comportamento humano

  • Vender entender e falar s as bases

    biolgicas do comportamento.

    Sobrevivncia ereproduo

  • Vamos aos fatos

  • Somos seres biolgicos

  • Fato

    A cultura tem bases biolgicas

    Os consumidores tm um repertrio comportamental que resulta da interao entre a filogenia e a ontogenia

  • Fato

    O comportamento social tem bases

    biolgicas

    Herd behavior

  • Nosso crebro decide milsimos de segundos antes de termos

    conscincia do ato.

  • fato

    Um rgo leva de cerca de 300 mil anos para se modificar e ns temos como espcie 180.000 anos e estamos h 10.000 anos na era ps agricultura.

  • fato

    Para haver adaptao preciso que se tenha um ambiente estvel por muito tempo e de 10.000 anos para c nada tem sido estvel ( cultura, meio ambiente, clima, tecnologia, sociedade)

  • A evoluo biolgica muito

    mais lenta do que a evoluo cultural,

    por isso agimos ainda como nossos

    ancestrais.

  • Nossos instintos nos do respostas antigas para lidarmos com um novo

    ambiente.

  • O crebro do Shopper

    98% do tempo da existncia do Ser Humano foi baseada no comportamento de caa e coleta.

  • Fato

    Hormnios produzem efeito sobre nosso humor.. A palavra hormnio derivada do termo grego hormo, que significa pr em marcha, portanto, fazer agir.

  • FatoNo existe crebro unissex

    Homens e mulheres compram os mesmos produtos de maneiras diferentes

  • Viso bidimensional do crebro

  • Viso tridimensional do Crebro

  • O x da questo est na diferena cerebral

  • Homens e mulheres comeam com um "crebro feminino e na oitava semana de gestao h um pico de testosterona queimando algumas clulas os "centros de comunicao" do crebro daquele que ser um menino e estimulando o crescimento de outras em reas que regem o sexo e a agresso.

  • O crebro em descanso.

  • As mulheres passam mais tempo escolhendo, em busca de bons negcios e usando as compras como um tipo de explorao em todos os sentidos.

  • O padro masculino de compras de caadorGet in, get it, get out

  • Em geral , os homens tm cerca de 4% mais clulas cerebrais do que as mulheres. No entanto as mulheres tm mais conexes entre as clulas cerebrais do que os homens.

  • O x da questo est no processamento cerebral

  • E ela no consegue voltar ao mesmo lugar pela segunda vez.

  • Os homens so melhores em percepo do espao, pois tm 6,5 vezes mais "massa cinzenta " , os centros no crebro que processam a informao , do que as mulheres, que tm 10 vezes mais " substncia branca " , as conexes entre esses centros.

  • Meninos bebes olham objetos

  • Bebes do sexo feminino preferem rostos

  • Os homens usam o hemisfrio esquerdo para dominar a linguagem, as mulheres usam ambos os lados.

  • A venda

    Ouvido direito

  • Mulheres tm sistema lmbico maiores e mais profundos do que os homens , permitindo-lhes ser mais emocional , mais capazes de expressar suas emoes e se conectar mais facilmente com os outros.

  • O crebro processa

    informaes de maneira diferente

    porque as estratgias de

    sobrevivncia e reprodutivas so diferentes e os hormnios que

    nos impulsionam tambm.

  • # Diferenas na psicologia evolucionista e biologia evolutiva

    vulo caro esperma barato

    # Diferenas paleoantropologia e neroanropologia

    O homem caa a mulher coleta

    # Diferenas hormonais

    Progesterona e estrognio Testosterona

    # Diferenas genticas

    Mulher xx homem xy

  • Pouco mudou no comportamento pr-histrico. ( crebro de caador-coletora)

    Ele continua Lutando

  • Ele continua caando

  • Ela continua coletando

  • E cuidandoda prole

  • A gentica e a perdepo

  • O cromossomo X

    determina a

    quantidade e a

    diversidade das

    clulas

    fotorreceptoras, as

    responsveis pelo

    processamento

    das cores.

  • Mulher e a

    ovulao

    Crebro Feminino, hormnios e consumo

  • Relacionamento, nvel de

    testosterona e consumo

  • Testosterona

    Crebro Masculino, hormnios e venda

  • Estudos apontam que mulheres bonitas podem de fato induzir os homens a assumir riscos, cometer erros, jogar mais livremente, e geralmente se comportam impulsivamente.

  • Precisamos parar de negar o passado evolutivo, as heranas ancestrais, a mente da savana, a filogenia o sistema lmbico e o reptiliano no comportamento

    de compra..

  • A Gentica Comparativa mostra que:

    Com os chimpanzs compartilhamos 98,9% dos genes ,

    Com os camundongos 95%,

    Com as galinhas 60%,

    Com as minhocas 50% dos genes,

    Com as vespas nasonia 40% dos nossos genes e;

    25% dos nossos genes esto presentes em todos os seres vivos

  • Conhecida tambm como rabo-forcado,

    joo-grande, alcatraz, grapir. O macho negro com o papo

    vermelho, que se infla para chamar a fmea para o acasalamento

  • Pense nisso!

    Insanidade fazer a mesma coisa, da mesma maneira e esperar um resultado diferente

    Muito obrigado

    Pedro Camargo

    pedrocjc1@yahoo.com.br

    www.pedrocamargo.co