Futebol isce Prof Valter Pinheiro

Click here to load reader

  • date post

    25-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    4.873
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Futebol isce Prof Valter Pinheiro

  • 1. ANTF Aco de Actualizao para Treinadoresde Futebol de Jovens Simplificao da Estrutura Complexa do Jogo Fases do JogoVTOR URBANO

2. FASES DO JOGO No Futebol Moderno, todos os jogadores da equipa, sem excepo, tm um conjunto de funes/misses, quer tenham a posse de bola, quer no a tenham. Ou seja, actualmente o sucesso passa por atacar quando se tem a posse da bola, e defender quando no se tem a posse da bola Todos os jogadores atacam, todos os jogadores defendem (Queiroz, 1983) 3. FASES DO JOGOCom Posse de BolaSem Posse de BolaFases doFases doAtaque (Proc. Ofensivo) Defesa (Proc. Defensivo)JogoJogo Objectivos Progresso eCobertura/Defesa da Baliza eObjectivos Finalizao Recuperao da BolaVantagensTer a Iniciativa FactorAces + simples Tcnicas s/ VantagensSurpresa Mandar no Jogo Bola Maior n de Tcnicas Tcnicas mais difceis DifcilIncapacidade de reagir Desvantagens DesvantagensDomnio e proteco da bola surpresa Qualquer falha podeMaior complexidadedar golo 4. Processo Ofensivo Conceito: o Equipa que se encontra de posse de bola, com vista obtenodo GOLO, sem cometer infraces s leis do jogo. (Teodorescu, 1984) o A equipa que ataca, tambm pode: Controlar o ritmo do Jogo Surpreender a equipa adversria Crise de raciocnio tcticoRecuperar fisicamente 5. Processo Defensivo Conceito: o Representa a fase fundamental do jogo, na qual uma equipa luta para entrar na posse da bola, com vista realizao de aces ofensivas, sem cometer infraces e sem permitir que a equipa adversria obtenha golo (Teodorescu, 1984) 6. FASES DO JOGOATAQUE DEFESA Fase III Construo das Aces Impedir a Construo deFase IIIOfensivas Aces Ofensivas - EquilbrioFase IICriao de Situaes deImpedir a Criao de Situaes Fase IIFinalizao De Finalizao - Recuperao Fase I FinalizaoImpedir a FinalizaoFase I 7. Fase IIIConstruo das Aces Ofensivas o Etapa inicial de qualquer processo ofensivo o Deslocamento da bola para zonas vitais do terreno de jogo o Maior dispndio temporal o Circulao da bola com segurana 8. Fase IICriao de Situaes de Finalizao o Assegurar a finalizao o Desorganizao do mtodo defensivo adversrio o Constantes combinaes Tecnico-Tcticas o Existncia de um poder de iniciativa para surpreender a equipaadversria 9. Fase IFinalizao o Culminao de todo o trabalho de equipa o Zona restrita do terreno de jogo o Execues Tcnico-Tcticas rpidas e precisas 10. Fase III Impedir a Construo das Aces Ofensivas - Equilbrio o Ainda durante o processo ofensivo da prpria equipa (um ou maisjogadores na retaguarda dos adversrios) o Aps a perda da posse da bola, todos se deslocam em direcoao adversrio com bola e aos espaos vitais o Tentar recuperar a bola mais perto da baliza adversria econsequentemente mais longe da prpria baliza 11. Fase IIImpedir a Criao de Situaes de Finalizao - Recuperao o Trajecto entre o Equilbrio Defensivo e a ocupao no dispositivodefensivo previamente definido o Este trajecto poder ser longo ou curto, consoante o sistemae o mtodo de jogo que a equipa adopta em campo 12. Fase IImpedir a Finalizao Defesa Propriamente Dita o Ocupao de todos os jogadores no dispositivo defensivo o De forma organizada tentar alcanar rapidamente os objectivos dadefesa: Recuperao da bola e cobertura/defesa da baliza 13. FASES DO JOGOZona do Terreno Construo das Aces Ofensivas Sentido vs doEquilbrio Defensivo AtaqueCriao de Situaes de Finalizao vs Recuperao Defensiva Finalizaovs Defesa propriamente Dita 14. FASES DO JOGO vs FORMAS DO JOGO o As Formas do Jogo consiste no instrumento que promove aaprendizagem, o desenvolvimento e o aperfeioamento do atleta, ao nveldas Fases do Jogo o Como tal, no que diz respeito s Formas, podemos ter: Exerccios Fundamentais Todos os exerccios em que a Finalizao (Golo) a meta fundamental a atingir Exerccios Complementares Todos os exerccios que no incluem a Finalizao (Golo) 15. EXERCCIOS FUNDAMENTAISFASES DO JOGOFORMAS FUNDAMENTAISJogos de Ataque X DefesaConstruo das AcesFase III Fase III Sobre duas BalizasOfensivas Gr + Ataque x Defesa + GrJogos de Ataque X DefesaCriao de Situaes de Fase IISobre uma Baliza Fase IIFinalizao Ataque x Defesa + Gr Jogos de Finalizao s/ oposio Fase I Finalizaosobre uma BalizaFase IAtaque x 0 Defesas + Gr 16. Princpios de Jogo 17. Princpios do Jogo Para jogar correctamente necessrio compreender, para compreender necessrio saber, para compreender e saber necessrio definir princpios do jogo. (Teissie, 1970) Orientaes bsicas que coordenam as atitudes e comportamentos T.T. dos jogadores. 18. Princpios do Jogo Para Queirs :1. Recusar a Inferioridade Numrica Fundamentais 2. Evitar a Igualdade Numrica 3. Criar a Superioridade NumricaPRINCPIOS 1. Penetrao 1. Conteno2. Cobertura Of.2. Cobertura Def.Especficos 3. Mobilidade 3. Equilbrio 4. Espao 4. Concentrao ATAQUEDEFESA 19. Princpios Especficos do Jogo PRINCPIOS PRINCPIOSESPECFICOS DO ESPECFICOS DAATAQUE DEFESA 1. Penetrao1. Conteno2. Cobertura Of. 2. Cobertura Def.3. Mobilidade3. Equilbrio4. Espao4. Concentrao 20. Penetrao / Progresso Definio : Sempre que se conquista a bola toda a equipa dever tomar rapidamente uma atitude ofensiva. Esta manifesta-se pelas aces de progresso do jogador que possui a bola (1 Atacante) e por1Atacante deslocamentos na direco da baliza adversria da maioria dos jogadores da equipa. Objectivos : Criao de vantagem espacial e numrica para permitir a conquista de posies mais ofensivas. Ataque ao adversrio directo e baliza. 21. penetrao atacante 22. Penetrao Comportamentos : Aps recuperar a bola o jogador deve orientar-se para a baliza adversria. Livre de oposio e com espao sua frente deve progredir rapidamente para a baliza adversria e tentar o remate. No caso de se confrontar com oposio adversria, o jogador com bola deve tentar pass-la ao colega de equipa que se encontre mais perto da baliza adversria (melhor colocado).Aces Tcnico-Tcticas influentes: Conduo da bola ; Conduo p/ remate ; Finta ; Remate 23. Conteno Definio : Os jogadores da equipa que perdeu a posse de bola tm de reagir imediatamente s aces de progresso desenvolvidas pelos adversrios. A primeira aco a desenvolver no momento da perda da posse de bola a paragem dos processos ofensivos, o que s se consegue sendo eficaz na aplicao do princpio da conteno.Objectivos : Recuperao da bola sem incorrer em falta; Paragem do ataque ou do contra-ataque; Tempo para que haja organizao defensiva. 24. conteno 1 defesa atacante 25. Conteno Comportamentos : As aces desenvolvidas sero realizadas atravs demarcao HxH,considerando-se os seguintesmomentos: 1 - o defesa mais perto do adversrio com bola (11 Defesa) Defesa dever aproximar-se o mais rpido possvel deste ltimo para aumentar o mais que puder a sua distncia baliza. 2 - perto do adversrio dever diminuir a velocidade de aproximao para poder reagir mudana de velocidade do atacante e/ou para poder fazer a conteno. 26. Conteno 3 - seguidamente e depois de ter o adversrio controlado dever orient-lo para as linhas laterais ou na direco de um colega de equipa. 4 - quando a distncia entre os dois for considerada mnima dever tentar o desarme, no o conseguindo dever pression-lo de forma a que ele seja obrigado a virar as costas ao defensor e assim venha a perder a bola ou a pass-la a um colega. 27. Conteno Aces Tcnico-Tcticas a realizar : Posio base defensiva (flexo dos membros inferiores, para permitir uma reaco apropriada s aces do adversrio) Colocao dos apoios na diagonal (um apoio frente do outro e nunca paralelos) Deslocamento dos apoios (dever ser deslizante, em contacto com o solo para poder reagir mais rapidamente) Desarme (colocao na posio bsica; esperar a iniciativa adversria; tentar o desarme quando o adversrio perde o contacto com a bola; ser decidido e incisivo no desarme) 28. Cobertura Ofensiva Definio : Para alm das aces tcnico-tcticas individuais com bola, existem outras aces individuais e colectivas, realizadas pelos jogadores sem bola, com uma importncia paralela s primeiras. Assim as aces de apoio ao portador da bola (princpio da penetrao), so determinantes para a continuao da manuteno da posse de bola. Quanto maior o nmero de apoios existentes maior ser a segurana encontrada nas aces de jogo realizadas. Este apoio tambm determinante quando o 1 atacante (faz progresso/penetrao) perde a bola, sendo ento este jogador (2 atacante - cumpria o princpio da cobertura ofensiva) que passa a fazer a conteno. 29. cobertura ofensiva1atacantes2 30. Cobertura Ofensiva Objectivos : O apoio ao companheiro com bola (2 Atacante).2 Atacante A manuteno do equilbrio defensivo.Comportamentos : O jogador em cobertura ofensiva dever colocar-se atrs e ao lado do portador da bola para que haja sempre uma linha de passe assegurada. Em situao de 2x1, o 2 atacante dever realizar uma desmarcao afim de ultrapassar o adversrio. Caso no consigam ultrapassar o adversrio, dever ser mantida a cobertura ofensiva ao portador da bola. 31. Cobertura Ofensiva Aces Tcnico-Tcticas influentes : Passe e Recepo 32. Cobertura Defensiva Definio : evidente a necessidade do apoio ao jogador que sem bola (1 Defesa - Conteno), tenta em luta directa recuper-la. Esta cobertura defensiva de extrema importncia pois durante o desenrolar das aces defensivas, este jogador (2 Defesa) no caso do seu colega (1 Defesa -2 Defesa Conteno) ser ultrapassado, ter de passar a realizar a sua funo - conteno. Objectivos : Apoiar o companheiro que marca o adversrio com bola. Evitar a inferioridade numrica. 33. cobertura defensiva 2 1defesas atacantes 34. Cobertura Defensiva Comportamentos : O jogador em cobertura defensiva deve estar atento s movimentaes do 2 atacante (em cobertura ofensiva) e movimentar-se em conformidade com ele. Deve aproximar-se tanto mais do jogador que defende quanto mais este jogador se aproximar do portador da bola. Deve entrar em aco de conteno sempre que o primeiro defensor (em conteno) for ultrapassado. Este por sua vez passar a realizar a cobertura defensiva - Dobra