Ervas Medicinais

download Ervas Medicinais

of 16

  • date post

    12-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    76
  • download

    18

Embed Size (px)

Transcript of Ervas Medicinais

Ervas Medicinais"Todas as indicaes so preventivas e agem como terapia de ajuda, sempre em casos de doenas graves tem que as ter o acompanhamento mdico, mas na hora de dor de barriga bom sabermos quais as nossas alternativas.A Me Natureza proporciona ao homem uma infinidade de plantas com valores medicinais. A flora brasileira constitui uma fonte inesgotvel de sade e nossos ancestrais sempre souberam se aproveitar desta riqueza, pois o uso das plantas medicinais existe desde o incio dos tempos. No princpio existia apenas o conhecimento emprico. Hoje, porm, muitas pesquisas cientficas comprovam as propriedades medicinais de vrias plantas, comprovando (ou no) o uso popular destas plantas. importante ressaltar que, ao contrrio do que muitos imaginam, algumas plantas fazem mal sade e por isso no devemos fazer uso indiscriminado desta terapia. Sempre que possvel, procure orientao de profissionais da rea e no tome qualquer tipo de ch encontrado no mato, pois algumas espcies so muito parecidas e voc pode usar uma espcie perigosa por engano.Preparo:

Os chs podem ser preparados por infuso ou coco:- Infuso: Consiste em se despejar gua fervente sobre a planta e depois abafar por uns 15 minutos. Este processo utilizado para flores, folhas e tambm para ervas aromticas, pois se as fervermos as essncias podero volatilizar (perder-se pela ao do calor), causando a perda de sabor e poder medicinal do ch.- Coco: Consiste em se cozinhar a planta. Este processo deve ser restrito a razes, cascas e sementes e a fervura pode variar de 3 a 15 minutos. Dosagem: A quantidade normalmente indicada de 20 gramas de erva por litro de gua ou uma colher de ch por xcara, mas esta dosagem pode variar dependendo da planta.Posologia: Pode-se tomar vrias xcaras do ch por dia, de preferncia longe das refeies, a no ser que o uso do ch seja exatamente para estimular funes digestivas.Adoantes:Os chs geralmente no precisam ser adoados. Em alguns casos, porm, pode-se usar o mel quando se quiser aproveitar suas propriedades medicinais (gripes, tosses, etc), mas s devemos adoar depois de coado, quando o ch j estiver morno, nunca antes, pois o calor destri o poder medicinal do mel.

Prazo de validade: Nunca use um ch mais de 24 horas depois de preparado, pois ele entra em processo de fermentao (mesmo mantido em geladeira). Prepare a quantidade suficiente para um dia apenas.

Tempo de uso: Recomenda-se no usar o mesmo ch por tempo prolongado, pois o nosso organismo responde cada vez menos ao tratamento. Use por um perodo de 30 dias e troque por outro tipo de ch, retomando o seu uso aps algum tempo.

Utenslios: Evite usar utenslios de metal para fazer os chs. Embora no o notemos, eles podem causar alteraes no efeito e sabor do ch. O ideal usar recipientes de vidro, barro, loua ou esmalte.Outros usos:Os chs, alm de tomados, podem ser usados na forma de compressas, banhos, gargarejos, inalaes e lavagens.- Compressas: Compressas de ch quente aliviam dores inflamatrias e facilitam a resoluo destas inflamaes. Neste caso usam-se chs com propriedades antiinflamatrias.- Banhos: So os banhos de imerso. A gua deve estar morna e o banho deve durar uns 20 minutos. O banho pode ser repetido trs vezes por semana durante um ms. Aps este perodo mudar a erva utilizada.- Gargarejos: So recomendados para atuar na cavidade bucal e na garganta. Pode-se colocar sal de cozinha depois de coado, pois este antiinflamatrio e anti-sptico.- Inalaes: Especfico para as vias respiratrias. Ferver o ch e colocar um funil de papelo invertido sobre o recipiente, inalando o vapor.- Lavagens: Normalmente intestinais e vaginais (corrimento).

A vo algumas delas:

Doenas/Ervas

Artrite Caatinga de Mulata, Malva, Sabugueiro.

Arroto Poejo

Anemia Artemsia, Cavalinha, banhos de Manjerona e Alecrim, Cereflio, Manjerico, Dente de Alho.

Arteriosclerose Cavalinha

Asma Cereflio, Hortel, Funcho.

Bao Salsa, Dente de Leo.

Bexiga Artemsia, Beldroega, Cavalinha, Cereflio, Malva, Mil Ramas.

Boca (mau hlito) Hortel, Erva Cidreira, Manjerico, Tanchagem.

Bronquite Beldroega, Cavalinha, Sabugueiro, Bardana.

Cabea (dores de) Alfazema, Boldo, Camomila, Confrei, Hortel, Losna.

Cabelo Alecrim, Alfazema, Babosa, Camomila, Manjerico, Slvia, Bardana.

Clculos Salsa, Bardana, Dente de Leo.

Calmante Alecrim, ALfazema, Camomila, Manjerico, Funcho.

Cancer Confrei (leucemia), salsa.

Cansao Mil em Rama.

Catarro Mil em Rama.

Caxumba Erva Cidreira.

Cistite Cavalinha.

Coceira (urticria) Babosa.

Clica Heptica Erva Cidreira, Hortel.

Clica Menstrual Artemsia, Losna.

Clica de Ventre Cavalinha, Hortel, Losna, Manjerona, Funcho.

Colite Malva.

Convulso Artemsia

Contuso Blsamo

Corao Alecrim, Confrei, Slvia, Bardana.

Cortes Cavalinha, Confrei.

Coqueluche Alecrim, ALfazema.

Dentes Hortel, Caatinga de Mulata, Erva Cidreira, Malva, Slvia, Funcho

Depresso Alecrim.

Depurativo do Sangue Cavalinha, Cereflio, Confrei, Tanchagem,Bardana, Dente de Leo.

Diabetes Mil em Rama, Salsa, Tanchagem, Poejo, Funcho.

Digesto difcil Alecrim, ALfazema, Boldo.

Doenas Venreas Mil em Rama, Salsa, Tanchagem.

Dores em Geral Camomila, Confrei, Slvia.

Eczema Babosa.

Enxaqueca ALfazema, Erva Cidreira, Salsa.

Epilepsia Artemsia.

Estmago Boldo, Camomila, Cereflio, Erva Cidreira, Manjerico, Mil em Rama, Poejo, Tanchagem.

Feridas Alecrim, Arruda, Belgroega, Mil em Rama, Tanchagem, Bardana.

Fgado Boldo, Beldroega, Mil Rama, Salsa, Dente de Leo.

Fraqueza Alfazema, Boldo, Losna, Manjerico, Mil em Rama, Dente de Leo.

Frieira Saio, Babosa.

Furnculo Babosa, Malva, Sabugueiro, Tanchagem, Bardana.

Garganta (amigdalite) Alfazema, Cavalinha, Manjerico, Malva, Slvia, Tanchagem.

Gases ALfazema, Boldo, Manjerona, Poejo, Funcho.

Gastrite Confrei, Bardana.

Gota Alfazema, Mil em Rama, Sabugueiro, Bardana, Dente de Leo.

Gripe Camomila, Cebolinha, Erva Cidreira, Manjerona.

Hemorragias Cavalinha, Confrei, Mil em Rama, Tanchagem.

Hemorrdias Mil em Rama, Bardana.

Hepatite Boldo, Confrei.

Histeria Alecrim, Erva Cidreira, Manjerona.

Ictercia Artemsia, Erva Cidreira, Salsa.

Impotncia Tanchagem.

Insetos (picadas de) Cebolinha, Salsa, Slvia.

Insnia Boldo, Hortel, Mil em Rama, Poejo.

Intestinos Erva Cidreira, Malva.

Intoxicao Nir.

Lactao Beldroega, Cereflio, Hortel, Salsa (secar o leite), Dente de Leo.

Nusea Caatinga de Mulata, Hortel, Losna, Poejo, Funcho.

Obesidade Losna, Sabugueiro, Malva, Salsa.

Olhos Alecrim, Caatinga de Mulata, Arruda, Beldroega, Cavalinha, Sabugueiro, Camomila, Cereflio, Erva Cidreira, Salsa.

Ossos Quebrados Confrei.

Ouvidos Caatinga de Mulata, Arruda, Funcho.

Ovrios Tanchagem.

Pncreas Dente de Leo.

Pele (acne, manchas, espinhas, cravos) Confrei, Cereflio, Malva, Sabugueiro, Bardana.

Pesadelos Erva Cidreira

Piolho Cnfora, Salsa.

Presso Alta Salsa.

Priso de Ventre Baldroega, Malva,Sabugueiro, Bardana.

Pulmo(problemas respiratrios) Poejo, Slvia, Tanchagem.

Queimadura Babosa, Beldroega, Confrei, Bardana.

Resfriado Manjerona, Slvia, Poejo, Sabugueiro.

Reumatismo Alfazema, Artemsia, Boldo, Cereflio, Erva Cidreira, Manjerona, Mil em Rama, Bardana, Dente de Leo.

Rins Beldroega, Artemsia, Cavalinha, Manjericao.

Sarna Alecrim, Arruda.

Seios Cereflio, Salsa.

Tonturas Alfazema.

Torcicolo Manjerona.

Tosse Alfazema, Erva Cidreira, Hortel, Manjericao, Malva, Poejo, Slvia, Funcho.

Tuberculose Cavalinha, Confrei.

lcera Blsamo, Cavalinha, Confrei.

Urina ALfazema, Beldroega, Cavalinha, Cereflio, Confrei (sangue na urina), Manjericao, Salsa, Bardana, Funcho.

tero Tanchagem.

Vermes Arruda, Artemsia, Caatinga de Mulata, Camomila, Hortel.

Beleza/Erva

Tudo o que voc vai ler aqui tem grandes ligaes com o passado, que usou amplamente as ervas nos seus cosmticos, foi o desenvolvimento rpido da cincia no sculo atual que nos afastou de modo quase definitivo, desses truques e segredos incrveis de beleza ao nosso alcance.

A PELE -

Para voc ter a pele atraente e sadia, deve-se observar algumas regras.

1) - A limpeza com substncias mais naturais, sabonete de glicerina, Outros produtos retiram a oleosidade e umidade natural. 2) - A alimentao rica em frutas e verduras cruas. 3) - O sono regular. 4) - Intestino regular, as toxinas no eliminadas arruinam qualquer pele. 5) - A fadiga e a tenso so os principais causadores do envelhecimento da pele. Tente sempre fazer exerccios para relaxar o rosto, massagens tambm. Rugas: muito importante tomar levedo de cerveja todos os dias, e tambm tomar vitamina E. Procurar comer alimentos que sejam fontes das vitaminas: A, C, D e E. As Ervas para a Pele: Confrei: A mais importante erva para a pele, pois a mesma possui aloantaina que estimula a produo de clulas da pele, alm de possuir propriedades amaciantes e curativas. Pode-se fazer a infuso da folha e da raz na gua ou no leite. Tem agentes anti-rugas. Salsa: O seu suco, com outros elementos. As mscaras abrem os poros, depois de faz-las usar um ch adstringente lavando o rosto a fim de que os poros se fechem. Para se obter melhores resultados, use as infuses geladas. Espinhas: para evit-las tomar diariamente levedo de cerveja que regula as secrees da pele. No incio ela poder eliminar o que ainda no saiu para fora. A Lecetina eficaz remdio contra espinha e acne, emulsiona e decompe glbulos gordurosos no sangue. Opera milagre, tomar 2(