tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

of 13 /13
Tutorial Básico de Edição, Typesetting, Styling no Aegisub by Yudae Sumário 1 – Iniciando o Aegisub 1.1 – Abrindo as legendas 1.2 – Carregando o vídeo 2 – Estilos de fontes 2.1 – Criando um novo estilo 2.2 – Armazenamento de estilos 3 – Edição e Typesetting 3.1 – Mudando o estilo das falas 3.2 – Posição, cor, tamanho e transparência 3.3 – Rotação 3.4 – Movimento 3.5 – O comando de tempo 4 – Palavras do autor 1 – Iniciando o Aegisub 1.1 – Abrindo as legendas ATENÇÃO! Se você já leu o tutorial de Timing, pule diretamente para a seção 2! Assim que abrir o Aegisub, a primeira coisa a ser feita deve ser carregar as legendas. No Aegisub, você pode ir digitando/editando as legendas através de digitar na região 1 da imagem abaixo, porém, pode-se também carregar a legenda em File > Open Subtitles, ou, caso tenha um arquivo de texto (.txt) com as falas , basta arrastar o arquivo até o Aegisub e abrirá uma janela como a demarcada com 2:

Embed Size (px)

Transcript of tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Page 1: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Tutorial Básico de Edição, Typesetting, Styling no Aegisub by Yudae

Sumário1 – Iniciando o Aegisub

1.1 – Abrindo as legendas1.2 – Carregando o vídeo

2 – Estilos de fontes2.1 – Criando um novo estilo2.2 – Armazenamento de estilos

3 – Edição e Typesetting3.1 – Mudando o estilo das falas3.2 – Posição, cor, tamanho e transparência3.3 – Rotação3.4 – Movimento3.5 – O comando de tempo

4 – Palavras do autor

1 – Iniciando o Aegisub

1.1 – Abrindo as legendasATENÇÃO! Se você já leu o tutorial de Timing, pule diretamente para a seção 2!

Assim que abrir o Aegisub, a primeira coisa a ser feita deve ser carregar as legendas. No Aegisub, você pode ir digitando/editando as legendas através de digitar na região 1 da imagem abaixo, porém, pode-se também carregar a legenda em File > Open Subtitles, ou, caso tenha um arquivo de texto (.txt) com as falas , basta arrastar o arquivo até o Aegisub e abrirá uma janela como a demarcada com 2:

Page 2: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Note que na janela, o símbolo demarcado como “Actor separator” fará com que tudo antes dele (demarcado como default sendo “:”) será jogado diretamente na divisão Actor da legenda, representando a personagem que diz a frase. “Comment starter”, por sua vez, faz com que tudo depois de “#” (no default) seja colocado como um comentário, ou seja, uma linha que aparece no Aegisub, mas não no vídeo. Para mudar estes símbolos, basta trocá-los nesta janela.

Após o OK, você obterá algo mais ou menos assim:

Onde em 1 você pode alterar a legenda, 2 é o ator, que será adicionado automaticamente, como explicado anteriormente, 3 é a região onde você pode checar todas as legendas, não apenas a selecionada e 4 é a região onde você pode mudar o Ator da frase.

Note que, por exemplo, a frase selecionada, estava no formato de texto como “Priecia: Eu estou um pouco nervosa, então não consigo dormir direito.”

1.2 – Carregando o vídeoCarregar som e vídeo não tem segredo, mas é a base para se poder fazer o timing

direito. Para abrir um vídeo, basta ir em Video > Open video, abrir um recente ou arrastar o vídeo de uma pasta até o Aegisub. Lembre-se que para este trabalho você não precisa do som, logo não é necessário carregá-lo.

Caso você queira apenas checar a legenda sem a necessidade de ver as imagens do episódio de fato, você pode usar a opção Use Dummy Video, que irá criar uma tela de uma cor e tamanho à sua escolha para passar as legendas.

Agora, a tela deve estar mais ou menos assim:

Page 3: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Agora é a hora de começar a trabalhar de fato! (e sim, usei a mesma imagem do tutorial de Timing)

2 – Estilos de fontes

2.1 – Criando um novo estiloPara criar um novo estilo (de certa forma dizendo, a “fonte” que vai ser usada na

legenda), você precisa clicar no botão mostrado abaixo:

E então você irá chegar a uma tela como a seguinte:

Page 4: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Dê um duplo clique em um estilo existente para editá-lo (ou selecione-o e clique em Edit), mas, se for sua primeira vez, não haverá estilos, logo clique em New para um novo estilo. Antes de falar sobre a criação em si, vamos falar um pouco sobre outros botões.

Ambos os “New”s criam um estilo, o da esquerda no seu banco de dados, enquanto o da direita no arquivo de legenda (será abordado no tópico seguinte). O botão Copy irá chegar à tela de criação de estilos, porém, tendo como configurações iniciais as mesmas do estilo selecionado, enquanto Delete é auto-explicativo.

Agora vamos à criação de estilos, ao clicar em New você terá a seguinte janela:

Pulando as opções que não exigem explicação como Style name, Font e outros botões, vamos ao que interessa:

1 – Preview: É usado para ver como a fonte irá ficar, nenhuma novidade, mas o que quero abordar é a possibilidade de mudar o que aparece escrito e a cor do fundo, caso esteja difícil visualisar.

2 – As cores, como deve ter notado, são divididas em 4 blocos. Primary é a cor da letra de fato, Secondary a cor após ela sofrer um efeito de karaokê, Outline é a cor da borda, enquanto Shadow a cor da sombra. Os quatro números embaixo variam a transparência, sendo 0 totalmente opaco, enquanto 255 é totalmente transparente.

Para mudar a cor basta clicar no bloco colorido e chegará à seguinte tela:

Em “ASS:” você encontra o código da cor, que pode ser usado para os comandos (tópico 3.2). Note também a ferramenta de Seleção de Cores (destacado na imagem), que permite você selecionar a cor diretamente do frame atual do vídeo.

Page 5: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

3 – Alignment: Seleciona onde por padrão a legenda com essa fonte irá aparecer. Considerando o 5 como aparecendo no centro, as outras indicam cada canto da tela (ex: 2 é o meio do canto inferior, enquanto 9 é o canto direito superior)

4 – Margins: Indica a distância (em pixels) que a legenda irá aparecer do canto escolhido em Alignment, por exemplo, no caso da imagem, ela irá aparecer no meio do canto inferior a 10 pixels de distância do canto inferior.

5 – Outline e Shadow: Determinam a grossura da borda e sombra, use 0 para retirá-las.

6 – Scale: Muda em % o tamanho da letra no eixo X ou Y (ex: 50 faria ela ter metade da dimensão, enquanto 200 faria ela ter o dobro).

7 – Rotation: Gira a fonte do estilo (em °) no sentido anti-horário (lembre-se que 360° será igual a ter 0°)

8 – Spacing: Determina o aumento no espaçamento entre cada caracter.Cuidado! Ao acabar um estilo novo clique em OK, Apply não irá salvar o estilo!

2.2 – Armazenamento de estilosO Aegisub permite que você tenha um banco de dados organizado de estilos em

seu computador, voltemos então à janela de seleção de estilos:

Em “Catalog of available storages” você encontra as “pastas” de estilos que você tem. New para criar uma nova, Delete para deletá-la. Cada pasta contém um grupo de estilos e é bastante útil se você edita mais de um projeto diferente.

Os estilos em Storage (grupo da esquerda) são aqueles que você tem guardados em seu computador e que você pode acessar mesmo em outro arquivo, porém, estas não podem ser aplicadas ao seu arquivo, você precisa colocá-las no bloco “Current script” (direita) através do botão “Copy to current script ->”.

Então, considerando o que foi dito anteriormente, os estilos do bloco “Current Script” são aqueles que podem ser aplicados às suas legendas, porém, não podem ser passados para outro arquivo A NÃO SER pelo botão “Import from script...”, que lhe permite copiar os estilos de um outro arquivo .ass. O botão “<- Copy to storage” armazenará o estilo em seu computador no catálogo selecionado.

3 – Edição e Typesetting

Page 6: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

3.1 – Mudando o estilo das falasAgora que temos os estilos, é hora de aplicá-los, o que é bastante fácil, basta

selecionar as legendas que quer que tenham o estilo, e selecioná-los no mesmo local mostrado abaixo:

Mas e se a fonte não tiver combinado tanto quanto você imaginava? Mantenha o vídeo fixo no momento em que aparece a legenda que você quer mudar, volte à edição de estilos, e use Apply para ver o resultado diretamente no vídeo:

3.2 – Posição, cor, tamanho e transparênciaPara modificar um destes parâmetros sem precisar mudar o estilo em si, você

pode apenas inserir um “comando” logo antes da fala. Os comandos são:1 – Posição: \pos(X,Y)

Onde X e Y são a posição em Pixels (lembrando que no eixo Y 0 é o canto de cima)

Page 7: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Obs: A posição pode ser usada clicando no segundo botão de baixo para cima da barra à esquerda do vídeo e arrastar a legenda até onde quiser.

2 – Cor: \c# \1c# \2c# \3c# \4c#Onde \c e \1c mudam a cor principal da letra, \2c a cor secundária, \3c o

contorno, \4c a sombra e # é o código da cor que pode ser copiado diretamente do editor de estilos.

3 – Tamanho: \fs# \fscx# \fscy# \fsp#Onde \fs altera o tamanho da fonte, \fscx e \fscy alteram o tamanho (em

%) da letra em cada eixo, \fsp o espaçamento da letra e # é o valor a ser colocado.4 – Transparência: \alpha# \1a# \2a# \3a# \4a#

Onde \alpha altera a transparência de toda a letra, \1a a da cor principal, \a2 a da secundária, \3a da borda, \4a da sombra e # é o valor da tansparência.

Notem que TODOS comandos devem ser colocados entre chaves (ex: {\pos(123,456)}), caso contrário irão aparecer escritos na legenda e não terão efeitos sobre ela. Para melhor ilustração, aí vai um exemplo:

3.3 – RotaçãoPara a parte de rotação você pode usar os seguintes comandos:\frx# \fry# \frz#Mas o modo mais fácil é utilizar os botões da barra à esquerda do vídeo, mais

especificamente, o terceiro, que irá girar a legenda no plano do vídeo quando você clicar na tela e arrastar (obs: modifiquei a posição da legenda para facilitar a visualização):

Page 8: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Note que, na parte destacada, já foi adicionado aos comandos a rotação da legenda.Você também pode mudar o eixo de rotação através de clicar no triângulo

invertido no centro da circunferência e arrastá-lo para outra posição:

Note que o comando que muda a posiçaõ do eixo também é adicionada automaticamente.O quarto botão por sua vez roda a legenda nos outros 2 planos fora o do vídeo

(entrando verticalmente ou horizontalmente no vídeo). Também pode-se mudar o eixo como feito anteriormente. Um exemplo:

3.4 – MovimentoEste comando irá movimentar a legenda em linha reta através da tela. Ele tem

duas variantes:1 - \move(X1,Y1,X2,Y2)Que irá mover a legenda do ponto (X1,Y1) até o (X2,Y2), começando o

movimento assim que a legenda começa e chegando ao seu destino assim que ela for acabar.

2 - \move(X1,Y1,X2,Y2,t1,t2)Que também irá mover a legenda conforme as coordenadas X1,Y1,X2 e Y2,

porém iniciando no tempo t1 e acabando no tempo t2 (esse tempo é dado em milésimos

Page 9: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

de segundos a partir do início da legenda, por exemplo, se t1 for 0 e t2 for 1000, a legenda começará a se mover assim que aparecer e irá acabar seu movimento após 1 segundo)

Exemplo: \move(100,100,200,200,1000,5000) irá começar a mover a legenda após 1 segundo de seu início, começando do ponto (100,100) e irá alcançar o ponto (200,200) 5 segundos após ter começado (ou 4 segundos após o início do movimento).

CUIDADO: Os comandos \pos e \move não funcionam em conjunto! Para determinar a posição de uma legenda que usa o comando \move, coloque as coordenadas em X1 eY1!!

3.5 – O comando de tempoO comando de tempo irá fazer com que a legenda mude sua forma gradualmente

conforme o tempo passa. Ele pode ser usado com qualquer comando enunciado anteriormente EXCETO o \move e \pos, que devem ser usados fora dele.

Temos então o comando: \t(t1,t2,comandos), onde novamente t1 é o tempo onde o efeito começará e t2 o tempo onde ele irá acabar. Os comandos não precisam de vírgulas separando cada um, mas a vírgula para separar os tempos e tempo de comando é essencial. Note que qualquer comando FORA dos parênteses serão considerados como configuração inicial da legenda e não serão ativados progressivamente.

Então, aí vai um exemplo:

Page 10: tutorial básico de edição, typesetting, styling no aegisub

Note que se o comando “\pos(320,320)” não tivesse sido adicionado, a letra iria crescer ainda no meio do canto inferior.

4 – Palavras do autor E aqui acaba mais um tutorial, lembrem-se de usar estilos que não apenas

fiquem bonitos e combinem com o projeto, mas que também sejam lidos com facilidade. Outro detalhe a ser lembrado é que por mais legal que seja uma legenda com efeito, exagerar pode apenas deixá-la mais difícil de ser lida. Às vezes o mais simples é o melhor.

Os comandos que incluem tempo às vezes podem não chegar ao resultado esperado usando os valores exatos, então às vezes pode ser necessário deixar o tempo mais curto ou mais comprido ou até mesmo acentuar ou reduzir a intensidade do efeito usado. Para obter o resultado desejado é inevitável repetir a mesma cena várias vezes para garantir que está tudo certo.

Boa sorte com Edição, Typesetting e Styling!Yudae