REALIZAÇÃO - .do Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Palmares e Vitória, que também

download REALIZAÇÃO - .do Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Palmares e Vitória, que também

of 24

  • date post

    14-Feb-2019
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of REALIZAÇÃO - .do Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Palmares e Vitória, que também

1

2

REALIZAODiretoria de Assistncia ao Estudante

Avenida Professor Luiz Freire, n 500 Cidade Universitria CEP. 50.540-740 - (81) 2125-1714

dae@reitoria.ifpe.edu.br

3

Histria dos transportes pblicos

Voc sabia...

Que no Rio de Janeiro, em 1838, que surge o primeiro servio de transporte pblico do Brasil?

A diligncia tinha quatro rodas e era puxada por cavalos ou mulas.

Antes disso, o deslocamento das pessoas nas cidades era realizado a p, montado em animal ou em carruagem prpria puxada por animais, privilgio dos muito ricos.

O primeiro bonde do Brasil comeou a circular experimentalmente no ano de 1859. A inaugurao dos servios se deu com a presena do Imperador D. Pedro II.

J em 1892, foi a vez do primeiro bonde eltrico do Brasil e de toda Amrica do Sul entrar em servio.

Omnibus tpico da primeira metade do sculo XIX. Fonte: ANTP (2000).

4

A histria dos transportes coletivos em Pernambuco teve seu incio no Recife, a partir de 1841, quando o ingls Toms Sayle disponibilizou diligncias de quatro rodas puxadas por cavalos na linha do Monteiro. As diligncias desapareceram, quando surgiram as maxambombas (1867) e os bondes de burro (1871). As maxambombas eram pequenas locomotivas a vapor e com trs vages de passageiros. Foi o primeiro sistema de transporte urbano sobre trilhos do pas, inaugurado em janeiro de 1867.

No ano de 1914, surgiram, no servio de transportes terrestres urbanos, os bondes eltricos que funcionaram at o final da

Fonte: http://www.museudantu.org.br/Brasil/bonde_eletrico_rio.jpg

A maxambomba na Estao Ponte d`Uchoa: progresso sobre trilho. Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2007/02/01/no-tempo-da-maxambomba/

5

dcada de 1950. Inicia-se, ento, no Recife, a fase do transporte de passageiros por trlebus (nibus movidos a eletricidade, transmitida por cabo areo suspenso sobre o seu trajeto).

A partir dos anos 80, os nibus eltricos entraram em colapso. Havia problemas de manuteno, faltava muita energia eltrica e o servio ficou completamente deteriorado, dando margem aos nibus a diesel.

Em setembro de 1982, foi criado o Consrcio METROREC constitudo pela Rede Ferroviria Federal S/A e pela Empresa Brasileira de Transportes Urbanos (EBTU, atualmente extinta) que deu incio, em janeiro de 1983, construo do Metr do Recife.

Fonte: http://meutransporte.blogspot.com.br/2010/05/onibus-eletricos-no-recife-deixou.html

Estao de metr do Barro, no Recife. Foto: Katherine Coutinho / G1

6

Voc sabia...

...que o SEI Sistema Estrutural Integrado foi idealizado h 30 anos na Regio Metropolitana do Recife? E que, na dcada de 1990, foram construdos os sete primeiros terminais de integrao do Recife?

O SEI uma rede de transporte pblico composta de linhas de nibus e metr que se integram atravs de terminais especialmente construdos, possibilitando uma maior mobilidade urbana, com o pagamento de apenas uma tarifa.

1.2. Conquistas dos estudantes: meia passagem nos nibus, passe-livre para estudantes do Ensino Fundamental e Mdio das redes Municipal e Estadual.

Voc Sabia...

que o direito de pagar meia-passagem nos transportes coletivos foi uma importante conquista do movimento estudantil?

nibus do Sistema Estrutural Integrado SEI. Foto: Johnmo Moreno

7

Basta o estudante apresentar a carteira estudantil e o carto Vem Estudante, para ter abatimento de 50% na tarifa de todas as linhas de nibus urbanas do Sistema de Transporte Pblico de Passageiros da Regio Metropolitana do Recife (municpios de Abreu e Lima, Araoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ipojuca, Itamarac, Itapissuma, Jaboato dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife e So Loureno da Mata). Quem estuda em Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Vitria de Santo Anto tambm tem esse direito.

Uma outra conquista importante para os estudantes da Rede Estadual de Ensino e cotistas da Universidade de Pernambuco (UPE), que moram na Regio Metropolitana do Recife, foi o direito ao Passe Livre Estudantil, de segunda a sexta-feira, para ir e voltar do colgio ou faculdade.

Se voc sabe de tudo isso, chegou a hora de conhecer os direitos e deveres que tem, para melhor usufruir do transporte pblico.

1.3. Estudante, saiba quais os direitos so garantidos aos usurios de transporte:

Usufruir do servio de transporte adequado,

dentro das condies possveis de operao. Quando h engarrafamentos ou chuvas fortes, preciso ter um pouco mais de pacincia, pois o servio normalmente fica prejudicado, ok? Isso inclui ser

conduzido com segurana, nos horrios e condies determinadas pelo poder pblico e ser atendido com respeito pelo motorista e/ou cobrador.

8

Receber informaes sobre o servio. Por se tratar de um servio pblico, todas as informaes devem ser disponibilizadas (horrios, tarifas, itinerrios). No caso do Grande Recife, h um site (www.granderecife.pe.gov.br) e telefone gratuito (0800.081.0158), por meio dos quais voc pode conseguir todas as informaes sobre as linhas, horrios, itinerrios e terminais. Nas cidades do Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Palmares e Vitria, que tambm possuem transporte pblico dentro do municpio, existem formas para ficar bem informado: procure a Secretaria responsvel pelo transporte pblico na Prefeitura de seu municpio. Se voc usa transporte intermunicipal, informe-se no guich de emisso de passagens da empresa de nibus que voc utiliza. No caso de transporte escolar ofertado pelo municpio, procure a Secretaria de Educao do seu municpio para mais informaes. Se voc viaja de trem ou metr, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos CBTU- quem administra as linhas e estaes no Recife e Regio Metropolitana e disponibiliza o telefone da Ouvidoria: (81) 3455.4660. Esses canais de comunicao devem estar funcionando perfeitamente, ao menos em horrio comercial.

Da mesma forma que voc pode receber informaes, lgico que voc tambm pode opinar. Procure se informar sobre a melhor forma de fazer e acompanhar a sua sugesto ou reclamao, junto ao poder pblico.

Nem tudo na vida d certo, no ? Mesmo quando est tudo programado, podem ocorrer problemas. Mas se

9

isso acontecer, voc no fica na mo: obrigao da empresa responsvel pelo servio de transporte (pblico, ferrovirio, rodovirio ou escolar

municipal) ofertar uma soluo para a interrupo do servio e demais transtornos decorrentes disso. Colocar voc em outro veculo sem pagar nova passagem ou providenciar assistncia em caso de acidente so exemplos de atitudes que lhe so assegurados;

O respeito aos direitos do idoso, da criana, do estudante, do obeso e dos usurios portadores de deficincias ou de mobilidade reduzida devem ser preservados pelos operadores de transporte nos termos da lei. Quaisquer atos que atentem contra esses direitos, tais como o acesso a gratuidades, descontos ou acessibilidade) devem ser denunciados;

Receber troco corretamente.

1.4. Por sua vez, saiba quais so os principais deveres dos passageiros:

Contribuir para a permanncia das boas condies dos bens pblicos e privados atravs dos quais lhes so prestados os servios;

Cumprir as obrigaes legais e regulamentares relativas utilizao do servio, especialmente no respeitar os assentos reservados aos idosos, gestantes, obesos e dos usurios com deficincias ou mobilidade reduzida. Os Motoristas, Cobradores e Fiscais de linhas de nibus urbanos e intermunicipais, inclusive, podem intervir

10

atravs de solicitao verbal, quando esses assentos forem ocupados irregularmente. Portanto, fique ligado: se estiver sentado num banco reservado, ceda seu lugar.

Comparecer com antecedncia ao embarque;

Pagar a tarifa estabelecida para o servio, quando for o caso;

Acompanhar criana de at 6 (seis) anos, com direito gratuidade, sem ocupar assento;

Comunicar as autoridades competentes sobre irregularidades praticadas pelas empresas prestadoras do servio;

Apresentar ao funcionrio da transportadora a documentao comprobatria, para ter acesso aos servios de transporte gratuitamente ou com desconto (no caso dos estudantes que pagam meia passagem);

11

No insistir com os operadores do nibus/trem/metr para acessar o veculo, quando a lotao estiver completa;

No transportar volumes que possam comprometer a segurana dos usurios ou ocupar o lugar de outro passageiro no coletivo;

No transportar animais, plantas ou volume que possam comprometer a segurana, exceto quando expressamente autorizados por lei;

No transportar produtos inflamveis;

Solicitar parada apenas nos pontos estabelecidos;

Acessar o veculo pela porta destinada ao embarque, de acordo com as normas;

Utilizar o cinto de segurana, quando houver;

Usar obrigatoriamente o fone de ouvido, quando estiver usando aparelhos sonoros ou musicais, conforme determina a Lei Estadual n 14.681 de 28 de maio de 2012;

No dificultar o trabalho dos operadores do veculo (motorista, cobrador ou maquinista por exemplo) ou causar constrangimento;

12

No forar abertura de portas dos equipamentos de transporte do STPP/RMR;

Manter comportamento adequado dentro do veculo destinado ao transporte, bem como nas estaes e terminais.

Quaisquer dvidas consulte a Lei Federal n 8.078/1990 (Cdigo de Defesa do Consumidor)

e, no caso da Regio Metropolitana do Recife, existe, ainda, o Regulamento do Sistema de Transporte Pblico de Passageiros da Regio

Metropolitana do Recife.

2. Programe sua viagem!

Para isso, voc pode acessar:

2.1. Internet e Aplicativos de celular para reduzir a espera no ponto.

Voc sa