QUEBRANDO O SILÊNCIO NO CUIDADO · PDF filequebrando o silÊncio no cuidado...

Click here to load reader

  • date post

    15-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    225
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of QUEBRANDO O SILÊNCIO NO CUIDADO · PDF filequebrando o silÊncio no cuidado...

  • 0

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CINCIAS DA SADE

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM ENFERMAGEM CURSO DE DOUTORADO EM ENFERMAGEM

    REA DE CONCENTRAO: FILOSOFIA SADE E SOCIEDADE.

    QUEBRANDO O SILNCIO NO CUIDADO TRANSDIMENSIONAL A MULHERES ALCOOLISTAS EM

    FAMLIA

    MARIESTELA STAMM

    FLORIANPOLIS-SC Fevereiro - 2005

  • 1

    MARIESTELA STAMM

    QUEBRANDO O SILNCIO NO CUIDADO TRANSDIMENSIONAL A MULHERES ALCOOLISTAS EM

    FAMLIA Tese apresentada ao Curso de Ps-graduao em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina, como requisito para a obteno do ttulo de Doutor em Enfermagem rea de concentrao: Filosofia, Sade e Sociedade.

    Orientadora: Prof. Dr. Alcione Leite da Silva Co-orientadora: Prof. Dr. Regina Clia Tamaso Mioto

    FLORIANPOLIS-SC Fevereiro - 2005

  • 2

  • 3

    Dedico esse trabalho para a minha fantstica famlia:

    Ilsadir, a me que todos gostariam de ter e que cedo nos deixou. Entretanto s ausncia fsica porque seus ensinamentos, valores, amor, permanecem vivo.

    Papai Rolf... foi dolorosa nossa separao. Com a ausncia de mame voc foi nos ltimos 20 anos, um super-pai, amigo, companheiro e o grande incentivador. Foi em voc que encontrei a fora maior para iniciar, manter e terminar o processo que envolve o doutorado. Fica registrado para sempre a recepo da chegada aos sbados atravs do seu abrao caloroso e cheio de amor. A sada aos domingos, quando voc me abenoava e dizia palavras de conforto e de coragem. V minha filha, eu ficarei bem. Isso durou 18 meses e voc fez como a amendoeira. A amendoeira uma rvore com flores quase invisveis, elas se parecem com folhas que vo ficando tanto mais belas quanto mais perto do fim. Ela canta na hora de morrer e no nega o melhor que tem. Tal como a amendoeira voc partiu sorrindo, me dizendo: filha cumpri minha misso e minha hora de ir. E voc foi, tranqilo, sereno deixando um vazio pela sua ausncia, mas ao mesmo tempo, uma grande lio de vida. Ser filha de vocs uma grande responsabilidade.

    Aos meus irmos, Carlos Alberto, Rosemary e Marco Aurlio que apesar de no entenderem minhas escolhas, me apoiam incondicionalmente.

  • 4

    Um agradecimento especial

    Um mestre funciona como um agente catalisador, cuja simples presena estimula...

    como quando o sol nasce pela manh e os pssaros imediatamente comeam a cantar. Eles surgem voando de todos os lados, celebrando e dando boas-vindas ao novo dia atravs das canes. O sol no age diretamente sobre eles, mas algo acontece; o ambiente que ele cria faz com que os pssaros se sintam vigorosos, jovens e vivos.

    As flores comeam a desabrochar...

    O sol no se est dirigindo a cada flor, forando-a a abrir, pelo menos no de uma forma direta, entretanto os seus raios danam ao redor da flor, dando-lhe calor e encorajando-a delicadamente. As flores tm de ser tocadas de uma forma suave, se voc forar suas ptalas a se abrirem elas no resistiro. Voc conseguir fazer com que se abram, mas ao mesmo tempo elas morrero. O sol simplesmente cria o clima no qual elas podem desabrochar. Um desejo interior surge dentro delas, algum instinto misterioso entra em sintonia com o calor do sol. E as flores se abrem e comeam a exalar sua fragrncia.

    Exatamente como o trabalho do mestre...

    Ele no pode entregar a voc aquilo que conhece, mas pode criar um certo campo de energia no qual suas ptalas podem abrir, no qual as suas sementes so encorajadas, em que voc pode criar coragem suficiente para dar o salto, no qual o milagre torna-se possvel.

    Osho-Zen:The special transmission.

    Dr. Alcione e Dr. Regina Clia: vocs foram o meu sol. A luz da vossa sabedoria iluminou meu caminho. Vocs me ensinaram a romper limites, os meus prprios limites, superar os interditos e ajudaram a projetar-me para um mais alm. Obrigada.

  • 5

    Mais um agradecimento especial

    Valria Silvana Faganello Madureira

    O grande nctar da vida a possibilidade de realizar o divino que existe dentro de cada uma de ns. O seu lado divino prevaleceu nas horas mais imprecisas. Obrigada pelo apoio, incentivo e amizade. Obrigada pelos momentos de sabedoria que dividiu comigo.

  • 6

    Outro agradecimento especial

    A Dr. Ingrid Elsen e Dr. Mercedes Trentini.

    O amor incondicional aquele amor que no coloca nenhuma condio para ser vivido. Ama por amar. Cria relaes, gera laos, sem inteno de retorno e de cobranas. Incondicionalmente, vocs ocupam um lugar especial na minha vida. Obrigada pelos ensinamentos divididos comigo o que me levou a acreditar que sempre tempo de buscar o que se deseja.

  • 7

    Um agradecimento carinhoso

    quele que sempre esteve ao meu lado e me deu foras para superar as dificuldades.

    Ao meu primeiro grande mestre Dr. Wilson Cremmer de Paula, principal mentor de minha paixo pela enfermagem psiquitrica.

    As grandes incentivadoras Dra. Maria de Lourdes de Souza, Dra. Lidvina Horr e Dra. Kenya S. Reibinitz. Vocs so personagens centrais na minha histria de vida.

    Vilma Beltrame, como combinar a perfeio final com o estgio imperfeito atual? Obrigada pelas trocas, pelo companheirismo, por tua amizade.

    A Silvana Bernardi, que no foi s uma eficiente bolsista, mas acima de tudo, soube me entender nos momentos menos fceis e mais uma vez transformou o difcil em fcil e o meu trabalho em nosso trabalho.

    As amigas Marice e Loreni pelo apoio constante.

    O saber tem sabor quando resulta de experincias, de observaes dos vai-vns da vida. O sbio v alm das aparncias. Maria Luiza, essa frase voc me dizia quando eu cansada, reclamava das dificuldades. Elas foram teis para entender que se faz caminho ao caminhar.

    Aos membros da banca de qualificao, Dra. Ingrid Elsen, Dr. Jonas Salomo Spricigo e Dra. Maria Itayra Coelho de Souza Padilha por terem dividido comigo seus saberes, os quais foram imprescindveis para a concluso deste.

    Aos professores do Curso de Doutorado, pelo saber transmitido. Existe uma beleza imensa em construir juntos.

    A grande incentivadora e amiga nas horas mais imprecisas Tnia Forner, pelas tradues do ingls e apoio incondicional.

    Vera Lcia Gomes, aprendi que a vida devolve o que recebe independente da posio que se ocupe. A gente faz por merecer.

  • 8

    Devo ter feito algo de muito bom para poder ganhar uma amiga como voc.

    Aos colegas do curso de doutorado em especial Maria Anglica Waidman, Marlene Pelzer, Edilza Ribeiro, Valria Silvana Faganelo Madureira e Vera Lcia Gomes, pela cumplicidade estabelecida, parceria certa na realizao dos trabalhos, os quais contriburam para meu crescimento profissional e pessoal.

    Dr. Vnia Techio e Msc. Cludia Moro, pela sensibilidade e colaborao nas leituras do estudo.

    Cladia Crespi Garcia, sua eficincia e simpatia tornaram as situaes possveis de realizao.

    A Elizete Pedotti, querida amiga e incentivadora.

    As famlias que compartilharam comigo suas experincias, pela disponibilidade, confiana e pela vontade de transcender o possvel em busca de novos padres de conscincia.

    As colegas que estiveram sempre presente e torcendo pelo sucesso desse estudo - Ivete, Ana Maria e Vilma.

    Ester e Carlos que me substituram e no permitiram que minha ausncia fosse sentida.

    Aos membros da banca de defesa: Dr. Jonas Salomo Spricigo, Dr. Maria Itayra Coelho de Souza Padilha, Dr. Snia Silva Marcon, Dr. Mara Regina Santos da Silva, Dr. ngela Rosa Ghiorzi e Dr. Ana Maria Pereira Nunes. Vocs foram fundamentais para a concluso do presente estudo.

  • 9

    O Reconhecimento

    Ps-graduao de Enfermagem da UFSC-PEN

    Universidade Federal de Santa Catarina.

    Universidade do Contestado-UnC Concrdia, Direo Acadmica e Administrativa.

    Ao Ncleo Jurdico da Universidade do Contestado.

    Ao Programa de Sade Mental da Secretaria Municipal de Sade de Concrdia SC.

    Ao Programa de DST/AIDS da Secretaria Municipal Da Sade de Concrdia.

    Ao Hospital So Francisco.

    Aos que no tm seus nomes aqui registrados, mas que torceram pela realizao dessa minha jornada, abrigada.

    Enfim, divido minha alegria com todos os que acreditaram e ajudaram a concretizar meu sonho.

  • 10

    RESUMO

    STAMM, Mariestela. Quebrando o Silncio no Cuidado Transdimensional a Mulheres Alcoolistas em Famlia. Florianpolis, 2005. Tese (Doutorado em Enfermagem, rea de Concentrao: Filosofia, Sade e Sociedade) Curso de Ps-Graduao em Enfermagem/ Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC. Trata-se de um estudo qualitativo, que teve por objetivo geral desenvolver um processo de Cuidado Transdimensional a mulheres alcoolistas em famlia Foi realizado com trs famlias de classe social distinta, no perodo de fevereiro de 2003 a julho de 2004. O referencial Terico Filosfico que deu sustentao para essa tese foi o Cuidado Transdimensional: um paradigma emergente. A Pesquisa Convergente Assistencial foi adotada como mtodo. Na coleta de dados foram utilizadas a entrevista gravada e a observao acurada. Como recursos auxiliares, o genograma contribuiu para o entendimento das relaes, vnculos e padres das famlias de origem, e a Linha do Tempo Familiar-LTF propiciou s famlias identificarem os acontecimentos significativos ao longo da histria. Os resultados desse estudo evidenciaram que tanto o referencial terico quanto o metodolgico foram alicerces fundamentais para a construo da pesquisa. As famlias, com suas peculiaridades, valores, crenas, mostraram variedades na forma de organizao, o que foi entendido e respeitado. Houve necessidade de prestar o cuidado profissional, como tambm foi constatado, que a famlia possui recursos prprios para cuidar-se. Neste estudo, foi possvel compreender como se constro