MEMÓRIA DE CÁLCULO DO PROJETO DAS OAEs EM SALVADOR

download MEMÓRIA DE CÁLCULO DO PROJETO DAS OAEs EM SALVADOR

of 138

  • date post

    07-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    231
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of MEMÓRIA DE CÁLCULO DO PROJETO DAS OAEs EM SALVADOR

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    ELABORAO DO PROJETO BSICO DE ENGENHARIA PARA CONSTRUO DA PONTE SALVADOR - ILHA DE ITAPARICA,

    ACESSOS AOS SISTEMAS VIRIOS E RECONFIGURAO DA BA-001 NO TRECHO SITUADO NA ILHA DE ITAPARICA

    CADERNO DE ESPECIFICAES TCNICAS

    VOL. 4 MEMRIA DE CLCULO DO PROJETO DAS OAEs EM SALVADOR

    CONTRATO: CC001-CT023/14

    DOCUMENTO: B-PRO-000-CD-14141-EN

    REVISO: RA

    DATA: SETEMBRO / 2015

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Apresentao

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    APRESENTAO

    Para atendimento ao item 9.14 do Termo de Referncia - Caderno de Especificaes Tcnicas e de Quantitativos, prope-se a seguinte apresentao para melhor compreenso.

    CADERNO DE ESPECIFICAES TCNICAS

    O Caderno de Especificaes Tcnicas tem por objetivo apresentar as especificaes dos materiais e dos servios necessrios execuo das obras projetadas, alm da memria de clculo do projeto e

    dimensionamento, sendo composto dos seguintes volumes:

    Volume 1 Especificaes dos Materiais e Servios

    Volume 2 Memria de Clculo do Projeto da Ponte

    Volume 3 Memria de Clculo do Projeto das OAEs em Itaparica

    Volume 4 Memria de Clculo do Projeto das OAEs em Salvador

    Volume 5 Memria de Clculo do Projeto dos Tneis em Salvador

    CADERNO DE QUANTITATIVOS

    O Caderno de Quantitativos tem por objetivo apresentar a planilha de quantitativos dos servios e a memria de clculo das quantidades, alm do oramento bsico da obra e a qualificao dos recursos humanos,

    sendo composto dos seguintes volumes:

    Volume 1 Oramento Bsico da Obra

    Volume 2 Memria de Clculo dos Quantitativos

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    RELAO DE DOCUMENTOS QUE COMPEM O PRESENTE VOLUME

    CADERNO DE ESPECIFICAES TCNICAS

    VOLUME 4 MEMRIA DE CLCULO DO PROJETO DAS OAEs EM SALVADOR REVISO A

    CDIGO ASSUNTO REVISO

    B-OAE-012-MC-00001-EN MEMRIA DE CLCULO DE PROJETO E DIMENSIONAMENTO DAS OAEs EM SALVADOR A

    B-OAE-012-MC-00011-EN SUPERESTRUTURA DO VO P4.4 - VIGAS DE 33.2 m A

    B-OAE-012-MC-00012-EN SUPERESTRUTURA DO VO P3.7 VIGAS DE 23.2 m A

    B-OAE-012-MC-00013-EN SUPERESTRUTURA DO VO P1.13 VIGAS DE 15.2 m A

    B-OAE-012-MC-00014-EN SUPERESTRUTURA DO VO P3.2 - VIGAS DE 33.2 m A

    B-OAE-012-MC-00021-EN INFRAESTRUTURA DO APOIO P1.11 A

    B-OAE-012-MC-00022-EN ESTRUTURA EM VIGA-CAIXO DO APOIO P1.10 A

    B-OAE-012-MC-00023-EN ESTRUTURA EM CAIXAO CONTNUO DOS APOIOS P1.5-P1.6 A

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    ELABORAO DO PROJETO BSICO DE ENGENHARIA PARA CONSTRUO DA PONTE SALVADOR - ILHA DE ITAPARICA, ACESSOS AOS SISTEMAS VIRIOS E RECONFIGURAO DA BA-001 NO TRECHO SITUADO NA ILHA DE ITAPARICA

    MEMRIA DE CLCULO DE PROJETO E DIMENSIONAMENTO OAES EM SALVADOR

    CONTRATO CC001-CT023/14 DOCUMENTO B-OAE-012-MC-00001 REVISO RA DATA SETEMBRO/15

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Introduo

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    1 INTRODUO

    O presente volume tem por objetivo apresentar as memrias de clculo do projeto e dimensionamento das OAEs em Salvador.

    2 DESCRIO GERAL

    O complexo virio em Salvador constitudo por vrios viadutos que conectaro o sistema virio de Salvador com a Ponte sobre a Baa de Todos os Santos e, consequentemente, interligaro Salvador Ilha de

    Itaparica e ao Recncavo Baiano Sul.

    Este complexo virio composto por quatro trechos, sendo dois eixos principais (eixos 01 e 02) e duas alas de acesso (alas 03 e 04).

    Os eixos principais 01 e 02 interligam a Ponte sobre a Baa de Todos os Santos com a Via Expressa, sendo o eixo 01 no sentido Ponte Via Expressa e o eixo 02 em sentido contrrio.

    A ala de acesso 03 conecta o eixo 01 Av. Oscar Pontes, permitindo que o trfego proveniente da Ilha de Itaparica acesse esta avenida.

    A ala de acesso 04 conecta a Av. Jequitaia ao eixo 02 e, consequentemente, Ilha de Itaparica.

    O complexo virio possui um comprimento total aproximado de 1979 m, dos quais 728 m pertencem ao eixo 01, 667 m pertencem ao eixo 02, 227 m pertencem ala 03 e 357 m pertencem ala 04.

    Face regio urbanizada e a existncia de imveis tombados de inestimvel valor histrico, procurou-se solues estruturais que evitassem e/ou minimizassem os impactos na regio.

    Desta forma, o complexo virio foi concebido principalmente em estrutura de concreto com vigas pr-moldadas e fundaes em estacas raiz. Sero 44 vos com vigas pr-moldadas, sendo 30 vos nos eixos

    principais, 7 vos na ala de acesso 03 e 7 vos na ala de acesso 04.

    Para vos maiores que 35 m, foram concebidas estruturas em balano, aqui denominadas de vigas-caixo, em concreto protendido, que suportaro diretamente os veculos, e possuem, em suas extremidades

    (balano), dentes gerber que abrangero os aparelhos de apoios que suportaro as vigas pr-moldadas. Estas estruturas se apoiaro diretamente nos pilares.

    Devido s diversas interferncias urbanas, em alguns casos foram concebidas estrututuras em caixo contnuo, de forma a se obter um melhor equilbrio dos esforos e, consequentemente, uma estrutura mais

    econmica. So os vos formados pelos apoios P1.5-P1.6, P2.6-P2.6, P3.1-P3.2, P4.6-P4.7 e P4.8-P4.9

    2.1 Concepo estrutural

    2.1.1 Infraestrutura

    A fundao dos apoios de toda a obra ser composta de estacas raiz de dimetro de 41 cm em solo e 30,5 cm na rocha. Por se tratar de uma fundao escavada, sem necessidade de cravao, no haver problemas de

    vibrao nas edificaes adjacentes.

    Esta soluo proporciona uma grande velocidade de execuo, alm da execuo com vrias frentes de trabalho, o que permitir atender aos prazos de execuo da obra.

    2.1.2 Mesoestrutura

    Os pilares possuiro seo circular e sero executados em concreto armado. Sobre estes existiro travessas de concreto armado, as quais suportaro os aparelhos de apoio de neoprene fretado para

    transferncia das cargas atuantes no tabuleiro para as travessas.

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Introduo

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    2.1.3 Superestrutura

    Sero utilizadas vigas pr-moldadas de concreto protendido de 2,15 m de altura e seo tipo "V". Entre as vigas sero colocadas placas pr-moldadas, de forma a minimizar a necessidade de cimbramento para a

    execuo das lajes e diminuir as interferncias que o cimbramento provoca no entorno.

    Prev-se a utilizao de vigas de 33,2 m, 23,2 m e 15,2 m de comprimento.

    A superestrutura das vigas-caixo e dos caixes contnuos foi concebida em seo de caixo perdido.

    3 MEMRIAS DE CLCULO DO PROJETO E DIMENSIONAMENTO

    Sero apresentadas as memrias de clculo da superestrutura em vigas pr-moldadas representativas do conjunto dos tabuleiros existentes:

    Superestrutura em vigas pr-moldadas de 33,2 m do vo P4.4: representativa dos tabuleiros em vigas pr-moldadas de 33,2 m dos eixos 1, 2 e 4 (o vo P4.4 possui largura de 10,25 m)

    Superestrutura em vigas pr-moldadas de 23,2 m do vo P3.7: representativa dos tabuleiros em vigas pr-moldadas de 23,2 m dos eixos 1, 2, 3 e 4 (o vo P3.7 possui largura de 11,05 m)

    Superestrutura em vigas pr-moldadas de 15,2 m do vo P1.13: nico tabuleiro com vigas de 15,2 m

    Superestrutura em vigas pr-moldadas de 33,2 m do vo P3.2: nico tabuleiro do eixo 3 com vigas de 33,2 m (largura de 11,05 m)

    Sero apresentadas memrias de clculo da infraestrutura dos vos em vigas pr-moldadas representativas do conjunto dos apoios existentes:

    Infraestrutrura do Apoio P1.11: representativa dos vos em vigas pr-moldadas dos eixos 1, 2, 3 e 4 (o apoio P1.11 possui 2 tabuleiros de vigas de 33,2 m)

    Sero apresentadas as memrias de clculo das estruturas em viga-caixo representativas do conjunto existente:

    Estrutura em viga-caixo do apoio P1.10: representativa das vigas-caixo dos eixos 1, 2 e 4 (o apoio P1.10 possui o maior balano e suporta 2 tabuleiros de vigas de 33,2 m)

    Sero apresentadas as memrias de clculo das estruturas em caixo contnuo representativas do conjunto existente:

    Estrutura em caixo contnuo P1.5- P1.6: representativa dos eixos 1, 2, 3 e 4 (o caixo contnuo P1.5-P1.6 possui o maior vo e suporta 2 tabuleiros de vigas de 33,2 m)

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    ELABORAO DO PROJETO BSICO DE ENGENHARIA PARA CONSTRUO DA PONTE SALVADOR - ILHA DE ITAPARICA, ACESSOS AOS SISTEMAS VIRIOS E RECONFIGURAO DA BA-001 NO TRECHO SITUADO NA ILHA DE ITAPARICA

    MEMRIA DE CLCULO DE PROJETO E DIMENSIONAMENTO OAES EM SALVADOR

    SUPERESTRUTURA DO VO P4.4 - VIGAS DE 33.2 m

    CONTRATO CC001-CT023/14 DOCUMENTO B-OAE-012-MC-00011-EN REVISO RA DATA SETEMBRO/15

  • Consrcio:

    MAIA MELO ENGENHARIA

    Superestrutura do Vo P4.4 Vigas de 33,2 m 1

    Governo do Estado da BahiaSecretaria de Infraestrutura

    Superintendncia de Infraestrutura de Transportes da Bahia - SIT

    NDICE

    1 CARACTERSTICAS GEOMTRI