Download - Fumec, 50 anos.

Transcript
Page 1: Fumec, 50 anos.

AJU

DE

O P

LAN

ETA

. RE

CIC

LE .

ANO 5 / NÚMERO 245 / 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 / www.tudobh.com.br

Fumec, 50 anos.

Capa Promocional

Page 2: Fumec, 50 anos.

UNIVERSIDADE COMPLETAMAIS DO QUE CENTRO UNIVERSITÁRIO E FACULDADE. A FUMEC É UMA UNIVERSIDADE COMPLETA. SABE O QUE ISSO QUER DIZER?

PÓS E MBAEDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Melhor MBA de Minas,50 anos

10 anos de EaD

MESTRADO DOUTORADO PÓS-DOUTORADOM D PD

www.fumec.br

/fumec.br

fumec.br

NASCEMOS DA PAIXÃO POR ENSINAR

ensinando, aprendemos

SOMOS UMA UNIVERSIDADE FEITA POR PROFESSORES

Alemanha

Austrália

Itália

México

Chile

Espanha

Estados Unidos

França

Suécia

Venezuela

sonhadores, realizadores

Apoio ao aluno na busca por estágios.

melhor mba de minas, segundo o ranking das melhores escolas de negócios da américa latina 2015 – revista américa economia.

Page 3: Fumec, 50 anos.

U No aniversário da capital, estrangeiros que adotaram a cidade como lar revelam como veem Belo Horizonte U Ofertas de atividades culturais, clima e acolhida do povo são pontos positivos, enquanto o trânsito é o pior entrave para eles. Páginas 6 e 7

J A sérvia Bojana, o português Cristiano e a venezuelana Natalia: eles adotaram a cidade como lar

FOTOLIA

DIVULGAÇÃO

Um novo olhar sobre a cidade

AJU

DE

O P

LAN

ETA

. RE

CIC

LE .

Aulas de yoga, tai chi chuan, ca-poeira, apresentações musicais ... Roteiro pelas praças e par-ques tem mais de 30 atrações no final de semana pra ninguém

Página 10

Muito o que fazer nos parques e nas praças

Página 4

Página 18

Uma BH para amar e para melhorar

Centenário de Sinatra, festa na Pampulha

Luzes, música e presé-pios animam a cidade em dezembro. Pág. 8

Clima de Natal

U Coluna doPCOPÁGINA 2

ANO 5 / NÚMERO 245 / 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 / www.tudobh.com.br

Receitas que a gente ama

demais da conta.

Págs. 12 e 13

BH 118 anos

JULIANA FLISTER/AGÊNCIA i7PEDRO VILELA/AGÊNCIA i7PEDRO VILELA/AGÊNCIA i7

Page 4: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 2 PAULO CESAR DE OLIVEIRA

PCOPlanta de amônia

FertilizantesO Brasil importa atualmente cer-ca de 70% de todo o fertilizante necessário para a sua produ-ção agrícola. Isso faz com que a planta de amônia – junto do complexo químico de Uberaba – seja importante para a con-solidação de um dos principais polos de fertilizantes da Amé-rica Latina. A obra da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-V) terá capacidade para produzir anualmente 519 mil toneladas de amônia e dará ao Brasil a soberania na produção desse insumo. O composto químico é matéria-prima para a produção de fertilizantes nitro-genados utilizados nas diversas culturas. O secretário Altamir Rôso afi rma que o investimento é estratégico para a consoli-dação do Brasil como o maior produtor agrícola do mundo.

Compras no dia 20 Os lojistas não esperam gran-des vendas até o dia 20, data limite para as empresas quita-rem a segunda parcela do13º. A primeira foi usada para quitar dívidas e a segunda, aí sim, será reservada aos presentes de Natal.

PrejuízoPelas contas do comércio, a queda nas vendas neste Na-tal devem chegar a 17% em relação ao mesmo período de 2014. No acumulado do ano,

O projeto da planta de amônia da Petrobras no Distrito Industrial III de Uberaba, orçado em cerca de 2 bi-lhões de reais, já conta com 30% das obras prontas, com investimento de aproximadamente 1 bilhão de reais. A informação é do secretário de Desenvol-vimento Econômico, Altamir Rôso, que

acredita que a Petrobras vai superar as dificuldades por que passa neste momento. Ele acrescenta que o projeto é estratégico para Minas Gerais e para o Brasil, que che-gará aos próximos anos como o maior produtor de alimentos do mundo.

RICARDO STUCKERT INST. LULADIVULGAÇÃO

Lula não deixa por menos e já dá o ar de sua graça, construindo o seu novo caminho com o slogan: querem destruir o governo dos pobres. Esse discurso será sua tônica daqui pra frente, podem anotar. Que governo dos pobres é esse que destrói a classe que ajudou a crescer nos últimos anos? Essa vai ser a pergunta que não quer calar, em contrapartida ao falso profeta do apocalipse.

E Lula, hein?

BH melhor aindaVocê conhece Belo Horizon-

te? Seus parques – uma centena deles - seus museus, suas igrejas, seus espaços culturais, praças, suas tantas coisas mais? É, Belo Horizonte tem sim tudo isto e, curiosamente, nós, moradores, pouco conhecemos este lado da cidade. Sabemos, e sofremos, com seu trânsito caótico, sua falta de transporte coletivo, suas dificuldades na área de saúde, embora tenhamos, em algumas áreas, atendimento de excelência, referência no país. É assim a BH que está comple-tando 118 anos, comandada hoje pelo prefeito Marcio Lacer-

da. Contraditória. Que encanta quem a visita – a Pampulha está em vias de ser reconhecida como patrimônio da humani-dade – e irrita quem nela reside.

irritados com suas falhas mas, ai e quem, não sendo daqui, falar mal de nossa cidade! Por falar em críticas, a cidade pre-cisa resolver logo este impasse de seu metrô. Não é possível que uma cidade, com mais de 2 milhões de habitantes, com uma

complicado, fique a depender exclusivamente dos ônibus, um pouco modernizados como o Move, mas ônibus. Não é possí-vel que BH não se ligue com as demais cidades da região me-tropolitana por transporte ferro-viário, enquanto quilômetros e quilômetros de trilhos estão inú-teis, enquanto milhares de tra-balhadores consomem parte de seu dia em coletivos apertados e lentos. Talvez esta seja a área em que menos avançamos nos últimos anos. Na saúde, na edu-cação, na cultura, no lazer e até no desenvolvimento econômico, vamos, aos trancos e barrancos, obtivemos avanços. E sem muita ajuda do governo federal. Nos últimos anos temos tido sorte com os prefeitos que elegemos. A cidade tem tido administra-ções responsáveis. Faltam sim ajustes, talvez até um controle do crescimento. Mas já dá para comemorar a BH dos 118 anos. Com um pouco mais de esforço, vamos fazê-la melhor ainda.

Com a colaboração de Ana Lúcia Cortez, Eliane Hardy, Flávio Penna e Sueli Cotta

a retração nas vendas deve chegar a 7%. Mas, com a infl ação a 10%, o prejuízo aumenta. Para reverter a situação, a orientação de Nadim Donato, do Sindicato dos Lojistas do Comércio, é de os comercian-tes usarem as suas habilidades e criatividade para conseguir chegar ao mesmo volume de vendas de 2014.

SupremoTodas as atenções estão voltadas, nesta semana, para a decisão do Supremo Tribunal Federal em rela-ção ao processo de impeachment da presidente Dilma, na Câmara dos Deputados. Brasília vive mo-mentos de tensão máxima.

CortesO governador Fernando Pimentel deve cortar pelo menos 1.800 cargos comissionados e extinguir alguns órgãos na reforma adminis-trativa que pretende fazer no início do ano que vem. O prefeito Marcio Lacerda segue a mesma cartilha para reduzir os gastos com a má-quina pública.

Picciani já era? Leonardo Picciani queria tomar

o lugar de Eduardo Cunha, com o apoio de Dilma. Conseguiu ape-nas rachar a bancada do PMDB. Isso fi cou bem claro na carta de Temer e essa foi a principal razão de sua queda. Vai tomar Doril.

Família de médicos Filho dos ginecologistas Walter

Tavares Sales e Mariza Chagas Sales, da equipe do Mater Dei, Marcelo Sales forma-se em me-dicina no próximo dia 17 pela Ciências Médicas. Agora, são todos médicos na família. Marina, a primogênita, também segue a carreira.

Trinca assustadoraA ex-deputada e uma das fun-dadoras do PT, Sandra Starling é atualmente uma das maiores críticas da legenda. Mas quan-do o assunto é a possível troca de comando na República, ela é taxativa: “PMDB de Temer, Renan e Cunha: essa trinca me assusta!”

Estagiário: Lucas RochaRevisão: Maria Ignez Villela

Equipe de arte: Adroaldo Leal, Gilberto Silva, Luciano Cabral

Supervisora de distribuição: Kelly Maia

Departamento Comercial (31) 3503-8888

DIRETOR-GERALPaulo Cesar de Oliveira

[email protected]

DIRETORA EXECUTIVA Eliana Paula

[email protected]

EDITORA-GERALMaria Eugênia Lages

[email protected]

DIRETORGustavo Cesar Oliveira

TUDO é uma publicação da VB Editora e Comunicação Ltda.

em conjunto com a J.Chebly Comunicação Ltda.

Rodovia MG-030, 8.625, Torre 2, Nível 4 – Serena Mall – Vale do Sereno

CEP 34000-000 – Nova Lima – MG - Redação: 3503-8850

[email protected]

Impressão: Rede Editora Gráfi caTiragem semanal: 40 mil exemplares

DIRETORESJosé Chebly FilhoLeonardo Chebly

Page 5: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 3GERAL

Querer o melhor para seus moradores e também para seus contribuintes, sempre foi o alvo de duas grandes forças de Minas!

A capital dos mineiros e o sindicato dos Auditores Fiscais do Estado, celebram mais um ano, lado a lado, juntos!

Parabéns Belo Horizonte pelo seu aniversário.

Parabéns SINDIFISCO-MG pelos seus 25 anos!

É o que deseja a nova diretoria do SINDIFISCO-MG, eleita para o biênio 2016/2017.

“”

Captação de água do Rio Doce é mantidaMesmo após alguns estudos mos-trarem quantidades elevadas de metais prejudiciais à saúde e o Mi-nistério Público (MP) ter feito um pedido formal, a justiça do Espírito Santo decidiu manter a captação de água do rio Doce em Colatina, na última quinta-feira. A Ação Civil Pública (ACP) solicitou também que a empresa responsável, Sa-marco, fosse obrigada a cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) até que a prefeitura e o Servi-ço Colatinense de Meio Ambiente (Sanear) implementassem uma captação alternativa.

Relação abaladaApós a divulgação de uma carta endereçada à presidente Dilma Rousseff de autoria do vice, Michel Temer, na última terça-feira, onde desabafava sobre sua perda de protagonis-

do os ponteiros. “Na nossa conversa, eu e o vice-presidente Michel Temer decidimos que teremos uma relação extremamente profícua, tanto pessoal quanto institucionalmente,

sociais, o caso se tornou um viral em diversas postagens que zombavam do peemedebista.

Cunha na mira da justiçaAlvo de uma investigação por quebra de decoro parlamentar, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, recorreu ao Supremo Tribunal Federal, na última quarta-feira, para

usando o Ministério Público Federal como “instrumento de disputa política” ao tentar

sidente Dilma Rousseff.

Parceria renovada

Mineiro e o Cruzeiro Esporte Clube, mantendo a marca estampada em seus uniformes

da empresa e é também um reconhecimento às campanhas bem-sucedidas dos clubes mineiros nos últimos anos.

Aconteceu na semana

D S ST Q Q S

FRED LOUREIRO

Page 6: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 20154 OPINIÃO

Natural de Brasília de Minas, o advogado Antônio Fabrício de Matos Gonçalves tem motivos de sobra para comemorar. No último dia 21 de no-vembro, ele se tornou oficialmente o novo presidente da OAB - Seção Minas Gerais. Somente em Belo Horizonte cerca de 15 mil advogados comparece-ram às urnas e referendaram o nome de Antônio Fabrício.

Advogado há 23 anos, nas propostas de sua chapa estão a regionalização da

das ações da Ordem, a luta pelo piso salarial do advogado e manutenção do valor da anuidade entre as mais baixas do país. Sobre a expectativa de assumir

o cargo, Fabrício entrega: “Estamos com muita disposição para começar o trabalho, sempre em favor da classe e para desenvolver um grande diálogo com a sociedade civil”.

Sobre a relação com a capital mi-neira, onde vive desde abril de 1988, o advogado afirma que não poderia ser melhor. A relação de hospitalidade e re-ceptividade com a cidade não somente o cativou como também rendeu o título de cidadão honorário. “Pra mim a me-lhor característica de Belo Horizonte é receber todas aquelas pessoas que vêm de todas as cidades, sobretudo do interior de Minas, e tratá-las como se fossem daqui. Não tem preço!”, conta.

Tratado como se fosse daqui

Reconhecida como a capital dos bares e bo-tecos e famosa pelo seu circuito gastronômico diversificado, a cozi-nha belo-horizontina conquistou Antônio Fabrício à primeira vista

das melhores coisas para quem mora aqui. “As opções gastronômi-cas têm uma força bem grande por aqui, a gente traz profissionais de fora para agregar à nos-sa culinária e acaba ten-do um ótimo retorno”, explica. Os risotos são seus pratos preferidos na hora das refeições.

Apesar de Belo Hori-zonte estar ampliando a cada ano suas progra-mações e espaços cul-turais e sediar grandes palcos artísticos como o Palácio das Artes e o re-vitalizado Cine Theatro Brasil Vallourec, tanto o acesso quanto a quan-tidade de opções pre-cisam ser melhorados na opinião de Antônio Fabrício. “A questão cul-tural em BH tem melho-rado, mas tem um bom caminho para percorrer ainda. As grandes peças, por exemplo, sempre fa-zem curtas temporadas na cidade”, analisa.

Por último e não menos i m p o r t a n t e , o m a i s novo presidente da OAB comenta sobre o trânsi-to, que em sua opinião, é ainda um dos maiores problemas de se viver em uma cidade grande como Belo Horizonte. “O trânsito é realmente problemático. Acredito que precisamos pen-sar urgentemente na melhoria e ampliação dos nossos transportes públicos de forma que p o s s a a t e n d e r c a d a vez mais pessoas, te-nha mais qualidade e dê conta da nossa roti-

Cozinhaque conquista

Caminho longona cultura

Trânsito é o maiorproblema

Dr. Antônio Fabrício de Matos Gonçalves

BH que eu amo

AS MAIS LIDAS DO PORTAL ENTRE 4 E 11 DE DEZEMBRO:

1. Circuito Liberdade oferece programação especial durante o período natalino

2. Venda de ingressos para os shows do Coldplay começa nesta quinta (10)

3. Ex-vocalista do Stone Temple Pilots e Velvet Revolver, Scott Weiland

morre nos EUA

4. Confi ra o que abre e fecha em BH no feriado da próxima terça (8)

5. Açúcares e adoçantes: conheça os tipos e usos

Facebook: www.facebook.com/TudoBH

Twitter: @TudoBH Portal: www.tudobh.com.br

O PORTAL DE NOTÍCIAS DA VB COMUNICAÇÃO

NO TWITTER

FRASES

Assim como não podemos aceitar impeachment golpis-ta, não podemos defender um governo que foi eleito com discurso oposto ao que implementa. @lucianagenro, ex--candidata à Presidência da República

A câmara virou um puteiro. RIP Câmara. @zehdeabreu, ator

mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento,

Michel Temer, vice-presidente da República, em carta direciona-da à Dilma Rousseff e divulgada na mídia durante a semana

Dilma Rousseff, presidente da República, em discurso sobre o processo de impeachment aberto contra ela

PAULO WERNER

DIVULGAÇÃO

Page 7: Fumec, 50 anos.
Page 8: Fumec, 50 anos.

Silvânia ArrielEDITORA EXECUTIVA

É de lá, daquela rua de bares, cheia de árvores, de onde se vê o prédio da estação ferroviária, a Bahia que corta o centro da cidade e chega à praça da Liberdade... Da Sapucaí, no bairro Floresta, que condensa a visão do empresário francês Philippe Watel sobre essa Belo Horizonte, que faz 118 anos, de 2,5 milhões de habitantes, 331, 4 quilômetros quadrados. De corre-corre, lugares já tão acostumados aos olhares dos cidadãos que mal veem alguma mudança na paisagem urbana, de tantos altos e baixos, que fomos atrás de estrangeiros que moram aqui. Lustrar, espi-char, inovar a vista neste lugar cercado pela serra do Curral. “Ela tem um lado provincial, todo mundo se conhece. É uma capital com cara de interior”,

1 ano, mas continuou, está aqui há mais de 5 anos.

Alarga o olhar para o centro da cidade, com seu charme co-mercial, as constru-ções, o edifício Acaia-ca, da década de 1940, o Arcângelo Maletta, os parques. Restringe no bairro Lourdes, na Savassi (“apesar das melhorais”), ofusca--se com a mobilidade urbana. Se pudesse, queria remover o tu-

U No aniversário da capital, fomos atrás de imigrantes para saber como veem a cidade

BH, segundo os estrangeiros

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 20156 BH 118 ANOS

“Venho de uma cidade com construções

antigas, onde se anda muito a pé”

Bojana Pantovic

“Sinto que a liberdade aqui é entendida como

um bem privado e não coletivo”

Cristiano Silva

multuado trânsito. “É o pior, estraga muitos coisas, não só a parte comercial. A gente vai a uma festa e lá tem mais de 350

Philippe Watel. Vê esse estrago em Belo Horizonte. “É uma pena as pessoas fazerem tudo de carro. Não me conformo com isso.” Nesta cidade com 1,7 milhão de veículos (números de outubro deste ano, registra-dos pelo Denatran), onde vive também, há 8 anos, a sérvia Bo-jana Pantovic, que veio para cá depois de aprovada em audição feita em Belgrado, sua cidade, para a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Horizonte no mapa do Brasil. Passou no teste em novembro e em fevereiro estava na capital mineira. “È uma realidade totalmente diferente. Venho de uma cidade com construções antigas, onde se anda muito a pé”, conta Bojana, primeira violonista da orquestra. Acha estranha a pouca apropriação do espaço urbano, do com-partilhamento das ruas, das calçadas. “Sinto falta de ver pe-destres, de curtir passeios pela cidade, mas gosto dos minei-ros, dos belo-horizotinos, que são parecidos com os sérvios.” Nesta dualidade, tão comum, vê a hospitalidade dos cidadãos. “São fechados, mas sinceros.” Aponta a facilidade de sair da cidade, de logo estar no meio da natureza, a beleza das praças da Liberdade e Nova Iorque, no

FOTOS: PEDRO VILELA/AGÊNCIA i7

Page 9: Fumec, 50 anos.

JULIANA FLISTER/AGÊNCIA i7

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 7BH 118 ANOS

ALMG Timóteo

A Assembleia de Minas está presente em todo o Estado. Só neste ano, as comissões de deputados já percorreram mais de 60 mil quilômetros, fiscalizando ações, promovendo debates e escutando a opinião dos mineiros. E, mesmo quando a Assembleia não vai até a sua cidade, você pode acompanhar tudo e participar do que acontece aqui, através do Portal e da TV Assembleia. A emissora, que está comemorando 20 anos, transmite as atividades parlamentares ao vivo e oferece uma programação exclusiva, com notícias, eventos, debates e conteúdo educativo, 24 horas por dia. As nossas portas estão sempre abertas para você.

TV Assembleia 20 anos

A gente nãomede esforçospara estarjunto de você.

Assista à TV Assembleia nos canaisa cabo 11, analógico 35 e digital 61.2ou pelo Portal almg.gov.br/tv

Sion, onde mora, da Savassi e suas ruas fechadas ao trânsito como em sua Belgrado.

Gosta do clima, do céu azul. “É melhor do que meu país”, confessa a sérvia. Reclama da

10 anos, não poder ir sozinho ao colégio, às praças. “É uma pri-vação da liberdade.” Sente não ter escolas públicas de música, suaviza com a visão da situação política menos difícil, longe das guerras, e mais opções de tra-balho nesta capital cercada por montanhas. Longe da praia,

Mingotti, na cidade há pouco mais de 1 ano. “Esse é o ponto negativo. Belo Horizonte tem muito lugares para ir, conver-sar. Há sempre coisas culturais, festivais, eventos de graça. É só procurar”, diz.

Vê muita semelhança com sua Caracas, com a diferen-ça de que lá fica a apenas 40 minutos do mar. “Mas aqui é mais tranquilo. Meu filho vai sozinho para a escola, o que não podia na Venezuela”, conta Natalia, que é tradutora. Sai

pela cidade, gosta de andar, de ir do bairro Serra, onde mora, à Savassi, à praça da Liberdade, aos museus. “As pessoas são muito receptivas, tentam sem-pre ajudar.” Acredita que Belo Horizonte precisa avançar na coleta do lixo, no encanamento do gás. “É bom manter certos costumes, mas outros têm que mudar, modernizar.”

Ir em frente, manter seus museus, o Memorial Minas Gerais Vale. “Fiquei chocada,

ele é maravilhoso”, comenta a venezuelana, que se adaptou à cidade. Onde também vive o português Cristiano Silva, vice-diretor da Escola da Serra. “Do ponto de vista relacional e profissional, Belo Horizonte tem-se constituído uma agradá-vel surpresa. Digo isto porque as cidades são mais muito mais

relacionais e BH, apesar de ser enorme, é aprazível, acolhedo-ra”, afirma Cristiano. Aponta a oferta cultural, o verde das praças e avenidas como pontos positivos. A nota negativa vai para o entendimento coletivo do valor liberdade.

“Sinto que a liberdade aqui é entendida como um bem pri-vado e não como bem coletivo. É bastante notório o impacto desta concepção na organiza-

de supermercado, nos serviços de urgência hospitalar, nas escolas, nos botecos”, diz o por-tuguês. Também não enxerga Belo Horizonte bem na foto do ordenamento de seu território. “Não entendo como, por exem-plo, todos acham natural a exis-tência do bairro Mangabeiras e do aglomerado da Serra. Somos coniventes com as assimetrias que existem...” Desfoca tam-bém na falta de orgulho dos ci-

outros países e se diferencia na cultura dos bares. “Aqui tudo se faz no boteco.”

“As pessoas são muito

receptivas, tentam sempre

ajudar”Natalia Mingotti

Page 10: Fumec, 50 anos.

A poucos dias do Natal, a prefeitura de Belo Horizonte programou uma série de ações especiais em pontos diversos da cidade, que mostram a be-leza da data com iluminação especial, muita música e ex-posições de presépios. A ideia é que a população da capital possa não só aproveitar a bele-za e o encantamento comuns à época natalina, como também ter opções de entretenimento com as atividades culturais. Um dos pontos altos para quem está na cidade, sem dúvida, é a tradicional iluminação de Natal, parceria da PBH com a Cemig, que decora, até 6 de janeiro, pontos como o prédio da prefeitura, a avenida Afonso Pena, a rua da Bahia até a rua Guajajaras, a avenida Brasil, da rua Pernambuco (cruzamento com rua Bernardo Guimarães) até a praça da Liberdade e a avenida Cristóvão Colombo, da praça da Liberdade até a praça da Savassi.

Outra atração é a expo-sição Presépios: tradição e religiosidade, no Casarão Boa

Vista, que poderá ser visitada até o dia 6 de janeiro, no Cen-tro de Referência da Memória de Venda Nova. A mostra traz 4 presépios produzidos por diferentes instituições, que mostram a tradição da mon-tagem de presépios em tra-balhos com uma linguagem diferente.

Para quem adora as mú-sicas tradicionais de Natal, haverá uma Cantata de Na-tal, com o Coral IBNPP, no Parque Ecológico Roberto Burle Marx. A apresentação ocorrerá no domingo, dia 13, no Parque Ecológico Roberto Burle Marx, no bairro Flávio Marques Lisboa.

E para quem está de passa-gem pelo Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro, a programação traz o instrumen-tista Tiago Oliveira durante todo o período natalino. No dia 22, às 9h30, e no dia 31, às 16h, o músico fará apresentação com violoncelo. Já no dia 24, às 16h, ele se apresentará com um vio-lino e, no dia 28, às 10h30, toca

U Programação traz atrativos como a iluminação de Natal e

também apresentações musicais e exposição de presépios

É Natal em BH

DIVULGAÇÃO

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 20158 BH 118 ANOS

Page 11: Fumec, 50 anos.
Page 12: Fumec, 50 anos.

Que tal começar o fim de semana com uma série de ati-vidades nos melhores lugares de Belo Horizonte? Essa é a proposta do BH ao Ar Livre, programação da prefeitura de Belo Horizonte, nestes dias 12 e 13, com mais de 30 atividades em diversas regiões da cidade. Música, esporte, roteiros zen, exposições, cantatas, circo, oficinas fazem com que os parques transformem-se em ótimas opções de lazer.

Confira algumas opções que ocorrerão nos parques cidade:

PROJETO “BASQUETE POPULAR NO BAIRRO”Data: todo sábadoHorário: a partir das 9hParque Ecológico Vencesli Firmino da Silva

PROJETO PRATICANDO AOS DOMINGOS NA SERRAData: todo domingoHorário: 9hParque da Serra do Curral

TAI CHI CHUAN NO PARQUEData: sábado, das 8h às 10hParque Municipal Américo Renné Giannetti

EXPOSIÇÃO NATAL FAST BRASILData: até 26 de dezembroHorário: das 6h às 18hParque Municipal Américo Renné Giannetti

PROJETO BEM BOM NO BURITISData: sábado, dia 12Horário: das 8h às 13hParque Aggeo Pio Sobrinho

CANTATA DE NATALData: Domingo, dia 13Horário: 15h30Parque Ecológico Roberto Burle Marx

FEIRA DE TROCA DE BRINQUEDOSData: Sábado, dia 12Horário: das 8h às 13hParque Municipal Ursulina de Andrade Mello

ENCONTRO DOS MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAISData: Sábado, dia 12Horário: das 12h às 16hParque Juscelino Kubitschek

ESCOLINHA DE BASEData: sábado e domingoHorário: das 9h às 16h

Parque Ecológico da Pampulha

APRESENTAÇÃO DO CORAL CASA VOZData: domingo, dia 13Horário: das 10h30Parque Ecológico da Pampulha

YOGA NO PARQUEData: domingo, dia 13Horário: 9hParque Municipal Américo Renné Giannetti

RODA BEM NASCERData: sábado, dia 12Horário: 14hParque Municipal Américo Renné Giannetti

ENSAIO PERCUSSIVO DA ESCOLA DE SAMBA DE RUA UNIDOS DO QUEIXINHOData: sábado, dia 12Horário: 14hParque Municipal Américo Renê Giannetti – Praça do Te-atro

GRUPO INTERNACIONAL OFICINA DE CAPOEIRAData: domingo, dia 13Horário: das 8h às 13hParque Municipal Américo Renê Giannetti – Praça do Teatro

U Programação deste final de semana tem mais de 30 atividades ao ar livre nos melhores

lugares da cidade

Muito o que fazer10 BH 118 ANOSA necessidade

das consultorias tributárias para as

empresasÉ recomendável às empresas mante-

rem ou contratarem um serviço de consulto-ria tributária especializada, visando diminuir, isentar ou recuperar no âmbito administra-tivo os tributos os quais a RFB – Receita Federal do Brasil admite como incontro-versos, pacificados e com jurisprudência vinculante. De fato, desde o advento da Lei 10.637/2002, que instituiu o procedimento de “compensação direta”, cabe ao contri-buinte o direito de apurar crédito no âmbito administrativo e requerer a compensação ou restituição desses valores na própria esfera administrativa, sem necessidade de qualquer ação judicial ou autorização judiciária. À partir do disposto no art. 62-A do RICARF (Regimento Interno do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), fi cou estipulado que “as decisões defi nitivas de mérito, proferidas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Superior Tribunal de Justiça em matéria infraconstitucional, na sistemá-tica prevista pelos artigos 543-B e 543-C” do CPC “deverão ser reproduzidas pelos conselheiros no julgamento dos recursos no âmbito do CARF”. Isso equivale a dizer que a Administração Pública no âmbito dos recursos administrativos se “autovinculou” ao entendimento exposto pelo STF ou STJ nos casos de repercussão geral ou recurso repetitivo. Portanto, não há necessidade do contribuinte ingressar em juízo com ação, nos casos em que a jurisprudência esteja pacifi cada e incontroversa. Nesses casos, os órgãos julgadores administrativos deverão reproduzir em seus julgamentos as decisões proferidas pelo STF e pelo STJ. Da mesma forma, reforça esse entendimento o dispos-to no art. 3º da Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 01/2014, que estabeleceu que nesses casos de decisões desfavoráveis à Fazenda Nacional, a Procuradoria está autorizada a não contestar e/ou recorrer desses enten-dimentos. Situações pacificadas e incon-troversas, por exemplo, no julgamento de verbas previdenciárias do Recurso Especial (Resp) nº 1.230.957/RS, julgado pelo STJ na forma do art. 543-C do CPC, por força do art. 3º da Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 01/2014, a RFB está vinculada. Por isso mesmo, podem as empresas apurarem os seus créditos no âmbito administrativo, nos termos da IN 1.300/2012 e o compensarem sem qualquer necessidade de autorização judicial. A autorização se dá por expressa determinação legal, portanto, não há ne-cessidade de demanda judicial. E não só para questões previdenciárias, mas nas mais diversas situações tributárias, seja no âmbito das contribuições sociais e/ou impostos, cabe ao Contribuinte fi car atento ao que a lei o faculta apurar e compensar administrativamente, sem necessidade do oneroso e moroso processo judicial. Muitas empresas de Consultoria Tributária especia-lizadas, trabalham vinculadas ao êxito do trabalho, após o estudo da situação fi scal/contábil da empresa; apuração do crédito e seu aproveitamento na esfera administrativa geralmente pelo sistema de compensação tributária, sem cobrança de honorários pré-vios “pró-labore”. Portanto, Sr. Empresário,

pesquise seus direitos !!!

Fabricio Alves Quirino

[email protected]

Advogado com escritórios em

SP e BH; Pós Graduado

Direito de Empresa;

Professor Direito

Tributário;

Perito-Advogado da

ASPEJUDI; Árbitro

Suplente da Câmara

de Arbitragem

LUDMILA TAVARES

J Parque Municipal: yoga, tai chi e capoeira integram programação

Page 13: Fumec, 50 anos.
Page 14: Fumec, 50 anos.

INGREDIENTES100 g de polvilho azedo150 g de polvilho doce150 g de queijo artesanal da Serra da Canas-

tra meia cura50 g de manteiga sem sal150 ml de leite integral50 ml de água10 g de sal2 ovos

MODO DE PREPAROEm uma bacia, coloque o sal e os 2 tipos de pol-vilho. Em uma panela, coloque para ferver o leite, a manteiga e a água. Quando começar a borbulhar, mexa para fi car homogêneo, e, aos poucos, jogue este líquido sobre os ingredientes secos previa-mente misturados. Não jogue todo o líquido de

uma vez. Mexa com uma colher e, quando esfriar um pouco, você pode mexer com a ponta dos dedos, sem sovar a massa. Reserve. Deixe esfriar por 15 minutos. Enquanto isso, rale o queijo usando o lado mais grosso do ralador. Adicione o queijo e os ovos e misture com as mãos. Mexa e amasse usando a palma da mão até a massa fi car sem pedaços ou bolinhas de polvilho, apenas pedaços de queijo. Depois é só untar as mãos, fazer bolinhas pequenas, de 20 gramas. Unte a bandeja e coloque as bolinhas com um espaço de aproximadamente 3 centímetros entre elas. Pré-aqueça o forno a 180 graus e coloque os pães de queijo para assar.

U No clima do aniversário de Belo Horizonte, alguns dos lugares mais emblemáticos do circuito gastronômico mostram receitas com aquele

gostinho que a gente ama demais da conta

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201512 BH 118 ANOS

PÃO DE QUEIJOA PÃO DE QUEIJARIA

Capital do sabor

FO

TO

LIA

Page 15: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 2015 13BH 118 ANOS

Cuidar de vocêe de quem você ama.#esseéoplano

A VIDA É MELHOR QUANDO VOCÊESTÁ BEM ACOMPANHADO.

E ISSO INSPIRA A UNIMEDA ESTAR SEMPRE AO SEU LADO.

PEDRO VILELA/AGÊNCIA I7

DIVULGAÇÃO

INGREDIENTES1 kg de costelinha1 colher de sopa de tempero verde1 colher de sopa de alho batido1 limão espremido2 pimentas-de –bode½ copo de vinho branco1 colher de café de gengibre ralado1 molho de salsa1 molho de cebolinha

MODO DE PREPARO

INGREDIENTES1 frango de 2 kg (média)1 tomate cortado ½ kg de quiabo cozido50 g de cebola batida com alho50 g de cebolinha e salsa

MODO DE PREPAROCozinhe o frango deixando para apurar 1 litro de caldo. Após o cozimento, acrescente ½ tomate cortado, depois ½ quilo de quiabo cozido. Deixe cozinhar por 5 minutos. Depois de cozido, acrescente 50 g de cebola batida com alho e ½ tomate cortado em pequenos pedaços. Coloque na travessa e salpique cebolinha e salsa por cima. COSTELINHA DA SINHÁ

XAPURI

FRANGO COM QUIABO MARIA DAS TRANÇAS

Receitas e muito mais nas redes sociais da Viver Gourmet. Siga Facebook: Viver Gourmet/ Instagram: @vivergourmet

Corte a carne em pedaços tirando o ex-cesso de gorduras ou de ossos, eliminan-do tudo que não seja tenro e macio. Lave bem a carne em água corrente. Deixe-a escorrendo bem em uma peneira. Arma-zene em vasilhas plásticas apropriadas e leve ao freezer para congelar. Tire do freezer para descongelar e lave novamen-te em água corrente. Escorra em uma peneira. Para cada quilo de carne, tempe-re com um molho feito com a quantidade de ingredientes citados. Deixe a carne descansar nessa vinha- d’alho por duas horas, no mínimo. Esquente uma panela grande com um pouco de óleo. Escorra o tempero da carne. Coloque a carne den-tro da panela e dê uma pré-cozida. Mexa devagar até cozinhar levemente. Escorra o óleo e deixe a carne esfriar. Armazene em recipientes plásticos apropriados. Leve ao freezer para congelar. Quando for preparar para servir, retire do freezer com antece-dência até descongelar completamente. Em uma panela, coloque óleo o sufi ciente para cobrir toda a carne. Quando o óleo estiver bem quente, coloque a carne e frite até que ela fi que dourada. Retire com escumadeira e escorra o óleo com uma peneira. Sirva ainda quente.

Page 16: Fumec, 50 anos.

U Situação econômica é tema do último Conexão do ano

Os desafios para voltar a crescer

FLAVIA VALSANI

DIV

UL

GA

ÇÃ

O

No dia 15 de dezembro, às 10h30, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Prefeitura de Congonhas inauguram para a imprensa e convidados o novo Museu de Congonhas. Localizado ao lado do Santuário, o projeto tem como objetivo potencializar a percepção e a interpretação das múltiplas dimensões do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, sítio histó-rico que, desde 1985, tem o título de Patrimônio Cultural Mundial. Inclusive, a ocasião comemora os 30 anos do título e os 70 anos de existência da Unesco.

A partir de 1º de janeiro de 2016, a Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo Ameri-can terá novo presidente interino. Pedro Borrego fi cará no cargo até que um sucessor seja nome-ado. Ele atuava como diretor de recursos huma-nos, assuntos corporativos, segurança e saúde e desenvolvimento sustentável desde 2008, quan-do a Anglo American adquiriu o projeto Minas-Rio, o principal investimento global da companhia e um dos maiores empreendimentos de exploração de minério de ferro do mundo. A mudança se deve à decisão do executivo Paulo Castellari de deixar o comando da empresa no fi m deste ano.

Curtas

U Museu de Congonhas

U Borrego assume Minério na Anglo

O Espaço V, em Nova Lima, recebe a última edição do ano do Conexão Empresarial no dia 15 de dezembro, às 12h, com pa-lestra do ministro do Desenvol-vimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro.

Ele fará um pa-norama da atu-al situação bra-

sileira e as

expectativas do próximo ano na palestra brio macroeconômico e da reto-mada do crescimento. Com um

presidente do Conselho Nacio-nal de Desenvolvimento Indus-trial, do Conselho Deliberativo

Exportações do Brasil e do Con-

Brasileira de Desenvolvimento

federal, atuou na Comissão de Finanças e Tributação durante 3 mandatos. O Conexão é uma

nicação em parceria com a

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201514 GERAL

Page 17: Fumec, 50 anos.

A Codemig vai investir mais de R$ 20 milhões na Indústria Criativa.

Agora em Minas, talento e criatividade são devidamente valorizados. O Governo

do estado de Minas Gerais, através da Codemig, está investindo e incentivando

a indústria criativa. Só em 2015, dezenas de eventos foram realizados, entre

eles:

Minas Trend (Belo Horizonte) / Festival Gastronômico de Tiradentes /

Festival de Turismo Ouro Preto / Gastropark (Belo Horizonte) / Fartura BH

(Belo Horizonte) / Conexão Empresarial (Araxá) / Minas Láctea 2015 (Juiz

de Fora) / Conex Minas e Exponor (Teófilo Otoni) / Brumadinho Gourmet /

Festival Mundial de Circo (Caxambu) / Expo Milão (Itália, outubro/15).

E ainda tem muito mais, como o Mineirão Gastrô. A Codemig está também com

edital aberto até fevereiro para os criativos do setor da moda. É a Codemig

e o Governo do estado de Minas Gerais fazendo bonito para que a indústria

criativa continue a brilhar, promovendo o talento e o desenvolvimento dos

mineiros.

www.codemig.com.br

Indústria Criativa. Em uma vitrine, perto de você.

Page 18: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201516 CULTURA

Elizabeth Santos Leal de Carvalho, ou melhor, Beth Car-valho, comemora seus 50 anos de carreira no palco do Chevro-let Hall no dia 12 de dezembro, às 22h.

A sambista promete fazer os fãs mineiros sambarem a noite toda com um repertório

contabiliza 34 álbuns lançados, 5 DVDs, sendo o mais recente, Beth Carvalho ao vivo no parque Madureira, o grande respon-sável por inspirar a setlist da apresentação. Sucessos como Andança, Coisinha do pai, As rosas não falam, Vou festejar, O show tem que continuar, Lucidez e Camarão que dorme a onda leva vão transformar o público da apresentação em um grande coral coletivo.

Além da turnê comemora-

tiva, Beth ganhou em 2015 um musical em homenagem à sua trajetória. Escrita por Rômulo Rodrigues e dirigida por Er-nesto Piccolo, Andança — Beth Carvalho, o Musical conta a história da cantora desde sua infância até a fase adulta, transi-tando pelos momentos marcan-tes como, por exemplo, o ano em que passou internada em um hospital e seu engajamento político. Ingressos: R$ 30 a R$ 400 mesa. Informações: (31) 4003-5588.

U Beth Carvalho se apresenta na capital neste final de semana

Hora de festejarFOTOS: DIVULGAÇÃO

Dicas...para você se divertir em BH

1.

2.

Estrelado por Danielle Winits e Carolina Ferraz, o espetácu-lo Depois do amor desembarca em BH no dia 12 de dezembro, às 21h, no Cine Theatro Brasil Vallourec. A peça que relembra a grande diva dos cinemas, Marilyn Monroe, é também um dos últimos trabalhos da atriz Marília Pêra, que morreu no dia 5, como diretora. Ingressos: R$ 80 e R$ 40. Informações: (31) 3201-5211.

Peça dirigida por Marília Pêra chega a BH

O professor Jaime Gama e o jornalista Gabriel Gama lan-çam o livro Nós dois: Mais cedo que antes, mais tarde que de-pois no Di Casa Restaurante, na rua Montes Claros, 458, no dia 17 de dezembro, às 18h. A obra traz uma coletânea de poesias que retratam o diálogo entre os 2 sobre o mundo, escolhas, fe-licidade, desconstruções e construções, entre outras questões existenciais. Entrada gratuita. Informações: (31) 3586-5617.

Poesias de pai e fi lho

Page 19: Fumec, 50 anos.

A frota mais nova e moderna do mercado com descontosexclusivos em hotéis e pousadas.

CONHEÇA MAIS LUGARES.VISITE NOVAS CIDADES.

MELHOR QUE SABERO QUE O DESTINO RESERVAPARA 2016 É ESCOLHER OPRÓXIMO DESTINO.

A LOKAMIG TEM TARIFASSUPER ESPECIAIS PARA

VOCÊ CURTIR SUAS FÉRIASEM QUALQUER LUGAR A única com mais de

40 MODELOS

Fazemos mais pelos

nossos clientes

Atendimento também via Whatsapp, de segunda a sexta, das 8 às 19h

(31) 9 9227-2312 www.lokamig.com.br

(31) 3349.8900Em Minas, locadora tem nome

Page 20: Fumec, 50 anos.

5, 4, 3...pra onde eu vou?

LUIZA FERRAZ

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201518 CULTURA

Cantor e ator, Frank Sinatra deixou um legado que o imor-talizou na história das artes do mundo inteiro. Se estivesse vivo, no dia 12 de dezembro com-pletaria 100 anos de vida. Para comemorar a data e relembrar sua trajetória, o produtor Lean-dro Araújo organiza a festa 100 anos de Sinatra, a festa, às 22h. O cenário da ocasião? A casa de Leandro com vista para a orla da lagoa da Pampulha será respon-sável por dar charme e entrar no clima da festa que pede que os convidados estejam com trajes

A ideia de realizar o evento é a mais básica possível: a ad-miração e respeito de Leandro por Frank como profissional e pessoa. “É uma festa diferente do que as pessoas estão acostu-

madas, não foi pensada para o público frequentador de show

gritando na beira do palco. Será uma noite para homenagear o trabalho de Frank Sinatra. Os músicos e cantores merecem respeito e estarão lá para serem ouvidos e para os convidados apreciarem o talento deles”, explica.

Contando com uma grande

estrutura, a festa terá 2 palcos, o primeiro com apresentação da prestigiada cantora Claudia Bossle, intérprete no restau-rante Baretto do hotel Fasano, em São Paulo, acompanhada por instrumentistas paulistas e mineiros.

O segundo palco conta com show da banda Happy Feet Jazz Band que traz para a festa sua formação big band com 14 mú-

sicos em cena. Ainda, um trio de jazz instrumental e o DJ Expeto

a noite especial. Responsável por cuidar de

cada detalhe da festa, Leandro fez questão de escolher a dedo cada música que será interpre-tada no show, os instrumen-talistas da banda, o cardápio e outras surpresas preparadas para o evento.

Consagrado como uma das maiores personalidades do sé-culo 20, Sinatra gravou mais de 1.200 músicas, atuou em mais

vários Grammys. O evento terá ingressos individuais e mesas. Ingressos: R$ 200 feminino e R$ 280 masculino. Informa-ções: www.semhora.com.br/evento/cemanosdesinatra.

U Produtor comemora centenário de Frank Sinatra com festa especialTributo à boa musica

ALLEGRIA - PORCÃO BH/ESPAÇO MEET (Av. Raja Gabaglia, 2.671, São Bento)Quanto: A partir de R$ 300. Por que ir? Além da vista incrível para a capital mineira, rodízios de churrasco, uísque 8 anos e shows animadíssimos com o melhor do samba pop, sertanejo e música eletrônica, o espaço kids estará todo equipado para receber as crianças na noite do dia 31. Informações: (31) 99628-8149

IATE TÊNIS CLUBE (Av. Otacílio Negrão de Lima,1350, São Luiz)Quanto: R$ 120 fem. e R$ 150 mas. (pista) R$ 160 fem. e R$ 190 mas. (premium, apenas open bar). R$ 270 fem. e R$ 340 mas. (camarote) e mesa R$ 1.400 (mesa para 4 pessoas) ofertam open bar e open

food. Por que ir? Shows de Gusttavo Lima e Sorriso Maroto, a vista para a orla da lagoa e show de fogos da Pampulha. Combo perfeito!Informações: (31) 3281-2737

NASALA (Rua das Âncoras, 750, Capitólio)Quanto: R$ 450 masculino e R$ 350 feminino (open bar e food) Por que ir? A boate do shopping Ponteio invade o paradisíaco Clube Campestre Escarpas do Lago com apresentação dos DJs Lauro Malloy, Breno Rocha e Ladour.

Informações: (31) 3284-3904

FIFTY (Avenida do Contorno, 7225, Lourdes)Quanto: R$ 160 (Open bar e open food, com champanhe, vodca, suco, petiscos fi nos, mesa de frios, prato quente e café da manhã.)Por que ir? Recentemente inaugurada, a balada voltada para o público gay promete estrear o réveillon em grande estilo. Shows das cantoras Dani Moraes e Marina Araújo, além de uma seleção de DJs.Informações:(31) 3567-5818

HOTEL OURO MINAS(Av. Cristiano Machado, 4001, Palmares)Quanto: Mesa compartilhada (R$ 650 por pessoa); sem lugar à mesa (R$ 400); crianças de 4 a 11 anos (R$ 195 cada); menores de 4 anos não pagam.Por que ir? Além de sustentar o título de hotel mais luxuoso de BH, o Ouro Minas abre as portas para o seu já tradicional réveillon em parceria com a champagne Veuve Clicquot e trilha sonora da banda Megatônica. Além é claro, dos serviços de open bar e open food. Informações: (31) 3429-4000

CLUBE CHALEZINHO (Av. Mário Werneck, 530, Buritis.)Quanto: R$ 260 masculino e R$ 220 feminino; mesa R$ 350 por pessoa (open bar e food). Por que ir? Queridinha dos baladeiros de plantão, a boate traz decoração especial em tons de branco e dourado, ambientes cobertos, lounge ao ar livre, show de fogos, além de duas pistas de dança. Na trilha sonora, funk, sertanejo e muito mais. Informações: (31) 3286-3155

Contagem regressiva para 2016 e você ainda não sabe onde passar a virada de ano? O TUDO BH te ajuda a se decidir com uma lista das festas mais bada-ladas e bombadas do réveillon.

BE HAPPY - DOMUS XX (Av. Toronto, 20, Jardim Canadá)Quanto: R$ 190 feminino e R$ 250 masculino Por que ir? Com um dos espaços para festas mais incríveis e requisitados de BH, o Domus XX promete animar o réveillon com shows da Banda Classic, Rick e Nogueira e DJ Valber. Ainda, o serviço de open bar e food traz espumante, vodca e as delícias do Eddie’s e do buffet do Speciali. Informações: (31) 3582-3060 / 98814-4000

J Happy Feet Jazz Band, uma das atrações da festa

DIVULGAÇÃO

Page 21: Fumec, 50 anos.

Grupo Lider. Sete concessionárias em BH de umdos maiores grupos empresariais do Brasil.

Homenagem do Grupo que completa 18 anos em Belo Horizonte à cidade que celebra 118.

Maior estoque

Melhor atendimento

Melhorespreços

UMA CIDADE QUE ABREGRANDES OPORTUNIDADES.

UM GRUPO QUE FECHAOS MELHORES NEGÓCIOS.

www.grupolider.com.br

(31) 3319-9000 Antônio Carlos: (31) 3449-9000Pampulha: (31) 3499-4100

(31) 3219-2200(31) 3539-9000Timbiras: (31) 3218-2100Via 240 : (31) 3408-9700

Page 22: Fumec, 50 anos.

SEMI&NOVOSWilliam Bonjardim

As esperanças de recupera-ção para o mercado brasileiro de automóveis, neste final de ano, se esvaíram depois que a Fe d e r a ç ã o N a c i o n a l d a Distribuição de Veículos Auto-motores (Fenabrave) divulgou o balanço consolidado de no-vembro, com queda de 33,7% sobre o mesmo mês de 2014. Nem mesmo a alta tímida, de 1,6% sobre outubro, conseguiu reverter o cenário de perdas. No acumulado dos 11 primeiros meses deste ano, a retração ul-trapassa 25% e a tendência é de piora nos próximos dias.

“A perda de confiança dos consumidores chegou a um ní-

vel alarmante e as perdas devem avalia o presidente da Fenabra-ve, Alarico Assumpção Jr. Para

ele, a nova regra que permite a retomada mais rápida de ve-ículos em situação de inadim-

salvar o setor. “Com as reduções do risco e do custo de retomada,

Na disputa das marca, a Fiat segue na liderança nacio-nal com uma participação de 17,8%, combinando carros de passeio e comerciais leves, mas, em novembro, a General

veículos leves, com uma fatia de 15,4% contra 14,9% da líder no acumulado.

COM HOMERO GOTTARDELLO

CHEVROLET/DIVULGAÇÃO

TUDO BH- BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201520 VEÍCULOS

U Vendas caem quase 34%, em novembro sobre mesmo mês do ano passado

Chevrolet Onix toma liderança nacional do Fiat Palio; Fenabrave prevê nova queda, de 5%, para 2016

Se alguém tem o que comemorar, neste fi nal de ano, é mesmo a GM.

Afi nal, depois de 27 anos de liderança do Volkswagen Gol e mais um

de liderança do Palio, o Chevrolet Onix ultrapassa o compacto da Fiat

e entra na “última volta” na ponta, nesta corrida

Page 23: Fumec, 50 anos.
Page 24: Fumec, 50 anos.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201522 GENTE E TV

JORDAN STRAUSS

FOTOS: DIVULGAÇÃO

QUEM TEM FAMA...

Preparação intensa

A atriz Marina Rigueira, que

participou de Rebelde e de

Ribeirão do Tempo, na Record,

está na mira da Globo. Mas

para uma nova função. Ela vem

participando de uma oficina

para atuar como repórter na

emissora. Além disso, Marina

também grava a série E Aí,

Comeu?, com redação

fi nal de Bruno Mazzeo e

estreia prevista para o

primeiro semestre de

2016, no Multishow.

No carvãoO SBT se prepara para

estrear em fevereiro o BBQ Brasil: Churrasco na Brasa. A disputa entre churras-queiros ocupará as noites de sábado da emissora, na mesma faixa reservada ao Hell ‘s Kitchen. A apre-sentação fi cará com Ticiana Villas Boas e 2 jurados estão reservados: o chef Carlos Bertolazzi, apresentador do Hell’s Kitchen, e o açouguei-ro e expert em churrasco Rogério de Betti.

Pelo mundoA TVN, emissora chile-

na, já exibe as chamadas de Moisés y Los Diez Man-damientos. A novela bíblica estreará por lá em janeiro e, para garantir uma boa di-vulgação, a Record gravou alguns vídeos com Sérgio Marone, Guilherme Winter e Giselle Itié, que fazem parte do elenco principal da histó-ria, promovendo o folhetim.

Passagem rápidaA participação de Rodrigo Santoro

em Velho Chico, substituta de A Regra do

Jogo na Globo, já tem data para começar

e acabar. O ator ficará apenas nos 24

capítulos iniciais da trama e interpretará

Afrânio, papel que posteriormente estará

a cargo de Antônio Fagundes. As grava-

ções começam em janeiro.

Ano sabáticoFinal de ano triste para os integrantes do

CQC (Band). A emissora comunicou que o programa só voltará a ser exibido em 2017. De acordo com a assessoria de imprensa do canal, o apresentador Dan Stulbach é o úni-co que segue contratado pela casa, pois, no próximo ano, ele apresentará a série História não Escrita. A produção do CQC também foi surpreendida com a notícia.

Mais um anoO FX já acertou uma terceira tem-

porada de Fargo. A série, baseada no fi lme homônimo, vem garantindo audiência e prestígio ao canal. No ano passado, só no Emmy Awards, considerado o Oscar da televisão, ela faturou os prêmios de melhor mi-nissérie, melhor ator (para) e melhor diretor (para Colin Bucksey).

klus.com.br

MAISON: AIMORÉS, 647 . BH SHOPPING . DIAMOND MALL . PÁTIO SAVASSI BOULEVARD SHOPPING . SHOPPING DEL REY . SHOPPING CIDADE

SHOPPING CONTAGEM . INDEPENDÊNCIA SHOPPING - JUIZ DE FORA

@Klusonline

Page 25: Fumec, 50 anos.

BELO HORIZONTE ESTÁ CADA DIA MELHOR.PALAVRA DE QUEM CONHECECADA PONTO DESTA CIDADE.O SetraBH se orgulha de fazer parte da história de Belo Horizonte.Uma cidade cada vez mais moderna, pulsante e criativa.Basta percorrer seus bairros para comprovar esse movimento.E olha que a gente faz isso diariamente.

Uma homenagem do SetraBH aos 118 anos de Belo Horizonte.

12 de dezembro | Aniversário de Belo Horizonte.

Page 26: Fumec, 50 anos.

ÁRIES 20/3 a 20/4 Por mais que outros assuntos estejam pipocando em sua mente, é o coração que está pedindo a sua prioridade. Aquilo que era um sonho agora torna-se realidade.

TOURO 21/4 a 20/5 O período mostra uma tendência em querer mudar, mas sem analisar todos os pontos necessários para isso.

GÊMEOS 21/5 a 20/6 Assuntos do passado estão voltando à sua vida e, dessa vez, você precisará chegar a uma conclusão efetiva em alguns temas.

CÂNCER 21/6 a 21/7 A sua sensibilidade muitas vezes acaba captando emoções e sentimentos do meio em que está inserido. Saiba fi ltrá-los.

LEÃO 22/7 a 22/8 Siga adiante com seus planos, entendendo que você precisa ouvir a voz do seu coração. Para você, essa é uma questão fundamental.

VIRGEM 23/8 a 22/9 Já está na hora de compreender que é você quem defi ne a sua felicidade. Não dependa de fatores externos e não se deixe levar por pensamentos negativos.

LIBRA 23/9 a 22/10 O período é propício para viagens e para aventuras, experimente desfrutar um pouco mais dos seus amigos no dia a dia.

TUDO BH - BELO HORIZONTE, 12 A 18 DE DEZEMBRO DE 201524 PASSATEMPOH

OR

ÓS

CO

PO CÉU DA SEMANA

Pode haver uma busca consciente ou inconsciente para coisas fora do comum e diferenciadas. Entretanto, é necessário manter os pés no chão e ver a realidade exatamente como ela é.

31 3526.0900 | dashuniformes.com.brRua Aimorés, 612 | Funcionários | Belo Horizonte | MG

www.verdequetequero.com.br Compre pelo telefone (31) 2103-8500

R. Sergipe 1180 Savassi (31) 2103.8500 Belo Horizonte MG....................................................................................................................................................................................................................................................................................

....................................................................................................................................................................................................................................................................................

Segunda a sexta: 9h às 19h e sábados: 9h às 14h Siga-nos: / verdequetequeroverde@

Vermelho e verdeou prata e dourado?

Venha conferir as promoçõesde produtos de Natal (30% off*)

aqui na Verde!

AC E S S E N O S S O I N S TAG R A M E V E J A M A I S

*ve

jaco

ndiç

ões

nalo

ja, v

álid

opa

rapr

odut

osna

talin

os, e

nqua

nto

dura

ra

prom

oção

ESCORPIÃO 23/10 a 21/11 Algumas vezes você acaba deixando as pessoas de lado e deve ter cuidado em não se comprome-ter com coisas que não poderá cumprir.

SAGITÁRIO 22/11 a 21/12 Existe muita energia e dispo-sição no ar. Concentre essa energia nos planos que realmente valem a pena.

CAPRICÓRNIO 22/12 a 20/1 Saiba expressar aquilo que você quer e espera, principalmente nos seus relacionamentos familiares.

AQUÁRIO 21/1 a 18/2 Momento de maior sensibilidade onde você deve ter cuidado para não interpretar as atitudes alheias como questões pessoais.

PEIXES 19/2 a 19/3 Não deixe que a rotina tome conta do seu dia a dia. Invente novas atividades, buscando inserir novas pesso-as e ampliando sua rede de relacionamentos.

ÔNIBUS EXECUTIVO PRA CONFINS.

BH-CONFINS:

Page 27: Fumec, 50 anos.

solu

tion

Prom

oção

cum

ulat

iva.

Fot

os il

ustr

ativ

as. C

onsu

lte o

regu

lam

ento

e a

s lo

jas

part

icip

ante

s. Es

toqu

e de

brin

des

limita

do. C

ertifi

cado

de

Auto

rizaç

ão C

aixa

nº 6

-222

0/20

15.

A cada R$ 380 em compras, você ganha um lindo prato dacoleção Desejos de Natal e concorre a um Honda HR V 0 km.

Promoção válida de 8/11 a 24/12/15.

shoppingcidade.com.br

Page 28: Fumec, 50 anos.

Depois de 70 anos, BH ganha um novo hospital

municipal: o Hospital Metropolitano Dr. Célio

de Castro, também conhecido como Hospital

do Barreiro. Como todo grande hospital,

seu funcionamento vai acontecer em etapas.

Agora em dezembro, começa a funcionar o setor de urgência. Os demais setores entram em operação

gradativamente. Quando toda a estrutura estiver

funcionando, a população de BH terá um

dos maiores e mais modernos hospitais do Brasil.100%SUS

Grande hospital do barreiroINÍCIO DO FUNCIONAMENTO DEZEMBRO DE 2015

PRIMEIRA ETAPA

CAPACIDADE PARA 20 mil ATENDIMENTOS E

700 CIRURGIAS/MÊS

SERÃO 449 LEITOS,

100% SUS

80 VAGAS NO CTI,

40 NA UNIDADE

DE ACIDENTE VASCULAR

ENCEFÁLICO E 16 SALAS

DE CIRURGIA

www.pbh.gov.br

1.700 PROFISSIONAIS

DE SAÚDE, SENDO MAIS

DE 400 MÉDICOS

enfermarias com o conforto de

apartamentos: APENAS

2 LEITOS POR UNIDADE

NÃO PARA DE TRABALHAR POR VOCÊ .

Passo a passo, a Prefeitura faz uma grande transformação

na saúde em BH.