trab. pronto

download trab. pronto

of 28

  • date post

    17-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    28
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of trab. pronto

UNIVERSIDADE DE UBERABA UNIUBE

ALESSANDRA VILELA DEBORA MENDES

ADAM SMITH

KARL MARX

JOHN MAYNARD KEYNES

BIOGRAFIA , OBRA E CONTRIBUIO

UBERABA 2010

SUMRIO

Introduo .................................................................................................................................4 Captulo 1 Adam Smith .........................................................................................................5 1.1 Biografia..............................................................................................................................5 1.2 Nascimento e Juventude......................................................................................................6 1.3 Educao Formal.................................................................................................................6 1.4 Quem foi Adam Smith .......................................................................................................8 1.5 Vida.....................................................................................................................................8 1.6 Estgios da Evoluo Social..............................................................................................13 1.7 A livre concorrncia..........................................................................................................14 1.8 Diviso do Trabalho..........................................................................................................15 1.9 Crescimento Econmico..................................................................................................16 1.10 Principais Obras............................................................................................................. 16 1.11 Pensamentos e Contribuio...........................................................................................17 Captulo 2 Karl Max............................................................................................................18 2.1 Biografia...........................................................................................................................18 2.2 Principais Obras...............................................................................................................19 2.3 Pensamentos Contribuio...............................................................................................20 Captulo 3 John Maynard Keynes.......................................................................................22 3.1 Biografia...........................................................................................................................22 3.2 Curiosidades.....................................................................................................................26 3.3 Principais Obras...............................................................................................................26 3.4 Pensamentos e Contribuio............................................................................................27 3.5 Micro e Macroeconomia................................. ................................................................27 3.6 Keynes e poltica Econmica...........................................................................................28 3.7 Investimento e Expectativas............................................................................................29 4. Consideraes finais..........................................................................................................31 5. Referncias Bibliogrficas................................................................................................32

INTRODUO

Neste trabalho ser feita uma pesquisa bibliogrfica sobre trs grandes pensadores: Adam Smith, Karl Marx e John Maynard Keynes, sua biografia, principais obras e a contribuio de seus legados s teorias econmicas de nosso tempo. Cada um desses autores escreveu sobre aspectos relacionados economia de sua poca. Iniciamos por Adam Smith que considerado o pai da economia, o qual suas ideias contriburam muito para o entendimento dessa cincia. Defensor do liberalismo econmico, para ele a fora que levaria melhor organizao econmica, colocava-se literalmente contra o mercantilismo (que levava ao protecionismo) e contra a interveno do Estado na economia. Seguimos ento para outro pensador, Karl Max, o pai do socialismo, e atravs de seus pensamentos que s tiveram sucesso aps sua morte e principalmente no sc. XX pregava contra o capitalismo e o respeito ao prximo tendo o Estado como principalmente da sociedade econmica, dirigida por um governo que decide o que, quanto e como produzir. Sua doutrina tinha como objetivo: favorecer as leis sobre as famlias (grupo de pessoas); a segurana social; o pleno emprego e a moradia. Em seguida abordamos o terceiro pensador, John Maynard Keynes, que coloca o governo no centro da ao econmica, para corrigir as distores, podendo consumir pelas famlias e investir pelos empresrios, props o dficit pblico e seu financiamento atravs da emisso de ttulos pblicos, fazendo com que a economia volte acrescer. Keynes pregou, em consequncia, um crescimento do consumo, uma baixa taxa de juros, o crescimento dos investimentos pblicos, medidas que implicavam a interveno do Estado. Vejamos ento, um pouquinho da vida e obra desses estimados autores que tanto contriburam e continuam contribuindo para os estudos na rea de economia.

Capa do livro Os trs grandes na economia1. Captulo 1 - ADAM SMITH

1.1 - Biografia2:

Adam Smith (provavelmente Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foi um filsofo e economista escocs. Teve como cenrio para a sua vida o atribulado sculo das Luzes, o sculo XVIII. o pai da economia moderna, e considerado o mais importante terico do liberalismo econmico. Autor de "Uma investigao sobre a natureza e a causa da riqueza das naes", a sua obra mais conhecida, e que continua sendo usada como referncia para geraes de economistas, na qual procurou demonstrar que a riqueza das naes resultava da atuao de indivduos que, movidos inclusive (e no apenas exclusivamente) pelo seu prprio interesse (self-interest), promoviam o crescimento econmico e a inovao tecnolgica. Adam Smith ilustrou bem seu pensamento ao afirmar "no da benevolncia do padeiro, do aougueiro ou do cervejeiro que eu espero que saia o meu jantar, mas sim do empenho deles em promover seu "auto-interesse". Dessa forma, acreditava que a iniciativa privada deveria ter liberdade para agir, com pouca ou nenhuma interveno governamental. A competio livre entre os diversos fornecedores levaria no s queda do preo das mercadorias, mas tambm a constantes inovaes tecnolgicas, no af de baratear o custo de produo e vencer os competidores. Ele analisou a diviso do trabalho como um fator evolucionrio poderoso a propulsionar a economia. Uma frase de Adam Smith se tornou famosa: "Assim, o mercador ou comerciante, movido apenas pelo seu prprio interesse egosta (self-interest), levado por uma mo invisvel a promover algo que nunca fez parte do interesse dele: o bem-estar da sociedade." Como resultado da atuao dessa "mo invisvel", o preo das mercadorias deveria descer e os salrios deveriam subir. As doutrinas de Adam Smith exerceram uma rpida e intensa influncia na burguesia (comerciantes, industriais e financistas), pois queriam acabar com os direitos feudais e com o mercantilismo.

1.2 - Nascimento e juventude

Smith era filho de Margaret Douglas e de um advogado, funcionrio pblico tambm de nome Adam Smith, tendo nascido em Kirkcaldy, Fife, na Esccia. O pai faleceu dois meses depois do nascimento. Apesar de a data exata do seu nascimento seja desconhecida, o seu batismo foi registado em 5 de Junho de 1723 em Kirkcaldy. Apesar de poucos acontecimentos da juventude de Smith serem conhecidos, o jornalista escocs e bigrafo de Smith, John Rae registou que Smith teria sido raptado aos quatro anos e libertado logo quando o procuraram e acharam. Em Life of Adam Smith, Rae escreve: "Em seu quarto ano, durante uma visita casa de seu av em Strathendry nas margens do Leven, [Smith] foi roubado por uma banda de passagem de ciganos, e por um tempo no pde ser encontrado. Mas, num outro dia, um cavalheiro chegou e disse que havia encontrado uma mulher cigana a poucos quilmetros pela estrada carregando uma criana que chorava copiosamente. Guardas foram enviados imediatamente na direo indicada, e eles se depararam com a mulher, que os avistando jogou a criana no cho e fugiu. [Smith] Foi trazido de volta sua me. Smith era prximo da sua me, que o encorajou a seguir os seus desejos de se tornar um acadmico. Frequentou o Burgh School of Kirkcaldy caracterizado por Rae como "uma das melhores escolas secundrias da Esccia naquele perodo" - entre 1729 e 1737. Na sua estadia nesse estabelecimento de ensino, Smith estudou latim, matemtica, histria, e escrita.

1.3 - Educao formal

Aos 15 anos, Smith matriculou-se na Universidade de Glasgow, onde estudou Filosofia moral com o "inesquecvel" Francis Hutcheson. Em 1740, entrou para o Balliol College daUniversidade de Oxford, mas, como disse William Robert Scott, "...Oxford deste tempo deu-lhe pouca ajuda (se que a deu) para o que viria a ser a sua obra." e acabou por abdicar da sua bolsa em 1746. Em 1748 comeou a dar aulas em Edimburgo sob o patronato de Lord Kames. Algumas destas aulas eram de retrica e de literatura, mas mais tarde dedicou-se cadeira de "progresso da opulncia", e foi ento, em finais dos anos 1740, que ele exps pela primeira vez a filosofia econmica do "sistema simples e bvio da liberdade natural" que ele viria a proclamar no seu Inqurito sobre a natureza e as causas da riqueza das Naes. Por volta de 1750, conheceu o filsofo David Hume, que se tornou um dos seus mais prximos amigos. Em 1751, Smith foi nomeado professor