TERMNO DE REFERNCIA - fieb.org.br .a Planilha de Composi§£o do BDI e o Detalhamento do...

download TERMNO DE REFERNCIA - fieb.org.br .a Planilha de Composi§£o do BDI e o Detalhamento do Canteiro

of 37

  • date post

    08-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    218
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of TERMNO DE REFERNCIA - fieb.org.br .a Planilha de Composi§£o do BDI e o Detalhamento do...

  • 1

    ANEXO IX-A TERMO DE REFERNCIA

    SESI VALENA

    FIEB FEDERAO DAS INDSTRIAS DO ESTADO DA BAHIA

    Termo de Referncia

    Contratao de empresa especializada para a execuo dos servios de engenharia necessrios ampliao e reforma da Unidade Operacional SESI Valena Bahia.

    Julho/2012

  • 2

    1. OBJETO

    Contratao de empresa especializada para a execuo dos servios de engenharia necessrios ampliao e reforma da Unidade Operacional SESI Valena Bahia. Os servios abrangidos pela presente licitao, nos termos de referncia e seus ANEXOS deste Termo de Referencia, consistem em: Restaurante: Atualmente o restaurante encontra-se em estgio de obra inacabada. Foi iniciada a obra de ampliao e reforma, chegando at a fase de acabamento, porm houve a interrupo por motivo de fora maior. O trmino desta obra de fundamental importncia para o SESI VALENA devido sua prpria demanda ser muito grande, e o restaurante ser parte fundamental para o funcionamento de toda a unidade. Alm do acabamento, pequenas intervenes, devero ser acrescidas no escopo dos trabalhos. Uma nova cmara frigorfica ser instalada, uma nova casa de lixo, a construo de laje na casa de gs, etc. Todas essas novas alteraes, bem como, o que ficou por terminar encontram-se bem detalhados nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia. Alojamentos: O mdulo dos alojamentos encontra-se em estado de reforma, impedindo-o de utilizao por parte das pessoas em trnsito e por consequncia sobrecarregando os chals de hospedagem. Os trabalhos que devem ser realizados sero do tipo reparos gerais, ou seja, no haver nenhum tipo de interveno construtiva, ficando apenas os servios de pintura, revestimentos, limpeza de telhas, instalaes eltricas, iluminao, etc. para serem realizados. Todas essas intervenes encontram-se bem detalhadas nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia. Auditrio: A interveno no auditrio ser a substituio do madeiramento do telhado com a execuo das novas tesouras, pois todo o madeiramento est fora de padres tcnicos, podendo vir a comprometer a segurana. Em relao s telhas, somente devero ser lavadas, limpas e aplicado silicone lquido para proteo das mesmas. As intervenes a serem feitas encontram-se bem detalhadas nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia. Campo Society: O campo society encontra-se com a cinta de concreto do permetro executada, faltando-lhe complementao de todas as etapas de preparo de base, alambrados, grama sinttica, etc. As intervenes a serem feitas encontram-se bem detalhadas nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia.

  • 3

    Quadra de vlei: Para o completo funcionamento da quadra de vlei necessrio instalao dos alambrados de proteo, evitando assim que as bolas sejam perdidas ou arremessadas alm quadra. Todos os furos de espera, da tubulao de suporte j esto executados. Toda esta interveno encontra-se bem detalhada nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia. Quadra de tnis: Para o completo funcionamento da quadra de tnis necessrio instalao dos alambrados de proteo, evitando assim que as bolas sejam perdidas ou arremessadas alm quadra. Todos os furos de espera, da tubulao de suporte j esto executados. Toda esta interveno encontra-se bem detalhada nos projetos e no memorial descritivo, parte integrante deste termo de referncia. Muro: H um trecho de muro divisrio (119 metros) que no esto no padro do muro construdo (inclusive em altura), sendo este pr moldado, composto por placas de concreto e pilares de encaixe. Diante disto, necessria a interveno para padronizao do trecho de muro restante, trazendo assim maior segurana e melhoria esttica. Toda esta interveno encontra-se bem detalhada nos projetos e no memorial descritivo parte integrante deste termo de referncia. Chals: Reforma dos 24 (vinte e quatro) chals com 01 (hum) dormitrio cada, sala com cozinha integrada, banheiro e varanda. Proveniente de umidade nas paredes e infiltraes na cobertura de telhas cermicas, onde sero realizados os servios de relocaes de portas e substituies de acabamentos. As mudanas de layout das salas e cozinhas exigiro novas instalaes eltricas, hidrulicas e hidrossanitrias, bem como novos equipamentos mobilirios. Devero tambm ser instalados pontos de TV a cabo, internet e telefone, conforme projeto especfico. 02 (dois) chals de cada modelo (equivalente a 5% do total conforme NBR 9050), mais prximas rua de acesso, devero ter seus banheiros adaptados para atender a acessibilidade e utilizao pela Portadora de Necessidades Especiais, porm todos devero ter rampas de acesso para PNE. Atualmente as fachadas possuem acabamento em pintura acrlica. Devido a umidade do solo a base das paredes apresentam descolamento da camada de acabamento, devendo ser realizado o tratamento adequado e posterior recuperao destes locais. O revestimento das fachadas ser com pastilhas cermicas de forma a facilitar a manuteno dos imveis e promover uma maior proteo quanto aos problemas supracitados. Os chals com coberturas em 04 (quatro) guas, ns 13 a 24, esto apresentando infiltraes nos espiges da cobertura. Existe uma possibilidade deste problema est ocasionado por uma execuo incorreta das telhas de cumeeira, j que algumas foram com montagem sem encaixe adequado. Conforme projeto executivo, as coberturas devero possuir inclinao de 31% (trinta e hum por cento). Esta inclinao dever ser conferida no local e havendo necessidade, sua correo. Os chals 01 a 12 possuem coberturas em 01 (uma) gua, devendo ser realizada a limpeza, recomposio de telhas soltas e/ou quebradas e impermeabilizao das mesmas com silicone.

  • 4

    Para atender a grande demanda e dar maior conforto aos hospedes, ser construda uma rouparia em lugar estratgico possibilitando o acesso por todos os chals. Esta rouparia ter os mesmos acabamentos de forma a integrar-se com o conjunto arquitetnico reformado. O sistema de tratamento de esgoto utiliza o sistema de tanque sptico e filtro anaerbico, onde uma quantidade de unidades atendida por um sistema independente conforme projeto hidrossanitrio. 2. QUALIFICAO TCNICA Comprovao de inscrio ou registro na entidade profissional competente (CREA), tanto da Empresa, quanto de sua equipe tcnica, atravs de Certido Registro e Quitao atualizada e vlida referente ao ano de 2012, em conformidade com o disposto na Lei Federal n. 5.194/66 e na Resoluo n. 266/79 do CONFEA;

    Comprovao, atravs da apresentao de atestado(s) fornecido(s) por pessoa(s) jurdica(s) de direito pblico ou privado, acompanhado(s) da(s) respectiva(s) Certido(es) de Acervo Tcnico expedida(s) pelo(s) CREA(s) da(s) regio(es) onde o(s) servio(s) tenham sido executado(s), comprovando a execuo, pela empresa ou por um dos profissionais indicados para compor a equipe tcnica da licitante, de servios de engenharia equivalentes ou semelhantes ao objeto da presente licitao.

    Os atestados devero comprovar a execuo, pelo proponente, de servios equivalentes s parcelas de maior relevncia e de valor significativo do objeto, conforme a seguinte descrio e observando os seguintes quantitativos mnimos, podendo ser constitudo por atestado nico em que esteja expressa a execuo de todos os referidos itens, ou de atestados distintos para cada um dos itens:

    Atestado de obras semelhantes com rea construda igual ou superior a 2.000 m;

    Atestado de obras semelhantes com fornecimento e instalao de cozinha industrial com rea til de 500 m;

    Atestado de obras semelhantes com construo de quadra poliesportiva com sistema de drenagem com rea igual ou superior a 300 m;

    Atestado de obras semelhantes com fornecimento e aplicao de grama sinttica com rea igual ou superior a 300 m;

    Atestado de obras semelhantes com instalao de rede de baixa tenso domiciliar com 100

    KVA instalado;

    Atestado de obras semelhantes com construo de telhados com madeiramento e telhas de barro, tipo colonial, com rea igual ou superior a 500 m;

    Atestado com estrutura metlica igual ou superior a 3.000 kg; Atestado de obras semelhantes com aplicao de revestimentos cermico com pastilhas em fachadas externas, com rea igual ou superior a 1000 m;

    Em quaisquer dos casos dever ser comprovada a execuo de servios em quantidades iguais ou superiores ao quanto estipulado, sendo que no ser permitida a soma das quantidades constantes

  • 5

    em diversos atestados para alcanar o total exigido para cada item. Os atestados referentes execuo de servios por empresas que passaram por processo de fuso, incorporao e ciso sero considerados tambm como capacidade da sucessora, desde que sejam obedecidos os procedimentos legais, com os respectivos registros cartorrios. 3. DECLARAES Declarao da licitante de que visitou o local da obra e que tem pleno conhecimento das condies do mesmo, em conformidade com a minuta constante em anexo a este TERMO DE REFERENCIA. No sero aceitas quaisquer arguies ou alegaes posteriores de desconhecimento das condies locais. A proposta de preo dever ter validade mnima de 90 (noventa) dias corridos a contar da data estabelecida para abertura da mesma. O valor da instalao de canteiro no deve exceder a 0,5 % do valor da obra e ser reconhecido no primeiro boletim de medio subsequente sua implantao, cabendo ao proponente relacionar item por item todas as despesas que julgar procedentes, conforme sua planilha oramentria e composio de preos.

    O valor para a mobilizao e desmobilizao da obra no deve exceder tambm a 0,5 % do valor da obra e ser pago 50% junto com o primeiro boletim de medio da obra e 50% no ltimo boletim de medio, cabendo ao proponente relacionar todas as despesas que julgar procedentes em decorrncia do contrato, no item desses servios, da sua