TCC - Equipamentos de movimenta§£o

Click here to load reader

download TCC - Equipamentos de movimenta§£o

of 121

  • date post

    24-Dec-2015
  • Category

    Documents

  • view

    152
  • download

    13

Embed Size (px)

description

Equipamentos de movimentação em canteiros de obra tcc logística

Transcript of TCC - Equipamentos de movimenta§£o

  • UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA

    ANDERSON DA SILVA JUSTO

    VINICIUS SPESSATTO BARATTO

    EQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAO DE MATERIAIS EM CANTEIROS DE

    OBRAS: UM ESTUDO DE CASO NA CONSTRUO DA PONTE ANITA

    GARIBALDI EM LAGUNA SC

    Tubaro

    2014

  • ANDERSON DA SILVA JUSTO

    VINICIUS SPESSATTO BARATTO

    EQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAO DE MATERIAIS EM CANTEIROS DE

    OBRAS: UM ESTUDO DE CASO NA CONSTRUO DA PONTE ANITA

    GARIBALDI EM LAGUNA SC

    Trabalho de Concluso de Curso apresentado ao Curso de Engenharia Civil da Universidade do Sul de Santa Catarina como requisito parcial obteno do ttulo de Engenheiro Civil.

    Orientador: Prof. Mara Regina Gomes, Ms.

    Tubaro

    2014

  • ANDERSON DA SILVA JUSTO

    VINICIUS SPESSATTO BARATTO

    EQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAO DE MATERIAIS EM CANTEIROS DE

    OBRAS: UM ESTUDO DE CASO NA CONSTRUO DA PONTE ANITA

    GARIBALDI EM LAGUNA-SC

    Este Trabalho de Concluso de Curso foi julgado adequado obteno do ttulo de Engenheiro Civil e aprovado em sua forma final pelo Curso de Engenharia Civil da Universidade do Sul de Santa Catarina.

    Tubaro, 07 de julho de 2014.

    ______________________________________________________

    Professora e orientadora Mara Regina Gomes, Ms. Universidade do Sul de Santa Catarina

    ______________________________________________________

    Prof. Walter Olivier Alves, Esp. Universidade do Sul de Santa Catarina

    ______________________________________________________

    Engenheira Mariana Salvan Franco Gerenciadora ENECON S/A BR - 101/SC - DNIT

  • Dedicamos este trabalho as pessoas que fazem

    parte da nossa vida e ajudaram em nossas

    decises, nossos pais, familiares e amigos.

    Dedicamos a nossas namoradas Maira e Gisseli

    que mostraram total confiana no nosso potencial

    para esta conquista. Amamos todos vocs.

  • AGRADECIMENTOS

    Agradecemos primeiramente a Deus pelo dom da vida e da sabedoria.

    Aos nossos pais que dedicaram todo seu afeto e amor a ns, incentivando e dando

    fora nos momentos difceis para que pudssemos vencer em mais esta etapa.

    Aos nossos familiares que canalizaram pensamentos positivos e estiveram ao

    nosso lado quando necessrio.

    Oferecemos um agradecimento mais do que especial as nossas namoradas Maira e

    Gisseli, que compreenderam nossa ausncia e estiveram sempre ao nosso lado, acompanhando

    passo a passo de todas as etapas do desenvolvimento deste trabalho, auxiliando no

    desenvolvimento da escrita e opinando na elaborao do estudo, sempre a favor da qualidade.

    Ainda agradecemos a elas, por todo carinho e respeito e por tornar todos momentos

    angustiantes em momentos felizes.

    A nossa orientadora Mara Regina Gomes, que trabalhou em prol do nosso

    objetivo, buscando aprimorar nossos pensamentos e servindo de ponte entre nosso objetivo e

    a realizao deste.

    s empresas que esto envolvidas nesta empreitada e que forneceram dados e

    documentos para a realizao deste trabalho.

    Aos nossos amigos e amigas do curso de graduao, companheiros, sempre

    demonstrando carinho, amizade e respeito.

    A todos os professores que estiveram nesta etapa de nossas vidas, mostrando

    dedicao para que consegussemos alcanar a obteno deste ttulo.

    Aos colegas de trabalho que auxiliaram no desenvolvimento do projeto, buscando

    contedo e compartilhando conhecimentos.

    A todos que colaboraram, direta ou indiretamente para a concretizao deste

    sonho.

    Com toda a nossa sinceridade, Muito Obrigado a todos!

  • 5

    Sua tarefa descobrir o seu trabalho e, ento, com todo o corao, dedicar-se a

    ele (Buda).

  • RESUMO

    A construo civil atualmente vem apresentando um crescimento considervel

    dentro do cenrio brasileiro, grande parte devido a estabilidade econmica do Brasil e

    programas do governo que de certa forma incentivam a construo civil. Porm ainda existe

    certo atraso neste setor no sentido de modernizao tecnolgica, provocando um atraso nas

    obras.

    Este trabalho aborda a utilizao de equipamentos para o aumento da

    produtividade da obra, alm de um detalhamento sobre a importncia do planejamento e

    logstica dentro do canteiro de obra de uma construo.

    Desta forma, este trabalho se utiliza de um estudo de caso para afirmar a

    importncia destes equipamentos, detalhando cada equipamento e a importncia de cada um

    dentro do canteiro de obras da obra Ponte Anitta Garibaldi em Laguna/SC. Tambm temos

    como resultado do estudo de caso a capacidade de melhoria na construo pela aplicao da

    logstica nos canteiros, otimizando os caminhos dos materiais para um melhor rendimento e

    produtividade da obra.

    Palavras-chaves: Equipamentos de movimentao de materiais. Logstica.

    Planejamento. Canteiro de obras.

  • ABSTRACT

    Nowadays, the civil construction is showing considerable growth in the Brazilian

    industry scenario, mostly due to Brazil's economic stability and government programs that

    somehow encourage construction. But there is still certain disregard in this industry towards

    technological modernization, causing it to stay behind other industrial sectors.

    This study discusses the use of equipment to increase the productivity of the work,

    plus a breakdown on the importance of planning and logistics inside the construction site of a

    building.

    Therefore, this study makes use of a case study to affirm the importance of such

    equipment, detailing each equipment and the importance of each one inside the construction

    site of the Ponte Anitta Garibaldi in Laguna/SC. We also have as a result of the case study the

    improvement of building capacity through application of logistics in the construction site,

    optimizing material transportation for better performance and work productivity.

    Key-words: material handling equipment. Logistics. Planning. Construction site.

  • 8

  • LISTA DE SIGLAS E ABREVIAES

    % Porcentagem

    ABML Associao Brasileira de Movimentao e Logstica

    ABNT Associao Brasileira de Normas Tcnicas

    Db Decibis

    DNIT Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes

    EPI Equipamento de proteo individual

    IBGE ndice Brasileiro de Geografia e Estatstica

    Kg Quilograma

    Km/h Quilmetro por hora

    m Metro

    m/min Metro por minuto

    m Metro quadrado

    m Metro cbico

    mm Milmetro

    mm Milmetro quadrado

    NBR Norma Brasileira

    NR Norma Regulamentadora

    PAC Programa de Acelerao do Crescimento

    PCMAT Programa de Condies e Meio Ambiente de Trabalho na Indstria da Construo

    PIB Produto Interno Bruto

    Poli-USP Escola Politcnica da Universidade de So Paulo

    t Tonelada

    t.m Toneladas por Metro

    ton/m Tonelada por Metro

    UNISUL - Universidade do Sul de Santa Catarina

    XCMG Xuzhou Construction Machinery Group

  • LISTA DE ILUSTRAES

    Figura 1 - Canteiro de obras restrito ..................................................................................................... 24 Figura 2 - Canteiro de obras tipo amplo................................................................................................ 25 Figura 3 - Canteiro de obras tipo longo e estreito ................................................................................ 25 Figura 4 - Carpintaria ............................................................................................................................. 28 Figura 5 - Estoque de materiais ............................................................................................................. 28 Figura 6 - rea de vivncia .................................................................................................................... 29 Figura 7 - Limpeza e preparao do terreno ......................................................................................... 31 Figura 8 - Fase intermediria................................................................................................................. 31 Figura 9 - Fase final do canteiro ............................................................................................................ 32 Figura 10 - Guindaste tipo Sky-Horse .................................................................................................... 53 Figura 11 - Guindaste sobre caminho ................................................................................................. 54 Figura 12 - Guindaste sobre caminho ................................................................................................. 55 Figura 13 - Guindaste sobre esteira ...................................................................................................... 56 Figura 14 - Guindaste auto-propelido ................................................................................................... 56 Figura 15 - Grua fixa .............................................................................................................................. 58 Figura 16 - Grua ascensional ................................................................................................................. 59 Figura 17 - Grua mvel sobre trilhos ..................................................................................................... 60 Figura 18 - Dispositivo de suspenso das aduelas ................................................................................ 62 Figura 19 - Processo construtivo por avano sucessivo