Subst¢ncias e Misturas de Subst¢ncias

download Subst¢ncias e Misturas de Subst¢ncias

of 13

  • date post

    05-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    227
  • download

    0

Embed Size (px)

description

F.q

Transcript of Subst¢ncias e Misturas de Subst¢ncias

Substncias e misturas de substnciasQuase todos os materiais que existem na Natureza somisturasde dois ou mais componentes. Cada um destes componentes designa-se porsubstncia.

Umamistura um material constitudo por dois ou mais componentes; Umasubstncia um material constitudo por um nico componente.Exemplos:Oar umamisturaconstituda poroxignio(substncia),azoto(substncia),dixido de carbono(substncia),vapor de gua(substncia),rgon(substncia) e outros componentes em quantidades vestigiais.

Agua do mar umamisturaconstituda porgua(substncia),cloreto de sdio(substncia) e outras substncias.

Asrochassomisturasde minerais que, por sua vez, so constitudos por uma ou vrias substncias.Por exemplo, ocalcrio uma rocha essencialmente constituda pelo mineral calcite, cuja composio qumica carbonato de clcio(substncia).

Ossolossomisturasde minerais, gua, ar e matria orgnica.

Composio tpica de um soloprprio para a agricultura:

Misturas homogneas e heterogneas

Por observao macroscpica, as misturas podem ser classificadas, quanto ao aspeto que apresentam, emmisturas homogneasemisturas heterogneas.Asmisturas homogneasso aquelas em que no possvel distinguir os seus componentes; tm o mesmo aspeto em toda a sua extenso.

Asmisturas heterogneasso aquelas em que possvel distinguir todos ou alguns dos seus componentes; tm, portanto, aspeto diferente ao longo da sua extenso.

Misturas coloidais ou coloidesH misturas que so homogneas quando observadas macroscopicamente, mas, ao serem observadasmicroscopicamentecom instrumentos de ampliao j no apresentam aspeto uniforme. Estas misturas denominam-semisturas coloidaisoucoloides.

Tambm oleite, amanteiga, oqueijo, oiogurte, agelatina, osgelados, osanguee astintasso exemplos de misturas coloidais.

Aclassificao das misturasem homogneas, heterogneas ou coloidais tem a ver com otamanho mdio das partculasque se dispersam.

O significado de material puroOs qumicos usam com frequncia o termo puro para referir que um material constitudo por uma nica substncia, ou seja, em Qumica ummaterial puro uma substncia.

Hprodutos de consumoque trazem nos rtulos o termo puro.Por exemplo, mel puro ou caf puro.

A utilizao do termo puro nestes contextos tem umsignificado diferentedo que temem Qumica.Nosprodutos de consumo, o termo puro significa que os produtos no foram adulterados, isto , no foram misturados com outros componentes.

Assim, quando se fala em caf puro, no se est a dizer que o caf uma substncia, mas sim que o caf (mistura de substncias) s caf.Os rtulos das embalagens de produtos comerciaisSe observares osrtulos de embalagensde produtos comerciais verificars que a maior parte dosprodutosso constitudos por vrias substncias, isto ,so misturas de substncias.

Osrtulos das embalagensde produtos comerciais contminformaes importantes, como:Composio qumica;Smbolo(s) de aviso para substncias perigosas;Prazo de validade.

Pictogramas de perigo que podem ser usados at 2015

Novos pictogramas de perigo

Sntese de contedosOsmateriais classificam-se, quanto ao nmero de componentes, emsubstnciasemisturas de substncias:assubstnciasso formadas por um nico componente;

asmisturas de substnciasso fornadas por dois ou mais componentes.

Asmisturas de substncias podem serhomogneas,heterogneasoucoloidais.

Otermo puro tem significado diferente em Qumica e no dia a dia:em Qumica, um material puro uma substncia;no dia a dia, um material puro um material queno contm impurezas indesejveisou queno foi adulterado, isto