SISTEMA SD

download SISTEMA SD

of 24

  • date post

    22-Jan-2018
  • Category

    Internet

  • view

    32
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of SISTEMA SD

  1. 1. Este aspecto faz com que um conjunto de mquinas seja visto por seus usurios como se fossem simplesmente um nico sistema de tempo compartilhado. Tipos distintos de transparncia em um sistema distribudo: Localizao Migrao Replicao Concorrncia Paralelismo Escala
  2. 2. Localizao: Usurios no tm que saber a localizao dos recursos remotos Migrao: Potencial para realocar recursos dinamicamente sem que os usurios estejam cientes do movimento de recursos Os recursos podem mudar de lugar sem ter que mudar seus nomes. Replicao: Mltiplas instncias de recursos so usados, mas Sistemas Distribudos ocultam qualquer diferena entre recursos replicados, ou no replicados. Os usurios no devem saber quantas cpias existem.
  3. 3. Concorrncia: Usurio no est ciente da existncia de acesso simultneo recursos remotos. Vrios usurios podem compartilhar automaticamente os recursos. Paralelismo: Podem ocorrer atividades paralelas sem que os usurios venham a saber. Escala: Oculta a expanso sem mudar a estrutura do sistema
  4. 4. Capacidade de suportar mudanas em sua estrutura depois de ser desenvolvido, sem comprometimento da execuo das aplicaes. muito importante que o sistema seja flexvel s decises do projeto. Situaes que hoje parecem bem razoveis podero revelar-se erradas mais tarde. A melhor maneira de se evitar problemas mantendo vrias opes em aberto (flexibilidade).
  5. 5. Um sistema deve ser capaz de interagir com largo nmero de outros sistemas e servios. A insero de novos mdulos no sistema deve ser uma tarefa simples
  6. 6. Como???
  7. 7. Disponibilidade Propriedade de um sistema poder funcionar continuamente sem falha Para ser confivel, um sistema deve possuir alta disponibilidade e segurana Sistemas distribudos podem ser potencialmente mais confiveis devido multiplicidade e a um certo grau de autonomia de suas partes. notrio que a distribuio fsica no to importante quanto a distribuio lgica. Esta ltima pode ser implementada tanto a um nico processador quanto a vrios processadores localizados num mesmo ambiente ou em ambiente distintos .
  8. 8. Tolerncia a falha (Resilincia) Fsica: Propriedade de um material de recuperar a sua forma ou posio original aps sofrer choque ou deformao; elasticidade; A resilincia de processos preocupa-se em criar mecanismos de proteo a processos, tentando fazer com que os mesmos sobrevivam a eventuais falhas em um sistema; Uma forma de tornar um processo resiliente a utilizao de processos redundantes (redundncia fsica); Um aspecto chave para contornar falhas de processos organizar vrios processos idnticos em um grupo no qual todos os processos possam recebar mensagens enviadas ao grupo.
  9. 9. Segurana Os dados confiados guarda dos sistemas no podem de maneira nenhuma, sofrer qualquer tipo de adulterao ou perder-se . O aspecto da confiabilidade global a segurana. Os arquivos e demais recursos devem ser protegidos contra uso-no autorizado. Isso se torna crtico no caso dos sistemas distribudos. Em geral, um Sistema Distribudo pode ser projetado para mascarar falhas ocorridas, esconder dos seus usurios.
  10. 10. O problema da performance muito influenciada pela comunicao. O envio de uma mensagem e a obteno da resposta correspondente demora em torno de um milissegundo, e a maior parte desse tempo gasto no tratamento do protocolo, quando deveria ser gasto na transmisso dos bits propriamente ditos.
  11. 11. Balanceamento de carga Visa distribuir a carga de acesso a recursos e/ou servios para promover um aumento da capacidade da rede e melhoria da performance O balanceamento de carga mais que um simples redirecionamento do trfego dos clientes para outros servidores. preciso que haja constante verificao da comunicao, checagem dos servidores e redundncia. A dificuldade dessa tcnica que para ganhar performance preciso ter vrias atividades rodando em paralelo em diferentes processadores, mas para isso necessrio a transmisso de muitas mensagens.
  12. 12. Processamento distribudo (ou paralelo) Uma grande tarefa computacional dividida em partes menores, pequenas tarefas que so distribudas ao redor das estaes (nodos), como se parecesse um supercomputador. Este tipo de cluster usado em tarefas de computao cientfica ou anlises financeiras, tarefas que exigem um alto poder de processamento.
  13. 13. Um sistema descrito com escalvel se permanece eficiente quando h um aumento significativo no nmero de recursos utilizados e no nmero de usurios. O projeto de sistemas distribudos escalveis apresenta os seguintes desafios: Controlar os custos dos recursos fsicos. Controlar a perda de desempenho. Evitar gargalos de desempenho.
  14. 14. A escalabilidade de um sistema pode ser medida segundo trs dimenses diferentes: Um sistema pode ser escalvel em relao a seu tamanho, o que significa que fcil adicionar mais usurios e recursos ao sistema; Um sistema escalvel em termos geogrficos um sistema no qual usurios e recursos podem estar longe uns dos outros; Um sistema pode ser escalvel em termos administrativos, o que significa que ele ainda pode ser fcil de gerenciar, mesmo que abranja muitas organizaes administrativas diferentes.
  15. 15. Quando necessrio ampliar um sistema, preciso resolver problemas de tipos muito diferentes; O servidor pode se transformar em um gargalo medida que o nmero de usurios e aplicaes cresce.
  16. 16. A escalabilidade geogrfica tem seus prprios problemas. Uma das principais razes por que hoje difcil ampliar SD existentes que foram originalmente projetados para LANs que eles so baseados em comunicao sncrona; Na comunicao sncrona, uma parte que requisita um servio (cliente), fica bloqueada at que uma mensagem seja enviada de volta: Isso funciona bem em LANs, onde a comunicao entre mquinas demora centenas de microsegundos, mas numa WAN, onde a comunicao demora centenas de microsegundos isto requer cuidados !!
  17. 17. Tcnicas de escalabilidade Comunicao assncrona: oculta a latncia de comunicao Distribuio: particiona um componente em partes menores e espalha essas partes pelo sistema Replicao: aumenta a disponibilidade e permite balanceamento de carga (pode gerar problema de Consistncia)