SIG e Identifica..o de uma .implementação de uma rede de Corredores Verdes na bacia ......

download SIG e Identifica..o de uma .implementação de uma rede de Corredores Verdes na bacia ... proximidade

of 16

  • date post

    19-Sep-2018
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of SIG e Identifica..o de uma .implementação de uma rede de Corredores Verdes na bacia ......

  • SISTEMAS DE INFORMAO GEOGRFICA E IDENTIFICAO DE UMA REDE DE CORREDORES VERDES PARA A BACIA HIDROGRFICA DA

    VALA REAL / MALPIQUE

    Abstract: Greenways as a Planning strategy for the emerging paradigm of the sustainability,

    establish, by definition, connections among areas with high concentration of ecological, paisagstic

    and cultural resources, promoting the environmental protection reconcilable with the human

    activity.

    This monograph has as main objective: determining preferential areas for the

    implementation of a Greenways network on the hydrographical basin in the periurban territory

    of Montijo Pinhal Novo, using Geographical Information Systems (GIS).

    It was intended with the presented proposals the protection and integration of the several elements

    in the hydrographical basin, reconciling with the legal instruments and converging for the

    sustainability idea. We can minimize and correct interventions mistaken accomplished by Men from

    an environmental point of view, also improving the quality of human life and take advantage of

    human elements, especially if contain important characteristics, that should be recovered and/or

    reconverted for other uses, namely for leisure and culture, also conserving it history.

    The use of Geographical Information Systems, as overlay tool and cross information, was

    revealed very useful to obtain preferential areas for Greenways. Considering the amount of

    operations and accomplished processes, it would be much more difficult to proceed the modulation

    without resource to the digital processing of such vast group of information.

    The presented proposals grew to two scales: the scale of the hydrographical basin and

    the railway line as linear element. With this option it intended to demonstrate that Greenways

    notion should include hierarchy. The Greenways network at the level of the basin should be

    linked to other scales.

    The development of the dissertation travels, naturally, the theoretical picture that it sustains

    Greenways notion (Chapter I); the legal picture in Portugal as regards to planning the territory - in

    the most general meaning of the term (Chapter II) and the exhibition of GIS while treatment,

    administration, visualization and analysis tools of georeference information (Chapter III). The

    hydrographical basin of Vala Real/ Vala de Malpique is characterized from the physical and human

    point of view (Chapter IV) and of that characterization, derives the selection of variables and

    factors to incorporate in the space modulation. The Greenways network delimitation proposal,

    results from conjugated application, in GIS, of the biophysical and human potential (Chapter V);

    the proposal of a greenway for the old railway line between Montijo-Pinhal Novo (Chapter VI),

    incorporates the crossing of the precedent phase with the work in the field, as well as technical

    discussions with the services from Montijo City hall.

  • SISTEMAS DE INFORMAO GEOGRFICA E IDENTIFICAO DE UMA REDE DE CORREDORES VERDES PARA A BACIA HIDROGRFICA DA

    VALA REAL / MALPIQUE Lus Filipe do Esprito Santo Correia Marques rea Metropolitana de Lisboa Rua Carlos Mayer, n 2 r/c 1700-102, Lisboa Tel: 218428570 Tm: 964577071 e-mail: lmarques@aml.pt Palavras Chave: Corredores Verdes, Sistemas de Informao Geogrfica, Ordenamento do Territrio, Sustentabilidade Resumo: Os Corredores Verdes (Greenways na escola Americana) contribuem como uma estratgia de

    ordenamento do territrio, inspirado no emergente paradigma da sustentabilidade, estabelecem, por

    definio, ligaes entre reas de elevada concentrao de recursos ecolgicos, paisagsticos e

    culturais, promovendo a sua proteco e compatibilizao com a actividade humana.

    Esta monografia tem como objectivo principal o de determinar reas preferenciais para a

    implementao de uma rede de Corredores Verdes na bacia hidrogrfica do territrio periurbano de

    Montijo Pinhal Novo, recorrendo a Sistemas de Informao Geogrfica.

    Pretendeu-se com as propostas apresentadas a proteco e integrao dos diversos

    elementos da bacia hidrogrfica, conciliando com os instrumentos legais e convergindo para a ideia

    de sustentabilidade. Conclu-se que por um lado, se poder controlar, minimizar e corrigir as

    intervenes antrpicas realizadas de forma incorrecta do ponto de vista ambiental, melhorando

    tambm a qualidade de vida humana e, por outro, reaproveitar elementos humanos que, por terem

    caractersticas nicas, devero ser recuperados e/ou reconvertidos para outros usos, nomeadamente

    para lazer e cultura, conservando tambm assim um patrimnio histrico.

    O recurso a Sistemas de Informao Geogrfica, como uma ferramenta de sobreposio e

    cruzamento de informao, revelou-se muito til para a obteno de reas preferenciais para os

    Corredores Verdes. Pode dizer-se que, considerando a quantidade de operaes e processos realizados,

    seria muito mais difcil proceder modelao sem recurso ao processamento digital de um

    conjunto to vasto de informao.

    As propostas apresentadas desenvolveram-se a duas escalas: escala da bacia hidrogrfica e

    escala do elemento linear, a linha frrea. Com esta opo pretendeu-se demonstrar que a noo de

    Corredor Verde dever incluir a noo de hierarquia, devendo a rede de Corredores Verdes ao nvel da

    bacia estar ligados a outras escalas espaciais.

    O desenvolvimento da dissertao percorre, naturalmente, o quadro terico que sustenta a

    noo de Corredor Verde (Captulo I), o quadro legal portugus em matria de ordenamento do

    territrio na acepo mais geral do termo (Captulo II) e a exposio dos SIG enquanto

    ferramentas de tratamento, gesto, visualizao e anlise de informao georeferenciada (Captulo

    III). A bacia hidrogrfica da Vala Real / Vala de Malpique caracterizada do ponto de vista fsico e

  • humano (Captulo IV) e dessa caracterizao deriva a seleco de variveis e factores para

    incorporar na modelao espacial. A proposta de delimitao duma rede de Corredores Verdes

    resulta da aplicao conjugada, em ambiente SIG, do potencial biofsico e do potencial humano

    (Captulo V); a proposta de um corredor verde para a linha frrea desactivada Montijo-Pinhal Novo

    (Captulo VI) incorpora o cruzamento da fase precedente com o trabalho de campo efectuado, bem

    como das discusses tcnicas havidas com os servios da Cmara Municipal do Montijo.

  • Introduo

    O agravamento dos problemas ambientais a uma escala mundial, o crescente conhecimento

    cientfico e o progresso dos meios de comunicao, trouxeram o ambiente para a frente das

    preocupaes sociais. Foi necessrio estabelecer normas de estabilidade ecolgica e econmica,

    viveis no presente e no futuro, tal como estabelecer o equilbrio mundial de modo a que as

    necessidades bsicas de cada habitante possam ser satisfeitas.

    Assim, atravs do aumento da tomada de conscincia ambiental riqueza dos habitats

    naturais situados dentro dos limites das nossas cidades, tem sido dada maior importncia. A

    proximidade destas reas de uma densa populao, d-lhes um valor especial, pois melhoram a

    qualidade de vida urbana, atravs da oferta de oportunidades de lazer e de educao informal sobre

    a histria natural e as questes do ambiente.

    As reas urbanas ao melhorarem e protegerem os espaos abertos e os habitats, esto a

    contribuir para o aumento do prazer esttico e ajudar a combater os efeitos microclimticos que

    concentram poluentes na cidade.

    A procura de espaos para a ocupao de tempos livres, desporto e recreio, tem feito

    aumentar a necessidade consequente dos espaos abertos dentro das reas urbanas.

    Assim, quando se fala de sustentabilidade necessrio haver, polticas sustentveis que visem

    um ordenamento e planeamento do territrio eficaz, uma gesto e conservao dos recursos, tal

    como informao, educao e formao, tanto da populao em geral como dos representantes

    eleitos e dos funcionrios da administrao local

    O planeamento Macro-Ambiental, envolve a abordagem de um sistema nico: o Ambiente.

    Neste processo se integra o planeamento dos grandes sub-sistemas que foram designados por

    Sistemas Humanos e por Sistemas Naturais.

    Torna-se ento importante planear o territrio por forma a que o cidado tenha acesso ao

    espao natural, alterado e reduzido, principalmente ao longo do ltimo sculo, consoante o

    crescente uso urbano e o aumento da propriedade privada.

    Assim, no contexto das novas e crescentes preocupaes para o Desenvolvimento

    Sustentvel, os Corredores Verdes, entendidos na ptica de uma estratgia de planeamento, permitem

    dar resposta s influncias negativas que o homem induziu directa ou indirectamente no planeta,

    permitindo a salvaguarda dos recursos, sendo ao mesmo tempo um auxiliar para uma correcta

    gesto do territrio, proporcionando uma maior qualidade ambiental e consequentemente uma

    melhoria das condies de vida. Os Corredores Verdes estabelecem, por definio, ligaes entre

    reas de elevada concentrao de recursos ecolgicos, paisagsticos e culturais, promovendo a sua

    proteco e compatibilizao com a actividade humana.

    No entanto, antes de implementar os Corredores Verdes essencial um apoio de polticas

    governamentais, e um interesse por parte das elites de poder, em restaurar a qualidade do

  • Estao em Girona, Espanha

    ambiente, especialmente nas reas mais sensveis, para que seja possvel a implementao destes

    tipos de projectos.

    A actualidade