Sexualidade Relacao

of 14 /14
Relação Ra p a z / Ra p a rig a Trabalho realizado por: -Fátima Santos 10ºH nº 3 -Ivan Teixeira 10ºH nº 5 -Pedro Sousa 10ºH nº14

Transcript of Sexualidade Relacao

Page 1: Sexualidade Relacao

Relação Rapaz / Rapariga

Trabalho realizado por:

-Fátima Santos 10ºH nº 3

-Ivan Teixeira 10ºH nº 5

-Pedro Sousa 10ºH nº14

Page 2: Sexualidade Relacao

G u iã o

In t r o d u ç ã o

D e s e n v o lv im e n t o

C o n c lu s ã o

X

Ve r a p r e s e n t a ç ã o

Page 3: Sexualidade Relacao

Guião Como explicar a relação Ética e Sexualidade)

O que é a Ética? O que significa Sexualidade Humana?

Quais as várias vertentes da sexualidade? Biológica; Psicológica; Social.

A dimensão humana da Sexualidade – a dimensão dos valores norteados na relação com o outro!

Page 4: Sexualidade Relacao

A Sexualidade na adolescênciaA Sexualidade na adolescência Afectos/ carinho/ ternura

Comunicação

Diálogo

Respeito por si e pelo outro

Intimidade

Opção e decisão

Liberdade e responsabilidade

Prazer

Compromisso

Honestidade e lealdade

Relação

Saúde

Bem estar

Page 5: Sexualidade Relacao

O tema geral do nosso trabalho de projecto é a sexualidade.

O nosso grupo vai dar especial atenção à relação entre Rapaz e Rapariga. A

nossa pesquisa trata sobretudo da relação

amorosa/ sexual nos adolescentes. Referir-nos-emos também aos valores que

consideramos que devem ser respeitados numa relação a dois. Temos ainda várias

linhas de apoio para que possam esclarecer eventuais dúvidas.

É pois, preciso que tenham atenção ao que irão ler, porque pensamos que se

respeitarem e reflectirem acerca do que escrevemos e iremos transmitir serão uns

grandes homens e mulheres no futuro.

Page 6: Sexualidade Relacao

Algumas diferenças

Os Adolescentes relevam algumas diferenças no que se refere às necessidades e experiências sexuais. A forma como cada adolescente encara o seu desenvolvimento sexual, as experiências amorosas e as preocupações consigo próprios varia imenso. Os rapazes e as raparigas encaram o corpo envolvendo sentimentos diferentes. Os rapazes são encorajados, ao longo da vida, a apreciar o seu corpo e a sua sexualidade. Ao passo que as raparigas tendem a reprimir as emoções corporais e a sua sexualidade.

Se atenderes ao teu grupo de amigos verás que cada um é único e tem as suas próprias e expectativas no campo da sexualidade.

O que têm então rapazes/ raparigas em comum? No entanto, têm em comum o desenvolvimento gradual e ordenado da sua sexualidade, isto é, ao longo dos vários estádios de desenvolvimento na adolescência dá-se uma maturação gradual quer a nível físico e a nível psicológico.

Por outro lado, no decorrer de tudo este processo de desenvolvimento, partilham as mesmas perspectivas quanto ao seu desenvolvimento sexual.

Mas também existem preocupações comuns. Para os mais inexperientes é-lhes difícil estabelecer aproximação e não sabem como dizer que gosto dele/a. Outros não sabem dizer ao outro que têm intenção de fazer amor. E para outros a sua preocupação é que será sou capaz e será que o outro vai gostar?

Page 7: Sexualidade Relacao

Primeiro namoro

Os pais nada têm a ver se deves namorar ou não, isso é uma decisão tua,

intima e que deve ser escolhida se realmente achas que deves namorar.

Numa situação em que os pais se interfiram na tua escolha tenta falar

com eles abertamente, talvez eles estejam preocupados com um futuro

desgosto que possas vir a ter. Os pais costumam meter-se na escolha de

namorares ou não se eles souberam que a diferença de idades for

grande, eles iram-te aconselhar em relação a tua escolha, porque o teu

parceiro (a) pode “usar-te”. Caso eles não se metam completamente na

tua vida íntima, procura explicar-lhes que gostarias de ter o apoio deles,

que precisas que confiem em ti e nas tuas decisões.

Page 8: Sexualidade Relacao

Adolescência

Na Adolescência começamos a tomar as nossas próprias decisões, e que

queremos ser ouvidos e ser respeitados pela nossa perspectiva. É sempre bom na

nossa idade que questionar e perguntar é sinal de crescimento mental. As vezes

na Adolescência não queremos ouvir os avisos dos nossos pais, que nos querem

indicar o caminho certo quando estamos perdidos, e proteger do mundo terrível,

dos desgostos de amor, das doenças sexualmente transmissíveis, da gravidez não

desejada, da violência, do consumo de drogas e muito mais. È sempre bom de

saber que há alguém que está sempre pronto/a para nos ajudar nos tempos mais

difíceis.

Importante também é pensar que certas decisões e responsabilidades são

somente tuas, mas deviam ser discutidas e pensadas. Só tu é que podes decidir o

que queres fazer da tua vida e que sentido lhe queres dar. Não vás pelas ideias os

outros, mas pelas tuas devidamente analisadas.

Page 9: Sexualidade Relacao

Como se fala de Amor

O Amor não é obrigatoriamente o acto sexual, existem precisamente

várias formas para se obter prazer com afecto/ carinho entre 2 pessoas

que se amam. Hoje em dia a nossa sociedade tem uma ideia errada sobre

o amor que acima de tudo se deve ser vivido de uma forma feliz,

saudável, com respeito mútuo, intimidade, honestidade, lealdade,

liberdade, responsabilidade, compromisso e muitos mais valores que

fazem uma relação perfeita entre 2 pessoas que se gostam realmente e

não apenas para ter relações sexuais.

Para se obter um amor verdadeiro, o acto sexual não é o mais importante

na relação. É pena que muitas pessoas pensam assim. Não se pode usar

uma pessoa apenas com um objecto, isto é, brincar ou enganar os

sentimentos e desejar essa pessoa só para ter relações sexuais.

Page 10: Sexualidade Relacao

O que devo fazer em relação ao acto sexual?

A experiência é sem dúvida a melhor resposta. Só através desta saberão como actuar e o que esperar de determinadas situações. Os “sucessos” perante estas, serão exemplos positivos para as vezes seguintes, e os “fracassos” um sinal para tentar uma abordagem diferente da próxima vez.

A relação sexual é uma historia de encontro, de desejos, de corpos e de almas.

O dialogo sobre o assunto e muito importante porque numa relação nem só o acto sexual é importante, mas sim o carinho, o afecto, a ternura, e outros valores contribuem para uma boa relação.

A primeira relação sexual deve ser uma decisão mutua, e se não houver acordo não deve ser forçada porque e uma decisão importante na vida de uma pessoa.

Normalmente as pessoas pensam que a relação sexual deve acontecer passado algum tempo de a relação começar, não sendo uma ideia correcta porque não importa o tempo, a idade, ou seja, apenas como o desejo, o amor, e o momento que tem de ser vivido de uma maneira a ser recordado.

Page 11: Sexualidade Relacao

Linha SOS Grávida

808201139

Dias úteis, das 10 às 18:00 horas;

Maternidade Dr. Alfredo da Costa

213184000

Linha SOS Adolescentes

Apoio a mães adolescentes

Maternidade Bissaia Barreto

800202484

Sexualidade em Linha

808222003

Dias úteis, das 12 às 19 horas;

Sábados, das 10 às 17 horas;

[email protected]

Apartado 1191

1054 Lisboa CODEX

Sexualidade em Atendimento do Porto 222001798, às terças e quintas, das 19 às 23 horas; SOS Dificuldades Sexuais808206206Dias úteis, das 18 às 22 horas; Sexualidade Segura (Apoio Mecânico)800202120

Instituto Portuguesa da JuventudeTelf. 213179200 URL: www.ipj.pt

Algumas linhas de apoio:

Page 12: Sexualidade Relacao

Criei palavras para te dizerImaginei cenas que podiam acontecerMas, de repente, tudo mudouPois percebi que o seu amor acabouAs minhas lágrimas, então, caíramO sofrimento veio à tonaMas de que adiantariaFicar com alguém que não me amaNão iria ser felizNão iria estar em pazVocê só me fariaSofrer mais e maisNão te desejo malNão sou assimApenas lamento por não estar junto de mimVocê não sabe o que é o amorParece que não tem coraçãoMas não me entregarei a dorMesmo sabendo que tudo foi em vãoE se um dia você quiser voltarNão vou te dizer simPois apesar de gostar de vocêGOSTO MUITO MAIS DE MIM!

Page 13: Sexualidade Relacao

Em conclusão do nosso trabalho queríamos dizer para pensarem bem sobre o que leram, porque muitos adolescentes não respeitam o seu parceiro / parceira. Neste trabalho estão presentes valores que se devem respeitar para que vocês possam crescer mentalmente e viver melhor em sociedade e na vossa vida amorosa. Damos por concluído o nosso trabalho, esperamos que algumas das vossas dúvidas tenham sido esclarecidas!

Page 14: Sexualidade Relacao

Bibliografia:

http://juventude.gov.pt/PortalJuventude/EstilosVida/SexualidadeJuvenil;

www.sexualidades.com;

www.sexualidadejuvenil.pt;

www.netprof.pt/servlet.