sem morte, sem procriação, sem experiências probatórias ... · PDF...

Click here to load reader

  • date post

    30-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of sem morte, sem procriação, sem experiências probatórias ... · PDF...

  • M a r o d e 2 0 1 6 13

    Precisamos deixar de lado as filosofias dos homens e a erudio dos sbios e dar ouvidos ao Esprito que nos concedido para nos guiar a toda a verdade.

    Precisamos examinar as escrituras, aceit- las como o pensamento, a vontade e a voz do Senhor e o prprio poder de Deus para a salvao.

    Ao lermos, ponderarmos e orarmos, vir nossa mente a viso dos trs jardins de Deus: o Jardim do den, o Jardim do Getsmani e o Jardim do Sepulcro Vazio, onde Jesus apareceu para Maria Madalena.

    No den, veremos todas as coisas criadas em estado paradisaco sem morte, sem procriao, sem experincias probatrias.

    Compreenderemos que essa criao, hoje desconhecida para o homem, era a nica maneira de possibilitar a Queda.

    Ento veremos Ado e Eva, o primeiro homem e a primeira mulher, descerem de sua condio de glria imortal e paradisaca para tornarem- se os primeiros humanos mortais da Terra.

    A mortalidade, que inclui a procriao e a morte, entrar no mundo. E por causa da transgresso, comear um estado probatrio de tribula-es e testes.

    Ento no Getsmani veremos o Filho de Deus resgatar o homem da morte temporal e espiritual que nos sobrevieram em virtude da Queda.

    Os discpulos de Cristo ficaram esperando ali perto e logo ca-ram no sono, enquanto Jesus Se dirigiu ao Getsmani sozinho. Jesus voltou uma terceira vez, e disse- lhes: Dormi agora, e descansai. Basta; chegada a hora. Eis que o Filho do Homem vai ser entregue nas mos dos pecadores (Marcos 14:41).

    No Getsmani (acima) e no Gl-gota (abaixo), Jesus Cristo verteu Seu sangue e morreu na cruz. Ele expiou os pecados do mundo e resgatou- nos da Queda.

    O corpo de Jesus Cristo foi colocado num

    sepulcro que ficava em um horto, ou jardim.

    EXTR

    EMA

    ESQ

    UERD

    A: TA

    KE Y

    OUR

    RES

    T [D

    ESCA

    NSAI

    ], DE

    WAL

    TER

    RANE

    ; NO

    ALT

    O: O

    MY

    FATH

    ER [

    MEU

    PAI

    ], DE

    SIM

    ON

    DEW

    EY;

    ESQ

    UERD

    A: C

    RUCI

    FIXIO

    N [A

    CRU

    CIFIC

    AO

    ],

    BAL

    AGE

    BALO

    GH/

    ART

    RESO

    URCE

    , NY;

    DIRE

    ITA: P

    IETA

    , DE

    ANSE

    LM F

    RIED

    RICH

    FEU

    ERBA

    CH/

    SUP

    ERST

    OCK