RELATÓRIO DE GESTÃO - .de Radiologia, Ecografia e de Medicina Física e Reabilitação, de...

download RELATÓRIO DE GESTÃO - .de Radiologia, Ecografia e de Medicina Física e Reabilitação, de Cardiologia,

of 87

  • date post

    22-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    216
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of RELATÓRIO DE GESTÃO - .de Radiologia, Ecografia e de Medicina Física e Reabilitação, de...

  • .

    Largo da Misericrdia

    4490-421 Pvoa de Varzim

    Telefone: 252 690 601

    Fax: 252 611 120

    w w w . c h p v v c . p t

    RELATRIO DE GESTO Setembro Dezembro 2008

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    2

    SUMRIO 0. NDICE DOS QUADROS E GRFICOS

    1. MENSAGEM DO CONSELHO DE ADMINISTRAO

    2. BREVE APRESENTAO

    3. ENQUADRAMENTO DO HOSPITAL

    4. PRINCIPIOS DE BOM GOVERNO

    5. ELEMENTOS CURRICULARES DOS ELEMENTOS DO CONSELHO DE ADMINISTRAO

    6. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

    7. INSTALAES FSICAS

    8. ACTIVIDADE GLOBAL EM 2008 (SET DEZ) 8.1 E VOLUO DO MOVIMENTO ASSISTENCIAL 8.2 INDICADORES DE ACOMPANHAMENTO 8.3 FORMAO 8.4 EVOLUO DA SITUAO ECONMICO-FINANCEIRA 2008 8.5 PRINCIPAIS ACTIVIDADES E INVESTIMENTOS DESENVOLVIDOS EM 2008

    9. DESENVOLVIMENTO ESTRATGICO E ACTIVIDADE PARA 2009 9.1 ACTIVIDADE ASSISTENCIAL PREVISTA PARA 2009 (PLANO DESEMPENHO) 9.2 PRINCIPAIS PROGRAMAS DE MELHORIA E ACTUAO 9.3 PRINCIPAIS INVESTIMENTOS PREVISTOS PARA 2009

    10. PROPOSTA DE APLICAO DOS RESULTADOS

    11. DEMONSTRAO FINANCEIRAS 11.1 BALANO 11.2 DEMONSTRAO DE RESULTADOS 11.3 MAPA DE FLUXOS DE CAIXA 11.4 MAPAS DOS FLUXOS E DO CONTROLO DO ORAMENTO ECONMICO

    12. ANEXO AO BALANO E DEMONSTRAO DE RESULTADOS 2008

    13. CERTIFICAO LEGAL DAS CONTAS

    14. RELATRIO E PARECER DO FISCAL NICO

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    3

    0 NDICES DOS QUADROS E GRFICOS

    Quadro N Descrio Pgina

    1 Grupo Etrio PV Ee VC 82.1 Taxa Natalidade e Taxa de Fecundidade PV e VC 92.2 Taxa Mortalidade da Duas Causas Mais frequentes 93 Centro Sade PV 114 Centro Sade VC 115 Orgos Socias 16

    6.1 Remunerao Orges Socias 206.2 Remunerao Fiscal nico 217 Responsveis por servio 39

    8.1 Salas, Camas e Gabinetes 408.2 Equipamenos 419 Internamento 43

    10 GDHs 4411 GDHs Ambulatrio 4512 Actividade Cirrgica 4513 Partos 4614 Consulta Externa 4715 Urgncia 4916 Indicadores Qualidade 5017 Evoluo Recursos Humanos 5118 Formao 2008 5219 Evoluo Econmica - Financeira 53

    20,1 Principais Investimentos desenvolvidos em 2008 6121 Actividade assistncial prevista para 2009 62

    20.2 Principais Investimentos para 2009 6522 Balano 67

    23.1 Demonstrao de Resultados 6823.2 Demonstrao de Resultados (por Natureza) 6924 Demonstrao de Fluxos de caixa 7025 Anexo Demonstrao de Fluxos de caixa 7026 Mapas dos Fluxos e Controlo do Oramento

    26.1/26.5 Custos e Perdas 71/7326.6 Compras 7426.7 Investimentos 75

    Grfico N Descrio Pgina

    1 Total Nascimentos por Concelho 102 % Cesarianas 473 Peso Relativo das especialidades da Consulta Externa 484 Urgncias 495 Classificao Proveitos SPA (2007), EPE (2008) 546 Compras Realizadas (SET - DEZ de 2007 e 2008) 557 Consumos Realizados (SET - DEZ de 2007 e 2008) 558 Subcontratos (SET - DEZ de 2007 e 2008) 569 Fornecimento Servios (SET - DEZ de 2007 e 2008) 57

    10 Custos com pessoal (SET - DEZ de 2007 e 2008) 5811 Peso Relativo custos 2008 59

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    4

    4 MENSAGEM DO CONSELHO DE ADMINISTRAO

    O primeiro Relatrio de Gesto do CH (Centro Hospitalar Pvoa de Varzim Vila do Conde,

    E.P.E.), revela que, apesar das dificuldades prprias da alterao de estatuto jurdico, os

    objectivos podem ser alcanados e estes primeiros quatro meses proporcionaram sinais

    claros nesse sentido. O Conselho de Administrao (CA) partiu de uma anlise aprofundada da

    situao presente do Hospital, dos seus recursos, da sua actividade e, sobretudo, da anlise

    das suas foras e fraquezas, considerando o ambiente interno e externo, para traar um

    conjunto de aces que permitam concretizar o contrato programa, ainda assim, os quatro

    meses do CH j enquanto entidade pblica empresarial foram marcados pela realizao de um

    conjunto de aces que se prendem com a sua modernizao estrutural e organizacional de

    acordo com as polticas estratgicas definidas em sede do Plano Estratgico para 2008/2011.

    O ano de 2008 constituiu um marco importante para o CH, que viu alterado o seu estatuto

    jurdico, transitando do sector pblico administrativo para o modelo de entidade pblica

    empresarial, com efeitos a 1 de Setembro 2008.

    Os objectivos assumidos em sede de contrato-programa para o ano de 2008, enquanto E.P.E.

    (4meses), foram globalmente cumpridos. A instituio produziu mais do que no ano de 2007;

    ao nvel da despesa situou-se dentro dos limites impostos pela tutela, excepto no que respeita

    aos fornecimentos de servios; os objectivos de eficincia e qualidade foram atingidos quase

    na sua totalidade.

    O CH terminou o seu primeiro ano (Set - Dez) enquanto EPE com um resultado operacional e

    lquido de exerccio negativos.

    No momento em que feita a avaliao do desempenho do CH ao longo do ano 2008 (Set -

    Dez), cumpre registar com elevado apreo o envolvimento e o empenho dos seus profissionais

    na obteno de resultados que dignificam a instituio e honram a sua misso de servio

    pblico.

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    5

    Estamos certos de que, at ao final do mandato do actual Conselho de Administrao, se

    consolidaro as medidas de sustentabilidade econmica e financeira e se aprofundar a

    melhoria da qualidade assistencial e das condies de atendimento que permitiro ao CH

    encarar com optimismo os desafios futuros.

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    6

    2 BREVE APRESENTAO

    O Centro Hospitalar Pvoa de Varzim Vila do Conde, E.P.E., adiante designado por CH, foi

    criado pelo Decreto-Lei 180/2008 de 26 de Agosto de 2008, possui o nmero de identificao

    de pessoa colectiva 508 741 823 e tem sede na Pvoa de Varzim. O CH constitui um

    Estabelecimento Pblico do Servio Nacional de Sade, de natureza empresarial, sendo uma

    Pessoa Colectiva dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial, nos termos do

    Decreto - Lei n. 558/99, de 17 de Dezembro, e do artigo 18. do anexo da Lei n. 27/2002 de

    08 de Novembro, e resulta por fuso das seguintes unidades de sade:

    Hospital Distrital da Pvoa de Varzim;

    Hospital Distrital de Vila do Conde.

    A informao constante deste Relatrio de Gesto, salvo indicao em contrrio, refere-se,

    portanto, ao perodo de 1 de Setembro de 2008 a 31 de Dezembro de 2008.

    > CARACTERIZAO DO CENTRO HOSPITALAR

    O CH integra duas unidades hospitalares: o ex-Hospital Distrital da Pvoa de Varzim e o ex-

    Hospital Distrital de Vila do Conde. A lotao praticada no CH, em 1 de Setembro de 2008, era

    de 143 camas, das quais 116 na Unidade da Pvoa de Varzim e 27 na Unidade de Vila do

    Conde. At ao final de 2008.

    > ESPECIALIDADES E VALNCIAS

    O internamento compreende as seguintes valncias: Medicina Interna, Cirurgia Geral,

    Ortopedia, Pediatria e Neonatologia, Obstetrcia e Ginecologia.

    O Servio de Urgncia da UPV, um servio de urgncia mdico-cirrgica e abrange para alm

    das especialidades acima referidas a Anestesia, a Radiologia, a Patologia Clnica e a

    Imunohemoterapia, em funcionamento 24 horas por dia, todos os dias da semana.

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    7

    A oferta de cuidados reparte-se pelo internamento, consulta externa, bloco operatrio, UCA e

    servio de urgncia. Este ltimo funciona nas duas Unidades do CH, sendo, na recente reviso

    da rede do servio de urgncia, proposto o seu encerramento na Unidade de Vila do Conde (a

    31 de Outubro) e a sua reclassificao em urgncia mdico-cirrgica na Unidade da Pvoa de

    Varzim.

    Quanto Consulta Externa, a actual oferta por especialidades a seguinte:

    Especialidades Mdicas

    Anestesiologia

    Cirurgia geral

    Cirurgia Vascular

    Ginecologia

    Gastrenterologia

    Imuno-hemoterapia

    Imuno-Alergologia

    Medicina fsica e de reabilitao

    Medicina interna

    Ortopedia

    Obstetrcia

    Pediatria

    Pneumologia

    Especialidades no Mdicas

    Psicologia clnica

    Diettica / Nutrio

    Ao nvel dos Meios complementares de diagnstico, a oferta actual a seguinte:

    Cardiologia ECG

    Gastrenterologia

    Imuno-hemoterapia

    Medicina fsica e reabilitao

    Neurofisiologia - EMG

    Pneumologia

    Radiologia Convencional

    Ecografia

    Patologia Clnica

  • REL

    AT

    RIO

    E C

    ON

    TAS

    Set

    emb

    ro-D

    ezem

    bro

    200

    8

    8

    3 ENQUADRAMENTO DO HOSPITAL

    O CH integra duas unidades de prestao de cuidados de sade que distam aproximadamente

    3 km, que correspondem aos ex hospitais da Pvoa de Varzim e de Vila do Conde. Tem como

    hospitais de referncia, o Hospital Pedro Hispano, o Hospital de S. Joo, o Instituto Portugus

    de Oncologia, o Hospital Magalhes de Lemos e, ainda, o Hospital de Santo Antnio no mbito

    do protocolo do tratamento dos traumatismos crneo-enceflicos.

    Articula-se, tambm, com a Rede Nacional de Cuidados Continuados