RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no...

of 93 /93
RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2012 Instituição: FAEPU Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia Referência: Prestação de Contas Ano: 2013 Local: Uberlândia - MG

Transcript of RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no...

Page 1: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

1

RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2012

Instituição: FAEPU – Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia

Referência: Prestação de Contas

Ano: 2013 Local: Uberlândia - MG

Page 2: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

2

Page 3: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

3

CONTEÚDO

1 RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL_______________________ 5

1.1 OBJETIVOS _____________________________________________________________________ 5

1.2 DADOS DA INSTITUIÇÃO _________________________________________________________ 5

1.3 RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL __________________________ 6

1.3.1 COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DA CONTA REALIZÁVEL A CURTO PRAZO – VALORES A RECEBER/SUS _____ 6

1.3.2 QUADRO COMPARATIVO “FONTES DE RECEITAS” _____________________________________________ 6

1.3.3 QUADRO COMPARATIVO “FONTES DE DESPESAS” _____________________________________________ 7

1.3.4 QUADRO COMPARATIVO “RESULTADO FINANCEIRO” __________________________________________ 7

1.3.5 QUADRO COMPARATIVO “RESULTADO DO EXERCÍCIO” ________________________________________ 7

1.3.6 EVOLUÇÃO NO QUADRO DE PESSOAL E DOS CUSTOS DA FOLHA DE PAGAMENTO _________________ 8

1.3.7 EVOLUÇÃO DO QUADRO TOTAL DE PESSOAL – 1997 à 2012 ____________________________________ 9

1.3.8 EVOLUÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL POR ATIVIDADE – 2012 __________________________________ 9

1.3.9 MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS NO HOSPITAL _____________________________________________ 10

1.3.10 DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAIS NO HOSPITAL 2009/2011: Em Reais_________________________ 11

1.3.11 RECURSOS ADMINISTRADOS ATRAVÉS DE CONVÊNIOS EM 2012_____________________________ 13

1.4 BALANÇO SOCIAL ______________________________________________________________ 14

1.5 APOIO AO DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DA UFU _____________________________ 15

1.5.1 APOIO EM PROJETOS _____________________________________________________________________ 15

1.5.2 APOIO COM ESTRUTURA PATRIMONIAL PRÓPRIA ____________________________________________ 17

1.5.3 ADMINISTRAÇÃO DE CONVÊNIOS PARA APOIO INSTITUCIONAL ________________________________ 17

1.5.4 ATIVIDADES DE APOIO À GRADUAÇÃO E EXTENSÃO __________________________________________ 17

1.5.5 DOAÇÃO DE MATERIAL E EQUIPAMENTO PARA APOIO A UFU _________________________________ 18

1.5.6 INTERVENIÊNCIA JUNTO AOS ÓRGÃO PÚBLICOS PARA APOIO A UFU (TAC) ______________________ 18

1.5.7 APOIO INSTITUCIONAL À UFU ______________________________________________________________ 18

1.5.8 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO - DECRETO7.423 DE 23/12/2010 ________________________________ 19

1.6 SEGUROS _____________________________________________________________________ 22

1.7 REGULARIDADE FISCAL E RECREDENCIAMENTOS____________________________________ 22

1.8 AGRADECIMENTOS _____________________________________________________________ 23

1.9 ANEXO I – DEMONSTRAÇÕES PATRIMONIAIS_______________________________________ 24

Page 4: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

4

1.10 ANEXO II – NOTAS EXPLICATIVAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS __________________ 31

1.11 ANEXO III – INVENTÁRIO E AVALIAÇÃO DE MATERIAIS/PATRIMÔNIO __________________ 49

1.12 ANEXO IV – RELATÓRIO DO CONSELHO FISCAL – APROVADO EM 06/06/2012 ___________ 61

1.13 ANEXO IV – PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES _____________________________ 72

1.14 ANEXO V – DADOS DOS ATENDIMENTOS __________________________________________ 75

1.15 ANEXO VI – RELATÓRIO DE PROJETOS _____________________________________________ 89

1.16 ANEXO VII – REGULARIDADE FISCAL E RECREDENCIAMENTO__________________________ 91

2 ADMINISTRAÇÃO FAEPU___________________________________________________ 93

Page 5: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

5

1 RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL

1.1 OBJETIVOS

Este documento tem o objetivo de atender ao disposto no Artigo 20, item II, e

Artigo 21, item IV, do Estatuto Social da FAEPU, e as normas, regulamentos

contábeis e legislação vigente, os quais regem a administração das entidades

privadas, sem fins lucrativos e de apoio universitário.

Assim, expressamos os resultados obtidos durante o exercício de 2012 como

também os dados dos atendimentos à saúde realizados ao SUS – Sistema Único

de Saúde, no Hospital de Clínicas da cidade de Uberlândia tendo a FAEPU como

co-responsável pela prestação dos serviços, assim como os dados dos

atendimentos à saúde realizados ao SUS, no Hospital da Filial mantida pela FAEPU

na cidade de Capinópolis.

1.2 DADOS DA INSTITUIÇÃO

Razão Social: FAEPU – Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de

Uberlândia

CNPJ: 25.763.673/0001-24

INSC. EST.: 702.513.803.0087

Endereço: Rua Pedro Quirino da Silva, nº 1.154 – bairro Umuarama

CEP 38.405-323 – Uberlândia - MG

Contato: Telefone: (34) 3218-2526

e-mail: [email protected]

Page 6: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

6

1.3 RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO SOCIAL

A PRINCIPAL FONTE DE RECURSOS DA FAEPU É ORIUNDA DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPITALARES E

AMBULATORIAIS DENTRO DA REDE SUS, ATRAVÉS DE UM CONVÊNIO DA UFU COM A SECRETARIA

MUNICIPAL DE SAÚDE, FAZENDO PARTE A FAEPU COMO CO-MANTENEDORA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS

DE UBERLÂNDIA, SENDO REMUNERADA COM BASE NOS PROCEDIMENTOS EFETIVAMENTE REALIZADOS

E NAS INTERNAÇÕES E PROCEDIMENTOS AUTORIZADOS PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE.

NO ANO DE 2012 FOI INSERIDA NAS ATIVIDADES DA FAEPU A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AO SUS

ATRAVÉS DO HOSPITAL ADMINISTRADO PELA SUA FILIAL, SITUADO NO MUNICÍPIO DE CAPINÓPOLIS.

1.3.1 COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DA CONTA REALIZÁVEL A CURTO PRAZO – VALORES A

RECEBER/SUS

REALIZÁVEL À CURTO PRAZO:

R$

A) VALORES PRODUÇÃO VARIÁVEL ALTA COMPLEXIDADE – COMPETÊNCIA NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2012

2.999.086,92

B) VALORES FIXOS – MÉDIA COMPLEXIDADE E INCENTIVOS - COMPETÊNCIA DEZEMBRO

2011 – RECEBIDOS EM JAN/2012

4.945.117,91

C) CONVÊNIO MUNICIPIO DE CAPINOPOLIS 963.351,34

D) CONTRATO DE SERVIÇOS TÉCNICOS BIOENGENHARIA HC/FAEPU/UAI SÃO JORGE 6.716,66

E) CONTRATO DE COOPERAÇÃO ENTRE FAEPU/UFU/FAU 340.365,09

= TOTAL CONTAS À RECEBER - CURTO PRAZO ......................................................

9.254.637,92

1.3.2 QUADRO COMPARATIVO “FONTES DE RECEITAS”

2012 2011 %

RECEITAS TOTAIS HOSPITAL: 114.088.858 109.765.385 3,9

RECEITAS DO HOSPITAL 95.820.005 93.118.260 2,9

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONVÊNIO/SUS 95.178.468 92.471.207 2,9

RECEITAS COM DOAÇÕES 435.413 399.246 9,1

RECUPERAÇÃO DIVERSAS 8.907 12.723 -30,0

RECEITAS COM REFEITÓRIO ----- 118.500 - -

OUTRAS RECEITAS 197.217 116.584 69,2

OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS: 18.268.853 16.647.125 9,7

CURSOS E EVENTOS 16.256 9.120 78,2

CONVÊNIOS/CONTRATOS 3.976.865 4.350.366 -8,6

RECUPERAÇÕES DIVERSAS 3.595 27.760 -87,0

RECEITAS PATRIMONIAIS 68.709 105.199 -34,7 CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS/OBTENÇÃO RENÚNCIA FISCAL 14.203.428 12.154.680 16,9

Page 7: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

7

1.3.3 QUADRO COMPARATIVO “FONTES DE DESPESAS”

2012 2011 %

DESPESAS : (124.752.619) (104.060.887) 19,9

DESPESAS DE PESSOAL (46.295.750) (35.502.211) 30,4

DESPESAS ADMINISTRATIVAS E GERAIS (4.115.023) (3.021.662) 36,2

MATERIAL DE CONSUMO (38.208.025) (42.773.632) -10,7

SERVIÇOS PRESTADOS POR TERCEIROS (7.077.330) (5.283.914) 33,9

BOLSAS DE ESTUDO (534.248) (490.342) 9,0

CONTRIBUIÇÕES E DOAÇÕES (7.898.637) ---- + +

DESPESAS COM CONTINGÊNCIAS E PERDAS (5.450.193) (2.625.525) 107,6

DESPESAS PATRIMONIAIS (127.527) (122.548) 4,1

DEPRECI AÇÕES E AMORTIZAÇÕES (842.458) (2.086.373) -59,6

DESPESAS COM CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS (14.203.428) (12.154.680) 16,9

1.3.4 QUADRO COMPARATIVO “RESULTADO FINANCEIRO ”

2012 2011 %

RECEITAS (DESPESAS) FINANCEIRAS LÍQUIDAS 2.053.073 (955.202) 314,9

O RESULTADO FINANCEIRO OBTIDO COM A NEGOCIAÇÃO E PAGAMENTO DA DÍVIDA COM O FINEP

INFLUENCIOU POSITIVAMENTE NO RESULTADO DE 2012, CONFORME DEMONSTRADO NA NOTA

EXPLICATIVA 29.

1.3.5 QUADRO COMPARATIVO “RESULTADO DO EXERCÍCIO”

2012 2011 % VARIAÇÃO PATRIMONIAL DO EXERCÍCIO: (8.610.688) 4.749.296 - -

DÉFICIT DO EXERCÍCIO DE 2012: OBSERVAÇÕES

DURANTE O EXERCÍCIO DE 2012 OCORRERAM AUMENTOS SIGNIFICATIVOS NAS SEGUINTES DESPESAS:

1) CRESCIMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO DE FUNCIONÁRIOS, EM ESPECIAL NOS VALORES DOS

PROFISSIONAIS DA CATEGORIA MÉDICA, MOTIVADO PELA IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO DE

REESTRUTURAÇÃO DAS ESCALAS, REMUNERAÇÃO E CONTRATAÇÃO DE TODOS OS MÉDICOS

AUTÔNOMOS (RPA), QUE PREVIA UM CRESCIMENTO DE R$ 3.770.952,35 CONTRA O VALOR

REALIZADO DE R$ 6.813.214,48, OU SEJA R$ 3.042.262,13 ACIMA DO PLANEJADO NO

PROJETO.

Page 8: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

8

2) BAIXA NO VALOR A RECEBER DO SUS NA ORDEM DE R$ 4.952.789,57 IMPACTANDO

DIRETAMENTE NO RESULTADO.

3) NOS MESES DE ABRIL E MAIO FORAM REALIZADAS DOAÇÕES A UFU DE TODO ESTOQUE DE MEDICAMENTO DA FAEPU, NO VALOR TOTAL DE R$ 1.949.065,12, JÁ DEDUZIDOS OS VALORES CONSUMIDOS NOS DOIS MESES.

4) LANÇAMENTOS DE DESPESAS GERADAS POR DECISÃO JUDICIAL NA ORDEM R$ 1.062.736,37,

ALÉM DO ORÇADO PARA O ANO.

5) PARA A AVALIAÇÃO GERENCIAL DO RESULTADO APRESENTADO, DEVE-SE PONDERAR SOBRE AS

MOVIMENTAÇÕES ATÍPICAS QUE OCORRERAM EM 2012 E QUE INFLUENCIAM NEGATIVAMENTE

E/OU POSITIVAMENTE O RESULTADO FINAL, SÃO ELAS:

IMPACTAM NEGATIVAMENTE (Itens 1, 2, 3 E 4): R$ 14.777.805,54

IMPACTAM POSITIVAMENTE (FINEP): R$ 2.492.194,81

SALDO: R$ 12.285.610,73

6) PONDERANDO OS VALORES APRESENTADOS COM O RESULTADO DO BALANÇO DE 2012,

TERÍAMOS UM SUPERÁVIT DE R$ 3.674.922,73.

PARA 2012 FOI ORÇADO UM , QUE SUPERÁVIT DE R$ 2.537.626,76.

RESULTADO DO BALANÇO: - R$ 8.610.688,00

IMPACTO NEGATIVO (Item 5): + R$ 12.285.610,73

RESULTADO PONDERADO: + R$ 3.674.922,73

1.3.6 EVOLUÇÃO NO QUADRO DE PESSOAL E DOS CUSTOS DA FOLHA DE PAGAMENTO

A DIFERENÇA ENTRE AS DEMISSÕES E ADMISSÕES DURANTE O EXERCÍCIO DE 2012, RESULTOU NA

MANUTENÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL DA FAEPU RELACIONADO AO HCU.

COM O INÍCIO DAS ATIVIDADES DA FILIAL DE CAPINÓPOLIS E O EMPREGO DE MÃO DE OBRA PRÓPRIA

PARA A CONSTRUÇÃO PREDIAL (INVESTIMENTOS), FOI ADOTADA EM 2012 A SEPARAÇÃO DO QUADRO

DE PESSOAL, DIFERENCIANDO AS ATIVIDADES DOS PROJETOS COM AS RELACIONADAS AO HCU.

AS CONTRATAÇÕES DESTINADAS ÀS OBRAS DEVEM SER TOTALMENTE RESCINDIDAS DURANTE O ANO

DE 2013, APÓS AS CONCLUSÕES DOS PROJETOS

Page 9: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

9

1.3.7 EVOLUÇÃO DO QUADRO TOTAL DE PESSOAL – 1997 à 2012

1.2871.075 1.040 1.092 1.134 1.110 1.179

1.337 1.425 1.4511.626

1.834 1.815

1.5241.336 1.429

0

200

400

600

800

1.000

1.200

1.400

1.600

1.800

2.000

1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012

EVOLUÇÃO DO QUADRO FUNCIONAL - FAEPU (total: HCU, Projetos e Filial)

1.3.8 EVOLUÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL POR ATIVIDADE – 2012

QUADRO TOTAL - DISTRIBUIÇÃO POR GRUPOS

QUADRO - GRUPO FAEPU (Posição Dez/12)

Nota: sem projetos e prestadores

Page 10: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

10

QUADRO - GRUPO PROJETOS (Posição Dez/12)

1.3.9 MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS NO HOSPITAL

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES SOBRE A MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS EM 2012:

A) O SISTEMA DE CONTROLE DE MATERIAIS DO SEGMENTO DE ÓRTESE E PRÓTESE, JÁ FOI IMPLANTADO COM SUCESSO, E VEM REGISTRANDO TODOS OS MATERIAIS PERTENCENTES AO SEGMENTO DE MATERIAIS CONSIGNADOS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS. ESTÁ SENDO CONCLUÍDO PELA AUDITORIA EXTERNA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS FLUXOS E PROCESSOS DE TRABALHO DO SETOR PARA PROVIDÊNCIAS NECESSÁRIAS;

B) TODOS OS MATERIAIS DO SEGMENTO DE ÓRTESE E PRÓTESE, FICAM À DISPOSIÇÃO DA ÁREA CIRÚRGICA, QUE ATRAVÉS DO SISTEMA HOSPITAL, INTEGRADO AO SISTEMA DE CONSIGNAÇÃO, DEVERIAM SER AGENDADOS PREVIAMENTE INFORMANDO OS MATERIAIS QUE SERÃO NECESSÁRIOS. ESTA AÇÃO PERMITE A IDENTIFICAÇÃO DA DISPONIBILIDADE ANTECIPADA DOS MATERIAIS NECESSÁRIOS, EVITANDO O CANCELAMENTO DE CIRURGIAS. APÓS A UTILIZAÇÃO DOS MATERIAIS, A ORDEM DE VENDA É LIBERADA PARA OS FORNECEDORES DOS MESMOS, COM AS DEVIDAS BAIXAS NO ESTOQUE. O SISTEMA DE AGENDAMENTO SE ENCONTRA APTO PARA O FUNCIONAMENTO, DEPENDENDO DAS EQUIPES A SUA UTILIZAÇÃO. NOTA: A NÃO UTILIZAÇÃO DO AGENDAMENTO ELETRÔNICO CONTRARIA, PARCIALMENTE, DETERMINAÇÃO JUDICIAL.

C) TODOS OS MATERIAIS LANÇADOS COMO CONSUMO DIRETO, NÃO PERMANECEM ESTOCADOS NO

ALMOXARIFADO POR TEREM APLICAÇÃO IMEDIATA, MAS RECEBEM TODO O PROCESSAMENTO REGULAR DA COMPRA E DA DESPESA, E IMEDIATAMENTE SÃO ENTREGUES AOS USUÁRIOS PARA APLICAÇÃO NO SETOR DE CONSUMO DO PRODUTO. ESTA OPERAÇÃO SE FAZ ACOMPANHAR DE UMA “REQUISIÇÃO DE MATERIAIS” DEVIDAMENTE ASSINADA PELO RESPONSÁVEL PELO ÓRGÃO SOLICITANTE, SENDO A GUARDA E APLICAÇÃO DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO USUÁRIO;

D) NO FINAL DO EXERCÍCIO DE 2012 FOI REALIZADO O INVENTÁRIO GERAL ANUAL DE MATERIAIS

(ANEXO III), NOS DIVERSOS LOCAIS DE ARMAZENAMENTO, OU SEJA: ALMOXARIFADO CENTRAL, MATERIAIS SOB GUARDA FAEPU/HCU, ALMOXARIFADO DE OBRAS, FARMÁCIA HCU, FARMÁCIA CENTRO CIRÚRGICO, NUTRIÇÃO E DIETÉTICA E SETOR DE MATERIAIS CONSIGNADOS (PROCESSO INICIADO EM 2012 E CONCLUÍDO EM MARÇO DE 2013), APURANDO-SE UMA DIFERENÇA LÍQUIDA

Page 11: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

11

ENTRE SOBRAS E PERDAS QUE GEROU UM VALOR TOTAL À MAIOR DE R$ 10.888,55 NOS ESTOQUES, REPRESENTANDO 0,30 % DO MONTANTE EXISTENTE NO VOLUME TOTAL ESTOCADO DE R$ 3.672.125,00, CUJAS CORREÇÕES E AJUSTES JÁ FORAM AUTORIZADOS E REALIZADOS NOS REGISTROS GERAIS DOS MESMOS.

1.3.10 DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAIS NO HOSPITAL 2009/2011: Em Reais

QUADRO CONSUMO DE MATERIAIS – 2010:

DISCRIMINAÇÃO : ESTOQUE % CONSUMO DIRETO TOTAL R$ %

MATERIAL DE ESCRITÓRIO 166.180,91 0,60% 53.344,11 0,37% 219.525,02 0,52%

MATERIAL GRÁFICO 0,00 0,00% 0,00 0,00% 0,00 0,00% MATL. P/ PROCESSAMENTO DADOS 54.673,38 0,20% 23.766,10 0,17% 78.439,48 0,19% GÊNEROS ALIMENTÍCIOS 1.766.536,90 6,42% 1.894.753,55 13,20% 3.661.290,45 8,74% RECUPERAÇ ÃO D ESPESA GÊN EROS ALIM EN TÍCIOS

(432.758,66) -1,57% 0 0,00% -432.758,66 -1,03%

MEDICAMENTOS 16.749.465,54 60,88% 532.427,32 3,71% 17.281.892,86 41,27% RECUPERAÇ ÃO D ESPESA MED ICAM EN TOS (4.378.015,00) -15,91% 0 0,00% -4.378.015,00 -10,46%

MATERIAL HOSPITALAR 8.378.785,28 30,45% 634.707,62 4,42% 9.013.492,90 21,53% RECUPERAÇÃO DESPESA MATL. HOSP. (5.798,73) -0,02% 0 0,00% -5.798,73 -0,01%

ÓRTESE E PRÓTESE 0 0,00% 9.385.995,74 65,37% 9.385.995,74 22,42%

REAGENTES E MATL P/ LABORATÓRIO 2.610.189,84 9,49% 161.072,93 1,12% 2.771.262,77 6,62% MATERIAL ODONTOLÓGICO 0 0,00% 2.272,35 0,02% 2.272,35 0,01% ROUPAS TECIDOS E AVIAMENTOS 538.689,95 1,96% 84.319,28 0,59% 623.009,23 1,49%

MATERIAL PARA LIMPEZA 1.016.349,78 3,69% 845,83 0,01% 1.017.195,61 2,43% COMBUSTIVEL E LUBRIFICANTES 0 0,00% 590.314,65 4,11% 590.314,65 1,41% PEÇAS E ACESSÓRIOS P/ REPOSIÇÃO 0 0,00% 711.029,65 4,95% 711.029,65 1,70%

MATL. P/ CONSUMO GERAL 78.726,67 0,29% 101.730,77 0,71% 180.457,44 0,43% IMPRESSOS 102.389,06 0,37% 0 0,00% 102.389,06 0,24% ENTRADA DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS GRÁFICOS

(136.249,39) -0,50% 0 0,00% -136.249,39 -0,33%

GÁS ENGARRAFADO-OXIGÊNIO LÍQUIDO 540.954,68 1,97% 120,00 0,00% 541.074,68 1,29%

MATL. P/ COPA E COZINHA 391.045,09 1,42% 0 0,00% 391.045,09 0,93% MATL. MANUTENÇÃO EDIFICAÇÕES 72.432,16 0,26% 182.005,29 1,27% 254.437,45 0,61%

T O T A I S : 27.513.597,46 100,00% 14.358.705,19 100,00% 41.872.302,65 100,00%

Page 12: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

12

QUADRO CONSUMO DE MATERIAIS – 2011:

DISCRIMINAÇÃO : ESTOQUE % CONSUMO DIRETO TOTAL R$ %

MATERIAL DE ESCRITÓRIO 172.359,75 0,63% 32.448,82 0,21% 204.808,57 0,48%

RECUPERAÇÃO DESPESA MATERIAL ESCRITÓRIO

-16.439,62 -0,06% 0,00 0,00% -16.439,62 -0,04%

MATERIAL GRÁFICO 0,00 0,00% 0,00 0,00% 0,00 0,00%

MATL. P/ PROCESSAMENTO DADOS 53.021,01 0,19% 36.934,83 0,24% 89.955,84 0,21%

RECUPERAÇÃO DESPESA MATL. P/ PROC. DADOS

-1.725,22 -0,01% 0,00 0,00% -1.725,22 0,00%

GÊNEROS ALIMENTÍCIOS 1.711.553,05 6,27% 1.391.717,20 8,99% 3.103.270,25 7,26%

RECUPERAÇÃO DESPESA GÊNEROS ALIMENTÍCIOS

-360.640,03 -1,32% 0,00 0,00% -360.640,03 -0,84%

MEDICAMENTOS 16.458.082,90 60,29% 1.230.678,78 7,95% 17.688.761,68 41,35%

RECUPERAÇÃO DESPESA MEDICAMENTOS -4.200.112,20 -15,39% 0,00 0,00% -4.200.112,20 -9,82%

MATERIAL HOSPITALAR 8.773.637,44 32,14% 942.377,96 6,09% 9.716.015,40 22,71%

RECUPERAÇÃO DESPESA MATL. HOSP. -6.672,87 -0,02% 0,00 0,00% -6.672,87 -0,02%

ÓRTESE E PRÓTESE 0,00 0,00% 10.431.478,44 67,40% 10.431.478,44 24,39%

REAGENTES E MATL P/ LABORATÓRIO 2.707.146,80 9,92% 172.866,91 1,12% 2.880.013,71 6,73%

MATERIAL ODONTOLÓGICO 0,00 0,00% 1.012,20 0,01% 1.012,20 0,00%

ROUPAS TECIDOS E AVIAMENTOS 347.844,71 1,27% 11.411,44 0,07% 359.256,15 0,84%

MATERIAL PARA LIMPEZA 384.448,55 1,41% 1.836,30 0,01% 386.284,85 0,90%

COMBUSTIVEL E LUBRIFICANTES 0,00 0,00% 447.752,27 2,89% 447.752,27 1,05%

PEÇAS E ACESSÓRIOS P/ REPOSIÇÃO 0,00 0,00% 607.860,79 3,93% 607.860,79 1,42%

MATL. P/ CONSUMO GERAL 93.136,04 0,34% 102.978,71 0,67% 196.114,75 0,46%

IMPRESSOS 127.320,19 0,47% 0,00 0,00% 127.320,19 0,30%

ENTRADA DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS GRÁFICOS

-110.249,32 -0,40% 0,00 0,00% -110.249,32 -0,26%

GÁS ENGARRAFADO-OXIGÊNIO LÍQUIDO 622.332,28 2,28% 1.068,00 0,01% 623.400,28 1,46%

MATL. P/ COPA E COZINHA 453.578,67 1,66% 0,00 0,00% 453.578,67 1,06%

MATL. MANUTENÇÃO EDIFICAÇÕES 88.188,31 0,32% 64.398,61 0,42% 152.586,92 0,36%

T O T A I S : 27.296.810,44 100,00% 15.476.821,26 100,00% 42.773.631,70 100,00%

Page 13: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

13

QUADRO CONSUMO DE MATERIAIS – 2012:

DISCRIMINAÇÃO : ESTOQUE % CONSUMO DIRETO TOTAL R$ %

MATERIAL DE ESCRITÓRIO 204.835,35 0,99% 36.419,94 0,21% 241.255,29 0,63% RECUPERAÇÃO DESPESA MATERIAL ESCRITÓRIO

-17.717,00 -0,09% 0 0,00% -17.717,00 -0,05%

MATERIAL GRÁFICO 0 0,00% 130,00 0,00% 130,00 0,00% MATL. P/ PROCESSAMENTO DADOS 60.668,53 0,29% 80.491,75 0,46% 141.160,28 0,37% GÊNEROS ALIMENTÍCIOS 1.833.811,86 8,87% 1.178.715,72 6,72% 3.012.527,58 7,88%

RECUPERAÇÃO DESPESA GÊNEROS ALIMENTÍCIOS

-181.874,30 -0,88% 0 0,00% -181.874,30 -0,48%

MEDICAMENTOS 5.563.861,53 26,92% 1.187.872,56 6,77% 6.751.734,09 17,67% RECUPERAÇÃO DESPESA MEDICAMENTOS -1.703.314,02 -8,24% 0 0,00% -1.703.314,02 -4,46%

MATERIAL HOSPITALAR 9.690.301,61 46,88% 1.120.227,53 6,39% 10.810.529,14 28,29% ÓRTESE E PRÓTESE 0 0,00% 12.199.888,76 69,56% 12.199.888,76 31,93% REAGENTES E MATL P/ LABORATÓRIO 2.895.742,57 14,01% 139.742,62 0,80% 3.035.485,19 7,94%

MATERIAL ODONTOLÓGICO 0 0,00% 23.615,94 0,13% 23.615,94 0,06% ROUPAS TECIDOS E AVIAMENTOS 715.946,30 3,46% 50.716,04 0,29% 766.662,34 2,01% MATERIAL PARA LIMPEZA 333.397,39 1,61% 439,33 0,00% 333.836,72 0,87%

COMBUSTIVEL E LUBRIFICANTES 0 0,00% 443.918,24 2,53% 443.918,24 1,16% PEÇAS E ACESSÓRIOS P/ REPOSIÇÃO 1.304,30 0,01% 753.991,05 4,30% 755.295,35 1,98% MATL. P/ CONSUMO GERAL 98.402,42 0,48% 134.664,09 0,77% 233.066,51 0,61%

IMPRESSOS 164.424,69 0,80% 0 0,00% 164.424,69 0,43% ENTRADA DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS GRÁFICOS

-152.409,35 -0,74% 0 0,00% -152.409,35 -0,40%

GÁS ENGARRAFADO-OXIGÊNIO LÍQUIDO 544.990,27 2,64% 12.584,24 0,07% 557.574,51 1,46%

MATL. P/ COPA E COZINHA 460.655,80 2,23% 0 0,00% 460.655,80 1,21% MATL. MANUTENÇÃO EDIFICAÇÕES 156.075,71 0,76% 151.035,32 0,86% 307.111,03 0,80% FERRAMENTAS E UTENSILIOS 16.941,41 0,10% 16.941,41 0,04%

MATERIAIS E EQUITOS DE SEGURANÇA 7.526,50 0,04% 7.526,50 0,02% T O T A I S : 20.669.103,66 100,00% 17.538.921,04 100,00% 38.208.024,70 100,00%

1.3.11 RECURSOS ADMINISTRADOS ATRAVÉS DE CONVÊNIOS EM 20 12

1) ORIGEM:

SALDO A EXECUTAR

VALOR: DEPÓSITOS MENSAIS R$ 5.000,00

FONTE: FNS/MS/HC – EPIDEMIOLOGIA OBJETIVO: IMPLANTAÇÃO NÚCLEO HOSPITALAR DE EPIDEMIOLOGIA

436.749,75

Page 14: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

14

1.4 BALANÇO SOCIAL

PRESTAÇÃO DE SERVIÇO AO SUS

FORAM OFERTADOS SERVIÇOS AO SUS COM OBSERVÂNCIA AO LIMITE MÍNIMO DE 60% (SESSENTA POR

CENTO) FIXADO PELO ARTIGO 4º, INCISO II DA LEI Nº 12.101 DE 27/11/2009, REGULAMENTADA PELO

ARTIGO 19º DO DECRETO Nº 7.237 DE 20/07/2010, CONFORME DEMONSTRATIVO A SEGUIR:

Número de Atendimentos 2012 2011

Atendimentos realizados para o SUS 826.588 933.091

Atendimentos totais 826.588 933.091

% de Atendimentos ao SUS 100% 100%

Número de Internações 2012 2011

Internações realizadas para o SUS 20.272 20.587

Internações totais 20.272 20.587

% de Atendimentos ao SUS 100% 100%

O DESEMPENHO ASSISTENCIAL EM 2012 ESTÁ A SEGUIR DEMONSTRADO, CONFORME SEUS PRINCIPAIS

INDICADORES:

Descrição SUS

Número %

Atendimentos 826.588 100

Internações 20.272 100

Cirurgias 34.505 100

Partos 2.398 100

Aplicações Quimioterápicas 30.786 100

Aplicações Radioterápicas 67.822 100

Sessões de Hemodiálise 7.301 100

Anestesias 12.882 100

Exames 1.350.838 100

Page 15: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

15

1.5 APOIO AO DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DA UFU

A FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA (FAEPU) APOIA A UNIVERSIDADE

FEDERAL DE UBERLÂNDIA – UFU, POR MEIO DA CESSÃO DE RECURSOS PRÓPRIOS DA FUNDAÇÃO, NÃO

CONSTITUINDO ASSIM A ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXTERNOS OU DECORRENTES

DA UTILIZAÇÃO DE PATRIMÔNIO, TANGÍVEL E/OU INTANGÍVEL, PERTENCENTES À UNIVERSIDADE,

INEXISTINDO A OBRIGATORIEDADE DE RETENÇÃO/RESSARCIMENTO DE RECURSOS À UNIVERSIDADE

FEDERAL DE UBERLÂNDIA.

TODOS OS PROJETOS E ATIVIDADES DE APOIO INSTITUCIONAL DESENVOLVIDOS PELA FAEPU, SÃO

REALIZADOS EM SUA MAIOR PARTE, POR PROFISSIONAIS VINCULADOS À UFU, REPRESENTANDO MAIS

DE DOIS TERÇOS DOS RECURSOS HUMANOS ENVOLVIDOS.

1.5.1 APOIO EM PROJETOS

A FAEPU PARTICIPA INDIRETAMENTE EM PROJETOS RELACIONADOS A ÁREA DA SAÚDE

ADMINISTRADOS PELA FAU – FUNDAÇÃO DE APOIO UNIVERSITÁRIO DA UFU E EM EXECUÇÃO NO

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE UBERLÂNDIA, E APROVADOS PELOS ÓRGÃOS COLEGIADOS ACADÊMICOS

COMPETENTES DA UFU.

SUA ATUAÇÃO NESTES PROJETOS ESTÁ RESTRITA A DISPONIBILIZAÇÃO DE DOCUMENTOS, MATERIAIS,

ESTRUTURA FÍSICA PRÓPRIA E QUADRO DE PESSOAL.

TOTAL DE 23 PROJETOS FINANCIADOS PELA FAPEMIG, ADMINISTRADOS PELA FAU, E APOIADOS PELA

FAEPU.

Page 16: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

16

APOIO NAS ATIVIDADES DE PRODUÇÃO ACADÊMICA, DE ENSINO E PESQUISA

Nota: Ver (Avaliação de desempenho - Atividades de Produção Acadêmica)

Page 17: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

17

1.5.2 APOIO COM ESTRUTURA PATRIMONIAL PRÓPRIA

CESSÃO DE PATRIMÔNIO PRÓPRIO PARA A CONSTRUÇÃO DE SALAS DE AULA, LABORATÓRIOS E ÁREAS

ADMINISTRATIVAS E DE CONVIVÊNCIA PARA ALUNOS E PROFESSORES DA UFU, POSSIBILITANDO A

MANUTENÇÃO DE ATIVIDADES ESSENCIAIS AO DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL.

CESSÃO DE UMA FAZENDA E DE INFRAESTRUTURA FÍSICA PARA O DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E

DE PESQUISA NAS ÁREAS DA AGRONÔMIA, VETERINÁRIA, BIOLOGIA E OUTROS, POSSIBILITANDO A

PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA NECESSÁRIA PARA AS ATIVIDADES ACADÊMICAS, DE PESQUISA E DE

PROJETOS.

1.5.3 ADMINISTRAÇÃO DE CONVÊNIOS PARA APOIO INSTITUCIONAL

CONVÊNIO ENTRE A UFU E O MUNICÍPIO DE CAPINÓPOLIS, TENDO A FAEPU COMO FUNDAÇÃO DE

APOIO, COM O OBJETIVO DE ESTRUTURAR UM LABORATÓRIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, PARA

DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS E DE PESQUISA DA UFU, INICIANDO COM A

INSERÇÃO DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL.

1.5.4 ATIVIDADES DE APOIO À GRADUAÇÃO E EXTENSÃO

DENTRE AS DIVERSAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA FAEPU, DESTACA-SE O APOIO AO

DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL E ACADÊMICO, EM ESPECIAL NO SUPORTE AS ATIVIDADES

CURRICULARES DOS CURSOS RELACIONADOS A ÁREA DA SAÚDE E OUTROS, ATRAVÉS:

CONTRATAÇÃO DE 204 ESTAGIÁRIOS REMUNERADOS NO ANO DE 2012 COM INVESTIMENTOS DIRETOS

NA ORDEM DE R$ 563.109,99, FORTALECENDO A FORMAÇÃO TÉCNICA PROFISSIONAL ATRAVÉS DA

ATUAÇÃO DOS ALUNOS GRADUANDO E DE CURSOS TÉCNICOS (PÓS-MÉDIO) NO CAMPO DE TRABALHO

(Avaliação de desempenho - Campo de Estágio).

APOIO AOS EVENTOS ACADÊMICOS CURRICULARES E EVENTUAIS DOS DIVERSOS CURSOS DA ÁREA DA

SAÚDE, PROJETOS DE PESQUISAS, TESES, PUBLICAÇÕES E OUTROS, CONTRIBUINDO SENSIVELMENTE

PARA O CRESCIMENTO DOS INDICADORES DO HC/UFU.

PARTICIPAÇÃO NAS ATIVIDADES DA RESIDÊNCIA MULTIDISCIPLINAR ATRAVÉS DE AÇÕES DE

CAPACITAÇÃO E DE SUPORTE AOS PRECEPTORES/PROFESSORES, ABRINDO CAMPO DE ATIVIDADES

PARA A RESIDÊNCIA MÉDICA E MULTIPROFISSIONAL. (Avaliação de desempenho - Projeto Capinópolis).

APOIO AO PROGRAMA DE MULTIDISCIPLINARIDADE NA ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL E GERAL DO

IDOSO - MASI, PROPORCIONANDO QUALIDADE DE VIDA A IDOSOS POR MEIO DE AÇÕES

MULTIDISCIPLINAR, INTERDISCIPLINAR E MULTIPROFISSIONAL NA RECUPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DA

SAÚDE BUCAL E GERAL, O QUE GARANTE PARA AS ATIVIDADES DE ENSINO E PESQUISA MELHORES

CONDIÇÕES AOS DOCENTES E DISCENTES DA UFU (Avaliação de desempenho - Programa MASI).

RESULTADO DA PARCERIA ENTRE UFU (UNIDADES ACADÊMICAS E UNIDADE ESPECIAL DE ENSINO),

MINISTÉRIO PÚBLICO E CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO, REALIZADO NA ESCOLA TÉCNICA DE

SAÚDE/SAÚDE BUCAL/PRÓTESE DENTÁRIA.

Page 18: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

18

1.5.5 DOAÇÃO DE MATERIAL E EQUIPAMENTO PARA APOIO A UFU

1.5.6 INTERVENIÊNCIA JUNTO AOS ÓRGÃO PÚBLICOS PARA APOIO A UFU (TAC)

1.5.7 APOIO INSTITUCIONAL À UFU

A FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA (FAEPU) CONTRIBUI DE FORMA

SIGNIFICATIVA PARA O DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE

UBERLÂNDIA – UFU, MANTENDO COM RECURSOS PRÓPRIOS DIVERSAS ATIVIDADES, EM CONSONÂNCIA

COM O PLANO DE DESENVOLVIMENTO APROVADO PELO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UFU.

CEDE PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA – UFU, PATRIMÔNIO PRÓPRIO, CONSTITUÍDO

POR ESTRUTURAS PREDIAIS E TERRENOS QUE TOTALIZAM 168.997,66M², E POR DUAS FAZENDAS COM

ÁREA TOTAL DE 539 HA. 87A. 22C., CUJA SOMA DO PATRIMÔNIO DISPONIBILIZADO CORRESPONDE A R$

138.239.041,95.

É A MANTENEDORA DO HOSPITAL DE ENSINO UNIVERSITÁRIO DA UFU, SENDO PROPRIETÁRIA DA

MAIOR PARTE DE TODA A ESTRUTURA PREDIAL DO COMPLEXO HOSPITALAR.

REALIZA A AQUISIÇÃO DE APROXIMADAMENTE 95% DE TODOS OS MEDICAMENTOS E MATERIAIS

MÉDICO-HOSPITALARES APLICADOS NA MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DA

UFU, NO MONTANTE DE R$ 37.063.490,16, EM 2012.

Page 19: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

19

CONTRIBUI DE FORMA CRUCIAL NA FORMAÇÃO ACADÊMICA DE ALUNOS E PROFESSORES,

POSSIBILITANDO, COM RECURSOS PRÓPRIOS, O APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E

PESQUISAS, E O SUPORTE À RESIDÊNCIA MÉDICA E MULTIPROFISSIONAL.

1.5.8 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO - DECRETO7.423 DE 23/12/2010

ALÉM DAS DIVERSAS ATIVIDADES E AÇÕES INSTITUCIONAIS DE APOIO À UFU - UNIVERSIDADE FEDERAL

DE UBERLÂNDIA DESCRITAS NESTE DOCUMENTO, APRESENTAMOS A SEGUIR ALGUNS DADOS PARA A

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA FUNDAÇÃO PELO CONSELHO DA UFU, SEGUINDO O INCISO II, ARTIGO

5º DO DECRETO 7.423 DE 31/12/2010.

OS NÚMEROS E INDICADORES EM SUA MAIOR PARTE FORAM COMPARADOS USANDO COMO

PARÂMETROS OS DADOS DO ANO DE 2011, ASSIM PODENDO SER AVALIADA A PARTICIPAÇÃO DIRETA E

INDIRETA DA FAEPU NA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DA UNIVERSIDADE, ASSIM COMO NO APOIO NO

SEU DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL.

RESULTADOS OBTIDOS NAS DIVERSAS ATIVIDADES DA FAEPU

PROJETO CAPINÓPOLIS

AUMENTO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PRESTADOS AO PELO SUS - SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE,

POSSIBILITANDO AO PROCESSO DE APRENDIZAGEM UMA MAIOR EXPERIMENTAÇÃO DOS PROCESSOS E

TÉCNICAS DE TRABALHO.

Resultado da parceria

UFU/FAEPU

no período média mês no período média mêsAumento no nº de

atendimento no período

Internações 119 20 200 33 68%

Ambulatório SUS 2978 496 3762 627 26%

Pronto Socorro 14371 2395 17866 2978 24%

Resultado da parceria

UFU/FAEPU

total do ano média mêsno período de

janeiro à julhomédia mês

Aumento no nº de

atendimento no período

Cirurgias Sus 132 11 295 49 347%

Partos 113 9 78 13 38%

Anestesia 164 14 168 28 105%

Treinamentos 1 0,08 4 0,67 700%

Procedimentos realizados no

Hospital Municipal de Capinópolis

2011 2012

COMPARATIVOS DE PRODUÇÃO -

(período de janeiro à julho dos anos de 2011 e 2012)

COMPARATIVOS DE PRODUÇÃO -

(média mensal dos anos de 2011 e 2012)

20122011Procedimentos realizados no

Hospital Municipal de Capinópolis

Page 20: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

20

AMPLIAÇÃO DE RECURSOS DO PROJETO PARA A IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO CAMPO DE

ESTÁGIO PARA A RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL.

CAMPO DE ESTÁGIO

AUMENTO NOS VALORES APLICADOS E NO NÚMERO DE ESTAGIÁRIOS CONTRATADOS PELA FAEPU.

ATENDIMENTOS DE SAÚDE

CONFORME DADOS APRESENTADOS NO ANEXO V - DADOS DOS ATENDIMENTOS

Page 21: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

21

PROGRAMA MASI

DESEMBOLSO FINANCEIRO DOS RECURSOS

Page 22: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

22

1.6 SEGUROS

A FUNDAÇÃO POSSUI APÓLICE DE SEGURO CONTRATADA EM BASES SUFICIENTES PARA COBERTURA DOS ATIVOS EXISTENTES NA FILIAL LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE CAPINÓPOLIS – MG E PARA IMÓVEIS DA ADMINISTRAÇÃO LOCALIZADA EM UBERLÂNDIA-MG.A ADMINISTRAÇÃO ESTÁ ENCAMINHANDO COLETA DE PREÇOS PARA A CONTRATAÇÃO DE APÓLICES PARA A COBERTURA DOS ESTOQUES E IMÓVEIS DO HOSPITAL DE CLINICAS REFERENTE À UNIDADE MATRIZ EM UBERLÂNDIA – MG.

MATRIZ

Montante

Riscos Máximo de

Modalidade Cobertos Cobertura

Incêndio, Raio e Explosão QN 800.000

Tumultos/Greve/Lock-out 21.300

R. C. - Operações 21.300

Roubo ou Furto de Bens 15.975

Vendaval/Fumaça 15.975

EMPRESARIAL Danos Elétricos 16.000

Despesas Fixas Perduráveis 6.930

Quebra de Vidros 4.000

Anúncios Luminosos 4.000

Perda de Aluguel 3.195

908.675

FILIAL Montante

Riscos Máximo de

Modalidade Cobertos Cobertura

Incêndio, Raio e Explosão QN 1.800.000

Perda / Pagto Aluguel 180.000

EMPRESARIAL Danos Eletricos 180.000

Vendaval, Ciclone e Tornado 200.000

Resp. Civil Operações 180.000

2.540.000

1.7 REGULARIDADE FISCAL E RECREDENCIAMENTOS

MPE - MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, ATRAVÉS DO ATESTADO QUE CERTIFICAM COMO CORRETOS

OS RELATÓRIOS PERTINENTES ÀS PRESTAÇÕES DE CONTAS DO EXERCÍCIO DE 2010, EMITIDO EM

10/02/2012 (ANEXO VIII).

MEC – MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ATRAVÉS DA PORTARIA

NO. 30 DE 28 DE OUTUBRO DE 2011, CREDENCIANDO PELO PERÍODO DE 02(DOIS)ANOS, COMO

FUNDAÇÃO DE APOIO À UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA, A CONTAR À PARTIR DO DIA

26/08/2011.

Page 23: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

23

CNAS – CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 23 DE

JANEIRO DE 2009, ATRAVÉS DO PROCESSO Nº 71010.000218/2007-78, RENOVOU O CERTIFICADO DE

FILANTROPIA PELO PERÍODO DE 14/02/2007 A 13/02/2010.

CEBAS – CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NA ÁREA DE SAÚDE, O

CERTIFICADO ESTÁ REGULAMENTADO PELA LEI Nº 12.101 DE 27/11/2009, DECRETO Nº 7.237 DE

20/07/2010 E PORTARIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE Nº 3.355 DE 04/11/2010. A FAEPU POSSUI

CERTIFICADO DE ENTIDADE FILANTRÓPICA E VEM MANTENDO SEU CREDENCIAMENTO CONFORME

DEMONSTRADO A SEGUIR:

Período de Vigência Resolução do CNAS 29/11/1994 a 30/11/1997 Sessão realizada em 29/11/1994 01/12/1997 a 30/11/2000 Resolução nº 112 de 21/07/1998 01/12/2000 a 30/11/2003 Resolução nº 054 de 14/05/2002 01/12/2003 a 30/11/2006 Resolução nº 196 de 22/11/2007 14/02/2007 a 13/02/2010 Resolução nº 003 de 23/01/2009 14/02/2010 a 13/02/2013 Protocolado tempestivamente / processo em análise. 14/02/2013 a 13/02/2016 Protocolado tempestivamente / Processo em análise.

1.8 AGRADECIMENTOS

AGRADECEMOS A TODA A COMUNIDADE FUNDACIONAL E UNIVERSITÁRIA, PELOS ESFORÇOS

DEDICADOS NO CUMPRIMENTO DE SUA MISSÃO E NA MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES INSTITUCIONAIS

DE ASSISTÊNCIA A SAÚDE E DE EXECUÇÃO DOS SEUS PROJETOS DE APOIO A UNIVERSIDADE FEDERAL DE

UBERLÂNDIA.

UBERLÂNDIA, 10 DE JUNHO DE 2013.

PROF. ELMIRO SANTOS RESENDE PROF. EDUARDO NUNES GUIMARÃES

PRESIDENTE DA FAEPU VICE-PRESIDENTE DA FAEPU

PROF. ALAIR BENEDITO DE ALMEIDA SR. RENATO GONÇALVES DARIN

DIRETOR EXECUTIVO DA FAEPU GERENTE GERAL DA FAEPU

Page 24: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

24

1.9 ANEXO I – DEMONSTRAÇÕES PATRIMONIAIS

Page 25: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

25

Page 26: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

26

Page 27: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

27

Page 28: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

28

Page 29: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

29

Page 30: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

30

Page 31: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

31

1.10 ANEXO II – NOTAS EXPLICATIVAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Page 32: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

32

Page 33: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

33

Page 34: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

34

Page 35: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

35

Page 36: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

36

Page 37: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

37

Page 38: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

38

Page 39: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

39

Page 40: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

40

Page 41: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

41

Page 42: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

42

Page 43: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

43

Page 44: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

44

Page 45: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

45

Page 46: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

46

Page 47: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

47

Page 48: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

48

Page 49: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

49

1.11 ANEXO III – INVENTÁRIO E AVALIAÇÃO DE MATERIAIS/PATRIMÔNIO

Page 50: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

50

Page 51: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

51

Page 52: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

52

Page 53: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

53

Page 54: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

54

Page 55: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

55

Page 56: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

56

Page 57: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

57

Page 58: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

58

Page 59: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

59

Page 60: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

60

Page 61: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

61

1.12 ANEXO IV – RELATÓ RIO DO CONSELHO FISCAL – APROVADO EM 06/06/2012

Page 62: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

62

Page 63: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

63

Page 64: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

64

Page 65: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

65

Page 66: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

66

Page 67: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

67

Page 68: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

68

Page 69: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

69

Page 70: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

70

Page 71: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

71

Page 72: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

72

1.13 ANEXO IV – PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES

Page 73: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

73

Page 74: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

74

Page 75: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

75

1.14 ANEXO V – DADOS DOS ATENDIMENTOS

Page 76: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

76

Page 77: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

77

Page 78: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

78

Page 79: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

79

Page 80: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

80

Page 81: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

81

Page 82: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

82

Page 83: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

83

Page 84: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

84

Page 85: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

85

Page 86: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

86

Page 87: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

87

Page 88: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

88

Page 89: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

89

1.15 ANEXO VI – RELATÓ RIO DE PROJETOS

APOIO ÀS ATIVIDADES DE PESQUISA E PROJETOS – REFERÊNCIA 2012

Page 90: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

90

Page 91: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

91

1.16 ANEXO VII – REGULARIDADE FISCAL E RECREDENCIAMENTO

Page 92: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

92

Page 93: RELATÓRIO DE GESTÃO, DE ATIVIDADES E BALANÇO … · 1.3.9 movimentaÇÃo de materiais no hospital _____ 10 1.3.10 distribuiÇÃo de materiais no hospital 2009/2011: em reais_____

FAEPU – FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA

93

2 ADMINISTRAÇÃO FAEPU

CONSELHO DE CURADORES – 2013

Membros Função Indicação

Prof. Elmiro Santos Resende Presidente CONSUN - UFU Prof. Eduardo Nunes Guimarães Vice-Presidente CONSUN - UFU

Prof. Alair Benedito de Almeida Diretor Executivo PRESIDÊNCIA Prof. Antonino Martins da Silva Júnior Membro ASSEMBLEIA GERAL

Prof. Ataulfo Marques Martins da Costa Membro ASSEMBLEIA GERAL Prof. Ben Hur Braga Taliberti Membro CONSUN – FAMED/UFU

Srª Divina Helena Costa Membro Representante dos empregados/FAEPU

Dr. Fernando de Moraes Membro ACIUB - Entidade Empresarial Prof. Jamil Salem Barbar Membro CONSUN - UFU

Prof. João Batista do Amaral Membro CONSUN - UFU Prof. José Antônio Galo Membro CONSUN - UFU

Prof. Miguel Tanus Jorge Membro CONSUN – HCU/UFU Prof. Márcio Teixeira Membro CONSUN – HO/UFU

Prof. Reny Simão Membro ASSEMBLEIA GERAL

Prof. José Francisco Ribeiro Membro CONSUN – PROPLAD/UFU

CONSELHO FISCAL – 2013

Membros Função Indicação

Profª Marly Vieira Silva Melazo Presidente ASSEMBLEIA GERAL Prof. Luiz Caetano de Salles Vice-Presidente CONDIR - UFU

Prof. Ernando Antônio dos Reis Membro CONDIR - UFU Profª Maria Inês Vasconcelos Felice Membro CONDIR - UFU

Profº José de Paulo Carvalho Membro ASSEMBLEIA GERAL Prof. Reinaldo Campos Andraus Membro ASSEMBLEIA GERAL

ADMINISTRAÇÃO/PREPOSTO

Membros Função Sr. Renato Gonçalves Darin Gerente Geral - Executivo