Programar Biometria Nitgen

download Programar Biometria Nitgen

of 41

  • date post

    18-May-2015
  • Category

    Technology

  • view

    8.214
  • download

    2

Embed Size (px)

description

Guia de Programação Biometria - Protudos Nitgen

Transcript of Programar Biometria Nitgen

  • 1. Guia de desenvolvimento biomtrico
    Guia de desenvolvimento Biomtrico
    Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com

2. 1. Como garantir a qualidade da impresso digital?
1.1 Caractersticas biomtricas(diferem de pessoa para pessoa)
1.2 Alterar os respectivosparmetros de qualidade em funo das necessidades
1.3 Registar em Base de Dados o respectivo valor calculadopelo SDK(Proteco do integrador/Fornecedor)
1.4 Funes Biomtricas(APIs)
1.5 Factores ambientais
1.6 Posicionamento correcto do dedo sobre o leitor
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
3. 1.1 Caractersticas Biomtricas
H que ter em conta que cada impresso digital tem as suas caractersticas e por tal necessrio fazer uma pr-seleco, e apurar se possvel identificar uma determinada pessoa recorrendo biometria.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Impresso com boa qualidade
Impresso danificada
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
4. 1.2 Parmetros de qualidade
Aps seleccionarmos os indivduos passveis de ser identificados recorrendo biometria, h que analisar se necessrio alterar os parmetros de aquisio.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
5. 1.2 Parmetros de qualidade

  • Brilho - Para imagens secas (dedos secos) gera uma imagem habitualmente clara e recomendado baixar o brilho a um valor como 30, contrariamente para imagens hmidas (dedos sobre-hidratados ou suados) gera uma imagem escura e recomendado subir o brilho para equalizar a imagem a um nvel como 60.

Guia de desenvolvimento biomtrico
Dedo hmido
Dedo muito seco
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
6. 1.2 Parmetros de qualidade

  • Contraste - Intervm no pr-processamento da imagem, conveniente jogar com este parmetro, para dedos secos ou hmidos pode melhorar a relao FRR (ndice de falsos rejeitados) no entanto complexo recomendar um valor distinto ao valor por defeito.

7. Ganho - Intervm no pr-processamento da imagem, uma alterao neste valor pode ocasionar resultados drsticos, s se recomenda se se observar uma melhoria notvel para todos os casos possveis.Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
8. 1.2 Parmetros de qualidade
Outros parmetros podero ser especificados para garantir o sucesso da identificao/verificao:

  • Nvel de segurana um parmetro que nos permiti definir a quantidade de pontos de Matching (pontos a azul na imagem abaixo) da impresso digital; ao aumentar este nvel estamos a aumentar o nvel da exigncia de identificao entre a impresso digital adquirida no momento e aquela que est na base de dados. [0..9]

Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
9. 1.2 Parmetros de qualidade
Guia de desenvolvimento biomtrico
De acordo com o manual do SDK este parmetro tem uma forte dependncia com os factores de erro (pg. 37)
Valor aconselhado = 5 (normal)
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
10. 1.2 Parmetros de qualidade

  • Enroll Image Quality -este parmetro est compreendido entre [0..100] e dever ser usado SEMPRE para a aquisio da impresso digital. O capture dever ser usado apenas posteriori para a identificao/verificao. Ao usar este mtodo vamos ficar com a impresso digital numa varivel que depois ser reencaminhada para um tratamento de Matching ou verify.

Guia de desenvolvimento biomtrico

  • Verify Imagequalityeste parmetro est compreendido entre [0..100] e como o prprio mtodo indica funciona como um teste qualidade de verificao/identificao que o algoritmo faz. O ideal localizar este parmetro nos 50

Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
11. 1.3 Evento QualityInfo
Sugerimos a utilizao deste evento como regra para adicionar uma impresso digital base de dados, caso este valor seja menor do que trs no se deve considerar o armazenamento da impresso digital capturada.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Se q >= 3 Ento guardo na Base de Dados
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
12. 1.4 Funes Biomtricas(APIS)
O NBioBSP SDK baseado na especificao da NBioAPI projectado pela NITGEN Co., LTD., e provm de uma avanada tecnologia de autenticao de impresses digitais. O NBioAPI composto por dois tipos de APIs biomtricas, chamadas de API primitiva e API de alto nvel.
Guia de desenvolvimento biomtrico
NBioAPI
Baixo nvel
Caputurar = Capture
Aquisio = Enroll
Verificao = VerifyMatchCliente-servidor
Alto Nvel
Aquisio = Enroll
Verificao = Verify
Stand-alone
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
13. 1.4 Funes Biomtricas (APIS)
Fluxograma Identificao (1:N)
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
14. 1.4 Funes Biomtricas(APIS)
Fluxograma Identificao (1:N)
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
15. 1.4 Funes Biomtricas(APIS)
Fluxograma Identificao (1:1)
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
16. 1.4 Funes Biomtricas(APIS)
Fluxograma Identificao (1:1)
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
17. 1.5 Factores ambientais
Os sensores biomtricos Nitgen funcionam segundo as leis da reflexo, o que significa que fortes fontes de luz direccionadas sobre o sensor podero implicar uma m aquisio da impresso digital. Para alm disso dispositivos como o Hamster II dispem de sensores infra-vermelhos que facilmente podero ser enganados com fortes fontes de radiao.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
18. 1.6 Posio do dedo no acto da aquisio
Outro importante factor na aquisio a interaco do utilizador final com o leitor, a colocao do dedo de uma forma errada poder originar a uma fraca impresso digital.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
19. 2. Desenvolvimento de um projecto Biomtrico
2.1 Conceitos importantes(on-line e off-line)
2.2 Captura da impresso digital
2.3 Tratamento dos dados da impresso digital
2.4 Verificao/Identificao do utilizador
2.4.1 Verificao 1:1
2.4.2 Identificao 1:N
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
20. 2.1 Conceitos importantes
Antes de avanar no projecto h que compreender as suas necessidades, e mediante esta deciso ajustar o tipo de software e hardware.
Entram ento para o nosso vocabulrios dois novos conceitos:
Terminal On-line - existe comunicao constante com o host, onde est a ser executada uma aplicao que geralmente controla em tempo real todas as operaes.
Terminal Off-line -no existe qualquer tipo de aplicao a controlar o terminal e nesta situao, o dispositivo possui inteligncia suficiente para gerir a informao que o utilizador lhe faz chegar.
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
21. Save DB to File
eNSearch
Ficheiro
eNSearch SDK
eNBSP SDK
Load DB From File
Aplicao do cliente
Base de Dados Cliente
OCXs/DLLs
2.1 Conceitos importantes
Guia de desenvolvimento biomtrico
Projecto On-line todos eventos so controlados em tempo real pela aplicao
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
22. 2.1 Conceitos importantes
Rede
Aplicao do Cliente
Guia de desenvolvimento biomtrico
Projecto Off-line no h comunicao permanente entre o terminal e a aplicao do cliente
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
23. 2.1 Conceitos importantes
Inicio
Capturar FPSHamster
Nsearch(memria voltil)
Capturar FPSBiomax2
objExtraction.Enroll( Null)
objNSearch.addFP
outputUART(FIM16)
Guia de desenvolvimento biomtrico
Converso
Identificao/Verificao
objFPData.Import
objNSearch.IdentifyUser
Fim
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
24. 2.2 Captura da impresso Digital
Sistema On-line
Sistema Off-line
Sistema On-line
Sistema On-line

  • Possibilidade de adicionar FP directamente no terminal

25. As FP so guardadas no mdulo biomtrico 26. Inconveniente de no termos a informao centralizada num servidor 27. Existe a possibilidade da perca de informao. 28. No h informao visual sobre a FP quando adquirida directamente no mdulo biomtrico(FIM)Inicio da Captura

  • Pressionar uma tecla

29. Barreira pticaInstrues para iniciar captura

  • FIM16 (FormatoHV)

30. FIM16HD(Formato HD)Resposta do terminal-Aplicao

  • Tramas Ascii - Hexa

31. 1Byte =2Bytes (ex: 0xC4 gerado = 0x43-0x34 que corresponde ao C e 4 ASciiGuia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
32. 2.2 Captura da impresso Digital
Sistema On-line( Terminal )
Sistema On-line
Guia de desenvolvimento biomtrico
Kimaldi Lusa, Lda - Paulo Azevedo - pazevedo@kimaldi.com
33. 2.2 Captura da impresso Digital
Sistema On-line( Hamster )
Sistema On-line
Guia de desen