Pensar o Direito em Fernando Pessoa -...

of 16/16
Pensar o Direito em Fernando Pessoa Reflexões a partir de alguns fragmentos da obra pessoana
  • date post

    02-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Pensar o Direito em Fernando Pessoa -...

  • Pensar o Direito em Fernando Pessoa

    Reflexes a partir de alguns fragmentos da obra pessoana

  • Quem s o Direito estuda, no sabe Direito.

    Holbach

    (LInterprtation de la Loi sur ls Socits, 1906)Referido por Carlos Maxiliano. Hermenutica e Aplicao do Direito. 10a. ed.

    Rio de Janeiro : Forense, 1988. p. 197.

  • Toda fico contm sempre uma promessa de sentido

    Jos Calvo GonzlezEL ESCUDO DE PERSEO

    La cultura literaria del derechoEditorial Comares, 2012.

  • Medusa- pintura de Caravaggio(1597. Galleria degli Uffizi, Florena, Itlia)

  • A SUBLIME TRINDADE LITERRIA LUSITANA

    Cames

    Pessoa

    Saramago

  • Lus Vaz de Cames: o legado perptuoda lngua portuguesa

    E, se mais mundo houvera, l chegara(ltimo verso da 14 estncia do Canto VII)

    Os Lusadas representa um tesouro nico para nossa lngua porque, nesse Poema pico, Cames utilizou todas as variantes do portugus, no s em relao ao verbos, advrbios e adjetivos, mas no uso das figuras de linguagem, esgotando todas as possibilidades de construes semnticas prprias da nossa lngua, ou seja, ele condensou em seu texto uma espcie de gramtica perptua do portugus. Na hipottica situao de um extermnio de registros e obras produzidas na lngua portuguesa, Os Lusadas, por si s, seria suficiente como preservao de tudo que foi construdo por nossos pais da lngua. O livro seria uma espcie de manual para se reconstruir novamente a linguagem escrita de nossa ltima flor do Lcio.

  • Os Lusadas para Crianas - Era uma Vez um Rei que Teve um Sonho

    Leonoreta Leito - Martins Editora

  • Fernando Pessoa: a consolidao do portugus como lngua potica e da

    expresso da alma

    Eu no sei o que sou.No sei se sou o sonhoQue algum do outro mundo esteja tendo...Creio talvez que estouSendo um perfil casual de rei tristonhoDuma histria que um deus est relendo...

    (Fernando Pessoa. 19/10/1913. Poesia, 1902-1917. So Paulo : Companhia das Letras, 2006)

  • Jos Saramago: a reinveno da literatura e o prazer da interatividade

    Para respirar Saramago - Mantovanni Colares(publicado no site Amigos do Livro)

    Alguns meses depois, estimulado por minha verdadeira paixo devotada a Fernando Pessoa, aventurei-me a folhear "O Ano daMorte de Ricardo Reis", porque ali o protagonista era justamente um dos heternomos do poeta da alma. O incio foi sofrvel, atormentava-me a sequncia uniforme do texto, at que parei para respirar. Respirei fundo, e s a entendi a chave do gnio Saramago: seu estilo provocante , na verdade, um inteligente mtodo de autodomnio lingustico. O leitor no se pode deixar preso na armadilha estrutural do texto. Cada leitor h de fazer sua pontuao, sua pausa. A liberdade do ritmo nossa. Saramago nos presenteou com a possibilidade de sermos coautores de sua obra.

    http://www.amigosdolivro.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=7597

  • Texto de Fernando Pessoa em prosa, a respeito do Direito

    Nenhuma lei benfica se ataca qualquer classe social, ou restringe a sua liberdade.

    (As Algemas 1926. Obra essencial de Fernando Pessoa prosa publicada em vida. Edio Richard Zenith. Lisboa : Assrio & Alvim, 2006. p. 439)

  • Alguns fragmentos de Pessoa e o olhar no Direito

    Ontem o pregador de verdades dele...

  • Alguns fragmentos de Pessoa e o olhar no Direito

    O Monstrengo (do livro Mensagem)

  • Alguns fragmentos de Pessoa e o olhar no Direito

    As viagens, os viajantes tantas espcies dele!

  • Alguns fragmentos de Pessoa e o olhar no Direito

    Passa uma borboleta por diante de mim

  • Vem, noite antiqussima e idntica,

  • Sinto-me nascido a cada momentoPara a eterna novidade do mundo...

    Fernando Pessoa Poesia completa de Alberto Caeiro.

    So Paulo : Companhia das Letras, 2005. p. 19.

    [email protected]

    Slide 1Slide 2Toda fico contm sempre uma promessa de sentidoSlide 4A SUBLIME TRINDADE LITERRIA LUSITANALus Vaz de Cames: o legado perptuo da lngua portuguesaSlide 7Slide 8Slide 9Texto de Fernando Pessoa em prosa, a respeito do DireitoAlguns fragmentos de Pessoa e o olhar no DireitoAlguns fragmentos de Pessoa e o olhar no DireitoAlguns fragmentos de Pessoa e o olhar no DireitoAlguns fragmentos de Pessoa e o olhar no DireitoSlide 15Slide 16