OJORNAL 27/08/2011

download OJORNAL 27/08/2011

of 20

  • date post

    08-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    282
  • download

    0

Embed Size (px)

description

OJORNAL 27/08/2011

Transcript of OJORNAL 27/08/2011

  • CMYK

    Carlos Alberto Jr.

    Pgina A3

    Combate aftosa:AL receber R$ 7 mi

    O presidente da C-mara Municipal de Ma-cei, Galba Novaes(PRB), decidiu ontemque vai anular a vota-o secreta sobre o au-mento do nmero devereadores de Maceipara a prxima eleio.Ele vai seguir parecerda Procuradoria Geralda Casa, que apontapossvel contestao ju-dicial contra modelode adotado e resul-tado do processo.

    Votao sobreacrscimo devereadoresser anulada

    Macei celebra hoje odia de sua padroeira

    A comunidade catli-ca celebra hoje o dia deNossa Senhora dos Pra-zeres, padroeira de Ma-cei. AArquidiocese or-ganizou uma programa-o que vai das 6h s18h, com missas, caf damanh e procisso. Ace-

    lebrao ser encerradacom uma missa em lou-vor santa. No feriadoreligioso, as lojas do Cen-tro no abriro. As gran-des redes de supermer-cados e os shoppingsfuncionaro em horrionormal. Pgina A11

    ARAPIRACA - A Polcia Civil estourou, ontem, um gal-po em Arapiraca, onde eram guardadas cerca de 20 tonela-

    das em mercadorias tomadas em assaltos a caminhes nasrodovias alagoanas. Pgina A12

    ACIDENTE - O choque do veculo Ford Fiesta, de placaNMH-2738/AL, contra um poste da Eletrobras, na Durval de

    Ges Monteiro, deixou trs bairros sem energia. A conduto-ra do veculo contou que cochilou ao volante. Pgina A11

    CCAASSOO GGIIOOVVAANNNNAA

    MP quer transio em So Miguel

    LLJORNAO JORNAO

    Exem

    plar

    de a

    ssin

    ante

    ALAGOAS RR$$ 11,,5500

    Novo Fiat 500ter preomais atraenteno Brasil

    Novos policiais

    Pgina A3

    O juiz Joo Dirceu, da8 Vara, decretou ontema priso preventiva deMirella Granconato, acu-

    sada de autoria intelec-tual do crime em que foivtima a jovem Giovan-na Tenrio. Toni Bandei-

    ra deve sair hoje do pre-sdio, assim como o ca-minhoneiro Luiz Alber-to. Toni ser monitora-

    do 24 horas por dia atra-vs de tornozeleiras ele-trnicas. Eles no podemsair do Estado, devem se

    recolher at 22h, apre-sentar-se ao juiz a cada15 dias e no podem seaproximar de testemu-

    nhas do caso. O advoga-do Raimundo Palmeiravai pedir habeas corpuspara Mirella. Pgina A11

    Juiz decreta priso preventiva de suspeita de mandante do crime; Toni e caminhoneiro sero soltos hoje

    Macei, sbado, 27 de agosto de 2011 | Ano XVII | N 288 | wwwwww..oojjoorrnnaallwweebb..ccoomm

    Pgina A4

    A corregedora Na-cional de Justia, ElianaCalmon, quer os juzesprotegidos por umatropa de elite da PM.

    Corregedoraquer juzesprotegidos portropa de elite

    ASA tentadesbancaro Vitria em Salvador

    Pgina A13

    Dmaso transferido para sede daPF no Par

    Pgina A12

    Joo Beltrotoma posse naAssembleiaLegislativa

    Pgina A2

    COCOTTAESAESDlar (compra) ................. 1.6030 Dlar (venda) .................... 1.6050 Euro (compra) .................. 2.3216Euro (venda) ..................... 2.3229 Poupana ......................... 0,7114

    02h06.........................................2.108h30.........................................0.214h36.........................................2.020h41.........................................0.3

    MARSMARS

    Mirella vai continuar no presdio

    Nas atividades houve exposio de mquinas de braile e do alfabeto de Libras

    Para evitar eventuaistenses, o MinistrioPblico quer iniciar o pro-

    cesso de transio na Pre-feitura de So Miguel dosCampos. Uma reunio

    discutiu ontem o assunto.Rosiane Santos foi cassa-da pelo TSE e vai passar

    o cargo para George Cle-mente, segundo colocadoem 2008. Pgina A3

    Pgina A11

    O dia da incluso depessoas portadoras denecessidades especiaisfoi marcado ontem poratividades no Centro.Uma delas foi a con-versa na linguagemdos sinais.

    Atividadesespeciais marcam diada incluso

    Thiago Sampaio

    Yvette Moura

  • AA22

    CMYK

    JORNALO JORNALO

    Sbado, 27 de agosto de 2011 || wwwwww..oojjoorrnnaallwweebb..ccoomm || e-mail: politica@ojornal-al.com.br

    PolticaCMARA DE MACEI

    Opositoras ao aumento de 21 para 31 vagas na Casa protocolaram documento

    Gilson MonteiroReprter

    A dvida que paira sobre avotao secreta da ltima tera-feira do projeto de Emenda LeiOrgnica que altera de 21 para31 o nmero de vereadores naCmara Municipal de Macei sdever ser desfeita na prximasemana. Apenas trs vereadorasassinaram o requerimento pro-tocolado na ltima quinta-feira(25): Tereza Nelma (PSB), Sil-vnia Barbosa (PTdoB) e Helo-sa Helena (PSOL).

    O documento protocolado,mostrado a O JORNAL pela ve-readora Tereza Nelma, constamas rubricas das trs vereadoras,e espaos em branco para a as-sinatura de outros trs membros:Joo Luiz (DEM), Oscar de Melo(PP) e Ftima Santiago (PP).

    Como nem todos os verea-

    dores compareceram na Casa nodia da entrega do documento, aexpectativa que outros mem-bros possam assinar a petio naprxima semana, o que poderdirimir as dvidas sobre os ve-readores cujos discursos foramdiferentes do posicionamentonas urnas.

    A polmica da votao co-meou depois que oito vereado-res se declararam contrrios aoaumento das vagas, mas na urnas apareceram seis votos contra.O resultado foi um placar de 14a seis, na votao em primeiroturno.

    Por telefone, o vereador JooLuiz (DEM), garantiu a O JOR-NALque assinar o requerimen-to. S no o fiz porque no es-tive na Cmara na quinta-feira.Votei contra e claro que assina-rei, disse.

    Avereadora Ftima Santiago,

    que se queixa de questionamen-tos quanto ao seu voto, garanteter votado contrrio, mas noatendeu aos telefonemas da re-portagem de O JORNAL paraconfirmar se assinar o requeri-mento. O JORNALtambm noconseguiu contato com a asses-soria de comunicao da parla-mentar. O vereador Oscar deMelo tambm no atendeu aostelefonemas da reportagem. Opresidente da Casa estava como celular desligado.

    J o primeiro secretrio e lderdo prefeito na Casa, Silvio Came-lo (PV), disse que no ir assinar,pois membro da Mesa Diretorae sua assinatura poderia ser con-siderada tendenciosa.

    A denncia de fraude feitapelas vereadoras do PSOL, PSBe PTdoB toma como base as setecdulas que esto em mos davereadora Helosa Helena e ane-

    xadas ao requerimento. a sessodo dia seguinte votao, quar-ta-feira, a vereadora HelosaHelena (PSOL) apresentou im-prensa sete cdulas com o n-mero 31, que no teriam entra-do na urna, ao invs de apenasseis como foi publicado no pla-car da votao.

    As alternativas so anular avotao ou nossa proposta seraceita. Ficou claro que houvefraude. Esperamos que a procu-radoria atente para isso, pois absurdo que um Poder Legisla-tivo faa as coisas de forma tonebuloso. A populao precisae merece saber a postura de seusrepresentantes com clareza,disse Tereza.

    Ouvida, a Procuradoria Geralda Cmara disse que ainda noexistem elementos que possamcomprovar irregularidades navotao.

    Beltro assina termo de sua posse

    NA ASSEMBLEIA

    Projeto de lei contra msicas quedenigrem mulheres apresentado

    A deputada estadual baianaLuiza Maia (PT) apresentouontem aos alagoanos seu polmi-co projeto de lei que probe opoder pblico de contratar ar-tistas cujas msicas incentivema violncia e o preconceito con-tra a mulher. Apesar do projetose restringir ao territrio baiano,a deputada tem sido convidadapara falar sobre a proposta emoutras unidades da federao,sendo Alagoas o primeiro no seuroteiro de viagem. Para mostrara adeso ao projeto, a deputadaest organizando um abaixo as-sinado, que tambm poder serassinado na pgina da parlamen-tar na internet, no endereowww.luizamaia.com.br

    Segundo a deputada, o pro-jeto de lei 19.237, que fico conhe-cido como Projeto antibaixa-ria, tem encontrado resistnciaem parte da mdia baiana. Fala-se em censura, em querer preju-dicar o pagode, que uma m-sica que vem dos guetos, dasreas mais humildes. Isso ab-surdo. Nosso projeto quer ape-nas que o poder pblico nogaste recursos com produesque denigrem a mulher. Os ges-tores trabalham atualmente empolticas pblicas pela igualda-de entre homens e mulheres,seria uma incoerncia financiaresse tipo de apresentao arts-tica, argumenta a deputada.

    No se trata mais de msi-cas de duplo sentido. O sentido nico, o de denegrir, desres-peitar, rebaixar a figura femini-na. Isso nocivo. A mulher dei-xou de ser tema de poesia, para

    virar lixo. J tem uma msicaque diz que mulher feito lata,um joga o outro cata, reclamaLuiz Maia, que ganhou a ade-so de artistas como os cantoresMargaret Menezes e Bel Mar-ques, vocalista do grupo Chicletecom Banana.

    Mas a parlamentar teme queo projeto no passe pela Comis-so de Constituio e Justia (CCJ).Dos 63 membros da AssembliaLegislativa da Bahia, 40 assina-ram o requerimento. Mas noessas assinaturas no represen-tam voto, pois essa assinatura

    concordando apenas que o pro-jeto entre em tramitao. Quem contrrio diz argumenta com oArtigo 5 da Constituio que dizque homens e mulheres so iguaisem direitos e obrigaes, nos ter-mos desta Constituio; e que livre a manifestao do pensa-mento. Mas no se trata de cen-sura ou coisa assim. Ento eu re-bato usando a Constituio doEstado da Bahia. O artigo 282, dizque o Estado garantir, perante asociedade, a imagem social damulher como me, trabalhadorae cidad em igualdade de condi-es com o homem, objetivando,diz o inciso um: impedir a veicu-lao de mensagens que atentemcontra a dignidade da mulher, re-forando a discriminao sexualou racial, diz a deputada.

    EM MACEI - A propostada deputada baiana pode aca-bar refletindo na capital alagoa-na. A vereadora Tereza Nelma,que esteve na sesso de ontem daAssembleia onde a deputadabaiana apresentou suas idias,disse que dever apresentar pro-posta semelhante na CmaraMunicipal de Macei.

    As vrias lideranas dos seg-mentos sociais que participaramda sesso conversaram comigopara que eu apresente projeto se-melhante. Vamos analisar, poi