O meu primeiro Guia da Vida | FAUNA O meu primeiro Guia de Vida Marinha 3 HABITATS Os habitats são

download O meu primeiro Guia da Vida | FAUNA O meu primeiro Guia de Vida Marinha 3 HABITATS Os habitats são

of 30

  • date post

    14-Dec-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of O meu primeiro Guia da Vida | FAUNA O meu primeiro Guia de Vida Marinha 3 HABITATS Os habitats são

O meu primeiro Guia da Vida

MarinhaQue peixe este?

o que um cnidrio?

h tubares em portugal?

responde a estas e muitas outras questessobre o que existe no fundo do (nosso) mar

J cOnheces O sebarrinha?

O meu primeiro Guia de Vida Marinha

Quando fores ao Parque Marinho no te esqueas de:

- Levar o teu primeiro guia de campo;- Levar mscara e tubo respirador;- Colocar protetor solar;- Usar chapu;- No levar nenhum animal ou planta para casa!

HABITATS

2

roaz-corvineiro

choco

anmona-noturnacaramujo

ourio-do-mar

linguado

espirgrafossebas

ascdia

bodio

robalo

safias

judia (fmea)

golfo

ourios-do-mar

safiaanmona

cistoseira

cistoseira

pradaria marinha

fundo arenoso

floresta de algas

fundo rochoso

golfo

O meu primeiro Guia de Vida MarinhaHABITATS | FAUNA

3

HABITATS Os habitats so locais onde os seres vivos crescem naturalmente. Proporcionam alimento, abrigo e condies de reproduo. A tua casa o teu habitat! No teu primeiro guia de campo podes conhecer quatro habitats muito importantes do Parque Marinho.(1) Pradarias marinhas: so formadas por plantas marinhas que crescem em fundos de areia. (2) Florestas de algas: so formadas por algas castanhas gigantes que crescem em fundos rochosos. (3) Fundos de areia: so habitats formados por areia que se modificam de acordo com osventos e com as correntes. (4) Fundos rochosos: so habitats formados por rochas.

FAUNA MARINHA A fauna marinha so todos os animais que vivem no oceano. No teu primeiro guia, podes conhecer um pouco da riqueza do Parque Marinho: mamferos marinhos, peixes, equinodermes, moluscos, crustceos e cnidrios.

As pradarias marinhas

(1) e as florestas de algas (2) so a casa de muitos animais marinhos.

Servem de esconderijo

e so timos abrigos

para os animais marinhos

deixarem os seus ovos.

So tambm um petisco

delicioso para peixes e

para aves marinhas. So

muito importantes para

o ser humano, como

tu, e para os animais e

as aves que vivem no

oceano. Muitos dos

animais que nascem

e que crescem nas

pradarias marinhas e

nas florestas de algas

servem de alimento s

pessoas, como, por

exemplo, o polvo, o

choco e o carapau.

4

(1) Mamferos marinhos: so animais vertebrados, ou seja, tm esqueleto. Alguns, so os maiores animais que conhecemos vivos, como a baleia--azul que chega aos 33 metros de comprimento. H excees, mas quase todos os mamferos marinhos so vivparos, ou seja, o beb desenvolve-se dentro do corpo da me, ligado a uma placenta. Existem vrios grupos de mamferos marinhos, como, por exemplo, os cetceos ao qual pertencem as baleias e os golfinhos. No teu primeiro guia, podes conhe-cer uma espcie de golfinho que mora no esturio do Sado.

fcil identificar um mamfero marinho porque: - sobe superfcie para respirar porque respira por pulmes;- possui grossas camadas de gordu-ra que servem para isolar o seu corpo e prevenir a perda de calor;- OS FILHOTES tambm bebem LEITE, EMBORA AS MAMINHAS ESTEJAM ESCONDIDAS.

(2) Peixes: so animais vertebrados, ou seja, tm esqueleto. Tm barbatanas e o corpo coberto por escamas. Reproduzem-se atravs de ovos. Respiram debaixo de gua, mas no tm pulmes. Tm brnquias. Existem peixes sseos e peixes cartilagneos. Vamos conhecer alguns!

- Peixes sseos: o seu esqueleto composto por ossos e o seu corpo oval. So ovparos, ou seja, os ovos so libertados para a gua, onde se desenvolvem. Existem muitos peixes sseos e tu vais conhecer alguns. Este grupo muito importante para a tua alimentao e para a economia do nosso pas.- Peixes cartilagneos: o seu esqueleto no tem ossos, mas composto por cartilagem resistente e flexvel, como ns temos no nariz e orelhas. A sua

FAUNA

5

pele rija e parece que no tem escamas, mas tem. Os peixes cartilagneos so ovovivparos, ou seja, os ovos desenvolvem-se dentro do corpo do peixe. Este o grupo dos tubares e das raias. Alguns deles so temidos pelo ser humano, mas so muito importantes para o equilbrio da cadeia trfica dos oceanos.

(3) Equinodermes: so animais invertebrados muito comuns no oceano. Podem viver junto costa e em guas mais profundas. No tm cabea e o seu corpo coberto por espinhos. Alguns tm o corpo dividido em cinco partes iguais, como a estrela-do--mar, e outros so arredondados, como o ourio--do-mar. Os equinodermes respiram, alimentam-se e deslocam-se atravs de uns tubos que se enchem de gua e que parecem pequenos ps, chamados ps ambulacrrios. So espcies ovparas, ou seja, os ovos so libertados para a gua onde se desenvolvem.

(4) Moluscos: so animais invertebrados, ou seja, no tm esqueleto. O corpo mole e viscoso. Alguns possuem uma concha exterior, que protege o seu corpo, como a amijoa; outros possuem uma concha interior, como a lula; e outros no possuem concha, como o polvo. No tm barbatanas, mas uns tm tentculos, como o choco, ou braos, como o polvo, ou ps, como os bzios. Existem moluscos que no se deslocam, vivem fixos s rochas, como os mexilhes. Respiram como os peixes atravs das brnquias e reproduzem-se atravs de ovos. So muito importantes para a tua alimentao, para a economia do nosso pas e para a medicina. No teu primeiro guia vais conhecer alguns cefalpodes e alguns bivalves.

O meu primeiro Guia de Vida Marinha

FAUNA

6

- Cefalpodes: so os maiores e mais rpidos invertebrados que se conhecem. Para perceberes melhor este nome esquisito, podemos dividir a palavra: cefalo significa cabea e podos significa ps. Logo, os cefalpodes tm a cabea ligada aos ps. Para se movimentarem utilizam um jato de gua que os propulsiona. Podem ter concha ou no. So espcies ovparas, colocando os ovos em locais protegidos onde se desenvolvem. Estas espcies s se reproduzem uma vez na vida.- Bivalves: so animais que vivem dentro de uma concha que os protege. A concha formada por duas valvas, da o nome bivalve. Os ps so em forma de machado, permitindo que se enterrem na areia. Respiram atravs das brnquias e so espcies ovparas, ou seja, os ovos so libertados para a gua, onde se desenvolvem.

(5) Crustceos: so animais invertebrados, ou seja, no tm esqueleto. Podes encontr-los beira mar, mas estes tambm podem viver em zonas profundas do oceano. Os crustceos tm uma carapaa muito dura que lhes protege o corpo. Uns tm muitas pernas que lhes permitem andar no fundo do mar, como o caranguejo. Mas outros no tm e vivem fixos s rochas, como as cracas. Tm as brnquias, por onde respiram, e reproduzem-se atravs de ovos. Fazem parte da alimentao de outros animais marinhos e do ser humano, e so muito importantes para a economia do nosso pas.

(6) Cnidrios: so animais invertebrados muito bonitos. So animais que vivem agarrados s rochas, como as anmonas e os corais, ou animais que nadam, como as medusas. O seu corpo parece

O meu primeiro Guia de Vida MarinhaFAUNA | FLORA

7

um chapu de chuva, rodeado por um ou por vrios crculos de tentculos. No deves tocar-lhes porque so animais urticantes, isto , provocam alergia e comicho. Os cnidrios reproduzem-se atravs de ovos, no entanto, no precisa de um macho e de uma fmea para dar origem a outro porque, por exemplo, a partir de uma anmona-do-mar forma-se outra anmona-do-mar.

FLORA MARINHAA flora marinha so as plantas e as algas que vivem no oceano. No teu primeiro guia podes conhecer algumas plantas e algas marinhas.

(1) Plantas marinhas: so seres vivos aquticos que evoluram das plantas terrestres. Tm razes para se fixarem ao fundo, rizomas ou caules para a planta crescer, e folhas para a planta respirar e alimentar-se. Tm a capacidade de produzir flores, frutos e sementes.

(2) Algas marinhas: as algas so seres vivos aquticos mais simples do que as plantas marinhas. No tm razes, caules nem folhas. No produzem flores nem frutos. Umas fixam-se s rochas, outras flutuam na gua e outras so duras, como as rochas.

MAMFEROS MARINHOS

8

Chamam-lhe roaz--corvineiro devido ao seu hbito de roer as redes dos pescadores, com o propsito de lhes roubar as corvinas, o seu peixe preferido.

Nome comum: roaz-corvineiro

Nome cientfico: Tursiopus truncatus

Biologia e Ecologia: o roaz-corvineiro uma espcie de golfinho. Os golfinhos no so peixes, so mamferos. Podem viver no grande oceano e junto costa: baas, lagoas, rios e esturios, como o esturio do Sado. Os golfinhos so animais muito brincalhes, por isso vivem em grupos de mais de vinte golfinhos. Gostam de dar saltos e cambalhotas fora de gua. So animais muito comiles, ingerindo por dia cerca de vinte quilos de alimento. A sua alimentao muito variada: tainhas, robalos e sardinhas, lulas e chocos. Descrio: o corpo longo e robusto e a pele lisa e suave. O dorso cinzento escuro e a barriga branca. A barbatana dorsal triangular, parecida com a dos tubares. A testa arredondada e o bico saliente. Os golfinhos no tm nariz, mas respiram atravs de um buraco localizado na parte superior da cabea, que se chama espirculo.

espirculobarbatana dorsal

bico

O meu primeiro Guia de Vida MarinhaPEIXES SSEOS

9

Este sou eu! Na minha espcie, os machos que tm os bebs. A fmea deposita os ovos numa bolsa que o macho tem no ventre e, depois de cinco semanas, nascem novos cavalos-marinhos.

Nome comum: cavalo-marinho

Nome cientfico: Hippocampus gutullatus

Biologia e Ecologia: o cavalo-marinho vive em fundos de rocha e de areia, com muitas algas e plantas marinhas. muito preguioso: prende--se s plantas marinhas com a sua longa cauda e c