Noticirio 17 06 2016

download Noticirio 17 06 2016

of 8

  • date post

    02-Aug-2016
  • Category

    Documents

  • view

    223
  • download

    6

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Noticirio 17 06 2016

  • O DEBATEDIRIO DE MACA

    Licena prvia do Tepor soma 'grandes novidades' para Maca

    Imbetiba recebe hoje Festival de Food Truck

    Aps dois anos de espera, projeto Tepor ganha viabilidade atravs de deciso do Inea. Autorizao eleva otimismo da cadeia do petrleo reforada diante da confirmao da Petrobras de permanecer na cidade PG. 3

    www.odebateon.com.br

    Maca (RJ), sexta-feira17 de junho de 2016Ano XLI, N 9047Fundador/Diretor: Oscar Pires

    DIVULGAO PM WANDERLEY GIL

    KAN MANHES

    Estrutura do evento foi montada ontem

    facebook/odebate

    twiter/odebate

    issuu/odebateon

    A tranquila Orla de Imbetiba ser novamen-te cenrio de um dos maiores eventos gastronmi-cos do Norte Fluminense. Comea hoje (17) o 2 Festival Food Truck Maca. Com entrada gratui-ta, essa grande festa promete reunir um pblico aproximado de 30 mil pessoas at domingo (19). Aps o sucesso da primeira edio, que aconteceu em novembro de 2015, o evento traz agora uma estrutura ainda maior, visando oferecer mais con-forto aos visitantes. Sero 30 food trucks e 20 food bikes oferecendo pratos de diversas nacionalida-des, entre elas, mexicana, belga, francesa, alem, norte-americana e brasileira. A estrutura com tendas e palco comeou a ser montada na ltima quarta-feira (15).Um diferencial esse ano ser a ampliao da praa de alimentao - que sero du-as -, aumento no nmero de bares e atendimento com garons e caixas volantes. PG. 8

    DROGAS LEVAM PRISO DE SUSPEITOS

    PETROBRAS ANUNCIA NOVA VENDA BILIONRIA

    PROJETO GARANTE AUXLIO S MULHERES

    At domingo (19), visitantes podem conferir as 50 opes de gastronomia sobre rodas

    R$ 1,00

    RETRATOS DO DESCASO

    POLCIA, PG.6 ECONOMIA, PG.5 POLTICA, PG.3

    GERAL GERAL

    Faleceu aos 77 anos, Carlos Alberto "Escovo"

    NDICETEMPO

    COTAO DO DLAR

    POLCIA OBITURIO

    Macaense atuou durante mandatos de quatro prefeitos da cidade PG. 7

    WANDERLEY GIL RQUIVO DA FAMLIA

    Polcia Militar tem obtido resultados positivos Carlos Alberto no casamento da irm Elizete

    PM realiza 265 prises de janeiro a abrilDados so divulgados pelo Instituto de Segurana Pblica do Estado PG. 6

    EDITORIAL 4

    PAINEL 4

    GUIA DO LEITOR 4

    ESPAO ABERTO 4

    CRUZADINHA C2

    HORSCOPO C2

    CINEMA C2

    AGENDA C2

    Mxima 29 CMnima 13 C

    Compra R$ 3,4694Venda R$ 3,4713 Anuncie: (22) 2106-6060 (215)

    POLCIA ECONOMIA POLTICA CADERNO DOIS

    Imprudncia eleva riscos no trnsito

    Vendas pela internet registram aumento

    Welberth prope incentivo Guarda

    Arrai da Rinha anima pblico neste sbado

    Motociclistas desrespeitam regras de segurana PG. 6

    Dia dos Namorados movimentou comrcio virtual PG. 5

    Ao visa expandir preservao do meio ambiente PG. 3

    Centro Cultural promove o Arrai da Rinha CAPA

    Vazamento de gua, cratera e at fiao sol-ta. Para os motoristas que trafegam pelas prin-cipais ruas e avenidas da cidade, as armadilhas criadas devido precariedade da infraestrutura do municpio acabam sendo motivo de preocu-pao diante do risco proporcionado pelos pro-blemas. Ontem, um cabo aparentemente da rede de telefonia se desprendeu sobre o meio da Rua Vereador Abreu Lima, em pleno centro da cidade. O fio chegou a se agarrar no capacete de um mo-tociclista que quase sofreu acidente. Por sorte, ele conseguiu se livrar do cabo sem se ferir. Por outro lado, no Novo Cavaleiros, moradores relatam que h mais de um ms ocorre vazamento registrado na Rua Mercrio. Contactada, a Nova Cedae in-formou equipe de O DEBATE que o problema de responsabilidade da Odebrecht Ambiental, que realizou obras de saneamento no local. A empresa responsvel pelas rede de esgoto afir-mou que a manuteno do vazamento deve ser feita pela companhia estadual. J na Imbetiba, uma cratera aberta pela m qualidade do asfalto surgiu no cruzamento da Rua 29 de Julho com a Avenida Agenor Caldas. A avaria surpreende os motoristas que trafegam pela rea comercial do bairro. PG. 2

    KAN MANHES

    Na Rua Mercrio, Odebrecht afirma que vazamento de responsabilidade da Nova Cedae

    KAN MANHES

    Na Rua 29 de Julho, cruzamento com a Avenida Agenor Caldas, cratera surpreende motoristas

    KAN MANHES

    Fio solto no meio da Rua Vereador Abreu Lima

  • O DEBATE DIRIO DE MACA2 Maca, sexta-feira, 17 de junho de 2016

    Cidade NOTACriatividade para movimentar economia. Com entrada franca, Food Truck Maca volta a Imbetiba amanh.PRECRIO

    Infraestrutura em ruas da cidade continua sendo alvo de reclamaoA omisso do poder pblico na conservao de vias pblicas pode resultar em prejuzos para motoristas e pedestres

    Juliane Reis Juliane@odebateon.com.br

    No incio desta semana, O DEBATE publicou uma matria sobre o caos na infraestrutura em diversas ruas da cidade, tanto em reas nobres quanto nas mais caren-tes. O tema causou repercusso e, um dia depois, os servios de reparos comearam a ser exe-cutados em alguns pontos. No entanto, de acordo com relatos de moradores, ainda falta mui-to a ser feito, j que, alm dos pontos abordados na matria, como ruas do Campo D`Oeste, Estrada da Cancela Preta, Bair-ro da Glria e Centro, diversos problemas tambm so encon-trados em outros bairros. Aps denncias, nossa equi-

    pe foi at a Imbetiba onde um enorme buraco segue aberto na Rua 29 de Julho, exata-mente sobre uma faixa de pe-destres. um perigo! Muitas vezes, estamos distrados e, sem perceber, j estamos em cima do buraco. Sem contar que corremos o risco de cair e at mesmo torcer o p, disse uma mulher que preferiu no se identificar.

    O local fica bem prximo a um restaurante. Eu venho almoar aqui quase todos os dias e j faz um tempo que esse buraco est aberto ai, relatou um rapaz. Alm dos buracos, o problema

    da falta de infraestrutura um dos mais reclamados em toda cidade. Recentemente, o tema foi abordado no Bairros em Debate, que descreveu a situ-ao vivida pela populao do So Jos do Barreto. De acor-do com os moradores, andar em alguns pontos do bairro uma aventura, j que a maioria das ruas no tem pavimenta-o. Sem a manuteno ne-cessria, quem reside no local convive com duas realidades: em tempo de sol, a poeira in-vade as residncias, causando transtornos e fragilizando a sade de quem vive no bairro. J quando chove, a lama impe-de que os moradores possam entrar e sair de suas casas. Vale destacar que a manuten-

    o das vias est prevista dentro do Cdigo Brasileiro de Trnsi-to (CBT), que garante ser dever das autoridades promover um trnsito seguro e de qualidade, mas nem sempre o que acon-tece. O documento diz, ainda,

    KAN MANHES

    Buraco na Rua 29 de Julho, assim como em outros pontos da cidade, evidencia o descaso do poder pblico

    que de acordo com o Art. 1 o trnsito, em condies seguras, um direito de todos e dever

    dos rgos e entidades compo-nentes do Sistema Nacional de Trnsito, a estes cabendo, no

    mbito das respectivas com-petncias, adotar as medidas destinadas a assegurar esse di-

    reito. Mas, na realidade, no essa a situao enfrentada por pedestres e condutores.

    KAN MANHES

    Flagrante feito pela equipe de reportagem do Jornal mostra um caminho tendo que desviar do fio

    MANUTENO

    Fio solto coloca motoristas e pedestres em risco

    Considerado um pro-blema sem soluo no mu-nicpio, a falta de cuidados e conservao da fiao coloca em risco a segurana da po-pulao. Desde a manh de ontem um fio solto na Rua Vereador Abreu Lima preo-cupa motoristas e pedestres que passavam no local. Fui atravessar e levei o maior susto. Quando percebi, o fio estava batendo no meu rosto, disse um pedestre.Um caminhoneiro que pas-

    sava pelo local precisou des-viar o veculo, o que poderia ocasionar um acidente. J um motociclista por sorte no so-freu um acidente grave, uma vez que o fio quase ficou pre-

    Caso foi registrado durante todo o dia de ontem na Rua Vereador Abreu Lima, no Centro Juliane Reis

    so ao seu capacete. Os casos de cabos soltos e

    expostos em diversos bair-ros da cidade vm sendo relatados constantemente pelo Jornal O Debate. O pe-rigo dos postes sobrecarre-gados coloca em risco a se-gurana da populao, alm dos riscos, h ainda um dos elementos que precisam ser levados em considerao pe-los rgos pblicos, que a poluio visual. No entanto, mesmo diante

    das denncias e reclamaes da populao, nada feito para amenizar ou melhorar a situao e o que nota-se a falta de responsabilidade das empresas responsveis pela fiao, que segundo relatos, geralmente, aps a manuten-o dos cabos, no recolhem os que esto soltos, largando-os pelas caladas e deixando pedaos pendurados nos pr-prios postes.

    Mais um vazamento de gua registrado na cidade

    CHAPU

    O desperdcio de gua tem sido to grande que pare-ce que novos chafarizes esto sendo inaugurados na cidade, essa a fala de uma moradora do Novo Cavaleiros. Ela relata que na Rua Mercrio, esquina com a Rua Pluto, o desperd-cio desse importante recurso hdrico j vem acontecendo h mais de um ms. Situao essa no muito diferente de quem mora ou apenas passa na Rua

    Dessa vez a situao est acontecendo na Rua Mercrio, esquina com a Rua Pluto, no Novo Cavaleiros

    Sidney Vasconcelos de Aguiar, na Cancela Preta, onde o mes-mo problema tambm vem acontecendo h quase dois meses. O vazamento na Cancela

    Preta foi tema de reportagem no Jornal na edio de ontem (16). Em contato com a Ode-brecht, o rgo havia informa-do que problemas referentes a gua seria com a Cedae que, por sua vez, at o fechamento da edio no havia se pro-nunciado, vindo a faz-lo na manh de ontem. E no vai e vem, o rgo infor-

    mou que o desperdcio na Rua Sidney Vasconcelos de Aguiar, no se trata de gua da CEDAE

    e sim da Odebrecht. Em ou-tra oportunidade estivemos no local, onde foi encontrado um tubo corrugado de 100 mm quebrado, que demons-tra ser uma espcie de d