Métricas

Click here to load reader

  • date post

    29-Oct-2014
  • Category

    Technology

  • view

    23
  • download

    5

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Métricas

  • 1. Pontifcia Universidade Catlica de Minas Gerais PUC Minas Departamento de Administrao Tpicos Especiais IEstratgias Digitais 1. 2011 Grupo 5 Mtricas

2. Definio

  • So elas que mostram o que est acontecendo, minuto a minuto nos sites e campanhas, monitoram usurio a usurio, desde onde eles vieram at para onde vo;
  • Hoje crescente a tentativa de medir o retorno de determinada ao, o engajamento do consumidor, o que necessrio para leva-lo a determinado site.

3. Porque analisar um site?

  • Analisar um site entender a navegao do usurio, conhecendo sua origem e seu destino. Exemplo de pontos a serem analisados:
  • Clique em um banner;
  • Quais produtos esto sendo mais procurados?
  • Esto assistindo aos vdeos e baixando os PDFs?
  • Qual o tempo de permanncia
  • Performance dos servidores;
  • Principais erros de pginas

4. Planejamento de Mtricas

  • Mtricas devem ser usadas pelos empresrios como forma de tomar decises acerca do oferecimento de sistemas mais eficazes em termos de rentabilidade e melhor nvel de servio ao cliente que busca determinada informao via web.
  • As mtricas fornecem dados que permitem a identificao de oportunidades, o feed back sobre aes j desenvolvidas, pesquisas e enquetes e vrios benefcios.

5. Porque analisar um site?

  • Antes de iniciar o processo de anlise importante ter objetivos definidos, direcionar profissionais responsveis por transformar dados em informaes, determinar prioridades e estabelecer o perfil dos clientes, uma vez que nem todos os clientes so importantes para anlise.

6. Como trabalhar com nmeros

  • Segundo Daniella Morier, muitos sites tem relatrios de acessos, mas poucos aproveitam o verdadeiro potencial da anlise: agir de acordo com os nmeros.
  • Relatrios no produzem aes; as anlises dos nmeros por pessoas que produz. (...) Os nmeros no dizem muita coisa, necessrio comparar dados, que devem ser sempre relativos: Os consumidores costumam retornar ao site? O perfil destes usurios est condizente com o pblico-alvo?.

7. Como trabalhar com nmeros

  • Para qu as mtricas so utilizadas?
  • As mtricas so usadas para sites, email marketing e campanhas de mdia on-line e servem, como j dito, para medir no apenas o comportamento do usurio, mas tambm se o comportamento do site est satisfatrio (tempo de carregamento, tempo de resposta automtica).
  • O usurio no tem pacincia com demoras e h que se entender que a sada do usurio insatisfeito do site significa a perda de dinheiro.

8. O que possvel analisar?

  • O que possvel analisar a partir do estudo das mtricas?
  • Blogs: Gira em torno dos posts: mais lidos, relevncia nos buscadores, quantidade de comentrios feitos.
  • Marketing Viral: Quantidade de citaes em blogs, nmero de usurios que colocaram esses vdeos no YouTube.
  • e-mail marketing: e-mails enviados, dia aberto, links mais clicados, perfil dos usurios que abriram.

9. Mtricas e Resultados

  • O que as mtricas mostram?
  • As mtricas mensuram o retorno do seu investimento. Estas mostram o grau e forma de interao dos usurios com o seu projeto, tornando possvel listar os prs e contra da sua ferramenta digital.

10. Mtricas e Resultados

  • Como comear a utiliz-las?
  • Primeiramente o que se deve deixar bem estabelecido so os seus objetivos e necessidades para ai sim, introduzir as mtricas que iro analisar os dados e extrair tudo o que possvel em forma de informaes. As informaes sero a base para tomadas de decises acerca das novas aes que iram desenvolver seu site/blog.

11. Otimizao em Buscadores

  • Tcnicas de otimizao em buscadores:
  • A divulgao do seu domnio pode ser feita atravs de indicaes.
  • possvel aumentar o nmero de acessos sem aes de mdia, basta divulgar o seu domnio atravs de artigos e/ou comentrios em outros sites e blogs de mesmo contedo.

12. Engagement Map ROI (eMAP)

  • O que ? O que permite?
  • Permite a compreenso dos valores e resultados de cada um dos impactos da sua marca junto aos consumidores on-line; ele acompanha todo o comportamento do consumidor desde os estmulos externos e necessidades at a compra efetiva. Seria a mensurao do investimento e do resultado obtido.

13. Explorando o Potencial

  • Behavioral Targeting
  • uma tecnologia nova que atravs de ferramentas de Web Analytics so coletados dados que permitem analisar o comportamento e tendncias, de forma individual, do consumidor on-line.
  • O Behavioral Targeting traz benefcios significativos para o consumidor que recebe apenas informaes que lhe interessam segundo o mapeamento que feito com base no seu perfil. O consumidor ainda tem a opo de optar por ser observado ou no.

14. Explorando o Potencial

  • Aplicaes do Behavioral Targeting
  • Aquisio: voc consegue definir com quem (qual consumidor), como e onde deve falar a respeito de sua marca.
  • Converso: converter visitas em vendas atravs da Segmentao Comportamental.
  • Segmentao Comportamental: leitura do usurio conforme seu comportamento, gostos e tendncias. "Ex: um homem paulistano de 35 anos apenas um homem que gosta de jazz, compra livros online e l notcias de economia diariamente na internet".

15. Explorando o Potencial

  • Aplicaes do Behavioral Targeting
  • Cross Selling/Up Selling: realizao de vendas cruzadas com base no perfil do consumidor, ou seja, oferecer produtos semelhantes aos que determinado usurio adquiriu.
  • CRM: conhecer o consumidor de forma individual atravs de suas preferncias, gostos e tendncias

16. Explorando o Potencial

  • Aplicaes do Behavioral Targeting
  • Construo de afinidade com a marca: preocupar-se em anunciar o seu produto somente s pessoas que realmente esto interessadas. Esta uma estratgia para lidar com os usurios que so clientes e no visitantes atpicos.

17. Explorando o Potencial

  • Google Analytics
  • Sistema mais utilizado para mtricas, pois tem o "selo" Google e gratuito.
  • Vale ressaltar que cada sistema tem sua metodologia para as mtricas.

18. Explorando o Potencial

  • Google Analytics
  • Fornece informaes para o "webmaster" acerca do nmero de visitantes, origem dos internautas, tempo de acesso, pginas acessadas, as fontes de referncias (de onde vieram os usurios), tendncia de visitao a partir de palavras-chaves.

19. Caso Tecnisa

  • Tecnisa- Construtora paulistana foi pioneira na implementao de um Blog Corporativo
  • O Blog teve o acesso alavancado pela utilizao do Google AdWords Foram inseridas 16 mil palavras chaves que levam ao site da empresa
  • As vendas pela internet atingiram 25% do total de vendas e houve um aumento de 60% dos acessos ao site
  • Foi a primeira empresa brasileira do setor imobilirio a ter um blog corporativo
  • Fonte:http://tinyurl.com/65se6eh

20. Caso Tecnisa

  • Um ms aps a implantao dos blogs, foi lanado o servio de Podcast da empresa
  • So feitos tambm vdeos para a conta do YouTube da empresa, podendo at mesmo acompanhar o progresso das construes
  • A Tecnisa inovou tambm ao ser a primeira construtora brasileira a utilizar o SecondLife onde dispe at mesmo de modelos decorados de seus apartamentos
  • Em menos de dois meses aps a utilizao dessa nova mdia, a Tecnisa fechou a primeira venda Real, aps uma visita Virtual
  • Fonte:http://tinyurl.com/65se6eh

21. Caso Tecnisa

  • A Tecnisa tambm faz uso do Twitter e do Flickr para divulgar a empresa
  • Fonte:http://tinyurl.com/65se6eh

22. Case: Eu amo meu cavalo

  • Empresa Pfiser adquire a Fort Dodge sade animal
  • Objetivo: transferir a reputao de confiana, tecnologia e inovao passada pelos produtos da Fort Dodge para a Pfiser.

23.

  • Analisaram o pblico alvo ( criadores, veterinrios e propietrios de equinos);
  • Estratgia: Criar um espao de comunicao, relacionamento que possibilitasse a troca de experincias.
  • = serviu como base de transferncia de reputao entre as marcas

Case: Eu amo meu cavalo 24. Case: Eu amo meu cavalo Utilizaram as mdias sociais (lugar dinmico, integrador, de fcil acesso) 25. Resultado

  • Construram um relacionamento efetivo e one-two-one com o pblico alvo.

26.

  • Criaram um blog;
  • Fizeram integrao com redes sociais (Twitter, Facebook, Flickr e SlideShare);

27. Caso: Eu amo meu cavalo 28. Caso: Eu amo meu cavalo 29. Caso: Eu amo meu cavalo 30. Caso: Eu amo meu cavalo 31. Caso: Eu amo meu cavalo 32. Caso: Eu amo meu cavalo 33. Caso: Eu amo meu cavalo 34. Caso: Eu amo meu cavalo 35. Caso: Eu amo meu cavalo 36. Caso: Eu amo meu cavalo 37.

  • Foram 2 meses de muita dedicao pois transformou uma idia em uma comunidade forte e participativa.

Caso: Eu amo meu cavalo