Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

11
Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais Sérgio Praça pmcspraca.wordpress.com [email protected]

description

Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais. Sérgio Praça p mcspraca.wordpress.com [email protected]. (I) Tipos de métodos. Quantitativo descritivo; Quantitativo probabilístico/causal; Qualitativo descritivo; Qualitativo causal (condições necessárias e suficientes) - PowerPoint PPT Presentation

Transcript of Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

Page 1: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

Sérgio Praçapmcspraca.wordpress.com

[email protected]

Page 2: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(I) Tipos de métodos

1) Quantitativo descritivo; 2) Quantitativo probabilístico/causal; 3) Qualitativo descritivo; 4) Qualitativo causal (condições necessárias e

suficientes)- Quais métodos são mais persuasivos?

Page 3: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(I) Tipos de métodosQuantitativo Descritivo

Quantitativo Causal

Qualitativo descritivo

Qualitativo Causal

Revoluções sociais

Conceito (o que é revolução?) + Listar revoluções: coleta de dados +

Variáveis que teoricamente causam revoluções + grande N de observações (Tilly etc.)

Análise histórica: Hobsbawm, Schama

Análise histórica + Condições Necessárias e Suficientes: Barrington Moore, Skocpol

Relações Exec-Legisl no Brasil

Figueiredo e Limongi 1995

Pereira, Raile e Power 2011 (probabilidade de receber cargos, verbas e votar a favor)

Jornalismo; Lamounier nos anos 80

?

Page 4: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(II) A diferença fundamental: tipos de relações causais

• Barrington Moore Jr. (1966): “Sem burguesia não há democracia”

* Um olhar qualitativo: 1) X é condição necessária para Y; 2) X é condição suficiente para Y; 3) X é, com outras causas, suficiente para Y* Analistas qualitativas diriam: “Burguesia é condição necessária para democracia”

Page 5: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(II) A diferença fundamental: tipos de relações causais

• Um olhar quantitativo: - Partir de várias causas teoricamente plausíveis e explicar efeito- “Crescimento da burguesia aumenta chances de democracia

ocorrer”- Ora, analistas qualitativos também pensam em várias causas,

mas não as colocam em termos de probabilidade- Ou seja: analistas qualitativos costumam partir do resultado

(democracia) para então identificar suas causas necessárias e suficientes

- Analistas quantitativos partem das causas (burguesia, colonização etc etc) e verificam a importância estatística de cada uma delas na probabilidade de certo resultado ocorrer

Page 6: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(III) Outras diferenças importantesQuantitativo Qualitativo

Nível de mensuração Números Conceitos

Número de observações empíricas sobre o que se quer explicar

Muitas observações (ex, eleições)

Pouquíssimas (ex, revoluções sociais)

Análise estatística Fundamental para definir o relativo impacto de diferentes causas para que um efeito ocorra

-

Análise detalhada de casos específicos

Geralmente impossibilitada pelo grande N de observações

Fundamental para definir quais causas podem plausivelmente impactar um resultado

Page 7: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(IV) Qual método é melhor para meu objeto?

1) Há bons estudos descritivos sobre o tema?- Sim: causas possíveis já estão bem definidas pela literatura

(QUANT)- Não: causas possíveis ainda precisam ser identificadas2) Dados são numéricos ou conceituais?- Numéricos: Muitas observações (QUANT)- Conceituais: Poucas observações, necessidade de definir

conceito de modo rigoroso3) Quantidade de observações empíricas?- Grande: possibilidade de análise estatística (QUANT)- Baixa: descrição detalhada dos casos

Page 8: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(IV) Qual método é melhor para meu objeto?

O que causa corrupção política?

Relações Exec-Legisl Emendas Constitucionais

1) Há bons estudos descritivos sobre o tema? Mecanismos causais estão bem definidos?

Sim Sim, um pouco menos

Sim

2) Dados são numéricos ou conceituais?

Conceituais Numéricos Numéricos

3) N de observações empíricas?

* Unidade de análise GOVERNO: muitas* Unidade de análise ESCÂNDALO: muitas

* Unidade de análise GOVERNO: poucas* Unidade de análise PARTIDO: muitas

* Unidade de análise GOVERNO: poucas* Unidade de análise EMENDA: muitas

Page 9: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

Lembrando: 4 Condições para Causalidade

• i) Correlação entre causa e efeito; • ii) Ausência do efeito quando causa não está

presente, considerando a situação mais semelhante possível àquela na qual a causa está presente (Teste contrafactual);

• iii) Efeito ocorre quando causa é alterada; • Iv) Há mecanismos causais plausíveis (bons

argumentos) que ligam causa e efeito.

Page 10: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(V) Críticas aos dois estilos

• Ao método quantitativo: - Mecanismos causais implausíveis ou pouco

claros (Prefeitos 2012)- Pouca ênfase a fatores temporais: é

frequentemente difícil obter dados para longos períodos de tempo

Page 11: Método quantitativo vs. qualitativo nas Ciências Sociais

(V) Críticas aos dois estilos

• Ao método qualitativo: - “Jornalismo”, mera descrição: Abrucio, Couto- Difícil acumular conhecimento a partir do

estudo de poucos casos (mas literatura sobre democratização desmente isso, em parte)