Memorial final final

download Memorial final final

of 24

  • date post

    28-Nov-2014
  • Category

    Automotive

  • view

    202
  • download

    28

Embed Size (px)

description

fgt_projecxt

Transcript of Memorial final final

  • 1. HABITACIONAL TAIPAS Ferdinando de Freitas Tilli 08037046
  • 2. AGRADECIMENTOS Dedico esse trabalho toda a minha famlia FAU, pessoas que entraram em minha vida a partir do momento que entrei na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e que mudaram minha forma de ver o mundo. Meus amigos queridos, minha famlia e principalmente aos meus companheiros de equipe Amanda de Alencar Ns, Leonardo Moreira e Fernando Dias. Gostaria de agradecer em especfico Gabriel Santos e Bruno Pontes de Castilho pelo carinho, ateno e disponibilidade de me ajudar quando precisei. E tambm a meu mestre Caio Ferreira por acreditar no trabalho e nos encorajar a enfrentar os obstculos no caminho. Quero agradecer ao corpo docente pelo carinho e preocupao com os alunos.
  • 3. preciso explicar porque o mundo de hoje, que horrvel, apenas um momento do longo desenvolvimento histrico, e que a esperana sempre foi uma das foras dominantes das revolues e das insurreies. Eu ainda sinto a esperana como minha concepo de futuro Jean Paul Sartre, 1963, Prefcio de Os Condenados da Terra, de Frantz Fanon.
  • 4. SUMRIO Introduo Terreno - Localizao / Caractersticas Insero Urbana Programa de Necessidades Implantao Desenvolvimento da Implantao Imagens 3D Corte Transversal O Edifcio Habitacional O Edifcio Habitacional- Sistema Construtivo Projetos Referenciais Bibliografia 01 02 03 04 05 06 11 12 13 15 17 21
  • 5. Introduo Todo cidado tem direito a uma moradia digna e a incluso social. A organizao das camadas sociais no territrio urbano reflexo direto de como a localizao vincula-se ao valor fundirio da terra. Desta forma, podemos perceber que as camadas mais pobres, que no tem condies de comprar um imvel, passam a morar nas piores localizaes e at ocupar reas de domnio pblico e preservao ambiental, enquanto a menor parcela, a classe mais rica, privilegiada com as melhores localizaes. Quando analisamos o municpio de So Paulo, a cidade mais populosa do pas, notvel a dificuldade da gesto municipal para promover moradia e qualidade de vida para toda a populao de classe baixa e miservel, justamente pela falta de controle do crescimento urbano. Com um investimento bilionrio, o governo de so Paulo aprovou a obra do rodoanel norte que prev a construo de uma rodovia sobra vrias favelas que sero desocupadas. O projeto que atender as premissas do plano regional de habitao, prope uma parceria com a prefeitura municipal de So Paulo para criar um programa de micro-crdito destinado as famlias diretamente afetadas ,no intuito de proporcionar moradia digna para os mesmos, alm de indeniza-los. Assim, as famlias podem optar por sair da regio e viver de aluguel em outros programas habitacionais ou permanecer no local e comprar um apartamento no Habitacional Taipas criado pelo plano regional de desenvolvimento do bairro de Taipas. Tambm ser negociado com os rgos pblicos a regularizao fundiria de uma parcela da rea. 1
  • 6. Terreno Localizao/Caracteristicas 2 A rea escolhida para o desenvolvimento do trabalho final de graduao situa-se, entre as ruas Fragata Constituio, Governador Rodrigo Henriques e Palcio da Cultura com uma rea de 11.868m, ao nordeste do permetro de estudo. Atualmente, o lote abriga cerca de 60 construes com gabarito de altura variando entre 6 e 10 metros. Estima-se uma populao atual de 350 pessoas, e 3 construes usadas para fins comerciais. A escolha do lote se deu a partir da proximidade com o crrego que desce da serra da Cantareira e do limite de desenvolvimento urbano, desenvolvido pelo grupo. Alm de criar habitaes, o projeto tem uma importante funo de articular o bairro, a escola de Taipas e o parque linear. O terreno possui um desnvel em seu perfil transversal que varia entre 13 e 11 metros de rua a rua, um desnvel de 9 metros em seu perfil longitudinal entre as extremidades da quadra. 2
  • 7. 3 INSERO URBANA Implantao do projeto A rea do projeto, tangencia o parque linear e localiza-se a 50 metros da rua principal do bairro, onde localizam-se pontos de nibus que fazem conexo com o resto da cidade. Rodoanel Norte Parque Linear Rua principal do Bairro
  • 8. Programa de Necessidades Habitacional: 120 Apartamentos para 6 pessoas 60 Apartamentos para 2 ou 4 pessoas 03 Sales de Festa 03 Sales de Jogos 03 Lavanderias 12 Churrasqueiras 03 Banheiros para a rea de lazer 03 rea de convvio e uso comum Comercial: 01 Agncia dos Correios 01 Agncias Bancrias 01 Casa lotrica 40 Lotes Comerciais 7.384,8 m 1.722 m 240 m 120 m 120 m 150 m 150 m 2.860 m 75 m 75 m 75 m 2585m 4
  • 9. Implantao Sem Escala 5 N
  • 10. Para o desenvolvimento do projeto foi pensado inicialmente nas importantes questes de integrao urbana e como o projeto conversar com o entorno imediato. Quanto a questo viria, ser necessrio fazer a ligao entre a rua Fragata Constituio e a rua Governador Rodrigo Henriques em sua extremidade norte, pois atualmente, a rua Fragata Constituio sem sada. Alm disso, a rua ser pavimentada e alargada em 3 metros para criar pontos de parada e estacionamento para os comrcios e o parque propostos. Desenvolvimento da Implantao Esquema da rea Fonte: Google Earth, esquema do autor Imagem da rua Fragata Constituio Fonte: Google StreetView 6
  • 11. Aps as melhorias no sistema virio, o terreno foi analisado para entender os eixos de circulao de pedestre e suas ligaes. Atualmente o lote possui uma viela de aproximadamente 3,5metros de largura por 50 metros de comprimento , vencendo um desnvel de 13 metros entre uma rua e outra. Para promover a integrao dessa comunidade com o resto do bairro e da cidade, a viela central deixa de existir e 2 novas vielas surgem a exatamente 30 metros equidistantes da antiga. Alm dessas entradas, as pontas da quadra sero espaos pblicos, de convvio e acesso com escadarias. Essas propostas visam melhorar a acessibilidade, distribuio e mobilidade da populao local. Desenvolvimento da Implantao Esquema da rea Imagem da viela existente Fonte: Google StreetView 7
  • 12. Ainda quanto a questo mobilidade, foi criado uma rua interna da quadra , em seu sentido longitudinal com variaes de 5 a 6 metros de largura. Assim, alm criar a transposio de fluxo de pedestre das vielas, essa rua central permite que os moradores acessem os edifcios habitacionais ou comerciais, que esto voltados para essa rua com a finalidade de atender os moradores e o pblico. Acesso aos edifcios habitacionais no nvel da rua central Desenvolvimento da Implantao 8
  • 13. Voltado para a rua Fragata Constituio e para a rua central, sero instalados 3 grandes edifcios contendo comrcios. Tais comrcios localizam-se em 2 nveis diferentes, um deles no mesmo nvel da rua central e o outro no mesmo nvel da rua Fragata Constituio devido a fatores geogrficos pois esses desnveis variam de 2 a 6 metros. Entre os lotes comerciais, havero agncia bancria, agncia dos Correios, casa lotrica, estabelecimentos alimentcios e variados. Para cada bloco de edifcio existem reas livres de respiro, onde as pessoas podem parar e sentar em mesas, para gerar polos de concentrao de vida noturna. rea lvre de respiro Ncleo de concentrao de vida noturna Desenvolvimento da Implantao 9
  • 14. Os edifcios habitacionais foram locados com a finalidade de otimizar a insolao dos quartos e salas de cada apartamento. Dessa forma, todas as reas molhadas voltam-se para dentro dos conjuntos, juntamente s passarelas, de estrutura metlica, que funcionam como acesso aos apartamentos. Alm do acesso do nvel da rua central, os moradores podem entrar no edifcio pelo nvel da rua Gov. Rodrigo Henriques. A circulao vertical acontece em um ncleo central dos conjuntos, com 2 elevadores e uma escada cada um. Esse ncleo ser de concreto armado moldado em loco e servir de pea fundamental para o contraventamento da estrutura dos edifcios habitacionais Ncleo de circulao vertical A laje superior dos comrcios, serviro de rea de lazer e convvio dos conjuntos habitacionais Desenvolvimento da Implantao 10