Material Novembro

of 28 /28

description

Diverso material Pré-escolar

Transcript of Material Novembro

Page 1: Material Novembro
Page 2: Material Novembro
Page 3: Material Novembro
Page 4: Material Novembro
Page 5: Material Novembro
Page 6: Material Novembro
Page 7: Material Novembro
Page 8: Material Novembro
Page 9: Material Novembro
Page 10: Material Novembro
Page 11: Material Novembro
Page 12: Material Novembro
Page 13: Material Novembro
Page 14: Material Novembro
Page 15: Material Novembro
Page 16: Material Novembro
Page 17: Material Novembro
Page 18: Material Novembro

Era uma vez uma família de ursinhos: o Pai Urso, a Mãe Urso e o filhote Urso. Os três moravam numa bonita casinha, no meio da floresta. O Pai Urso era o maior e o mais forte dos três e tinha uma voz bem grossa. A Mãe Urso era um pouco mais pequena, era gentil e delicada e tinha uma voz meiga. O filhote Urso era o mais pequeno, muito curioso e tinha uma voz muito fininha. Um dia, para almoço, a Mãe Urso fez uma deliciosa papa, como era costume. Como a papa estava muito quente, a mãe Urso propôs que fossem dar um passeio juntos pela floresta, enquanto a papa arrefecia nas tigelas.Enquanto eles estavam fora, apareceu por ali uma menina de cabelos loiros encaracolados, que morava do outro lado da floresta. Era muito curiosa e costumava sair muitas vezes de casa sem que os seus pais soubessem para se meter em aventuras.Quando se aproximou da casinha dos ursos, já muito cansada de tanto andar, resolveu bater à porta. Bateu, bateu, mas ninguém respondeu. Ao perceber que a porta estava apenas encostada, resolveu entrar e viu a mesa posta, com as tigelas de comida. A menina estava com muita fome, mas resolveu esperar se vinha alguém. Viu três sofás num canto e decidiu sentar-se um pouco. O maior era muito grande e ela mal conseguia subir para lá chegar. O do meio era também grande e pouco confortável. O mais pequeno era perfeito para ela, mas quando se sentou, o pé do sofá partiu-se. Como continuava com muita fome, resolveu provar a comida que estava na mesa. Sentou-se e provou a papa da tigela maior. Estava muito quente. Provou a tigela do meio e também estava quente. Provou a tigela pequena e a papa estava tão boa, que acabou por comer tudo. Depois de comer, resolveu subir as escadas. Chegou a um quarto que tinha três camas. Experimentou-as todas e deitou-se na mais pequena, que lhe parecia a mais confortável. Estava tão cansada que não resistiu e adormeceuEnquanto a menina dormia, os ursinhos voltaram do passeio. Sentaram-se à mesa para comer a papa e logo viram que alguém ali tinha estado: “Alguém mexeu no meu prato!”, rosnou o Pai Urso; “Alguém mexeu no meu prato!”, disse a Mãe Urso; “Alguém comeu tudo o que estava no meu prato!”, gritou o filhote Urso. Foram então à sala. O Pai Urso olhou para o seu lugar e exclamou: “Alguém se

Page 19: Material Novembro

sentou no meu sofá”. A Mãe Urso, reclamou: “Alguém também se sentou no meu sofá”. E o filhote Urso, a choramingar disse: “Alguém partiu o meu sofá”! Os três subiram as escadas, e foram em direcção ao quarto. O Pai Urso olhou para sua cama e perguntou: “Quem se deitou na minha cama?” A Mãe Urso olhou para sua cama e disse: “Alguém esteve deitado na minha cama!” O filhote Urso, muito aborrecido, gritou: “Alguém está deitado na minha cama!” A Caracolinhos Dourados acordou com o grito do pequeno Urso. Ao ver os três ursos com ar chateado a olhar para ela, ficou muito assustada, deu um pulo da cama e correu pelas escadas abaixo em direcção à porta. Correu para casa e nunca mais fugiu para se não meter em sarilhos.

Page 20: Material Novembro
Page 21: Material Novembro
Page 22: Material Novembro
Page 23: Material Novembro
Page 24: Material Novembro