Lista de Exercicios de Materiais de Construção

of 8 /8
1. Descreva o ciclo dos materiais desde a obtenção ao ponto final. 2. 3. Como se classifica os materiais? Descreva cada um deles. Segundo a microestrutura, os materiais sólidos são agrupados em três classes: METAIS, CERAMICOS, POLÍMEROS, com base na composição química e na estrutura atômica.

description

UFRN

Transcript of Lista de Exercicios de Materiais de Construção

Page 1: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

1. Descreva o ciclo dos materiais desde a obtenção ao ponto final.

2.

3. Como se classifica os materiais? Descreva cada um deles.

Segundo a microestrutura, os materiais sólidos são agrupados em três classes: METAIS, CERAMICOS, POLÍMEROS, com base na composição química e na estrutura atômica.

Além desses existem ainda outros três grupos que são cada vez mais importantes na área de engenharia: OS COMPÓSITOS, OS SEMICONDUTORES E OS BIOMATERIAIS.

Page 2: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

a) Metais

Composição: combinação de elementos metálicos. Grande número de elétrons livres. Muitas propriedades estão relacionadas a esses elétrons livres.Ligação metálica. Propriedades gerais : Resistência mecânica de moderada a alta, moderada plasticidade, alta tenacidade, opacos, bons condutores elétricos e térmicos.

b) Cerâmicas

Composição : Combinação de elementos metálicos e não-metálicos (óxidos, carbetos e nitretos). • Tipos de ligações: Caráter misto, iônico-covalente com elétrons ligados em posições definidas e fixas.• Tipos de materiais : Cerâmicas tradicionais, cerâmicas de alto desempenho, vidros e vitro-cerâmicas, cimentos• Propriedades gerais : Baixa deformação a rupturaFrágil, oposto a tenacidade dos metais–  Isolantes térmicos e elétricos. –  Refratários. –  Inércia química. –  Corpos duros e frágeis.

c) Polímeros:

Composição : compostos orgânicos; Carbono, hidrogênio, oxigênio e outros elementos, tais como nitrogênio, enxofre e cloro. • Compostos de massas moleculares muito grandes (macro-moléculas). • Tipos de materiais :Termo-plásticos, termo-rígidos. – Elastômeros, flexibilidade e facilidade de conformação, tenacidade, geralmente pouco resistentes a altas temperaturas.

4. Fale sobre a importância da construção civil e dos materiais no desenvolvimento social, econômico e na sustentabilidade.

*A construção civil é o setor estratégico da economia para impulsionar e elevar o status de qualidade de vida da população trazendo um desenvolvimento social. Com obras de Rodovias, Geração e transmissão de energia, Ampliação do acesso a redes de agua potável e esgoto sanitário, Redução do déficit habitacional e financiamento da habitação social, incentivos para aumentar os investimentos em habitação.*A construção civil é de extrema importância econômica, ao redor de 2/3 de todos os investimentos globais, em media, realizados pelas nações passam pela cadeia de construção. Essa cadeia é também chamada de construbusiness.*A construção civil é um dos macrosetores da economia que produz bens de maior dimensão física do planeta, sendo o maior consumidor de recursos naturais em qualquer pais do mundo.

5. Defina norma técnicas de regulamento

Regulamento: Documento de caráter obrigatório que estabelece requisitos técnicos, seja diretamente, seja pela referência ou incorporação do conteúdo de uma norma, de especificação técnica ou de um código de prática.NOTA - Um regulamento técnico pode ser complementado por diretrizes técnicas, estabelecendo alguns meios para obtenção da conformidade com os requisitos do regulamento, isto é, alguma prescrição julgada satisfatória para obter a conformidade.

Page 3: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

• NORMAS TÉCNICAS SÃO CONSIDERADAS “LEIS SECUNDÁRIAS” E DEVEM SER OBRIGATORIAMENTE ATENDIDAS.

• LEIS, DECRETOS, PORTARIAS, REGULAMENTOS... TORNAM AS NORMAS OBRIGATÓRIAS (Ex.: NR-10 MTb, Código Consumidor, Portaria INMETRO, etc.)

6. defina os objetivos das normas. Economia : Proporcionar a redução da crescente variedade de produtos e procedimentos Comunicação : Proporcionar meios mais eficientes na troca de informação entre o fabricante

e o cliente, melhorando a confiabilidade das relações comerciais e de serviços Segurança: Proteger a vida e a saúde Proteção do Consumidor: Prover a sociedade de meios eficazes para aferir a qualidade dos

produtos Eliminação de Barreiras Técnicas e Comerciais :

Evitar a existência de regulamentos conflitantes sobre produtos e serviços em diferentes países, facilitando assim, o intercâmbio comercial

7. Descreva o processo de elaboração e aprovação das normas.O processo se da inicio através de um demanda, através dessa demanda se faz um Programa de normatização e dai uma elaboração do projeto de Norma, Esse projeto vai a consulta nacional e analise de votos. A elaboração do projeto de norma ate a analise de votos o processo demora entorno de 18 meses com a aprovação o projeto vira norma, com a desaprovação cria-se um novo projeto ou modifica o mesmo ate ser aprovado e se transformar em norma.

8. Descreva os tipos de normas.

9. Descreva os critérios utilizados para escolha de materiais.- Normas Técnicas e legislação oficial;- Meio ambiente e a sustentabilidade Ambiental;- Custo e produtividade;- Aspectos estéticos;- Desempenho

Page 4: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

10. descreva e diferencie ligações primarias e ligações secundarias.Ligações primárias - São ligações atômica (fortes):•Ligação iônica;•Ligação covalente;•Ligação metálica.Ligações secundárias -São interações de característica molecular – forças de van der Walls•Moléculas polares;•Dipolos induzidos;•Pontes de hidrogênio.

11. Defina espaço Interatômico e energia de ligação.Espaco interatomico: é a distancia de equilíbrio entre os átomos, é determinada por um balanço entre forcas de atração e de repulsão. Por exemplo em um metal solido, o espaço Interatômico é igual ao diâmetro do átomo ou duas vezes o raio do átomo.Energia de ligação: é a energia mínima necessária para criar ou para quebrar a ligação.

12. Faca um quadro relacionado as ligações atômicas, tipo de material e características deste.

Page 5: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

13. O que caracteriza estrutura cristalina, molecular e amorfa?

Cristalina: Se aplica a estrutura interna de um material cujo arranjo atômico gera um modelo tridimensional ordenado e repetitivo.

Molecular: Pode ser genericamente caracterizada por um agrupamento de átomos. Na realidade, existem grupos limitados de átomos fortemente ligados entre si, formando moléculas, e essas moléculas se ligam entre si por meio de ligações secundaria. A característica principal dos materiais de estrutura molecular é, portanto, apresentar forcas de atracao intramoleculares muito fortes. (Van der Waals)

Amorfa ou vítrea: Ao nível de seus arranjos atômicos, são aqueles em que os átomos nao resguardam qualquer tipo de regularidade ou organização em termos de sua disposição espacial

14. O que é célula unitária? É, portanto, uma subdivisão do reticulo cristalino, na qual são mantidas as características gerais de todo o reticulado. Em outras palavras, trata-se de um pequeno volume ( a unidade básica) que contem todas as características encontradas no cristal como um todo.

15. Conceitue fase de um material.

Uma ou mais partes do material que resguarda homogeneidade do ponto de vista estrutural, ou seja, que mantem um arranjo atômico próprio. Dessa forma, se um material possui como um todo um mesmo arranjo atômico, ele é dito homogêneo e unifásico. Se, por outro lado, coexistem no material partes com identidades estruturais próprias, o material será bifásico, trifásico ou, de modo genérico, polifásico, em função do numero de partes estruturalmente homogêneas existentes nesse material.

16. Diferencie solução solida substitucional e intersticial.

A solução solida substitucional ocorre quando o átomo de soluto tem dimensões e estruturas eletrônicas semelhantes ao átomo do solvente.A solicao solida intersticial ocorre quando a dissolução se da nao por substituição entre átomos, mas sim pela inserção de novos átomos do soluto em interstícios ou espaço entre átomos do solvente.

17. Defina:

A) Modulo de elasticidade – O módulo de elasticidade é a constante de proporcionalidade entre a tensão e a deformação.

B) Coeficiente de Paisson - No regime elástico além da deformação no sentido de aplicação da carga ocorre uma deformação no sentido transversal (Ex). A relação entre estas duas deformações é denominada coeficiente de Poisson.

C) Plasticidade – é a capacidade que têm os corpos de se tornarem delgados até formarem lâminas, sem se romperem (ex: a argila).

D) Ductilidade - é a capacidade que têm os corpos de se reduzirem a fios sem se romperem (a argila tem boa plasticidade e pequena ductilidade).Ex: cobre e alumínio.

E) Tenacidade – é a resistência que opõem ao choque ou percussão (ex: o vidro tem grande dureza, mas pequena tenacidade). É a energia mecânica, ou seja, o impacto necessário para levar um material à ruptura. Relacionado a capacidade de absorver energia.

E=σε

Page 6: Lista de Exercicios de Materiais de Construção

F) Fluencia -Além das deformações instantâneas, os materiais também podem sofrer deformações ao logo do tempo. Estas são conhecidas como deformações lentas e a principal é a fluência. A fluência é uma acomodação interna do material sob o efeito de uma carga constante.Caracteriza-se por ser uma deformação visco-elastica, ou seja, ocorre em decorrência da expulsão de fluidos do interior do material (poros). Assim, está restrita a materiais porosos.

G) Fadiga – Rupturas por fadiga resultam de aplicações repetidas de tensão. A ruptura em muitos materiais ocorre com tensões bem abaixo da tensão de ruptura se o carregamento for aplicado repetidamente.

H) Fragilidade - a fragilidade se defina mais propriamente como a capacidade de um material de fraturar-se com pouca deformação.

I) Resiliência – Propriedade similar a tenacidade e está relacionada a absorção de energia. Entretanto, neste caso, a energia deve ser absorvida elasticamente. Ex: madeira, borracha.

18- Represente graficamente o comportamento de um material dúctil quando submetido a tração. Definindo os pontos característicos deste gráfico.