Jornal do CEJA - Maio - 2011

Jornal do CEJA - Maio - 2011
Jornal do CEJA - Maio - 2011
download Jornal do CEJA - Maio - 2011

of 2

  • date post

    24-Jul-2015
  • Category

    Technology

  • view

    275
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Jornal do CEJA - Maio - 2011

  • Maio sempre visto como um ms muito especial, pois nele festejamos o dia das Mes. Este dia marcante por nos proporcionar lembrar o quanto nossas historias pessoais esto ligadas s de nossas mes.

    A me um smbolo to forte, que, dependendo de nossa estrutura emocional, psicolgica e afetiva, envelhecemos ligados a este smbolo, sem que dele nos libertemos para seguir nosso rumo com mais liberdade. Existem pessoas que at hoje no conseguem fazer absolutamente nada na vida, sem que a voz da me lhe direcione, mesmo depois de morta. (MARCELO,2011,P.1)

    Para grande parte da humanidade, essa simbologia presente to fortemente faz com que as pessoas no enxerguem a mulher que existe atrs da me, ou seja, a veem como um ser incapaz de errar, de ter carncias, crises. Como filhos precisamos reconhecer em nossa me a mulher que chora, que se entristece, que vaidosa, que sente desejos.

    Ento, neste momento eu

    o convido, caro leitor, a olhar para sua me e v-la como realmente ela , sem deixar que a simbologia fixa em sua mente atrapalhe sua viso, para afinal visualiz-la como um ser humano.

    Ela merece esse olhar, pois ela algum que no pode compartilhar muitas vezes suas dores conosco, porque sobre ela pesa a responsabilidade do smbolo... Ser que teramos condies de ver nossas mes como amigas, companheira de dores, algum que precisa ser amado? (MARCELO, 2011, P1)

    Resumindo nossa reflexo, precisamos entender nossas mes como mulheres capazes de amar, de se doarem, de vencer sacrifcios por seus filhos, mas que tambm necessitam de viver sua prpria vida.

    Coord. Pedaggica: Mrcia Linhares

    No dia 09 de Maio realizamos no CEJA a festa para homenagear as mes alunas e as mes dos alunos que estudam na escola.

    Os alunos apresentaram uma dinmica, o professor de Msica, Prof. Maurlio, apresentou alguns nmeros musicais, foi servido um jantar.

    Esses momentos foram intercalados com sorteios de vrios brindes.

    No final de cada bimestre podemos ter um resultado geral em relao ao desempenho dos alunos atravs do Rendimento Escolar.

    O rendimento foi apresentado aos alunos e professores e como intervenes no ndice de reprovao, o ncleo gestor se reuniu com cada turma para discutir sobre os fatores que contriburam para um resultado negativo. Tambm foi trabalhado a questo motivacional e mostradas as possibilidades de recuperao no prximo bimestre.

    Em reunio com os professores foram discutidas novas estratgias e novas formas de avaliar os alunos, visando a reduo da evaso e da reprovao.

    INFORMATIVODOCEJADESENADORPOMPEU

    N04MAIODE2011

    EditorialMe/Mulher

    Homenagem s Mes

    Rendimento Escolar

  • Durante o ms de Maio o Centro de Multimeios realizou o concurso de produo textual com o tema: ME.Receberam premiao as duas melhores produes:

    Me, Um ser histrico capaz de influenciar a vida com motivos de amor. Uma pessoa que mesmo nos momentos de fraqueza lembra que tem no mundo uma vida plena que transmite paz, alegria de viver...

    (Aluna Graciane (8/9 Ano)

    Me...Receba hoje meu abrao e todo o meu carinho! Voc o presente de DEUS para a minha vida...(Aluno Ccero Mateus (6/7 Ano)

    As inscries para o Enem (Exame Nacional do Ensino Mdio) comearam no dia 23 de maio e vo at o dia 10 de junho, s 23h59. As inscries sero feitas exclusivamente pela

    internet e devem ser realizadas pelo site do MEC (Ministrio da Educao).

    O exame deste ano ocorrer nos dias 22 e 23 de outubro. A taxa de inscrio continua R$ 35. Alunos da rede pblica no pagam e os de escolas particulares podem pedir iseno.

    Indicao de Leitura do Centro de Multimeios

    Nome do Livro:O Vendedor de SonhosAutor: Augusto Cury

    Um pouco sobre o livro:A fantstica histria de

    um homem que depois de impedir um suicdio grita aos quatro cantos que as sociedades modernas um verdadeiro hospcio global.

    No momento chama seus seguidores para vender sonhos em uma sociedade que deixou de sonhar, libertando as pessoas do crcere e da rotina. Ser ele um sbio ou um louco? Um romance de fazer voc chorar, rir e pensar muito.

    5 DE JUNHO

    DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE E DA ECOLOGIA

    O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembleia Geral das Naes Unidas em 1972 marcando a abertura da Conferncia de Estocolmo sobre Ambiente Humano.

    Celebrado anualmente desde ento no dia 5 de Junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente cataliza a ateno e ao poltica de povos e pases para aumentar a conscientizao e a preservao ambiental.

    Os principais objetivos das comemoraes so:1. Mostrar o lado humano das questes ambientais; 2. Capacitar as pessoas a se tornarem agentes ativos do desenvolvimento sustentvel; 3. Promover a compreenso de que fundamental que comunidades e indivduos mudem atitudes em relao ao uso dos recursos e das questes ambientais; 4. Advogar parcerias para garantir que todas as naes e povos desfrutem um futuro mais seguro e mais prspero.

    Expediente: Coordenadora: Prof. Edvone Saraiva - Diretora Formatao e Digitao: Prof. Eneas TorresRedao e Reviso: Prof. Mrcia-Coordenadora Pedaggica Laboratrio de Informtica

    Concurso Cultural

    A possibilidade de realizarmos um sonho o que torna a vida

    interessante

    Paulo Coelho