JBS - encerrada em 01/06/2010

download JBS - encerrada em 01/06/2010

of 680

  • date post

    09-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    228
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of JBS - encerrada em 01/06/2010

  • 1

    Prospecto Definitivo de Distribuio Pblica Primria de Aes Ordinrias de Emisso da

    JBS S.A.

    Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n 02.916.265/0001-60

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, n 2.391, 2 andar, conjunto 22, sala 2 So Paulo - SP

    Cdigo ISIN das Aes Ordinrias: BRJBSSACNOR8 Cdigo de negociao na BM&FBOVESPA: JBSS3

    200.000.000 Aes Ordinrias Valor da Distribuio: R$1.600.000.000,00

    Preo por Ao R$8,00

    A JBS S.A. (Companhia) est realizando uma oferta pblica de distribuio primria de, inicialmente, 200.000.000 aes ordinrias, nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraadas de quaisquer nus ou gravames, de emisso da Companhia ( Aes), nos termos descritos abaixo (Oferta), conforme deliberaes do Conselho de Administrao da Companhia em reunio realizada em 11 de maro de 2010, cuja ata foi publicada no Dirio Oficial do Estado de So Paulo e no jornal Valor Econmico em 26 de maro de 2010 e em 29 de maro de 2010, cuja ata foi publicada no Dirio Oficial do Estado de So Paulo e no jornal Valor Econmico em 1 de abril de 2010.

    A Oferta compreender a distribuio pblica de Aes no Brasil, em mercado de balco no-organizado, em conformidade com a Instruo da Comisso de Valores Mobilirios n 400, de 29 de dezembro de 2003 (CVM e Instruo CVM 400, respectivamente), e ser coordenada pelo Banco BTG Pactual S.A. (Coordenador Lder), o Banco J.P. Morgan S.A. (J.P. Morgan), o Banco Santander (Brasil) S.A. (Santander), o Banco Bradesco BBI S.A. (Bradesco BBI) e o BB Banco de Investimento S.A. (BB BI e, em conjunto com o Coordenador Lder, o J.P. Morgan, o Santander e o Bradesco BBI, os Coordenadores da Oferta) com a participao de determinadas instituies financeiras e determinadas corretoras e/ou outras instituies que no sejam corretoras autorizadas a operar na BM&FBOVESPA, conforme indicadas (Coordenadores Contratados e Instituies Consorciadas, respectivamente, e em conjunto com os Coordenadores da Oferta, Instituies Participantes da Oferta), incluindo esforos de colocao das Aes no exterior, para investidores institucionais qualificados, residentes e domiciliados nos Estados Unidos da Amrica, definidos em conformidade com o disposto na Regra 144A (Regra 144A) do Securities Act de 1933 dos Estados Unidos da Amrica, tal como alterado, e para investidores nos demais pases (exceto Estados Unidos da Amrica e Brasil), com base no Regulamento S (Regulamento S) editado ao amparo do Securities Act (Investidores Institucionais Estrangeiros), que invistam no Brasil em conformidade com os mecanismos de investimento da Resoluo do Conselho Monetrio Nacional n. 2.689, de 26 de janeiro de 2000, conforme alterada (Resoluo CMN 2.689), da Instruo CVM n 325, de 27 de janeiro de 2000, conforme alterada (Instruo CVM 325), e da Lei n. 4.131, de 3 de setembro de 1962, conforme alteradas (Lei n 4.131), esforos estes que sero realizados pelo BTG Pactual US Capital Corp, J.P. Morgan Securities, Inc., Santander Investment Securities Inc., BB Securities Limited, Banco do Brasil Securities LLC, Bradesco Securities Inc. Safra Securities LLC, Banco Votorantim Securities, Inc, e Deutsche Bank Securities Inc. (em conjunto, Agentes de Colocao Internacional). Nos termos do artigo 24 da Instruo CVM 400, a quantidade de Aes poder ser acrescida de um lote suplementar de at 30.000.000 Aes, equivalente a at 15% (quinze por cento) do total das Aes inicialmente ofertadas (Aes Suplementares), conforme opo para subscrio de tais Aes Suplementares outorgada pela Companhia ao BTG Pactual, nas mesmas condies e preo das Aes inicialmente ofertadas, para atender a um eventual excesso de demanda que venha a ser constatado no decorrer da Oferta (Opo de Aes Suplementares). O BTG Pactual ter o direito exclusivo, a partir da data de assinatura do Contrato de Coordenao, Garantia Firme de Liquidao e Colocao de Aes Ordinrias de Emisso da JBS S.A. (Contrato de Colocao) e por um perodo de at 30 (trinta) dias contados, inclusive, da data de publicao Anncio de Incio da Oferta Pblica de Distribuio Primria de Aes Ordinrias de Emisso da JBS S.A. (Anncio de Incio), de exercer a Opo de Aes Suplementares, no todo ou em parte, em uma ou mais vezes, aps notificao e desde que a deciso de sobrealocao tenha sido tomada em comum acordo com os demais Coordenadores da Oferta.

    Adicionalmente, nos termos do artigo 14, pargrafo 2, da Instruo CVM 400, a quantidade total de Aes inicialmente ofertada (sem considerar as Aes Suplementares) a critrio da Companhia, em comum acordo com os Coordenadores da Oferta, poderia ter sido mas no foi acrescida em at 40.000.000 Aes, em percentual equivalente a at 20% (vinte por cento) do total de Aes inicialmente ofertadas, nas mesmas condies e no mesmo preo das Aes inicialmente ofertadas (Aes Adicionais).

    Na emisso de novas Aes pela Companhia, houve excluso do direito de preferncia dos seus atuais acionistas, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei 6.404, de 15 de dezembro de 1976 e alteraes posteriores (Lei das Sociedades por Aes), e tal emisso foi realizada dentro do limite de capital autorizado previsto em seu Estatuto Social.

    O preo por Ao no contexto da Oferta (Preo por Ao) foi fixado aps (i) a efetivao dos Pedidos de Reserva de Aes no Perodo de Reserva; e (ii) a apurao do resultado do procedimento de coleta de intenes de investimento junto a Investidores Institucionais (conforme definidos neste Prospecto), realizado no Brasil, pelos Coordenadores da Oferta, e no exterior, pelos Agentes de Colocao Internacional, em conformidade com o disposto no artigo 44 da Instruo CVM 400 (Procedimento de Bookbuilding), em consonncia com o disposto no artigo 170, pargrafo 1, inciso III, da Lei das Sociedades por Aes. O Preo por Ao foi calculado tendo como parmetro a cotao de fechamento das Aes na BM&FBOVESPA e as indicaes de interesse em funo da qualidade da demanda por Aes coletada junto a Investidores Institucionais. Os Investidores No-Institucionais que efetuaram Pedidos de Reserva no participaram do Procedimento de Bookbuilding nem, portanto, do processo de fixao do Preo por Ao. O Preo por Ao e a determinao da quantidade de Aes emitidas e vendidas foram aprovados pelo Conselho de Administrao da Companhia antes da concesso do registro da Oferta pela CVM.

    Preo Comisses Recursos Lquidos (2)(3) Por Ao ............................................................................................................................................................... R$8,00 R$0,20 R$7,80 Total da Oferta(1) ................................................................................................................................................. R$1.600.000.000 R$40.000.000 R$1.560.000.000 _____________ (1) Sem considerar o exerccio da Opo de Aes Suplementares. Abrange as comisses a serem pagas aos Coordenadores da Oferta. (2) Sem deduo das despesas da Oferta. (3) Para informaes sobre remuneraes recebidas pelos Coordenadores da Oferta, veja a Seo Relacionamento entre a Companhia e os Coordenadores da Oferta e seus Conglomerados Econmicos, na pgina 56 deste

    Prospecto. A realizao da Oferta, com excluso do direito de preferncia dos atuais acionistas da Companhia, bem como os termos e condies da Oferta foram aprovados em reunio do Conselho de Administrao da Companhia realizada em 11 de maro de 2010, cuja foi publicada no Dirio Oficial do Estado de So Paulo e no jornal Valor Econmico em 26 de maro de 2010 e em Reunio do Conselho de Administrao da Companhia realizada em 29 de maro de 2010, cuja ata foi publicada no Dirio Oficial do Estado de So Paulo e no jornal Valor Econmico em 1 de abril de 2010. O Preo por Ao foi aprovado em reunio do Conselho de Administrao da Companhia realizada antes da concesso do registro da Oferta pela CVM.

    REGISTRO DE DISTRIBUIO PBLICA PRIMRIA CVM/SRE/REM/2010/012 EM 28 DE ABRIL DE 2010.

    O registro da Oferta no implica, por parte da CVM, garantia da veracidade das informaes prestadas ou julgamento sobre a qualidade da Companhia emissora, bem como sobre as Aes a serem distribudas.

    Este Prospecto Definitivo no deve, em nenhuma circunstncia, ser considerado uma recomendao de subscrio e integralizao das Aes. Ao decidir subscrever e integralizar as Aes, potenciais investidores devero realizar sua prpria anlise e avaliao da situao financeira da nossa Companhia, de nossas atividades e dos riscos decorrentes do investimento nas nossas Aes.

    OS INVESTIDORES DEVEM LER A SEO FATORES DE RISCO, A PARTIR DA PGINA 76 DESTE PROSPECTO E TAMBM OS ITENS 4. FATORES DE RISCO E 5. RISCOS DE MERCADO DO FORMULRIO DE REFERNCIA DA COMPANHIA, PARA UMA DESCRIO DE CERTOS FATORES DE RISCO QUE DEVEM SER CONSIDERADOS EM RELAO SUBSCRIO DAS AES.

    A(O) presente oferta pblica (programa) foi elaborada(o) de acordo com as normas de Regulao e Melhores Prticas da ANBID para as Ofertas Pblicas de Distribuio e Aquisio de Valores Mobilirios, atendendo, assim, a(o) presente oferta pblica (programa), aos padres mnimos de informao exigidos pela ANBID, no cabendo ANBID qualquer responsabilidade pelas referidas informaes, pela qualidade da emissora e/ou ofertantes, das Instituies Participantes e dos valores mobilirios objeto da(o) oferta pblica (programa). Este selo no implica recomendao de investimento. O registro ou anlise prvia da presente distribuio no implica, por parte da ANBID, garantia da veracidade das informaes prestadas ou julgamento sobre a qualidade da companhia emissora, bem como sobre os valores mobilirios a serem distribudos.

    Coordenadores DA OFERTA E JOINT BOOKRUNNERS

    Coordenador Lder e Agente Estabilizador

    COORDENADORES CONTRATADOS

    A data do presente Prospecto Definitivo 27 de abril de 2010.

  • 2

    (pgina intencionalmente deixada em branco)

  • 3

    NDICE

    1. INTRODUO E SUMRIO ...............................................................