HB Notícias 08

download HB Notícias 08

of 8

  • date post

    30-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    239
  • download

    24

Embed Size (px)

description

HB Notícias 08

Transcript of HB Notícias 08

  • DEZ - 2011/JAN - 2012

    DICAS PARA ABANDONAR O

    CIGARROEMAGREA CO

    M SADE

    NOVA CIRURGIA ALIVIA DOR

    NA COLUNA

    VERO TRANQUILO: Saiba como prevenir as doenas da estao.

  • 2hb notcias - dez - 2011/Jan - 2012

    A tica na prtica da enfermagem

    Projeto para a terceira idade premiado

    Reconhecendo a credibilidade e a qualidade dos servios prestados pelo Hospital Balbino, o Conselho Regional de En-fermagem do Rio de Janeiro (COREN-RJ) selecionou a institui-o para implantar uma comisso interna de tica em enfer-

    O Hospital Balbino foi classificado como finalista do Pr-mio Sodexo Vida Profissional 2011, organizado pela empresa de servios corporativos Sodexo. O projeto Viva com Sade a Terceira Idade, desenvolvido pelo Servio de Geriatria desde 2006, concorreu com 35 outros projetos de todo o Brasil, ins-critos na categoria Solues para a Qualidade de Vida.

    A coordenadora do programa e geriatra do hospital, Leni-ta Balbino, recebeu trofu e placa de homenagem. Para ela, a premiao significa que o Hospital Balbino est inovando quando pensa em promoo de sade para a comunidade. Esse projeto traduz a assistncia que prestada aqui. Ns cuidamos da sade e tambm nos preocupamos com a quali-dade de vida de todos, afirma.

    A psicloga Margarete de Pinho, que tambm uma das responsveis pelo projeto, destaca que o Viva com Sade est crescendo a cada ano. Comeamos apenas com pa-lestras educativas. Depois, introduzimos as oficinas de memria, com dinmicas e atividades. Hoje, temos teatro, organizamos passeios, fazemos caminhadas, promovemos aulas de dana, trazemos atraes para as palestras e pre-tendemos evoluir ainda mais, comenta.

    Ludemila Rebelo, 84 anos, moradora da Vila da Pe-nha, participou de todas as palestras do projeto este ano. Para ela, o Viva com Sade uma oportunida-de de vivenciar novas experincias. Acho maravilhoso para a sade e a mente. uma alegria poder conhecer coisas novas e compartilhar o calor humano, disse. Participante do projeto h trs anos, Luiz Carlos da Ressurreio, 64 anos, morador de Duque de Caxias, considera que o aprendizado com as palestras mudou

    seus hbitos. Agora, cuido melhor da minha sade e tam-bm fico mais feliz por ter uma forma de descontrao e poder fazer novos amigos, explica.

    O Viva com Sade a Terceira Idade um programa de cunho scio-educativo e consiste em encontros mensais para o pblico da terceira idade, com aes de promoo sa-de e diversas atividades. Entre diferentes temas abordados, o projeto trata de maneira simples e agradvel os principais aspectos relacionados ao envelhecimento feliz e saudvel. As inscries so gratuitas e, por ano, so beneficiadas mais de 500 pessoas.

    Acompanhe a programao do projeto para 2012 no site www.hospitalbalbino.com.br

    magem. Formada por enfermeiros e tcnicos de enfermagem da unidade, a comisso ter como principal misso fiscalizar

    o cumprimento dos direitos e deveres dos profissionais de enfermagem do hospital, no exerccio de suas funes.

    Os membros da comisso foram escolhidos atravs de voto e tomaram posse em uma cerimnia realizada no dia 16 de novembro, no auditrio do Hospital Balbino. O presidente do COREN-RJ, Pedro de Jesus Silva, esteve presente ao evento e elogiou o trabalho dos profissio-nais da instituio. Parabenizo o empenho do Hospital Balbino em formar a sua comisso de tica. Fico muito feliz ao ver a dedicao de todos vocs para fazer um trabalho diferenciado e de qualidade. Saio deste hos-pital com mais vontade de lutar por essa profisso to sofrida, disse.

    Segundo a coordenadora geral de enfermagem do Hos-pital Balbino, Jane Frana, o trabalho da Comisso de tica proporcionar mais segurana ao paciente, alm do aprimo-ramento no cuidado tcnico dos profissionais. Esse processo inovador e significa um marco na histria da enfermagem deste hospital, afirmou.

  • 3hosPitaL baLbino Voc PResente no FUtURo

    X Curso Intensivo de Reviso em Cardiologia Clnica

    Comea em 2012 a dcima edio do Curso Intensivo de Reviso em Cardiologia Clnica, coordenado pelo cardio-logista Rogrio de Moura. Certi fi cado pela Comisso Nacio-nal de Acreditao, o curso voltado para cardiologistas e clnicos gerais e tem contedo e metodologia dedicados reciclagem e preparao para concursos e/ou prova de Ttu-lo de Especialista em Cardiologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia (TEC/SBC). Fazem parte da programao temas como exame f sico em cardiologia, fi siologia cardaca, m-todos diagnsti cos em cardiologia, farmacologia cardiovas-cular, febre reumti ca e endocardite infecciosa, miocardite e pericardite, doena cardaca congnita e taquiarritmias, entre outros.

    10 EDIO

    CURSO INTENSIVO DE REVISOEM CARDIOLOGIA CLNICA

    CIRCCCURSO INTENSIVO DE REVISOEM CARDIOLOGIA CLNICA

    CIRCC

    As aulas tericas comeam em 10 de janeiro e as presenciais ocorrero de 3 de maro a 1 de setembro, no Centro de Estudos do Hospital Balbino.

    Inscries, at 31 de janeiro, pelo site www.cursointensi-vocardio.com.br ou pelo telefone (21) 3869-8012.

    Conquiste o peso ideal sem arriscar a sade As frmulas mgicas de emagrecimento esto cada vez

    mais populares. Nos sites de busca, h dezenas de emagre-cedores relmpago, vendidos livremente. A proposta tenta-dora, mas preciso muito cuidado, pois eles podem ser uma grande cilada. O alerta de Marcelo Cruzick, endocrinolo-gista do Hospital Balbino. Segundo ele, os emagrecedores no respeitam a fi siologia do corpo humano e possuem diversos efeitos colaterais potencialmente graves sade.

    Viles?Existem emagrecedores prescritos e vendidos com reten-

    o da receita, como a sibutramina, um efi caz esti mulador da saciedade. Entretanto, seu uso inadequado pode acarretar s-rios danos ao paciente. Outros medicamentos, usados como inibidores de apeti te, tambm podem gerar reaes adversas. Prova disso que a Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa) proibiu a produo, distribuio e comercializao de Femproporex, Anfepramona e Mazindol em territrio nacio-nal. As substncias, derivadas da anfetamina, podem causar dependncia, efeitos cardiovasculares graves e desencadear distrbios psiquitricos severos, como a psicose aguda.

    Para o especialista, o problema no est nas substncias inibidoras de apeti te, mas no seu consumo irregular, muitas vezes, sem orientao mdica. O mdico aponta que, em al-guns casos, os emagrecedores podem ser benfi cos. Quando o paciente precisa perder peso, mas no responde bem aos tratamentos convencionais, muitas vezes, o risco dos inibido-res compensa, porque os problemas associados ao sobrepeso so ainda mais danosos sade, ressalta.

    Receita saudvelA melhor forma de combater o sobrepeso a preveno.

    recomendvel que todas as pessoas, independentemente da predisposio obesidade, adotem hbitos saudveis de ali-mentao e evitem o sedentarismo. Dietas devem ser adota-

    das com cautela e sempre acompanhadas por um especialista. Quem faz dieta por conta prpria corre o risco de colher mais prejuzos do que benef cios. Dietas radicais, alm de restringi-rem as calorias, tambm reduzem signifi cati vamente vitami-nas, fi bras e minerais, compostos indispensveis para o bom funcionamento do organismo, explica Marcelo Cruzick.

    Dicas, dicas, dicas...Coma de tudo, mas com moderao. D preferncia s fru- tas, verduras e carnes magras e, sempre que possvel, evite guloseimas, como doces e frituras.

    Alimente-se a cada 3 horas e beba muitos lquidos.

    Faa refeies sem pressa, atento quilo que come.

    Prefi ra alimentos integrais, que, por terem digesto mais lenta, saciam a fome por mais tempo.

    Escolha um exerccio f sico de seu agrado e o prati que regu- larmente.

    Visite seu mdico regularmente para avaliar as etapas do emagrecimento.

  • 4hb notcias - dez - 2011/Jan - 2012

    Aproveite o vero com sade Frias, sol, praia, comidas exti cas, quebra total da roti -

    na. O vero a poca mais festejada do ano, mas tambm o perodo em que so cometi dos perigosos excessos com a sade. Nas emergncias adulta e peditrica do Hospital Bal-bino, nesse perodo, aumentam os casos de intoxicao ali-mentar, diarreia, micoses, conjunti vite e queimadura solar. Para que o vero no se transforme em dor de cabea, preciso fi car atento a alguns cuidados.

    A mdica Fabianne Ricci, do Servio de Dermatologia do Hospital Balbino, lembra que, nessa poca, a radiao de raios ultravioleta extremamente alta, o que causa danos pele. Esses raios so responsveis pelo aparecimento de diversos ti pos de cncer de pele, que devem ser tratados o mais preco-cemente possvel. Qualquer leso suspeita deve ser avaliada por um dermatologista, comenta Fabianne. Por isso, im-portante evitar a exposio solar entre as 10 e as 16 horas, perodo de maior radiao no dia, e aplicar fi ltro solar cada trs horas ou toda vez que sair da gua, indica.

    O protetor importante no apenas contra o cncer de pele, mas tambm contra queimaduras solares. Alm de ver-melhido e sensao de ardncia, tomar sol sem proteo pode gerar queimaduras mais graves, de segundo grau, ca-racterizadas pelo aparecimento de bolhas. Por isso, os cuida-dos devem ser redobrados, principalmente com as crianas, que tm a pele mais fi na do que a dos adultos e, consequen-temente, mais sensvel. De acordo com o chefe da Emergn-cia Peditrica do HB, Antnio Carlos Turner, a consti tuio

    da pele das crianas exige um fi ltro especfi co, com um fator de proteo solar (FPS) elevado e resistncia a gua. Mas apenas isso no basta. Os pais devem lanar mo tambm de barreiras f sicas contra o sol, como camisetas, bons, culos e guarda-sis, afi rma o mdico.

    Hepatite ANesse perodo, crescem tambm os casos de hepati te A. A doena, causada pelo

    vrus HAV, se dissemina mais nessa poca do ano pela mudana de hbitos durante as viagens de frias e pela ingesto de gua e alimentos contaminados, como fru-

    tos do mar