Guia Litrgico Pastoral Cnbb

download Guia Litrgico Pastoral Cnbb

of 120

  • date post

    12-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    174
  • download

    53

Embed Size (px)

description

GUIA LITÚRGICO PASTORAL CNBB

Transcript of Guia Litrgico Pastoral Cnbb

  • GUIA LITRGICO PASTORAL

    APRESENTAO

    H muito tempo vem sendo solicitado pelas equipes de liturgia e pelas comunidades

    um Guia Litrgico Pastoral para ajudar na organizao e na animao das celebraes, tendo

    em vista a participao ativa e consciente do povo na liturgia, a valorizao da vida, das cul

    turas e da rica tradio litrgica da Igreja.

    O presente Guia Litrgico Pastoral, inspirado na tradio litrgica da Igreja e nas ori

    entaes do Magistrio, apoia-se nas prticas celebrativas da Igreja e na caminhada das co

    munidades. No pretende cercear nem inibir o trabalho criativo das equipes de liturgia, mas,

    imbudo do esprito celebrativo, oferece princpios e critrios para animar e renovar as cele

    braes litrgicas como memria da Pscoa de Jesus Cristo em realizao na humanidade e

    na vida dos cristos.

    um servio para enriquecer a pastoral litrgica nas dioceses e parquias e desen

    volver a espiritualidade litrgica como caminho de libertao, comunho com Deus e solidari

    edade com todas as criaturas, sobretudo os seres humanos, com especial ateno aos mais

    pobres e oprimidos do mundo.

    Os destinatrios do Guia Litrgico Pastoral so as comunidades e suas equipes de li

    turgia. Elaborado numa linguagem simples e popular no substitui a Instruo Geral do Mis

    sal Romano, as Introdues Gerais dos Rituais dos Sacramentos e dos outros livros litrgi

    cos. Nelas se apia e a elas se refere como literatura indispensvel para conhecer, viver e

    celebrar bem a liturgia.

    Dom Manoel Joo Francisco

    Bispo de Chapec

    Presidente da Comisso Episcopal Pastoral para a Liturgia

    1

  • I - O ANO LITRGICO

    1. A Liturgia nos ritmos do tempo

    1.1. O ritmo dirio

    1.2. O ritmo semanal

    1.3. O ritmo anual

    2. As solenidades, festas e memrias

    2.1. As Solenidades

    2.2. As festas

    2.3. As memrias

    2.3.1. Memrias obrigatrias e facultativas

    2.3.2. Comemoraes

    3. Indicaes particulares (especiais)

    3.1. Os Lecionrios

    3.2. Dias santos de guarda

    3.3. Transferncia para os domingos do Tempo Comum de celebraes que ocorrem

    num dia de semana

    3.4. Cumprimento do dever pascal

    3.5. Jejum e abstinncia

    3.6 Meses, semanas e dias temticos

    4. Ocorrncia de celebraes litrgicas

    Tabela dos dias litrgicos por ordem de precedncia

    II. CELEBRAO DOMINICAL DA PALAVRA DE DEUS

    1. O sentido teolgico-litrgico das Celebraes Dominicais da Palavra de Deus

    2. Elementos para o roteiro da celebrao dominical da Palavra de Deus

    2.1. Os ritos iniciais

    2.2. Os ritos da Palavra

    2.3. Ritos de louvor ou ao de graas

    2.3.1. Rito de louvor ou ao de graas simples

    2.3.2. Rito de louvor ou ao de graas com comunho eucarstica

    2.3.3. Rito de louvor ou ao de graas com partilha de alimentos

    2.4. Os ritos finais

    3. Ao ministerial

    2

  • III. CELEBRAO EUCARSTICA

    1.A estrutura da missa

    2.O centro da missa: memorial da Pscoa de Cristo

    3.A liturgia eucarstica

    A Orao eucarstica

    Ritos de comunho

    Preparao das oferendas

    4.A Liturgia da Palavra

    5.Ritos Iniciais e Ritos Finais

    Os Ritos Iniciais

    Os Ritos Finais

    6. A comunidade toda celebra a Eucaristia sob a presidncia do ministro ordenado

    7. Missas e oraes para diversas circunstncias

    . Missas rituais

    . Missas e oraes para diversas necessidades

    Missas votivas

    7.3.1. Missa votiva do Sagrado Corao de Jesus

    7.3.2. Missa votiva no aniversrio do Papa, do Bispo e da ordenao sacerdotal.

    7.4. Missa pelos fiis defuntos

    7.5. Missas com presena de vrios bispos e/ou presbteros

    8. Orientaes litrgico-pastorais

    8.1. Asperso do povo nos domingos

    8.2. Po para a celebrao da Eucaristia

    8.3. Comunho dos fiis

    8.4. Comunho sob duas espcies

    8.5. Comunho na mo

    8.6. Jejum eucarstico

    8.7. Aplicao da missa pelo povo

    8.8. Adorao eucarstica

    8.8.1. O Culto eucarstico fora da missa nasce da celebrao da Eucaristia

    8.8.2. Ns adoramos o que conhecemos(Jo 14,22)

    8.8.3. A exposio do Santssimo Sacramento

    8.8.3.1.A exposio prolongada do Santssimo Sacramento

    3

  • 8.8.3.2. A exposio breve

    8.8.4. O ministro da exposio

    8.8.5. Ambiente adequado

    8.8.6. Adorao eucarstica e a escuta da Palavra.

    9. Missas de rdio e televiso

    IV. CELEBRAO DO MATRIMNIO CRISTO

    1. Importncia e dignidade do sacramento do Matrimnio

    2. Preparao e celebrao do matrimnio

    V. A CELEBRAO DE BNOS

    1.O sentido da bno

    2.A bno como ao litrgica

    3.Elementos da celebrao de bno

    4.Ministro da bno

    5.Algumas pistas pastorais

    VI. EXQUIAS

    1. O sentido teolgico-litrgico da celebrao das exquias

    2. A celebrao da morte - plenitude da pscoa dos cristos

    3. A Cremao

    4. O(a) ministro(a) das exquias

    5. O luto

    VII. CANTO E MSICA NA LITURGIA

    1. Critrios para a criao e escolha do repertrio litrgico

    2. Ministrios litrgico-musicais

    2.1.Ministrio dos compositores (letristas e msicos)

    2.2 Ministrio do grupo de cantores ou coral

    2.3.Ministrio do salmista

    2.4. Ministrio dos instrumentistas

    2.5 Ministrio dos regentes ou animadores

    3. O canto e a msica no tempo do ano litrgico

    4

  • 31. Cantar o Advento do Senhor

    3.2. Cantar o Natal do Senhor

    3.3. Cantar a Quaresma

    3.4. Cantar o Trduo Pascal

    3.5.Cantar a Pscoa do Senhor

    3.6.Cantar o Tempo Comum

    3.7.Cantar as solenidades e festas

    4. Canto e msica para os demais sacramentos e sacramentais

    VIII. OS MINISTRIOS LITRGICOS

    1. Os ministrios ordenados

    2. Os ministrios institudos

    3. Os ministrios confiados

    3.1. Ministros extraordinrios da sagrada Comunho

    3.2. Ministros extraordinrios do Batismo

    3.3. Testemunhas qualificadas do Matrimnio

    3.4. Ministros da Celebrao da Palavra

    4. Outras funes ministeriais

    IX. O ESPAO CELEBRATIVO

    1. trio

    2. O lugar da assemblia

    3. O lugar da presidncia

    4. O lugar da Palavra

    5. O lugar do sacrifcio e da ceia

    6. O lugar do batismo

    7. O lugar da reconciliao

    8. O lugar da reserva eucarstica

    9. O lugar das imagens

    10. Decorao

    11. As vestes litrgicas

    12. Os vasos sagrados

    13.Sacristia

    14.Igrejas histricas

    5

  • X. PASTORAL LITRGICA

    1. Pastoral Litrgica

    2. Equipes de pastoral litrgica e equipes de celebrao

    a. Equipe de pastoral litrgica

    b. Equipe de celebrao

    3. Formao litrgica

    4. Plano da organizao litrgica

    5. Passos para a preparao da celebrao

    a. Preparao remota

    b. Preparao prxima

    XI. BIBLIOGRAFIA

    6

  • SIGLAS E ABREVIAES

    AT Antigo Testamento

    BC Ritual do Batismo de Crianas

    CB Cerimonial dos Bispos/Cerimonial da Igreja

    CD Vaticano II. Decreto Christus Dominus sobre o mnus pastoral dos bispos na Igreja

    CDC Cdigo de Direito Cannico

    CELAM Conselho Episcopal Latino-americano

    CELMU Curso Ecumnico de Liturgia e Msica

    Cf. Confira / Cenferir

    CIC Catecismo da Igreja Catlica

    CNBB Conferncia Nacional dos Bispos do Brasil

    CP Communio et Progressio, Instruo Past. da Com. Pont. para as comunicaes sociais

    ELM Elenco das Leituras da Missa

    EM Eucharisticum Mysterium, Sagrada Congregao dos Ritos e Consilium, 1967.

    GS Constituio Pastoral Gaudium et Spes sobre a Igreja no mundo de hoje

    IGLH Instruo Geral sobre a Liturgia das Horas

    IGMR Instruo Geral sobre o Missal Romano

    LG Vaticano II. Constituio Dogmtica Lumen Gentium sobre a Igreja

    MND Mane Nobiscum Domine (Carta Apostlica de Joo Paulo II para o Ano da Eucaristia

    MS Musicam Sacrae, Sagrada Congregao dos Ritos e Consilium, 1967

    NALC Normas sobre o Ano Litrgico e o Calendrio

    NT Novo Testamento

    ODC Ofcio Divino das Comunidades

    OLM Ordo Lectionum Missae (Elenco das leituras da missa)

    REB Revista Eclesistica Brasileira

    RM Ritual do Matrimnio

    RP Ritual da Penitncia

    SC Constituio Sacrosanctum Concilium sobre a Sagrada

    SD Santo Domingo IV Conferncia do Episcopado Latino-Americano, 1992

    UE Rito da Uno dos Enfermos e sua Assistncia Pastoral

    VV.AA. Vrios Autores

    7

  • I - O ANO LITRGICO

    A liturgia a celebrao do Mistrio Pascal de Cristo. Em volta deste ncleo funda

    mental da nossa f, celebramos o Ano Litrgico que foi se organizando para manter viva a

    memria do Ressuscitado na vida de cada pessoa e de cada comunidade.

    O Ano Litrgico revela todo o mistrio de Cristo no decorrer do ano, desde a encar

    nao e nascimento at a ascenso, ao pentecostes e a expectativa da feliz esperana da

    vinda do Senhor (SC 102). Ele assim nos prope um caminho espiritual, ou seja, a vivncia

    da graa prpria de cada aspecto do mistrio de Cristo, presente e operante nas diversas fes

    tas e nos diversos tempos litrgicos (cf. NALC 1).

    Em sntese, atravs do Ano Litrgico, os fiis fazem a experincia de se configurar ao

    seu Senhor e dele aprenderem a viver os seus sentimentos (cf. Fl 2,5).

    1. A Liturgia nos ritmos do tempo

    O Ano Litrgico no apenas recorda as aes de Jesus Cristo, nem somente renova a

    lembrana de aes passadas, mas sua celebrao tem fora sacramental e especial eficcia

    para alimentar a vida crist1. Por isso, o Ano Litrgico sacramento e, assim, torna-se um ca

    minho pedaggico-espiritual nos ritmos do tempo.

    Como a vida, a liturgia seg