EXTINTORES MATERIAIS INCÊNDIO - .manômetro de controle de sistema normal com glicerina, inox,...

EXTINTORES MATERIAIS INCÊNDIO - .manômetro de controle de sistema normal com glicerina, inox, etc..
EXTINTORES MATERIAIS INCÊNDIO - .manômetro de controle de sistema normal com glicerina, inox, etc..
download EXTINTORES MATERIAIS INCÊNDIO - .manômetro de controle de sistema normal com glicerina, inox, etc..

of 2

  • date post

    07-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of EXTINTORES MATERIAIS INCÊNDIO - .manômetro de controle de sistema normal com glicerina, inox,...

  • MATERIAIS INCNDIO

    JUNTAS IMENDACANHES

    Canho monitor projetado para proporcionar altas vazes, destinando-se a resfriamento de estruturas. Podem ser fixos em viaturas ou mveis e derivantes.

    LANADORES

    Proporcionador de espuma auto dosado, atua junto com lanador de espuma vazo de 200 Lpm para 11/2 e, 400 e 800 Lpm para 21/2.

    Projetores para espuma, projetores de alta velocidade HV e mdia velocidade MV, utilizado em plataformas de carregamentopara resfriamento de tanques.

    PROJETORES

    Vlvulas para canho, vlvulas de controledilvio, descarrega gua ou espuma.Vlvulas reguladoras de presso sada constante.

    AUTOMTICAS

    Vlvula de governo com TRIM para teste e limpeza de 4, 6 e 8. Vlvula gaveta e gongo hidrulico complementam o equipamento.

    GOVERNO

    gua:P BC:P ABC:CO:Espuma:

    10 Lt4, 6, 8 e 12 Kg4, 6, 8 e 12 Kg4 e 6 Kg9 Lt

    gua:P BC:P ABC:CO:Espuma:

    75 Lt20, 50 e 100 Kg20 e 50 Kg10, 25 e 50 Kg50 Lt

    EXTINTORES

    120 x 90 x 17 cm (2 mangueiras)120 x 90 x 30 cm(4 mangueiras)Embutir ou Sobrepor

    Simples e Extintor Duplos

    75 x 45 x 17 cm90 x 60 x 17 cm90 x 60 x 30 cm (2 mangueiras)Embutir ou Sobrepor

    ARMRIOS

    JUNTAS IMENDAESGUICHOS

    Esguichos slidos, regulveis 11/2 e 21/2 com 3 posies at 120 de leque, Tipo FOG HOG para canho, esguichos automticos de alta performance.

    Vlvula angular 45 predial 100 PSI para coluna hidrante. Vlvula angular 45 150 e 210 PSI e tipo crane aplicadas em hidrantes industriais.

    VLVULAS

    Campinas19 3778-3633 - Fax: 19 3778-3630

    Av. Papa Paulo VI, 170Jd. do Trevo - SP

    campinas@vanguardacomercial.com.br

    So Paulo11 3855-8688 - Fax: 11 3855-8680Rua Pe. Venncio de Resende, 141,

    Casa Verde - SPsaopaulo@vanguardacomercial.com.br

    www.vanguardacomercial.com.br

    JUNTAS IMENDAMANGUEIRAS ABNT (NBR 11861)

    Tipo 1 - 2 - 3

    Industrial, resistentea abraso e produtos qumicos.11/2 ou 21/2

    Tipo 4 Externo PlsticoTipo 5 Externo Borracha

    Predial 11/2 IndustrialComercial Naval11/2 ou 21/2

    CONTROLE

    Pressostatos para monitoramento de rede, chave de fluxo com ou sem retardo, manmetro de controle de sistema normal com glicerina, inox, etc..

    CMARAS

    Coluna hidrante simples, coluna industrial tipo Y e para canho. Cmara Espuma modelo MCS 9 17 33 55 para sistemas fixos.

    Tamanhos:Vazo:Elevao:Rotao:

    at DN 300at 1.700 m/hat 180 mat 3.500 rpm(motores eltricos)

    BOMBAS KSB

    Bombas de pressurizao de linha (jockey) e conjuntos motobombas com acionamento diesel e/ou eltrico, montados sobre base nica, fornecidos com painel eltrico para partida automtica e tanque de combustvel.

    LGE AFFF/ARC

    Lquido gerador de espuma tipo AFFF/ARC, forma um filme na superfcie do combustvel. ideal para incndio Classe B, hidrocarbonetos e polares.

    Sprinkler pendente, Up Right cromado e natural de 1/2e 3/468, 79, 93 e 141 canopla de acabamento Sprinkler Side Wall de 1/2 68 e 79.

    SPRINKLERS

    Tampes com corrente adaptadores11/2 e 21/2 chaves duplas, reduo, toda linha predial e industrial atendendoa todas as normas.

    ADAPTADORES

    Centrais de combate a incndio convencionais e endereveis. Sirenes acionadores de bomba e alarmes detectores trmicos, ticos, de fumaa, etc..

    SINALIZAO E ALARMES ACESSORIOS NFPA

    flowmeter , vlvulas de alivio e waste-cone para sistemas de combate a incndio de acordo com a norma NFPA

  • CONCEITOS BSICOS

    Classes de IncndioO incndio se caracteriza pelo tipo de material em combusto e pelo estgio em que se encontra. H cinco classes de incndio identificadas pelas letras A, B, C, D, e K.

    Classe AAssim identificado o fogo em materiais slidos comuns, como madeira, papel, tecido e borracha. Deixa como resduos cinzas e brasas. O mtodo mais comum para extingui-lo costumava ser o resfriamento por gua. Novas tecnologias utilizam o p ABC para o combate de incndio classe A.

    Classe BOcorre quando a queima acontece em lquidos inflamveis, graxas e gases combustveis. No deixa resduos. Para extingui-lo, voc pode abafar, quebrar a reao em cadeia ou ainda promover o resfriamento.

    Classe C a classe de incndio em equipamentos eltricos energizados. a extino deve ser feita por agente extintor que no conduza eletricidade. importante lembrar que a maioria dos incndios classe C, uma vez eliminado o risco de choque eltrico, torna-se um incndio classe A.

    Classe D a classe de incndio em que o combustvel so metais pirofricos, como magnsio, selnio, antimnio, ltio, potssio, alumnio fragmentado, zinco, titnio, sdio, urnio e zircnio. Queima em altas temperaturas. Para apag-lo, voc necessita de ps especiais, que separam o incndio do ar atmosfrico pelo abafamento.

    Classe KClassificao do fogo em leo e gordura em cozinhas. Os agentes extintores da classe K controlam rapidamente o fogo, formando uma camada protetora na superficie em chamas. Possuem efeito de resfriamento por vapor dgua e de inertizao resultante da formao do vapor. Extinguem o fogo interrompendo a reao qumica de combusto.

    APARAS DE PAPELMADEIRASA

    EQUIPAMENTOSELTRICOSC

    LQUIDOS INFLAMVEISB

    METAISCOMBUSTVEIS

    D

    LEO EGORDURAK

    Para a escolha correta de seu extintor, voc precisa:

    Avaliar o risco de incndio do local a ser protegido;

    Identificar a classe do fogo, em funo dos materiais existentes no local.

    Para a proteo de reas em geral, normalmente utilizam-se extintores classe A base de gua, conjugados a

    extintores classe BC base de p. Novas tecnoligias utilizam somente extintores classe ABC, permitindo mltiplo

    uso do equipamento. Voc no precisa preocupar-se em identificar a classe do fogo antes de utilizar o extintor. A

    capacidade extintora fundamental para o sucesso do combate e mais importante do que a quantidade de

    agente extintor disponvel no equipamento.

    ESCOLHENDO A MELHOR OPO

    gua P BC P ABC CO2 Halogenados Mecnica Espuma

    INCNDIO AGENTE EXTINTOR

    Classe A

    Classe B

    Classe C

    Eficiente

    Eficiente

    Eficiente

    Eficiente Eficiente Eficiente

    Eficiente

    Eficiente

    Eficiente Eficiente EficienteEficiente

    No

    No

    NoNo

    Pouco Eficiente Pouco Eficiente

    Principalmtodo de extino Resfriamento

    Quebra dareao emcadeia

    Quebra dareao em cadeia

    Abafamento Abafamento Abafamento

    Proporcionador de EspumaCDIGO MODELO VAZO (LPM) ENTRADA SADA DIMETRO

    ENTRADA LGECOMPR.

    (mm)PESSO (Kg)

    PR208 PE 200 200 1.1/2 E.R. 1.1/2 E.R. 1.1/2 3/4 282 2,4

    PR418 PE 400 400 2.1/2 E.R. 2.1/2 E.R. 2.1/2 1 355 6,0

    PR828 PE 800 800 2.1/2 E.R. 2.1/2 E.R. 2.1/2 1 380 6,0

    O NOMINAL/

    A seguinte equao deve ser empregada no dimensionamento de placa de ofcio.

    d= Q18,20 x P

    d= Dimetro da placa de orifcio (Pol.) Q= Vazo de soluo de espuma (gpm) P= Presso na entrada da placa (psi)

    HidrocarbonetosOs produtos AFFF devem ser utilizados para hidrocarbonetos (querosene, gasolina, naftas, etc...). Ao ser aplicada em combustiveis no polares, a espuma flui muito rapidamente e promove a drenagem de um filme aquoso que, em conjunto com a prpria espuma, forma um sistema muito eficaz de combate ao fogo e selagem dos vapores inflamveis.

    lcooisOs produtos ARC devem ser utilizados para lcool (solventes polares, cetonas, steres, etc...). Ao se aplicada em combustveis polares a espuma flui espalhando-se pela superfcie e formando uma camada polimtrica que, em conjunto com a prpria espuma e o filme aquoso, potencializam a melhor ao de combate ao fogo e selagem dos vapores inflamveis.

    TIPO LIMITEO ORIFCIO

    mm pol.

    PRESSO

    Kgf/cm2 psi

    VAZO DE SOLUO

    lpm USgpm

    MCS-17

    MCS-33

    MCS-55

    mn

    mn

    mn

    mn

    mx

    mx

    mx

    mx

    16.28

    23.22

    23.11

    31.06

    31.04

    46.36

    45.92

    59.18

    .641

    .914

    .910

    1.223

    1.222

    1.825

    1.808

    2.330

    40

    100

    40

    100

    40

    100

    40

    100

    178

    571

    363

    1041

    666

    2358

    1487

    3906

    47

    151

    96

    275

    176

    623

    393

    1032

    2.8

    7.0

    2.8

    7.0

    2.8

    7.0

    2.8

    7.0

    DIMETRO NOMINAL

    Entrada Sada

    2

    3

    4

    8

    4

    6

    8

    10

    MCS-9

    LGE TIPO COMBUSTVEL DOSAGEM ASPECTO COR PH VISCOSIDADE DENSIDADE

    3% AFFF Hidrocarbonetos 3%Lquido

    Ambar 8,5

    10 c St

    1.0

    6% AFFF

    2500 cPs

    3% AFFF

    Hidrocarbonetos

    Hidrocarbonetos

    ARC lcoolGelatinoso

    3%

    6%

    AFFF Hidrocarbonetos

    ARC lcoolGelatinoso

    3%

    3%

    3%

    6%

    3% 3%

    O fator K uma constante empregada para o cuculo de vazo, expresso conforme a equao:

    Q = K P, onde Q = vazo (gpm) P = presso (psi)

    PROPORCIONADOR DE ESPUMA

    CMARA DE ESPUMA TIPO MCS

    AO DOS LQUIDOS GERADORES DE ESPUMA AFFF / ARC

    EXTINTORES NOVO TEXTO DA IT-21 (S)

    2-A

    20-B : C

    2-A : 20-B : C

    2-A : 10-B

    5-B : C

    5-B : C

    GUA

    P BC

    P ABC

    ESPUMA

    Co2

    HALOGENADOS

    CAPACIDADE EXTINTORA MNIMA PARA EQUIPAMENTOS PORTTEIS SOBRE / RODAS

    10-A

    80-B :C

    6-A : 80-B : C

    6-A : 80-B

    10-B : C

    Pgina 1Pgina 2