Ervas e Seu Uso Litrgico

download Ervas e Seu Uso Litrgico

of 100

  • date post

    08-Jan-2016
  • Category

    Documents

  • view

    53
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Uso das ervas na Umbanda

Transcript of Ervas e Seu Uso Litrgico

Ervas e seu uso litrgico

Ervas seus Orixs e uso litrgico.

Com o intuito de organizao e pesquisa referencial separei algumas ervas de acordo com seu uso litrgico.Cito referencia, pois os Orixs regentes de determinadas ervas se alteram de acordo com a forma de culto Vertente e por fatores locais regionalidade.Segui abaixo um prefacio de termos utilizados no decorrer deste documento.

Amac:

Compreende-se em um preparado especial base de ervas maceradas em gua.

usado para banhar os iniciados.

Uma grande variedade de ervas pode entrar na composio dos Amacs.

A seleo das espcies feita pelo pai ou me de santo, respeitando o Orix regente.

Nesse sentido, as plantas que so empregadas no Amac so aquelas que pertencem divindade.

A utilizao do Amac visa conferir maior interao entre o orix e o iniciado, fortalecendo os laos.

Banhos de Descarga:

o mais conhecido, e como o prprio nome diz, o Banho de Descarga (ou descarrego) serve para descarregar e limpar o corpo astral, eliminando a precipitao de fludos negativos (inveja, dio, olho grande, irritao, nervosismo, etc.)

Suprime os males fsicos externamente, adquiridos de outrem ou de locais onde estiverem os mdiuns.

Este banho pode ser utilizado por qualquer pessoa, desde que seguindo as recomendaes das Entidades/Guias Espirituais ou do seu Pai ou Me de Santo.

Banhos com essncias tambm podem ser utilizados, eu no recomendo tal uso, pois a essncia foi manipulada por outras pessoas, logo, pode e vai ter traos das energias da pessoa que a manipulou.Hoje em dia h banhos de descarga que so comprados prontos, mas no so recomendados, pois muitos no so preparados com o rigor que deveriam ser.

Recomendaes durante o banho.O banho de descarga deve ser tomado aps o banho rotineiro, de preferncia com sabo da costa, sabo neutro ou sabo de coco.

Um banho de descarga no deve ser jogado brutalmente pelo corpo e sim suavemente, com o pensamento voltado aos seus guias ou ao guia que indicou seu uso. Ao tomarmos o banho de descarrego podemos tambm entoar um ponto cantado, chamando seus guias ou aquele Guia que indicou o banho.

Ao terminarmos o banho de descarga, devemos recolher as ervas e "despach-las" em algum local de vibrao da natureza como, por exemplo, em um Rio (sempre rio abaixo), no mar, numa mata, etc.Ou at mesmo em gua corrente.

Pois para preparar um banho, devemos colher as ervas certas, caso contrrio, no h efeito positivo ou completo.

Aps um Banho de Descarga, aconselhvel, que se tome algum Banho de Energizao, com ervas de Oxal ou quando se conhece o Pai e Me da pessoa com as ervas de sua regncia.Banhos de Defesa Mantenedores de equilbrio.

No geral so banhos compostos por trs, cinco ou sete ervas que possuam a caractersticas enrgicas ligadas a orixs diferentes.Consideraes importantes:

No se devem aplicar banhos de descarga e defesa sobre a cabea.

As nicas excees existentes so para ervas de regncia de nica por Oxal.

Defumaes: um preparado de ervas secas, com propriedades curativas e de proteo, sendo muito usado nesta categoria o Fumo, associado outras ervas. Representa trao marcante da cultura amerndia adaptada aos cultos africanos no Brasil.

Desde os tempos imemoriais, dos homens das cavernas, que a queima de ervas e resinas atribuda possibilidade da modificao ambiental, atravs da mesma. Na Umbanda, como em outras religies, seitas e dogmas usam-se desse expediente, ao qual chamamos de Defumador, que tem a funo precpua de equilibrar o ambiente de trabalho de acordo com a necessidade. possvel de acordo com as ervas combinadas na defumao obter-se os mesmos benefcios dos banhos citados acima.Recomendaes:

Nunca utilize ervas frescas em defumaes.

Sempre observe a questo de ervas que se anulem, assim como nos banhos.

Sacudimentos:

Processos ritualsticos de limpeza, visando aliviar tenses locais e psicolgicas, causadas por energias negativas acumuladas no individuo. Chamado de sacudimento por ser uma forma de balanar as energias, muito parecido com a popular "Benzedura".Assentamentos e Fundamentos:

Objetos, smbolos e elementos necessrios para estabelecer e representar o Orix, onde est assentada a sua fora dinmica, ficando depositado em locais especficos do terreiro.

Cada orix possui seu espao, sua casa, dentro do terreiro. Os fundamentos so as obrigaes feitas para o orix.Iniciao:

Rituais de iniciao possuem uma total complexidade de fundamentos, que so as bases da liturgia dos cultos afro-brasileiros. No processo de iniciao do filho de santo diversas plantas so utilizadas. So exemplos do emprego dos vegetais na iniciao, cama de folha do orix, esteira, ps, entre outros.

Combinaes, propriedades e grupos:As combinaes a serem observadas so quanto s propriedades das ervas e o efeito desejado, seja em relao a banhos, chs ou defumaes.Na Umbanda comum se dizer que as ervas se dividem em trs grupos distintos:Positivas, negativas e neutras tais propriedades so adquirida de acordo com a fase lunar regente no dia da coleta das ervas.

Segue abaixo, as propriedades e as fazes da lua no dia da coleta.Positiva:

Erva colhida durante as fases crescente e Cheia.

Neutra:

Erva colhida durante a fase de Lua nova.

Negativa:

Erva colhida durante a fase de lua minguante.

Alem de se observar s fases da lua outros fatores influenciam sobre tais dados como a vibrao de quem est manipulando as ervas, a combinao de ervas utilizadas e a inteno com a qual sero usadas.Outro fator importante em relao ao horrio de coleta.

Dentro de diversas culturas aconselham-se colher as ervas no perodo da alvorada, ou seja, entre as 5 e 6 horas da manh, antes dos primeiros raios solares.

J na umbanda, tais horrios se tornam mais flexveis.

Aconselhando sua coleta e plantio entre as seis da manh at as 18 horas.

Outra classificao comumente usada quanto a fora ou caracterstica de cada planta.Calmas, bravas ou fortes, abaixo esto alguns exemplos.Ervas Calmas ou frias: Boldo, erva doce, erva cidreira, alecrim do campo, camomila, capim santo, malva branca, malva cheirosa, erva de santa Maria, erva de santa luzia, jasmim, colnia, macaa, aguap, alfazema, melissa, capim cidro, folha de maracuj, manjerico, etc.

Ervas fortes ou mornas equilibradoras:Arruda, guin, espada So Jorge, espada de Santa Brbara, carqueja, aroeira, comigo ningum pode, peregum, nega mina, umbaba, mamona, pico branco, eucalipto, pinho roxo, bambuzinho, taioba, lana de Ogum, espada de Ogum, folha de fumo, etc.Ervas bravas ou quentes:Barba maldita (cip azougue), unha de gato, comigo ningum pode, coroa de cristo, mamona, pico preto, urtiga, choro, folha de limo, folha de seringueira, etc.Observaes:As combinaes das ervas devem ser feitas de acordo com a necessidade, no h mistrio, desde que conheamos as ervas e sua classificao e ainda os Orixs, por exemplo: O banho de abre caminho deve-se usar ervas fortes combinadas com Orixs que possuam tal atributo. Ervas bravas de preferncia devem ser usadas apenas como bate folha (descarrego) na matria ou em lugares.

A defumao com ests ervas sempre bom lembrar que as folhas devem ser secas DesidratadasAs propriedades e grupos de ervas podem se diferenciar de acordo com o tipo de culto, regionalidade e outros fatores distintos, aconselho sempre consultar o dirigente de sua casa para suas duvidas tendo em vista que a natureza deste livro apenas servir de referencial. Indice geral.

30Abacateiro.

30Abre caminho.

31Agrio Bravo.

31Agoniada.

32Alcaparreira, Galeata.

32Alecrim de caboclo.

33Alecrim de tabuleiro.

33Alecrim do campo ou do mato.

34Alfazema do Brasil, Erva santa.

34Alga Marinha.

35Alho desidratado ou cascas.

35Algodoeiro.

36Amargosa, Para raios.

36Amor agarradinho.

37Anglica.

37Angico. Folhas e casca

38Araazeiro. Ara vermelho

38Ara da praia.

39Arnica.

39Arruda.

40Assa Peixe.

40Aoita cavalo.

41Avenca.

41Babosa.

42Bambu. Folhas

42Barba de velho.

43Baunilha verdadeira.

43Buchinha do norte.

44Caf folhas.

44Calndula. Bem me quer

45Cnfora.

45Cambu Amarelo.

46Camlia.

46Camomila Marcela.

47Cana de Macaco. Calistemo Fenic

47Canela.

48Canela de Velho.

48Capim Cidreira ou Capim Limo.

49Carnaba.

49Casca de Limo.

50Catinga de mulata, Atansia.

50Cavalinha.

51Cedrinho.

51Chapu de couro.

52Choro.

52Cinco Folhas.

53Cip Cabeludo. Guco Peludo

53Cip Caboclo.

54Cip Cravo.

54Cip Cruz.

55Cip Suma.

55Coco.

56Colnia Cardamomo

56Copo de leite.

57Cordo de frade.

57Cravo.

58Dand. Tiririca

58Dormideira, No me toques.

59Erva de bicho.

59Erva de Passarinho.

60Erva de Santa Luzia.

60Erva de So Joo.

61Erva doce Funcho

61Erva Papagaio.

62Erva Prata.

62Espada de Ians.

63Espada de So Jorge, Espada de Ogum.

63Espirradeira branca.

63Espirradeira Roxa.

64Estoraque Brasileiro.

64Eucalipto Cidra.

65Eucalipto limo.

65Eucalipto Murta

66Flamboyant.

66Flor de Hibisco.

66Flor de laranjeira Laranja baia

67Folha da costa ou Saio.

67Folhas de pitanga.

68Fumo Tabaco

68Fruta da condessa.

69Gengibre.

69Gernio Branco.

70Girassol.

70Graviola.

71Guco Cheiroso.

71Guin.

72Hera, Trepadeira.

72Hortel de horta.

73Hortel ra