Entrevistas

download Entrevistas

of 17

  • date post

    01-Nov-2014
  • Category

    Travel

  • view

    2.146
  • download

    5

Embed Size (px)

description

entrevistas

Transcript of Entrevistas

  • 1. poemas que fiz de brincadeira, afirmou que eu tinha grande potencial,ento passei a estudar na casa das Rosas, um curso por ms e consegui sentir que os poemas fluam com facilidade, s precisavam de alguns toques para sarem falando ao mundo minha essncia potica. 3)Quais seus principais trabalhos? (livros, sites que escreve etc.) Meus principais trabalhos so os eventos que fao pelo nosso projeto Proyecto e o projeto Poesia sade, Sade poesia, criado para atuao nos Hospitais, os principais sites e blogs, so blog Proyecto,e Corujas Online onde deixo registrado todo nossos trabalhos,e o site Proyecto onde estou reunindo todos os membros do Proyecto 1)Quem voc? para discutir sobre a evoluo de nossos trabalhos, Livros ? J tenho Participao em 52 antologias, e meu principal Sou Dora Dimolitsas do Acre,moro em trabalho Coruja Mitolgica, e Fractais So Paulo desde 69, sou casada tenho e Poesia que fiz em parceria com a dois filhos, 6 lindos netos, e Deus artista Plstica Ftima Queiroz abenoou meu trabalho, e minha arte, este o motivo do real sucesso dos meus livros ser bem evidente, porem no 4)Um projeto no realizado ? mudou meu carinho e minhas lembranas, sou a mesma de quando Conquistar um espao prprio para cheguei, no mudarei pretendo ser desenvolver meus projetos sempre eu na minha essncia sou Poeta atriz, Coordenadora do Proyecto Cultural Sur Paulista,Cronista do Jornal 5)Um projeto em andamento ? o Rebate,e So Jos,Cnsul Poetas Del mundo bela vista,e Coordenadora de Livros infantis para distribuio em eventos,atuando em e casas Culturais Hospitais como a Casa das Rosas, e Hospitais ,sou Acadmica das Academias Mantigueira, Itapirense de Letras, Academia Cabista de Letras, e medalha Pero vaz de 6) Boca no Trombone ( Faa sua crtica Caminha de algo que te irrita) No me irrita, me deprime, ver uma 2)Como se descobriu escritora e o que pessoa arrotando Poder, tentando te inspira ? humilhar outro, esquecendo-se da fragilidade humana Uma amiga escritora lendo alguns
  • 2. 7)Hora da canja ! Deixe uma amostra da tua Arte: O Alpinista, O alpinista detalha, prepara, e escala Supera obstculos, etapas, e conquista o topo, Descortina o horizonte, e bebe a beleza conquistada. Para no perder o equilbrio, 1)Quem voc? parte de sua meta, ser amigo dos ventos, Conta com a solidariedade dos amigos Para concluir a jornada. AFONSO ESTEBANEZ STAEL, nascido em 30/10/1943 na regio agreste do municpio de Cantagalo-RJ, A vida nos faz alpinista, advogado, escritor, cronista, poeta, Percorrer os caminhos com segurana, jornalista laico e verbete da nosso adjetivo, Buscar a paz em cada Enciclopdia de Literatura Brasileira corao,Em cada ato, em cada ao e do Dicionrio de Poetas realizada. Contemporneos. Fez o ensino secundrio no Seminrio Arquidiocesano So Jos, no Rio de Nos permitindo assim, Concluir nossa Janeiro (56/62). Cursou o ensino jornada. Desejo a todos a conscincia superior nas Faculdades de Direito e de do sentimento de paz. Filosofia, Cincias e Letras da UFF em Niteri (65/70). Finalista nos 1, 2 e 3 Dora Dimolitsas Torneios Nacionais da Poesia Falada patrocinado pela Secretaria de Educao e Cultura do Estado do Rio de Janeiro Meu muito Obrigado e votos de Sucesso (68/69/70). Vencedor do Primeiro Marcio Marcelo do Nascimento Sena Concurso Estadual de Poesia do Advogado Fluminense (87). Tem obras publicadas em livros, jornais e revistas. Venceu, em julho de 2007, o Primeiro Concurso de Literatura do Tribunal Regional do Trabalho da 1 Regio (TRT- Rio), nas categorias de prosa e verso. Faz parte dos movimentos de inteligncia literria de *Poetas Del Mundo* e da comunidade *Poemas Flor da Pele*. membro da Academia Brasileira de Poesia. Recebeu a Comenda de Cnsul de Poetas del Mundo para representar sua cidade natal, Cantagalo/RJ.
  • 3. 2)Como se descobriu escritor e o que te 3)Quais seus principais trabalhos? inspira ? (livros, sites que escreve etc.) Meu interesse literrio surgiu quando eu S no pas: Cano que Vem de contava com apenas sete ou oito anos de Longe, poesias (1966), J. Gonalves idade. De origem humilde, havia Editora - Niteri/RJ; Livro de Viagem limitaes incontornveis quanto ou do Depoimento, poesias (1971), possibilidade de perfazer longas Editora Olmpica Ltda, Livraria So caminhadas para freqentar uma escola Jos, Rio de Janeiro/RJ; Em Tempo de pblica dedicada ao antigo ensino Ltus, Lrios e Accias..., antologia primrio. Os irmos mais velhos potica em participao com os poetas freqentavam precariamente a escola e manicos J. Alves Filho e J. A. me transmitiam o que aprendiam. Tais Galdino da Costa (1978), Papelaria circunstncias me levaram ao Brasil Ltda - Niteri/RJ; Canto de aprendizado das primeiras letras sem a Abrio e outras Sinfolias de Beira- ajuda direta de nenhuma escola. E Campo, caderno de poesias e haicais assim, egresso das distantes regies (1988), Edio do Autor, Rio de agrestes dos interiores fluminense e Janeiro/RJ; Do Penoso Ofcio de mineiro, pus os ps pela primeira vez Sonhar, Poesias Reunidas, vol. I, numa sala de aula quando j estava edio artesanal, Editora InSaNno/SP. solitariamente alfabetizado. No pude Obra indita: Tori (Cento e cinqenta permanecer na primeira srie. haicais clssicos selecionados). Todas Remeteram-me, desde logo, para a estas obras esto esgotadas. segunda. Comecei a a receber as primeiras apreciaes elogiosas a propsito das expresses poticas que, inconscientemente, eu empregava nas redaes escolares, ento impregnadas 4)Um projeto no realizado? de estmulos, sensaes e impresses originrios da infncia cercada do O encontro de uma Editora que fascnio pela natureza onde vivi os assumisse a publicao de minha obra primeiros anos. Por causa disto, tambm potica completa e a colocasse no no me remeteram terceira srie do mercado formal de livros no pas. primrio. Submeteram-me extraordinariamente aos exames de ingresso no curso de admisso ao ginsio e, aprovado, fui parar no 5)Um projeto em andamento? Seminrio Arquidiocesano So Jos no Rio de Janeiro, onde permaneci em A criao de um site cultural exclusivo busca do sacerdcio secular at os destinado a acolher minha obra literria dezoito anos. E veio durante aquele completa, com o aproveitamento de tempo de recluso clerical a todos os recursos modernos oferecidos confirmao definitiva de minha pela nova tecnologia digital. Inclui-se vocao irresistvel para escrever, entre estes recursos o acoplamento vencidos alguns concursos internos. O tecnolgico de uma Oficina Literria contato profundo e permanente com os destinada ao ensino da arte de escrever clssicos da literatura universal foi, para principiantes, aos quais deva ser ento, fundamental para minha prestado auxlio cultural voluntrio na formao cultural. arte da criao literria no mbito da
  • 4. poesia, atravs de estmulos especiais Deixo a brisa tocar a minha face ouo as que visem desobstruo do medo aves que vm me visitar e sei de cada resultante da inibio, da timid