EDIÇÃO 381 - 22 /05/2010

of 12 /12
Triunfo, 22 de maio de 2010 - Ano VIII - Edição n° 381 - R$ 1,00 Rua General Câmara, 64 - E-mail: [email protected] (51) 3654-3009 - (51) 9994-0527 10º Fandango classificou Prendas e Peões Tradicionalismo O projeto tem apoio da 15ª Região Tradicionalista que pretende valorizar cada vez mais a cultura gaúcha para promover o conhecimento do folclore e tradições gaúchas, principalmente junto aos jovens. PÁGINA 7 Educação Ministério da Educação promove Programa Gestão da Aprendizagem Escolar – Gestar II que oferece forma- ção continuada em Língua Portugue- sa e Matemática aos professores de escolas públicas e temas mobilizam alunos e comunidade PÁGINA 12 Rural Lei ampara cons- trução de microa- çudes, com até cinco (5) hectares (ha) de lâmina d’água, ou seja com área alagada de até 50.000 metros quadrados PÁGINA 4 Cidadania O programa PROERD se desenvolve no triângulo da Escola, Família e Policia, abordan- do as questões da prevenção às drogas e vi- olência bem como o reforço na auto-estima das crianças e adolescentes PÁGINA 4

Embed Size (px)

description

JORNAL SEMANAL, EDITADO EM TRIUNFO/RS, SOB A DIREÇÃO DE ODILA VASCONCELOS.

Transcript of EDIÇÃO 381 - 22 /05/2010

  • Triunfo, 22 de maio de 2010 - Ano VIII - Edio n 381 - R$ 1,00Rua General Cmara, 64 - E-mail: [email protected]

    (51) 3654-3009 - (51) 9994-0527

    10 Fandango classificouPrendas e Pees

    Tradicionalismo

    O projeto tem apoio da 15 Regio Tradicionalista que pretende valorizarcada vez mais a cultura gacha para promover o conhecimento do folcloree tradies gachas, principalmente junto aos jovens. PGINA 7

    Educao

    Ministrio da Educao promovePrograma Gesto da AprendizagemEscolar Gestar II que oferece forma-o continuada em Lngua Portugue-sa e Matemtica aos professores deescolas pblicas e temas mobilizamalunos e comunidade PGINA 12

    Rural

    Lei ampara cons-truo de microa-udes, com at cinco(5) hectares (ha) delmina dgua, ou sejacom rea alagada deat 50.000 metrosquadrados

    PGINA 4

    Cidadania

    O programa PROERD se desenvolve notringulo da Escola, Famlia e Policia, abordan-do as questes da preveno s drogas e vi-

    olncia bemcomo o reforona auto-estimadas crianas eadolescentes

    PGINA 4

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20102

    OpinioEDITORIAL ARTIGO

    CTG Estncia da Vendinha e oBaile de Candeeiro

    FLORA FLVIA FREITAS

    Sociloga

    EMPRESA JORNALSTICA E EDITORA CASARIOJornal Sentinela do JacuCNPJ 11.166.647/0001-04Rua: General Cmara, 64 - Centro - CEP:95840-000 - Triunfo/RSFones: 51-3654-3009 / 51-9994-0527E-mail: [email protected] e Editora: Odila L. Rubin de VasconcelosDiagramao: Editora Jornalstica Mc LTDAArte: Lourelisa R. de VasconcelosProcurador Jurdico: Dr. Adroaldo Renosto - OAB/RS - 26.925Periodicidade: Semanal - Impresso na Editora Jornalstica MCLTDA / Esteio - RS - 3473-1712

    Os artigos assinados pelos colaboradores so de sua inteira responsabilidade, norepresentando necessariamente a opinio do jornal, da mesma forma os colaboradorescom artigos ou pginas no tm vnculo empregatcio com a empresa. O jornal noresponder subsidiariamente por eles em nenhum frum, por mais privilegiado que for.

    dolo

    A Abundncia e a Riqueza daBiodiversidade... II

    NESTOR MAYER

    Professor e Escritor

    COMUNIDADE MORADA DA PAZ CONVIDA PARA O 2 SEMINRIOEducar, amar e sonhar: dilogos sobre ainfncia e a Pedagogia do encantamento

    "... Sabei que os filhos de um homemno pertencem a ele,

    mas ao esprito que neles habita..."TrigueirinhoData: 29/05/10 - sbado Horrio: 9 s 17h

    Endereo: BR 386 km 411 - Vendinha - Triunfo/RSNosso contato: 51-8566-2494 E-mail: [email protected]

    A volta s tradies, a dana gacha na penumbra dos candeeiros, aquele cheiro caracterstico no ar, a alegria dos presentes,e durante toda a noite, o irresistvel caf de chaleiraacompanhado de vrias especiarias doces e salga-das, um verdadeiro caf colonial!

    Assim foi o Baile de Candieiro no CTG Estnciada Vendinha, numa noite calma de outono, climaameno sob o embalo das msicas gaudrias inter-pretadas por Volmir Martins e Grupo Bem Gacho.

    Enquanto a madrugada caa, os pares bailavampela sala apresentando o belo espetculo das saiasrodadas das prendas num xote gacho ou numchamam bem ao estilo da fronteira, com sua ori-gem que integra razes culturais dos povos indge-nas guaranis, dos exploradores espanhis e at deimigrantes italianos.

    O ponto alto da festa estava na alegria de reen-

    contrar os amigos, a integrao dos distritos domunicpio, a gurizada danando com os familiares,pois as danas ocupam um espao nobre dentro dotradicionalismo gacho. Tanto como expresso deemotividade quanto uma manifestao de arte, querequer tcnica e habilidade. Desde os primrdios, adana se constitui num exerccio para corpo e umdescanso para esprito.

    Penso que a importncia de eventos dessa en-vergadura est na interao social, primando pelacultura gacha, o elo entre as pessoas que, na mai-or parte das vezes, passam umas pelas outras nasruas da cidade, porm no tem oportunidade de sen-tarem para conversar, dar boas risadas e descontraircom os familiares, e num ambiente como o Centrode Tradies Gachas isso valorizado, se reen-contra os amigos, brinda-se o valor da famlia e dosbons costumes.

    O extensivo emprego de poderosas e pouco sbias tecnologias, cada vez maisglobalizadas, vem causando impactos pro-fundos no equilbrio ambiental que cerca a frgilbiodiversidade das espcies. No sculo passado, osaudoso eclogo gacho Jos Lutzenberger insistiana urgncia de compreendermos que os "processosda natureza" se complementam uns aos outros e quecada espcie, mesmo a mais "insignificante" im-portante para a manuteno do equilbrio.

    A interferncia humana sobre a funcionalidadedos ecossistemas e biomas causa transtornos cumu-lativos que hoje j alcanam dimenses planetri-as. H quase meio sculo atrs, Lutzenberger e ou-tros ambientalistas j alertavam para uma "perigosaalterao no clima da Terra". Essa alterao paraum novo ciclo poderia ser de aquecimento ou deresfriamento, fruto da presso que o ser humano jvinha exercendo sobre o meio ambiente do plane-ta. Os nicos prejudicados seriamos ns, porquepara a Terra pouco importa, pois "ela tem muito tem-po", costumava dizer Lutzenberger. Sem os huma-nos, o planeta rapidamente recuperaria seus equil-brios. Mas, os humanos, diante de um planeta dese-quilibrado, no tero futuro.

    claro que a biodiversidade tambm se alteranaturalmente. Mas hoje, qualquer um pode atestarde que est ocorrendo uma alterao acelerada dabiodiversidade, conseqncia direta do modelo dedesenvolvimento econmico globalizado. J volonge os tempos de infncia quando convivamos

    com um ambiente mais sadio e repleto de matascom crregos, pssaros e outros animais. Hoje, oambiente est repleto de lixo e poluentes e as ame-aas, antes inexistentes, da febre amarela, da den-gue e de outras espcies de contaminaes.

    A riqueza da biodiversidade brasileira formadaem milhares de anos pela natureza e distribuda emdiferentes biomas espetacular, pois desperta a ad-mirao, ou ento, a cobia de muitos. A grandemaioria da populao desconhece a riqueza da nossabiodiversidade, pois no reverenciada no imagi-nrio da populao e nem mesmo pelos rgos go-vernamentais. At h pouco tempo, falava-se danatureza como algo que atrapalhava o progressoeconmico, ou ento, que deveria ser explorada ata exausto. Para Lutzenberger, a pobreza jamais sererradicada por esse modelo de "progresso". Ao con-trrio, a pobreza fruto desse modelo.

    Para a preservao da biodiversidade indispen-svel mudar o foco da noo de Economia, tomando-a como um aspecto parcial da Ecologia, sendo a ativi-dade humana apenas uma parcela da relao dos "ne-gcios com a Natureza". A prpria medio do PIB sealtera, pois o que hoje medido no leva em conta o"depauperamento da biosfera" e suas conseqnciassobre as contas pblicas. Deslocar o foco significabuscar o avano qualitativo em vez do quantitativo, oque pode trazer mais felicidade, alegria e um novosentido para a vida. ([email protected]).

    Um dolo (do grego antigo, "simulacro", de-rivado de "aspecto", "figura") , originalmente,um objeto de adorao que representa material-mente uma entidade espiritual ou divina, efreqentemente associado a ele poderes sobre-naturais, ou a propriedade de permitir uma co-municao entre os mortais e o outro mundo. Aidolatria , portanto, a prtica de adorao dedolos.

    dolos religiosos so produzidos desde o prin-cpio da humanidade, ou pelo menos acredita-se que tenha sido como tal baseado nasestatuetas encontradas por arquelogos de figu-ras humanides com caractersticas fsicas exa-geradas, ou hbridos entre figuras humanas e ani-mais. De qualquer modo, no princpio da civili-zao, a existncia de dolos de pedra represen-tando deuses era corriqueira, no se restringin-do a templos, mas tambm presentes em casas,tumbas e locais pblicos

    Na atualidade, especialmente aps os avan-os tecnolgicos do sculo XX que permitirammaior acesso da pessoa comum a trabalhos deartistas, polticos, e personalidades importantes,o termo "dolo" expandiu-se da esfera divinapara a esfera humana. lugar comum a menode pessoas famosas ou de destaque em sua reade atuao profissional como "dolos", persona-lidades que se tornam, ou atravs da aclamaopopular espontnea, ou atravs da atuao dire-ta da prpria mdia, objeto de adorao e devo-o no religiosa.

    Estudar a vida e obra de uma pessoa ou per-sonalidade buscar na histria referncias quepossam ser teis e que produzam influencia ematividades e projetos atuais. A maneira de vestirmuitas vezes permite representar hbitos e cos-tumes como tambm os avanos tecnolgicos daindstria txtil de determinada poca.

    Atualmente diz-se que a comunicao come-a com a aparncia. Estar bem vestido essen-cial para obter sucesso na apresentao pessoal,principalmente em reunies e entrevistas. Porm,nada substitui o que a pessoa transparece no sem-blante e no olhar. Estar bem consigo mesmo ecom o mundo ao redor o desafio dirio e ocomponente importante para o bom convvio ecrescimento pessoal.

    Quem quer para sua vida realmente implan-tar mudanas radicais, necessrio que faa docrescimento pessoal uma escolha consciente. Este um passo de gigante que levar ao caminho,em ritmo acelerado, para uma vida melhor e maisenriquecedora.

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20103

    Flexibilizar transmisso da Voz doBrasil proposta do Dep. Luciano

    Dezenas de manifestaesrecebidas de rdios do Interiordo Estado motivaram o depu-tado Luciano a propor nestaquarta-feira mobilizao emfavor da flexibilizao do ho-rrio de transmisso do progra-ma A Voz do Brasil. Ele defen-de que a Assemblia Legis-

    lativa participe do debate e aju-de a criar alternativas para queas rdios no sejam obrigadasa veicular o programa s 19h.Na avaliao de Luciano, oideal seria dividir os informesem curtas inseres na progra-mao diria das rdios. Adeciso de obrigar as emisso-

    ras a reproduzirem a Voz doBrasil s 19h um retrocesso,um ataque liberdade dos ou-vintes, argumentou o deputa-do, em pronunciamento na tri-buna da Assemblia.

    Secretaria Municipal de Agriculturapode emitir autorizao para uso defogo no combate ao cascudo serrador

    para essa autorizao est sen-do disponibilizado junto Secre-taria Municipal de Agricultura.

    Para solicitar o documen-to, basta o produtor se dirigir Secretaria, localizada na RuaOsvaldo Aranha, 78, prximoao Hospital Santa Rita, preen-cher o formulrio e apresen-tar os seguintes documentos:

    Denominao do Imvel noINCRA (CCIR), Cadastro Flo-restal, cpia do CPF e da Car-teira de Identidade, cpia deuma nota (em branco) do ta-lo de produtor e cpia da cer-tido de matrcula. As dvidaspodero ser esclarecidas atra-vs dos telefones 3654.1317e 3654.3673.

    4 Baile de Candieiro noCTG Estncia da VendinhaMais de 600 pessoasprestigiaram o eventoque j tradicional

    Promoo que j tradi-cional no 2 sbado de maioatraiu mais de 600 pessoas devrios rinces e CTGs queforam recepcionados pelapatronagem do Estncia daVendinha que para bem re-ceber providenciou umagrande lona imitando as ra-madas de antigamente ondefoi servido o caf de chalei-

    ra com todas as iguarias daculinria campeira, mais de80 variedades.

    Pees e prendas dana-ram a noite toda sob o em-balo das msicas gaudriasinterpretadas por VolmirMartins e Grupo Bem Ga-cho e como diz nossa amigaFlora Freitas, a volta s tra-dies, a dana gacha napenumbra dos candeeiros,aquele cheiro caractersticono ar, a alegria dos presen-tes, e durante toda a noite, o

    irresistvel caf de chaleiraacompanhado de vrias es-peciarias doces e salgadas,um verdadeiro caf cam-peiro! Assim foi o Baile deCandieiro no CTG Estnciada Vendinha, numa noite cal-ma de outono, clima ameno,que encantou a todos queparticiparam.

    O patro Dionsio Ramosnos fala com entusiasmo so-bre o Baile: A comunidadej espera com ansiedade onosso Baile de Candieiro queneste ano teve um aumentosignificativo de pblico, emtorno de 60%. Ainda bem quenos prevenimos com umagrande lona para ampliar o

    Tradio

    A partir de agora, os produ-tores de accia negra do muni-cpio de Triunfo no precisaromais se dirigir a Porto Alegrepara conseguir a autorizaopara o uso do fogo no controlede pragas e doenas, como ocaso do cascudo serrador. De-pois de vrias reunies e nego-ciaes estabelecidas entre ovice-prefeito Marcelo Essvein, osVereadores, o Secretrio de MeioAmbiente Telmo Jos Borba deAzeredo, o Secretrio de Agri-cultura Lino Faustino Viegas erepresentantes das SecretariasEstaduais de Agricultura e deMeio Ambiente, o formulrio

    espao e servir a contentonossos visitantes e partici-pantes. O caf de chaleiradeu sustncia para pees eprendas danarem a noitetoda. Aproveito a oportuni-dade que o Jornal Sentinelapelo espao para agradecer

    os scios, os parceiros, a pre-feitura, os nossos comparsasde CTGs, a Associao deIncentivo a Cultura de Triun-fo. Divido o sucesso do bai-le com todos e esperamos avisita de todos no ano quevem, 2 sbado de maio.

    LUCROS SO DESTINADOS A PROJETOS SOCIAIS NA COMUNIDADE

    O CTG Estncia da Vendinha vai destinar os lucros do Bailede Candieiro para organizar uma biblioteca gaudria; organizarcursos de qualificao e palestras para a comunidade e aindacomprar cobertores para a campanha do agasalho 2010, coorde-nada pela 1 dama do municpio.

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20104

    Rural

    Convnios: ASSERPTRI SIMPTRI PARTICULAR

    Primeira Avaliao - CortesiaPREOS RECEBIDOS PELOS PRODUTORES

    DO RIO GRANDE DO SUL

    Sentinelado

    JacuFONE:

    3654-30099994-0527

    PRODUTOS UNIDADE PREOS EM R$MNIMO MDIO MXIMO

    ARROZ EM CASCA saco 50 kg 2 7 , 0 0 2 8 , 1 4 2 9 , 5 0FEIJO saco 60 kg 6 0 , 0 0 6 7 , 8 3 7 5 , 0 0MILHO saco 60 kg 1 4 , 0 0 1 4 , 1 4 1 7 , 0 0SORGO saco 60 kg 1 1 , 2 0 1 1 , 8 0 1 2 , 0 0BOI GORDO kg vivo * 2 , 4 0 2 , 4 7 2 , 6 0VACA GORDA kg vivo * 2 , 0 0 2 , 1 7 2 , 3 0SUNO kg vivo 2 , 0 0 2 , 1 2 2 , 3 5CORDEIRO PARA ABATE kg vivo * 2 , 2 0 2 , 4 0 2 , 6 0LEITE litro*** 0 , 5 5 0 , 6 4 0 , 7 4

    AGRADECIMENTO A Associao dos Piscicultores de Triunfo agra-

    dece aos tcnicos da Emater Ricardo, Falco e D-cio, a Secretaria de Agricultura, aos produtores ruraise associados da APTRI e ao Sindicato Rural, pelosucesso do Curso de Qualificao em Pisciculturarealizado no dia 11 de maio, o qual, na avaliao dosprodutores ensinou importantes tcnicas e mtodospara aumento de produtividade.

    Em reunio promovi-da entre as SecretariasMunicipais de Agricultu-ra e de Meio Ambientecom a Emater, que con-tou com a presena doVice-Prefeito MarceloEssvein e de alguns ve-readores do municpio,ficaram definidas as re-gras para que as propri-edades possam integrar oprojeto de construo demicro audes no munic-pio, assim como a res-ponsabilidade de cadargo junto s diversasetapas do projeto.

    Sero realizadas vis-torias, para identificar aspropriedades que aten-dem aos critrios bsicospara participar do proje-to. Os critrios estabele-cidos so: a altura do n-vel normal da gua doaude deve ser de 1,5metros (profundidade dalmina dgua), o volu-me de gua armazenadadeve ser igual ou inferi-or a 500 mil metros c-bicos, o aude dever serescavado e acumulargua somente da chuva

    A Brigada Militarade Triunfo fez aula inau-gural do Programa Edu-cacional de Resistencia aViolencia e as Drogas nacidade de Triunfo, no dia19 de maio, na escolaMunicipal Qorpo Santo.

    O programa prevdez aulas com a partici-pao do policial militarinstrutor em sala de aula.Neste ano todas as quar-tas-series de todas as es-colas sero comtem-pladas com o projeto,que a partir deste ano Lei Estadual o programa

    Definidas regras para construode Micro Audes no municpio

    e, por fim, no poderestar localizado em reade preservao perma-nente (APP).

    O grupo esclareceuque a elaborao dosprojetos tcnicos paraconstruo de micro au-des nas propriedadesselecionadas ser de res-ponsabilidade da Emater.J o LicenciamentoAmbiental ser de res-ponsabilidade da Secre-taria Municipal de MeioAmbiente e a construodos audes ficar a car-go da Secretaria Munici-pal de Agricultura.

    O Secretrio Telmofez questo de esclarecerque os critrios estabele-cidos esto definidos emLei Estadual e que seentende por rea de pre-servao permanentetoda aquela rea de ter-ra, com ou sem vegeta-o, que margeia os rios,arroios e crregos, assimcomo as encostas comdeclividade superior a45 graus, restingas, to-pos de morros, nascen-tes ou olhos dgua, au-

    des e banhados.Telmo finalizou aler-

    tando, ainda, que casosejam descumpridasquaisquer das regrasestabelecidas, tanto omunicpio quanto os pro-

    prietrios estaro sujeitoss penalizaes previstasem Lei.

    Mais informaes po-dem ser obtidas atravsdos telefones 3654.1335,3654.1317 e 3654-3193.

    Brigada Militar lana Programa Educacionalde Resistencia as Drogas e a ViolnciaO programa se desenvolve no tringulo da Escola, Familia e Policia, abordando as questes dapreveno s drogas e violncia bem como o reforo na auto-estima das crianas e adolescentes.

    PROERD nas escolas.O Cap Carbonell

    agradeceu a diretora daEscola Qorpo Santo,Claudete Lize Teixeira,por ter sido colaborado-ra do programa na esco-la, informou tambm quea aula inaugural ser re-alizada em escolas dife-rentes, em cada inicio deano letivo. O Capito tam-bm agradeceu as direto-ras, professoras das esco-la envolvidas com oPROERD, pois neste anomais de 6000 aluno teroaulas em 17 escola e 30turmas de alunos.

    Ao final do ano ser

    realizada uma formaturageral com a entrega doscerificados aos alunosformandos.

    Aps a aula inaugural,foi realizada uma cami-nhada com professores ealunos da escola acompa-nhados pelo mascote doPROERD, o leo.

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20105

    Comunidade

    Secretaria de Educao recebe 900livros de empresa do Polo Petroqumico

    A Secretaria Munici-pal de Educao rece-beu, dia 18 de maio dasmos do Diretor da DSMElastmeros, UbiratanS, nada menos que 900exemplares do livro Es-tao Ecolgica doTaim e 50 lentes de au-mento para uso em labo-ratrios de cincias. A

    doao aconteceu nasdependncias da EscolaOswaldo Aranha, na lo-calidadedo Rin-co dosPinhei -ros, sen-do pres-t i g i a d apelo Se-

    cretrio de Assuntos doPolo, Clsio Silva e pe-las representantes da Se-

    cretaria de Educao,Maria Gorete Costa eRosa Braga.

    Cmara de DirigentesLojistas de Triunfo CDL- SPC, entregou para o Pro-jeto Critas de nossa cida-de, cerca de 120 quilos dealimentos no perecveisarrecadados nas inscriesdos cursos da Gerando Ta-lento, que aconteceram noSalo Paroquial, cedidopelo P. Genico.

    CDL doaalimentos a

    CritasA Cmara dos Dirigentes Lojistas de Triunfo informa

    seu novo endereo.Rua Luiz Barreto, n 210, sala 21, no primeiro andar.Mudamos para dar CDL-SPC uma localizao cen-

    tral e de melhor acesso, para bom atendimento de nos-sos associados e parceiros.

    De segunda a sexta das 08h30min s 12h e das13h30min s 18h.

    Aos sbados continuaremos atendendo das08h30min s 12h.

    C o m u n i c a d o

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20106

    Pesquisa

    O crack destrio Homosapiens, dizmdicoargentino

    O psiquiatra EduardoKalina, 71 anos, radicalao se posicionar em rela-o s drogas: cobra dospais o exemplo aos filhose defende a abstinncia to-tal (incluindo lcool e cigar-ro) para os que tentam selivrar das drogas.

    O que ns chamamosde cura quando a pessoa

    Eduardo Kalina est preocupado com arealidade que o crack desenhou na Argen-tina e no Brasil.

    aprende a dizer no.Diretor mdico do Brain

    Center, em Buenos Airesdesde 1994, Kalina estpreocupado com a realida-de que o crack desenhou naArgentina e no Brasil. Enten-de que os governos que nolutam efetivamente contra aepidemia esto permitindoum suicdio.

    Kalina conhecido porter tratado do jogador de fu-tebol Diego Maradona.

    Tem livros publicados Viver Sem Drogas, onde omdico usa o discurso cien-tfico como ferramenta parase aproximar de problemascotidianos das famlias. EDrogadio Hoje Indivduo,Famlia e Sociedade.

    Eduardo Kalina explica: apalavra cura uma palavraque tem muitos significa-dos. Por exemplo: uma pes-soa tem um surto de apen-dicite. Voc opera, retira oapndice doente e aquilocurou para sempre, nuncamais vai ter apendicite por-que no tem mais apndi-ce. Esse um conceito decura total, definitiva. Porm,no campo das drogas, oconceito de cura diferente.

    No existe cura total de-finitiva porque o crebro semodifica a partir da experi-ncia com a droga, apren-de uma nova linguagem,que no esquece nunca.Uma pessoa fuma 20 cigar-ros por dia, comea com 15anos, quando tem 25 anos,para. Cinquenta anos de-pois, a pessoa tem 75 anos,passou 50 anos sem fumar,

    acende um cigarro e, oito,10 segundos depois, aque-la coisa que se modificouno crebro acorda e a pes-soa comea a ter necessi-dade de fumar. No esque-ceu nunca essa nova lin-guagem aprendida com anicotina. Num futuro prxi-mo, com a medicina genti-ca, quando poderemos fa-zer modificaes genticas,provavelmente vai havercura definitiva.

    Agora, o que ns chama-mos de cura quando apessoa aprende a dizer no.

    Para controlar a droga,compensamos com rem-dios, fazendo com que o c-rebro se acomode norma-lidade, mas no tem garan-tia nenhuma. precisodesdrogar-se. Tirar todasas drogas, porque muitaspessoas querem parar o l-cool, mas seguem consu-mindo o tabaco. E o risco devoltar grande.

    Toda pessoa que com-preende que para sair dasdrogas preciso abdicar detudo, uma parada total, in-cluindo lcool e tabaco, estpraticamente curada. Paraaquela que deseja seguirfumando e bebendo de

    quando em quando, o n-mero de recadas ser mui-to grande.

    No existem duas pes-soas iguais, no possvelfazer generalizaes. A recu-perao difcil porque ocrack provoca muitos da-nos, e algumas leses soirreversveis. Alm disso,muitos usurios tm umavida pobre, sem uma boanutrio, no usavam muitoo crebro, ento, ele estra-ga mais rpido. Temos umcaso agora na Argentina deuma advogada, que come-ou a consumir j sendouma profissional com boaposio. Ela passou maisde um ano consumindo, de-pois pediu ajuda e foi trata-da. Ela conseguiu um bomnvel de recuperao e ago-ra est bem melhor porqueera uma pessoa bem ali-mentada, com um crebroque trabalhava, mais ativo,tinha todas as condiespara sair.

    A recuperao dependede como est lesionado ocrebro, podemos recupe-rar mais ou menos. H pes-soas em que estamos tes-tando a tcnica de reabilita-o cognitiva. Algumas de-

    las tiveram uma boa forma-o, ento conseguem re-cuperao mais rpido doque com aquele menino derua que usa crack e fica afe-tado de uma forma horrvelem pouco tempo.

    A primeira etapa de re-cuperao mdica, psi-quitrica e clnica. Por exem-plo, essa mulher mencio-nada antes (a advogada)estava com anemia, produ-zida pelos txicos. Tivemosque tratar a anemia, a hiper-tenso, tratamos uma sriede problemas fsicos e docrebro. E, agora que elaest bem, os tratamentossociais de recuperao,como fazendas ou comuni-dades, so muito importan-tes. Porm, preciso pri-meiro um grande tratamen-to biolgico ou ficam danosirreversveis.

    Chamamos de limpe-za esse perodo de de-sintoxicao. Para isso, osremdios ajudam muito.Um muito grande no tra-tar toda a parte biolgica,que com o crack fica muitocomprometida, especial-mente o crebro frontal, que a regio que permite ser-mos pessoas civilizadas.Esse tema tem que ser tra-tado como uma emergncianacional.

    possvel identificaraqueles que podem ir sdrogas. Jovens que tmconflitos, so impulsivos outm uma famlia onde hpatologia, tm muito mais fa-cilidade de chegar s dro-gas. Um grupo de estudio-sos americanos avaliou quese estudssemos, entre cri-anas e adolescentes, aque-les que tm componentesdepressivos ou bipolares,seria possvel prevenir mui-to o uso de drogas. Por isso, preciso cuidar por forapara que a droga no che-gue at a pessoa. Detectare diagnosticar aqueles quepodem usar drogas e traba-lhar com eles.

    Primeiro, dar um bomexemplo. Segundo, impor-tante educao, informaoe preveno, desde criana,ensinar o perigo que issosignifica. Terceiro, controlar apresena da droga, no faci-litar, no legalizar, cuidar mui-to, proibir a apologia droga.

    Infelizmente o usuriode drogas tem danos im-portantes no crebro frontal,ele deixa de funcionar comopessoa, deve ser tratadocom medicamentos e tra-balhos cognitivos para fazera regio voltar a funcionar.O ser humano precisa daparte frontal para ter es-piritualidade, crenas, filo-sofia, ver o sentido da vida.O usurio que fica com da-nos nessa zona, a maioriados que entram em crack ecocana, vira animal. Mataporque gosta de um tnisque a pessoa usava. Pegao tnis e vai embora, noimporta se matou uma pes-soa que tem famlia, noimporta nada.

    O crack faz voltar o Ho-mem de Neandertal, des-troi o homo sapiens. Quemno luta contra isso estpermitindo o suicdio.

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20107

    Tradicionalismo

    10 Fandango classificouPrendas e Pees

    Promoo desenvolve cultura, descobre talentos promove auto estima e cidadania

    O projeto nasceu com os in-tegrantes da 15 Regio Tradici-onalista que esto preocupadosem valorizar cada vez mais a cul-tura gacha para promover o co-nhecimento do folclore e tradi-es gachas, principalmentejunto aos jovens.

    Este projeto realizado emescolas e CTGs e coordenadopelos integrantes da 15 RT queparticipam voluntariamente eadaptam os conhecimentos re-alidade local, uma troca de co-nhecimentos.

    No CTG 20 de Setembro o pa-tro Nilton Campos promoveuo 10 Fandango de Prendas ePees, no dia 14 de maio eneste dia foram conhecidos osclassificados do curso queocorreu sob a coordenao deArmando e Sandra Minho da15 RT com o apoio dos pro-fessores Luiz Fernando e AnaMaria, Luciano e Sabrina e dotrovador Amaranto.

    Inmeros jovens do PassoRaso, Porto Batista e Boa Vis-ta participaram do curso e rea-

    lizaram prova escrita, oral, de ima-gem e indumentria correta.

    O Fandango foi uma grandeconfraternizao da cultura ga-cha e tradicionalista comenta aprofessora Sandra.

    Classificados:Bonequinas: Clarissa Kuhn

    dos Santos e rica FerreiraRodrigues

    Categoria Guri: 1 Peo:Arilson Romrio Moraes de S, 2Peo: Jorge Miguel Cornelius deCarvalho e 3 Peo: GabrielSteigleder Kuhn

    Categoria Prenda Mirim: 1

    Prenda: Leilane Moraes de S, 2Prenda: Eduarda da Silva Gonal-ves e 3 Prenda: Elin Peixoto deMoraes

    Prenda Pr-Mirim: Bruna AiresNunes

    Categoria Prenda Juvenil: 1Prenda: Elvira de Carvalho Pinhei-ro, 2 Prenda: Ana Natal GarciaCampos e 3 Prenda: LauraSchonardie Campos

    Categoria Prenda Adulta: 1Prenda: Andresa Ferreira, 2 Pren-da: Tatiana de Azeredo Fransciscoe 3 Prenda: Franciele MicheleAlschou

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20108

    Sade

    ESPAO SADE

    Fazes da linguagemda criana

    Aps nascer o beb passar por dois estgiosna aquisio da linguagem, ou seja, a forma comoo beb inicia a adquirir a linguagem, abaixo estilustrado melhor o tema.

    A VISO MATURACIONAL3 a 4 meses = balbucio (fonema + fcil [vogais])6 a 10 meses = vogal + consoante (mama, papa)10 a 12 meses = primeiras palavras (uma pa-

    lavra equivale a um enunciado)18 a 20 meses = combinao de palavras (te-

    legrfico [palavras plenas] meia mame)24 a 30 meses = exploso vocabular3 anos a 3 anos e meio = maioria das crian-

    as domina as estruturas sintticas e morfolgicasde sua lngua.

    A VISO SOCIOINTERACIONISTAEm semanas aps nascer, a criana ouve a fala

    ao seu redor e discrimina a fala de outros sons.3 a 4 meses = balbucio10 meses = balbucio padronizado (entonao-

    quando a criana fazendo um pedido)10 a 12 meses = primeiras palavras comeam

    a se estruturar com consoante vogal ereduplicao de slabas

    2 a 3 anos = a criana comea a contar histrias.Esses estgios so dados para que auxilie a

    identificao da aquisio da linguagem do de-senvolvimento do beb.

    Lilian P. Picichelli - FonoaudilogaCrfa/Rs 8980 (51) 3654-1474

    Comisso de SadeFarmcias tem mais 30 dias para atualizar cadastro no programa Farmcia Popular

    O Ministrio da Sa-de atendeu reivindicaoda Comisso de Sade eMeio Ambiente e am-pliou o prazo de cadas-tro das farmcias no pro-grama Farmcia Popular.A medida beneficia pro-prietrios de farmciasque tero mais 30 diasatualizar os dados e en-tregar documentaojunto Caixa Federal.Sem a dilatao do pra-zo muitas farmcias noteriam condies de atu-alizar os dados e muitosestabelecimentos estari-am impedidos de com-prar e vender medica-mentos mais baratos.

    O deputado GilmarSossella, presidente daComisso de Sade eMeio Ambiente come-mora o anncio da me-dida anunciada no sitedo Ministrio da Sade.O parlamentar coordenaum grupo de trabalhoque promove a concilia-o entre proprietrios defarmcias e o ConselhoRegional de Farmcia.

    O problema comeoua ser resolvido depoisque o Sinprofar denun-ciou Comisso de Sa-de que o CRF descum-

    priu ordem judicial refe-rente a reduo do valordas taxas e emitiu boletosindevidos de cobrana.Conforme os proprietri-os de farmcias, a con-testao das taxas impli-caria na perda do prazode cadastro no FarmciaPopular que, antes damedida anunciada hoje(17) terminaria no dia 19deste ms. Alm de pro-mover a conciliao en-tre as partes, a Comissode Sade executou me-didas objetivas para so-lucionar parte dos pro-

    blemas causados peloimpasse.

    Enviamos ofcio aoDepartamento de Assistn-cia Farmacutica do Minis-trio da Sade. No docu-mento reivindicamos a di-latao do prazo limitepara o encaminhamentode documentao das far-mcias junto Caixa Eco-nmica Federal. Esse en-caminhamento foi resulta-do prtico da audincia p-blica que promovemos nodia 05 de maio. A dilaodo prazo permite que con-tinuemos trabalhando no

    sentido de promover o en-tendimento entre comerci-antes e o Conselho Regio-nal de Farmcia, afirmouSossella.

    Para aquelas farm-cias que j se encontramcredenciadas no Progra-ma, estas sero notifica-das por meio de mensa-gem eletrnica enviadaao seu responsvel legal,que tero at o dia 20/06/10 para realizar a atuali-zao do seu cadastro eentrega da documenta-o na agncia da CEFindicada no cadastro.

    Faltam poucos dias parao incio da Copa do Mun-do da frica do Sul. Mes-mo que a equipe de Dungano seja aquela seleodos sonhos, o coraodos brasileiros vai batermais forte e a adrenalinavai subir quando comearo mundial. A emoo pro-mete ser to forte que a So-

    Especialistas vo monitorar o coraodo torcedor durante a CopaPesquisa ser feita em hospitais de seis cidades do pas. Mdico recomenda evitarbebidas alcolicas, cigarros e caf na hora do jogo.

    ciedade Brasileira deCardiologia (SBC) vai re-alizar um levantamentoindito no Pas para avali-ar os riscos de problemascardacos nos torcedoresdurante os jogos do Bra-sil. A finalidade analisara influncia de um jogodramtico sobre a sadedos espectadores.

    Em fase final de prepa-rao, o levantamento, queser coordenado pelocardiologista Nabil Gho-rayeb, diretor do departa-mento de cardiologia doEsporte da SBC e respon-svel pelo Sport Check-updo Hospital do Corao(HCor), deve envolvercerca de 200 profissionais

    da rea. Sero seleciona-dos de quatro a sete pron-tos-socorros de grandeshospitais em seis cida-des do Pas para a inici-ativa, afirmou o mdi-co. As cidades selecio-nadas foram So Paulo,Porto Alegre, Rio de Ja-neiro, Campinas, BeloHorizonte e Salvador.

    Para os torcedores mais afoitos - e principalmente para aqueles que tm histrico de problema cardaco -, o mdico faz algumas recomendaes para evitar o estresse. A mais radical no assistir. Mas se a pessoainsistir em ver os jogos deve evitar tomar bebidas alcolicas e bebidas derivadas de cafena, pois elas funcio-nam como estimulantes. No fumar ou evitar ficar prximo a um fumante, ressaltou.

    J os pacientes que usam medicao no final da noite, o ideal tomar o remdio antes do jogo. Mas sempre importante conversar antes com seu cardiologista. E acrescenta: fazer uma respirao profunda deseis a sete vezes tambm pode ajudar.

    As pessoas mais sensveis devem fazer uma autocrtica e se proteger. bom lembrar que alguns jogosprovocam uma carga emocional muito grande e podem desencadear eventos cardacos graves. O importante sempre consultar seu mdico, recomenda o mdico.

    RECOMENDAES AOS TORCEDORES

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 20109

    Comunidade

    Auto Peas BOA VISTAOficina Mecnica

    Surdina Colocada / Troca de leoAceita - VISA / BANRISUL / SICREDI

    TF 10 Km 25 - [email protected]

    3654-3009 - [email protected] SERVIOSCLASSI SERVIOSCLASSI SERVIOSCLASSI SERVIOSCLASSI SERVIOS

    Os galpes de reciclagem de Triunfo tm at o dia30 de junho para inscrever seus projetos para oRede Parceria Social 2010

    Braskem est naRede Parceria Social

    O programa InseroProdutiva de Catadores eFortalecimento de Uni-dades de Reciclagem noRS investir R$ 350 milem unidades de benefi-ciamento no Estado. Oprojeto uma parceriaentre a Secretaria de Jus-tia, Vonpar e Braskem.Os beneficiados deveroser conhecidos em julho.

    O objetivo do projeto agregar valor aos ma-teriais, elevando direta-mente a renda dos traba-lhadores desses galpes.As unidades de bene-ficiamento sero equipa-das com mquinas detecnologia de ponta paralavar e picotar o plstico

    A Rede Parceria Social, coordenada pela Secreta-ria da Justia e do Desenvolvimento Social, um pro-grama de fomento das organizaes da sociedade ci-vil, envolvendo a cooperao entre o governo do Es-tado, o terceiro setor e a iniciativa privada, com inves-timentos de R$ 8 milhes em 2010. Ao indita nopas, na terceira edio, lanada em abril, 14 empre-sas financiaro 20 carteiras de projetos de 15 entida-des ncoras, investindo um total de R$ 8 milhes.

    A expectativa que cerca de 42 mil pessoasem mais de 120 municpios sejam beneficiadas.

    separado do lixo. Apseste processo, a matria-prima estar em plenascondies de ser adqui-rida diretamente pelastransformadoras, sem anecessidade de atraves-sadores. As inscriesdevem ser feitas pelo sitewww.redeparceriasocial.rs.gov.br.Os galpes de reci-clagem devem compro-var experincia de atua-o em empreendedo-rismo econmico e in-cluso social. Os interes-sados devem estar inscri-tos no respectivo Conse-lho Municipal da Assis-tncia Social CMAS ouConselho Municipal daCriana e do Adolescen-

    te CMDCA, alm de terregistro na Secretaria Es-tadual da Justia e doDesenvolvimento Social.

    Os projetos deveroconter objetivos e loca-lizao claros, justifica-tiva, pblico diretamen-

    te envolvido e pblicoindiretamente beneficia-do, origem e destino dosmateriais processados,proposta oramentria(Plano de Aplicao), eindicadores dos impac-tos a serem buscados.

    Rede de Parceria Social

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 201010

    Classificados

    VENDAS RESIDENCIAIS006 RS 440 CASA - alv. c/ 2 quartos, sala, coz.,wc, ptio fechado. R$ 40.000,00011 CENTRO - casa grande c/ suite, 3 quartos,gar., patio fechado, Rua Belo Ferreira. R$220.000,00014 13 DE MAIO - Chcara dos Fritzen 7hec.R$ 600.000,00024 PORTO BATISTA - 2 terrenos 12x30mcada + 2 casas. R$ 50.000,00039 OLARIA - 2 prdios, resid. + com., RuaKoler Neto. R$ 160.000,00058 CENTRO - terreno 12x30m +casa mad., c/5 ps, em frente ao Camping do Areal. R$75.000,00060 CENTRO - casa + comrcio, 360m. R.Marino Joseti de Alrneida. Aceita proposta. R$300.00,00061 CENTRO - casa mista, c/ 3 qrtos, sala, coz.,wc, gar. ptio fechado. R$ 75.000,00073 PORTO BATISTA - stio, c/ 1200m, 2 fren-tes, poo artesiano, galpo, cancha de bocha.R$ 53.000,00077 CENTRO - 3 dorm., lareira, gar. e ptiofechado. R$ 90.000,00120 AGROPECURIA - na RS 440. R$150.000,00

    138 GAL CAMARA - casa 8,80x15m, mista,terreno 8,80x44m. R$ 27.000,00151 ESTALEIRO - casa alv., 2 qrtos, 1 sute,sala, coz., rea lazer, wc, churras. R$ 130.000,00152 PORTO BATISTA - terreno 390m, casaalv., ptio fecha-do. Aceita proposta. R$54.000,00176 CASA - alv. c/ 2qrtos, sala, coz, rea serv.,gar. + ptio fechado. R$ 69.000,00187 RESTAURANTE E PIZZARIA PALADAR Terreno c/ 1270m, c/ casa 130m, quiosquec/ 18m, rea comercial c/27m, 2 galpes, todocercado. Aceita proposta. R$ 500.000,00190 CASA DE MADEIRA - terreno 18x24m, 3ps, Passo Raso. R$ 12.000,00191 HOTEL SO LUIZ - BR 386. Coxilha Ve-lha. R$ 250.000,00195 OLARIA - Casa mista 4x4m, 3 qrtos, sala, coz.,wc, lavand., ptio fechado, rea. R$ 70.000,00196 CASA - terreno 12x30m + casa alv., c/ 2qurtos,Belo Ferreira, n 902, Olaria. R$ 70.000,00COD. 030 Passo Fundo, terreno 900m2 comcasa mista de 64m2, com 3 quartos, sala, coz.,w.c., garagem c/ churrasqueira, ptio fechado.loc. ao lado da Escola Meireles. R$ 27.000 (acei-ta-se proposat ou casa em Montenegro)CD. 054.PORTO BATISTA, casa alv, 3 quar-tos, sala, coz, w.c, garagem, churrasqueira, patio

    fechado, galpo. R$ 50.000,00CD. 066. Casa mista, c/ 3 quartos, sala,coz,w.c, garagem, terreno med 12x30. R$75.000,00, na RS 440,00CD. 064. Olaria, casa alv, c/ 2 quartos, sala,coz, w.c, ptio fechado, rea de servio c/ chur-rasqueira. R$ 32.000,00 CD. 075. casa de alv, 3 quartos, sala, coz, w.c,ptio fechado, cobertura para carro, localizadana Olaria. R$ 60.000,00CD. 086. Porto Batista, casa de alv, 2 pisos nafrente, 3 pisos nos fundos, c/ 3 quartos, 2 w.c,2 salas, coz, 1 pea comercial, terrenomed.13x97. R$ 150.000,00 (aceita-se carro)CD.097. Rua de Maio, casa de alv, c/ 4 quar-tos, 1 suite, 2 salas, cozinha, garagem, 3 w.c,ptio todo fechado, lavanderia de alvenaria nosfundos, + 1 apto de alvenaria. R$ 120.000,00CD. 010. CENTRO, terreno med 680m2, c/casa comercial c/ 220m2, ao lado da PrfeituraMunicipal, aceita-se proposta. R$ 190.000,00 CD. 016- PORTO BATISTA, casa alv, toda refor-mada, 2 quartos, sala, coz, w.c, 2 areas, com luz eagua, semi mobiliada, terreno medindo 392m2.R$ 27.000,00. AceIta-se carro ou terrenocd.024. Porto Batista, casa alv, c/ 3 quartos,sala, coz, w.c, garagem, poo artesiano, patiofechado, terreno 12x30. R$ 45.000,00

    cd. 027. Rondinha, frente para o mar, 2quartos, sala, coz, w.c, garagem ampla, mobi-liada. R$ 54.000,00cd. 027. POA, APTO, c/ 1 quarto amplo, sala,coz, w.c, mobiliado e equipado, prox a gerdau.R$ 60.000,00cd. 027. CENTRO, 2 pisos, toda reformada,4 quartos, 2 w.c, sala, coz, garagem, rea deservio, churrasqueira, 2 sacadas, toda mobi-liada. R$ 160.000,00TERRENOS042 PASSO FUNDO - terreno 12X30m c/ casamad. 5,5x6,5m, c/ 6 ps e galpo. R$29.000,00059 CENTRO - med. 12x30m, em frente aoCamping. R$ 55.000,00132 BARRETO - 12x13m. R$ 12.000,00173 BARRETO - terreno med. 1267,42m, c/escritura. R$ 55.000,0025 DE OUTUBRO - em frente rodoviria, med.566,99m. R$ 60.000,00TERRENO - Rua Ado Tavares 12X30m. R$38.000,00cd. 069. 02 terrenos, med.12x30m2 cadaum, localizado na rua Adelino Lopes da Silva.R$ 22.000,00 cada umcd. 107. Terreno medindo 12 x 30m, proximoa paineira, RS 440. R$ 25.000,00cd. 093. Terreno centro c/ 594m2, esquinada rua Marechal Deodoro c/ Jos Atansio. R$300.000,00cd. 027, centro, 580m2, frente para Igreja,esquina, arborizado. R$ 130.000,00.cd. 033. terreno medindo 12 x30, Estaleiro,rua D.Pedro. R$ 20.000,00REAS RURAIS122 7 HECTARES c/ casa alv. 8x6, c/ 5 peas+W.C., galpo novo 8x10, cachoeira, manguei-ra, poo, 2 audes, 1.000 ps de eucalpto,localizado na localidade do Dote, Triunfo.R$250.000,00

    152 PIEDADE - 22,2hec. junto cancha doDelano. Preo a combinar.GENERAL NETO - 90hec. com mato plantado.R$ 1.300.000,00PORTO PEDREIRA - 15hec. com mato deeucalipto. R$ 160.000,00cd. 087. 2,5 hectares, c/ casa de alv, c/3 quar-tos, sala, coz, w.c, sala de star, garagem, arroio,tudo cercado, localizado na BR 386, Vendinha.R$ 350.000,00cd. 092. VENDINHA, 2 hectares, c/ casa demadeira, c/ 2 quartos, sala, coz, w.c, garagem,galpo aviario c/ gaiolas, poo artesiano, au-de, piscina, 300m da tabai Canoas. R$100.000,00cd. 029. 10hectares, TF 10, perto do Postodo Didi, entre a Vila Tomazeli e a Vila Tieta, c/casa de alv, c/ 3 quartos, sala, coz, w.c, rea deservio. R$ 350.000,00cd. 094. Fazenda Isidoro, 4,5 hectares, frentepara estrada, sem cerca, sem matos, com matanativa, poo artesiano, gua, luz certaja, casapequena. R$ 12.000,00 o hectare.cd. 027. Fazenda Quadros, chacara p/ lazerou moradia, mata nativa, frente para o asfalto, 1km da Tabai. R$ consultar.STIO, 3hect, 2 casas + galpo, poo artesiano,2 audes, gua, luz, loc. em general neto. R$150.000,0037 HECTARES, com 2 casas, frente para riojacui, Passo Raso. R$ 650.000,00cd, 058 - 14 hectares, frente para RS 440, 2casas + galpo, gua, luz e aude. R$300.000,00104 HECTARES, loc. no Passo Raso/ Boa vis-ta, 800m do asfalto. R$ 1.200.000,0026 HECTARES de terras em Taquari, no aterra-do. R$ 6.000,00 (o hectare)LOCAOcd. 118. CENTRO, casa alvenaria, 1 quarto,sala, coz, W.C., rea de servio, churrasqueira,

    ptio murado. R$...cd. 118. CENTRO, apto, 2 quartos, sala, coz,sacada, rea de servio. R$...cd. 162. CENTRO, mista, 3 quartos, sala,coz, W.C., garagem, rea de servio, churras-queira, ptio, fechado,. Rua Marino Joseti deAlemida R$500,00d. 121. CENTRO, alvenaria, 3 quartos, sala,coz, W.C., garagem, rea de servio. Rua JosLuis de Freitas. R$650,00cd. 184. CENTRO, casa c/3 quartos, sala, coz,w.c, rea, patio fechado, rua 13 de Maio, esqui-na com a rua Joo Pessoa. R$ 800,00cd. 055. CENTRO, apto, 2 quartos, sala, coz,w.c, garagem. R$ 500,00BARRETO, casa de madeira, 2 quartos, sala,coz, w.c, ptio fechado. R$ 340,00cd. 023. PREDIO COMERCIAL, esquina dasorte, Porto Batista, medindo 108m2. R$ 500,00cd. 044, CENTRO, pea comercial, rua 13 deMaio, medindo 60m2, c/ w.c. R$ 500,00CD. 019, PRDIO COMERCIAL, Rua 13 deMaio. R$ 800,00CD. 055, CENTRO, aptos, 2 quartos, sala, co-zinha, w.c, patio fechado, em breve coberturapara carro. R$ 500,00, Coberturas R$ 600,00CD. 004. 13 de Maio, casa alv, c/ 2 quartos,sala, coz, w.c. R$ 500,00CD. 024. PORTO BATISTA, 3 quartos, sala,coz, w.c, garagem, patio fechado. R$ 300,00CD. 101 Lot. Sol Nascente, casa alv. 4 qrts,sala, coz, w.c. garagem, ptio fechadoR$550,00CD. 102 Rua 13 de Maio, prdio comerci-al c/ w.c. R$500,00CD. 105 Rua 13 de Maio, prdio p/ oficinamecnica R$500,00CD. 005 Estaleiro, casa alv. 2 qrts, sala, coz,w.c. R$260,00 (includa taxa de gua)CD. 005 Estaleiro, casa 2 qrts, sala, coz,w.c. garagem, ptio fechado R$330,00

    CASAS038 CASA de alv. 2 pisos, andar superiorc/ 2 quartos, W.C., sala de estar e jantar,cozinha e rea de servio. Piso trreo c/ 4salas, 1 sala de espera, W.C., garagem, pis-cina e porto eletrnico. Loc.: Rua esqui-na c/ Joo Pessoa. Valor: R$180.000,00017 CASA de alv. med. 120m c/ garagem.Terreno med. 500m. Loc.: Esquina daSorte - fundos da garagem da prefeitura.Valor: R$80.000,00008 CASA de mad. 32m, c/ 1 qrto, sala,coz., wc, + casa alv. aos fundos c/ +-100m.Terreno 12x30. Rua 13 de Maio. R$80.000,00. aceita-se carro047CASA mista med. 144m c/ 3 quartos,2W.C., sala, cozinha, garagem p/ 4 carros= varanda c/ churrasqueira. Terreno med550m. Loc: Rua 13 de Maio. valor:R$140.000,00027 CASA alv. 2 pisos, c/ 162m, 2 pisoc/ 3qrtos, sala, coz., wc e 2 sacadas, 1piso c/ 5peas + wc. Terreno c/ 510m.Rua da Figueira esquina c/ Rua Nossa Se-nhora da Conceio.019 - CASA alv. 2 qrts, sala, coz. e wc gar.c/wc e churrasq. Rua Bibiano Dias de Cas-tro. Estaleiro. R$ 93.000,00020 - CASA alv. c/2qrts, sala, coz. e wc +aos fundos gar. p/2 carros c/wc e churras.terreno todo murado, Rua Bibiano Diasde Castro. Estaleiro.031 PRDIO COMERCIAL 2 pisos, 1 pisomd. 80m c/ comercio, + casa md. 56mc/ 2 qrtos, coz. e wc, 2 piso em constru-o med. 120m. Bento Gonalves. PortoBatista. R$ 100.000,00022 PRDIO 2 pisos c/ 268,80m. Trrenoc/ comrcio, 2 piso c/ 3qrtos, sala, coz.,wc, rea serv., e sacada. Terreno c/ 524m.Rua 13 de maio023 CASA alv. de 100m. c/ 3qrtos, sala,coz., 2wcs, rea serv., gar. churrasq., equintal. Terreno c/ 300m. R. Jos Cladiode Souza. Porto Batista. R$ 50.000,00077 CASA alv. e ponto comercial, casa130m, 3 qrtos, 2 wcs, 2 salas, coz., reaserv., escrit. e sacada + quiosque 83m c/mezanino, wc e gar. + rea comercial 2pisos, 2 piso 152m, 1 piso 120m c/ 2wcs e coz., + 2 galpes pequenos de mad.e canil cercado. Terreno 1.270m. RuaJoo Pessoa064 CASA 470m, 2qrtos, 1suite, sala, 3wc,gar p/ 2 carros, salo de festa, rea de serv.,galpo alv. 220m e 2 piscinas, c/ aqueci-mento, casa toda mobiliada. rea total deterra 50.000m. Passo Fundo014 CASA mad. c/ 2qrtos, sala, coz., wc,rea serv., e gar. Porto Batista. R$25.000,00032 DUAS CASAS alv. a 1 104m c/ 3qrtos, sala, coz., 2wc, e churras. A 2 110mcom 2 qrtos, coz., wc., gar. e churras. Ter-reno md. 400m2, Belo Ferreira. R$100.000,00046 CASA alv. med.100m c/2qrts, coz.salas estar e jantar, wc e gar. Ter.12X30 todomurado. Rua 14 - Lot. Vila Progresso.

    021 CASA alv. med. 50m, c/quarto, sala,coz. e wc. Terreno med. 656m. RuaOlmiro Barreto - Olaria. R$ 40.000,00065 CASA alv. med.76m, c/3quartos, reade servio, wc, sala, coz. e churrasq. terre-no med.12x30m. Rua Nelson Piquet.R$55.000,00041 CASA alv. 159m c/3qrts, sala, coz.,wc., rea de serv. + uma pea p/ comercio,tereno 568,15m. Rua Angico.R$100.000,00018 - CASA alv. med.75m c/2 qrts, 2 sa-las, coz. e wc aos fundos galpo misto.terreno 675m.Rua Professor Marco Coe-lho. Vila Progresso. R$55.000,00067 - CASA alv. med.320m c/ 2 qrts, 1suite c/closet, sala de jantar, 2 wcs, coz.,copa, living c/lareira, escritorio c/lavabo,area de servio, dependencia de empre-gada, despensa, piscina, salao de festaintegrado, quiosque c/ churrasq e gar. p/2carros. Rua 13 de Maio. R$300.000,00062 - Casa e ponto comercial/casamed.228m c/2quartos, sala, cozinhaampla, piscina, garagem p/2carros, salode festas c/churrasqueira . pea comercialmed.46,47m. terreno med.+ou-500m.Loc: rua Belo Ferreira -centro.Valor:R$160.000,00 c/escritura135 - timo terreno de esquinamed.450m. Loc: rua Luiz Barreto cen-tro-c/escritura024 - Casa de madeira med.+ou-80m c/1quarto grande, wc, sala, coz, e garagem.terreno med.360m. Loc: rua Joo Bran-co -Olaria. Valor:R$42.000,00082 - Sala comercial med.30m c/wc. Loc:rua Luiz Barreto. Valor:R$60.000,00085 - Casa de alv. med.160mc/3quar-tos, sala de estar e jantar, cozinha, 2wcssendo c/hidro, garagem p/2carros, aque-cimento a gs e poo artesiano. Terrenomed.567m Loc: Av. Bento Gonalves -Porto Batista c/Escritura pode ser finaciada.Valor: R$85.000,00 - aceita terreno oucarro053 - Casa alv. med.42m c/2quartos, sala,cozinha, wc e rea de servio. Terrenomed.330m. Loc: rua Santa Maria B -Barreto. Valor: R$32.000,00056 - Casa mista med.110m c/4quartos,wc, 2cozinhas, rea de servio e churras-queira. Terreno med.746m. Loc: ruaRamiro Kersting. Valor: R$90.000,00049 - Casa de alv.med.70m c/2quartos,sala, cozinha e wc. Terreno med.360mLoc:rua Olmiro Barreto - Olaria Valor:R$70.000,00074 - Casa de alv. med.105m c/ 3 quar-tos, 2 wcs, cozinha, sala e rea deserv.Terreno med. 870m. Loc: Rua 14 -loteamento progresso. Valor : R$180.000,00081- Casa de alv. de 2pisos med.250m.Trreo c/4quartos, 2wcs, 2salas, cozinha,rea de servio, deposito, garagem p/2car-ros, churrasqueira e piscina. Piso superi-or c/mezanino, rea de lazer e terrao todamurada. Terreno med.12x30. Loc: rua

    Vereador Ado Tavares -Centro. Valor:R$250.000,00087 - Casa de alv . med.119m c/3quartsos, 2salas, cozinha, wc, rea deservio e churrasqueira + 1casa de ma-deira aos fundos. Terreno med12x30. Loc:rua Durval Ferreira Loteamento ManoelBraga. Valor :R$68.000,00 048 - Casa de madeira med.67m c/3quartos, sala, cozinha, wc e area de ser-vio. Terreno med.886m. Loc: rua BeloRamos - c/escritura Valor:R$ 80.000,00007 - CASA de mad. Med.50m c/2quar-tos, sala, cozinha e wc. Terrenomed.378m. Loc: TF10 Esquina da Sor-te. Valor: R$ 48.000,00066 - CASA de alv. med.120m c/2quar-tos, sala, cozinha, wc, rea de servio,garagem e piscina. Terreno med.12x30.Loc: rua Walter Perchi Barcelos - rua daBrigada. Valor: R$130.000,00063 - Casa de alv. med.134,76m c/2quartos, 1suite, 2wcs, cozinha, rea deservio, churrasqueira rotativa e garagemaberta. Terreno med. 600m. Loc: rua 13de Maio. Valor: R$180.000,00057 - Casa de alv. 2 pisos med.223,49m.Piso superior c/2quartos, sala de estar esala ampla - Trreo c/sala de estar e jantar,3quartos, 2wcs e garagem + salo de festac/espao para 2carros e piscina. Terrenomed.480m. Loc: rua Belo Ferreira Fi-nancia-se p/caixa058 - Ponto comercial c/casa de madei-ra. Ponto comercial med.63m c/2wcs.Casa de madeira med.63m c/2quartos,sala, cozinha e wc. Loc: rua 13 de MaioValor:R$150.000,00089 - Casa de alv. c/3quartos, sala, coz,wc e rea externa poro c/quarto, coz,wc, rea externa + 1cozinha campeira. Ter-reno med.12x30. Loc: rua da Raa Loteamento Sol Nascente. Valor:R$135.000,00010- Casa de alv. c/3 quartos, wc, sala ecozinha, rea de servio e garagem. Terre-no med.12x30. Loc: rua Montenegro Loteamento Bom Jesus. Valor:R$145.000,00 financia-se p/caixa035- casa mista c/2quartos, sala, cozinha,area de servio, 2wcs, garagem c/churrasquera. terreno med.370 m. Loc:rua Olmiro Barreto-Olaria. Valor:R$50.000,00043- Prdio med.300m. Terrenomed.600m.Loc: rua da Igreja Barreto. Valor:R$65.000,00TERRENOS122 - 3 TERRENOS frente para 25 deOutubro. 1 md. 555m, 2 md. 480me 3 md. 585m128 TERRENO 735m. Joo Pessoa, ladoSec. Educao. R$ 60.000,00105 TERRENO 360m. Trav. RS440.R$15.000,00132 - 3 TERRENOS medo 2.700m (reatotal), RS 440, Barreto. R$ 50.000,00131 - 6 TERRENOS St Maria B. Barreto

    R$ 28.000,00107 TERRENO 720m, com casa de ma-deira, localizado na Rua Projetada, nobairro Olaria. R$ 20.000,00110 TERRENO na Rua Alberto Pasqualine,esq. Rua Getlio Vargas. Sol Nascente.Com escritura108 - Terreno med.360m. loc: rua. Getu-lio Vargas- Porto Batista Valor:R$8.000,00c/escritura127 - Terreno med.477m. Loc: rua SoLoreno - Vila Maria-Estaleiro Valor:R$25.000,00119 - Terreno med.252m. Loc: TravessaWeighelt - Barreto Valor:R$8.000,00113 - Terreno med.821m. Loc:rua PedroQueiroz Ramos - EstaleiroValor:R$55.000,00121 - Terreno med.450m. Loc: PassoFundo - Frente p/TF10 Valor: R$8.000,00124 - 1 terreno med.360m cada um. Loc:frente p/ rua Fernando Elhers129- 2 terrenos: 1 med.780m. Loc:frente p/rua 13 de Maio. Valor:R$100.000,00 cada um138 - TERRENO med.7.886,35m. Loc: ruaSilvio de Oliveira Gonalves - Olaria. Va-lor: R$50.000,00137 - TERRENO med.505m. Loc: rua 14 -Loteamento Vila Progresso Valor:R$35.000,00104 - Terreno med.11x30. Loc: DomPedro II Travessa III. Valor:R$30.000,00139- Terreno de esquina med. 594m.Loc: rua Jos Athanasio centro c/escri-tura aceito proposta140 - Terreno med.680m c/casa de alv.med.220m. Loc: rua Flores da Cunha Centro Valor: R$ 190.000,00103- 2 Terrenos med.12x30. Loc: rua LuizBarreto centro Valor: R$135.0000,00cada um138- 2 Terrenos med.12x30. Loc: Av.25de Outubro centro Valor: R$135.000,00cada101- Terreno med.1260m. Loc: RS440-Barreto. Valor:R$40.000,00042- casa de alv. med.83m c/3quartos,sala, cozinha e wc. Terreno med.351mLoc: Loteamento Sol Nascente. Valor:R$65.000,00 c/ escrituraREAS DE TERRA179 CHCARA md. 7hec. e 700m c/ casaalv. med. +- 110m, 3 qrtos, sala, coz., reaext., terrao e quintal + galpo mad. TaperaQueimada.188 REA DE TERRA md. 3hec. c/ psde accia pronto para corte. Localizado noBenfica. R$ 45.000,00188 REA DE TERRA md. 7 hec. c/ casade alvenaria med. 48m, galpo novo demadeira med 80, 2 galpes, cocheira,mangueira, poo, 2 audes e 1.000 psde eucalpto. Loc.: Benfica163 CHCARA 15hec. c/ casa mista, luz,gua, mangueira, 1.000 ps de eucalipto,plantados este ano e 12 cabeas de gado,Quebra Telha. R$ 180.000,00144 REA DE TERRA 6,5hec. terra alta,toda aproveitvel, de frente para a RS 440.Barreto145 REA DE TERRA 2hec. Passo Fun-do, frente p/ TF 10. R$ 65.000,00156 STIO 2hec, c/ 2 casas de mad., 1 med.46m e outra md. 43m + galpo usado

    p/ diversos fins, medo 33x2,70m, rea demata virgem e arroio, arborizado, audepequeno, poo artesiano e piscina. 300mda Taba e 2km da Vendinha. R$100.000,00,aceita-se carro. Escriturado eestrutura para avicultura184 REA DE TERRA 12hec., c/ casa dealv. 150m, 2qrtos, 1suite, wc, sala star ejtar c/ churras., + galpo alv. Md. 80mc/ 8 baias, casa de caseiro 60m. Boa Vista,300m da TF 10.186 STIO 3hec. c/ casa alv., c/ 100m,3qrtos, sala, coz., 2wcs, gar. e churras. Gil.A combinar.169 STIO 4,5hec. casa mista, 3qrtos, 2wc,sala, coz., gar. p/ 2 carros + galpo c/ 2baiase moradia, galpo de madeira aberto, 2audes e mangueira. Ponta Rasa a 8km doasfalto, fundos c/ rio Jacu.153 REA DE TERRA 1hec. e 2.450m, c/casa mad. pequena. RS 440 a 3km docentro. R$ 40.000,00157 REA DE TERRA 1hec. 3.524m, fren-te p/ TF10 a 6km de Triunfo. R$ 60.000,00.175 STIO 2hec. c/ casa alv., 3qrtos, sala,coz., wc e gar + prdio misto p/ comrcioe mato de eucalipto. Rinco da Piedade a2km do asfalto. R$ 85.000,00100.000,00167 STIO 2hec. casa alv. tij. avista 96m +2 casas alv. 80m + galpo mad. 60m,poo artes., aude + gua, luz. Passo Fun-do. R$ 70.000,00189 STIO 2hec. c/ casa alv, 4qrtos, sala,coz., wc, rea serv., piscina, quiosque c/churras., gar. aberta e +- 4.000 ps deaccia. Benfica a 500m da BR386. R$120.000,0080 STIO 1hec. c/ casa de alv., 3qrtos, sala,coz., wc, churras. e poo art. Benfica a 2kmda BR386. R$ 65.000,00185 REA DE TERRA med. 9 ha c/casa dealv. c/3 qrtos, sala, cos. despena, Wc, reade serv e 2 varandas + casa de mad. aosfundos, 2 audes e arvoredo. TF 10 - BoaVista. Valor: R$350.000,00159 REA DE TERRA med. 4 ha c/casa dealv. 2 pisos. Benfica. Valor: R$130.000,00181-rea de terra med.30hec c/casa de alv/3quartos, 2wcs, sala, cozinha, galpo emangueira. Loc: General Neto frente p/TF10161- rea de terra med.2hec c/casa dealv.c/2quartos, sala, coz, 2wcs + galpo demadeira med.+ou-110m, vertente e arvo-redo. Loc: Benfica Valor:R$60.000,00174 - rea de terra med.2,5ha. Loc:Vendinha fzendo frente p/BR386181- rea de terra med.30hec c/casa dealv/3quartos, 2wcs, sala, cozinha, galpoe mangueira. Loc: General Neto - frente p/TF10164 - Sitio med.2,5hec. c/casa de alv.c/4quartos, 2wcs, sala, coz e garagem Loc:GilValor:R$50.000,00172 - Sitio med.2,5hec. c/casa de alv. med.170m c/2quartos, sute, 2wcs, sala, cozi-nha, rea de servio, garagem c/churras-queira, piscina, aude, galpo med.110mc/churrasqueira, quarto, fogo campeiroe wc, 2 porcos e 1cavalo. Loc: Benfica -1,5Km da BR386173 - rea de terra med. 10,5hec c/+ou-3 hec. c/ mato de accia c/2anos. Loc: Fa-zenda Barbosa. Valor:R$130.000,00

    182 - rea de terra med.3hec c/casa dealv. c/3quartos, 2salas, cozinha ampla,2wcs e garagem, arvoredo, 1galpo, pis-cina + 2cavalos, 5 ovelhas e cabritos. reatoda fechada c/escritura. Loc: Benfica - a2km da BR 386. Valor: R$ 150.000,00 -aceita-se proposta142 - rea de terra med.2,5hec. Loc: rua13 de Maio - 1,5km do centro Valor:R$160.000,00 c/escritura180 - Sitio med.1hec c/casa de alv.c/3quar-tos, sala, coz, wc, churrasqueira e pooartesiano. Loc:Benfica-a 2Km da BR386Valor: R$65.000,00185 - rea de terra med. 10hec. c/casa dealv. c/3 quartos, sala, cozinha, despensa,wc, rea de servio e 2 reas + casa demadeira aos fundos, 2 audes e arvore-dos. Loc: TF 10- Boa Vista.166 - Sitio med.1hec 8890m c/casa c/quarto, sala, cozinha e wc. Loc: Vendinhaa 1Km da BR 386 Valor: R$55.000,00154 - rea de terra med.2hec c/casa dealv., poo e luz. Loc: frente p/TF10 a 6km do centro. Valor: R$100.000,00151 - Sitio med.4hec.1.409m c/ casa dealv.c/4quartos, wc, sala, dispensa, cozinhac/churrasqueira + galpo de madeiramed.100m, galpo de alv. med.132m,galpo de alv. med.120m e galinheiro,chiqueiro e aude. Loc: Gil a 3 km da BR386 e 5 km da RS 440. Valor:R$150.000,00177 - Sitio med.3hec c/casa de alv.med.80m c/3quartos, wc, cozinha, gara-gem c/churrasqueira + aude. Loc: Gene-ral Neto fundos p/rio Jacui. Valor:R$150.000,00178- Sitio med.2 ,2.500m c/casa de alv.med.140m c/1suite, quarto, sala de estare jantar, wc, cozinha, rea de servio c/wc,garagem c/churrasqueira, APT p/hospe-des med.47m, galpo de costaneiramed.48m, avirio, galinheiro + 7audes,2 tanques p/alevinos, poo artesiano, matanativa c/vertente. Loc: Piedade a 1800mdo asfalto. Valor:R$150.000,00143-rea de terra med.13,5 hec c/2 ca-sas de alv. + 1 casa mista, 1 galpo c/22cocheiras, pista de rodeio med.150x50,aude. Estrutura completa p/centro de trei-namento p/cavalos. Loc: Boa Vista Fazfrente p/TF 10.115 - rea de terra med. 5. hec 8.000mtoda c/mato de accia.Loc. Passo Fundo. Valor: R$ 100.000,00LOCAOAluga-se prdio comercial med. 100mLoc: Rua Osvaldo Aranha - Centro012 - Casa de alv. med. 174m c/ 3quatros, 2wcs, 2 salas, cozinha, rea deservio, garagem c/ churrasqueira e wc,terrao. Terreno med. 300m.Loc. rua Tiradentes - fundos do mercadoBonato.013- Casa de alv. med. 88m c/ 3 quar-tos, cozinha, sala de estar e jantar, wc, ga-ragem p/ 2 carros c/ churrasqueira e reade servio. Loc. rua Nicolau Koller Neto -Olaria. Valor: R$ 90.000,00073 - Casa de alv. med. 63m c/ 2 quar-tos, sala, cozinha, wc, rea de servio egaragem.Loc: rua Jose Luiz de Freitas.Valor: R$ 100.000,00

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 201011

    Aconteceu

    Doces, Salgados e Lanches em geralFinais de semana e feriados:

    FRANGO ASSADO COM POLENTARua Luiz Barreto, 624

    Segunda a Sbado 7:30 s 22:00Domingos e feriados 8:00 s 12:30

    SEMFECHARAO MEIO DIA

    TALO DEPRODUTORAtalante Leote Fer-

    reira da localidade dePasso Fundo, inscri-o 149/1013351, ex-traviou os tales nP094-084511 e nP094-084521

    Enfrentando maisuma parada dura no lti-mo sbado, As Fominhasassumiram a lideranano municipal de voleibolvencendo sob o coman-do de Antnio Carvalho,As Dezpreparadas, dotcnico Jlio Campos,com parciais de 25 x 17;22 x 25 e 15 x 5. Logoem seguida foi a vez doImpacto (Guilherme e

    Os atletas do Proeste Mster viajaram a Buti nosbado tarde para jogar contra a equipe "Grupodos Quinze".

    Neste jogou estreou a nova contratao da equi-pe, o centro-campista Orizon que aps longa con-versao com a diretoria passou a fazer parte donosso elenco. Essa contratao coincidiu com a ja-nela de transferncias das equipes profissionais. Oreferido atleta fez grande estria e a partida teve umplacar de 2 a 2 com gols de Fbio e Gabriel.

    O aniversrio de 9anos do time foi dia 17,mas a comemorao a-conteceu domingo dia 16de maio com jogo e al-moo. O Veterano doBarreto o nico time BiCampeo da categoria.

    Representantes das equipes interessados em par-ticipar do campeonato municipal de futebol sete2010 j podem retirar as fichas de inscrio naSMDJL mediante o depsito do valor da cauo (R$120,00). A competio nas categorias fora livre emster mantm a necessidade de vnculo com omunicpio e a previso de incio para o ms dejunho. Paralelamente ao futebol sete, aconteceroas competies de futsal; primeiro o intersecretariase logo em seguida o interfirmas.

    Recebendo a visita de agremiao de VenncioAires no ltimo sbado o Grmio empatou em 4gols; Reinaldo marcou 3 e Silvinho completou.

    Domingo, 16, representantes de Alvorada visi-taram o Carlito Arnt e pela manh a comemoraoprincipal foi a volta de Quico ao grupo tricolor deonde ele nunca saiu. Com vlvulas reguladas Qui-co marcou os dois gols da vitria e ainda fez comoo Marcel, do peixe, chutando no poste j sem golei-ro. tarde, nos aspirantes, placar de 2 x 1 com golsde Jean Radin e Coelho.

    No jogo de fundo, vitria do Grmio por 3 x 0;gols: Jlio 2 e Guto. Hoje, Sapucaia a cidade visi-tada pelo Grmio que enfrenta o Olmpia; sada s13 horas da Sede e dia 29, equipe Mster de Butivisita a Aldeia. Pedrinho o nosso informante.

    Dando mais emooao j movimentado cam-peonato de vlei muni-cipal organizado pelaSMDJL, hoje tarde apartir das 19 horas estriao naipe masculino dacompetio com a dispu-ta entre Titanic e Porto efechando a noite, oGenezy enfrenta Os Atra-sados. Comparea eprestigie este que um

    A equipe da SMDJLque representa Triunfono Regional de Bochaestreou bem na compe-tio enfrentando os re-presentantes de Salvadordo Sul, na Vendinha dia13, quando os veteranosvenceram no 1 trio por15x6 com: Guildo,Ezdio, Hlio e Mariano;em seguida: Preto,Roberto, Ado e Valdenivenceram por 15x0. Dia15, na fora livre enfren-tando o Canto Lira, emEstncia Velha, Valdirvenceu por 15x10; Osnie Fbio marcaram 15x11;guildo, Ezdio e Hlio

    Est confirmada apresena da Banda BomBalano que vai animaro jantar danante que oVeterano F. Clube no Sa-lo Paroquial da Olariadia 05 do ms de junho.Os ingressos esto dis-posio por R$ 25,00para o casal e R$ 15,00 -

    Amanh acontece naPUC em Porto Alegre o2 Campeonato aberto dekarate e kick boxingyantsukai que abre espa-o tambm para outrasmodalidades de artesmarciais. Triunfo se farrepresentar pela equipede alunos do MestreCamargo (contato mxi-mo). O grupo formado

    Fominhas assumem a liderana no municipalHerberto) vencer a M BB (Testa) por 2 x 0 comparciais de 25 x 22 e 25x 21. Na rodada de aber-tura a arbitragem contou

    com Darci, Mateus, Tchume Dilmar. Na rodada desbado: Darci, JeanRadin, Mateus e Tchumconduziram as partidas.

    Hoje a partir das 17horas jogam: As GuriasX Impacto e em seguida:MBB X As dezpre-paradas.

    Masculino tem a primeirarodada hoje s 19hs

    grande primeiro passopara o retorno da prticado voleibol em Triunfo.Lembrando que umevento regional j estsendo cogitado nos mu-nicpios vizinhos e comcerteza nossos represen-tantes devem estar dentreos inscritos no municipal.O ingresso liberado e arodada inicia s 17 horasno ginsio da Sede.

    Camargo leva alunosno aberto de Karate eKick Boxing

    por Anderson, Diego,Jerson, Jucimar, Julianoe Ricieri na categoriaadulto e Heliton, na in-fantil. O apoio das se-cretarias de Educao ede Desporto, Juventudee Lazer.

    Na mesma da ta ,Camargo participa da25 Maratona de Por-to Alegre.

    Veterano BarretoComemoraAniversario comoBi Campeo

    Regional de Bochavenceram por 15x8;acompanharam o grupoainda: Roberto, Ado eValdeni. Tera, dia 18, naVendinha o adversriofoi o Ginstica, de NovoHamburgo; Veteranos:Ezdio, Preto e Darcimarcaram 15x10; Hlio,Roberto, Dercinho eAdo: 15x6. Hoje, naVendinha, s 13h30min:SMDJL X La Salle, deCanoas. Dia 27 os Vete-ranos jogam como Clubedo Comrcio, em Esteio.O apoio da Secretariade Educao.

    Informaes: Profes-sor Guildo.

    Bom Balano vai animar oJantar danante do Veterano

    individual, no percatempo e reserve seu.

    Neste domingo o Ve-terano vai a Charquea-das onde a equipe ms-ter joga com o SoMiguel, pela manh e tarde, aspirantes e prin-cipal disputam com o E.C. Laranjeira.

    Proeste mster empata em Buti

    Futebol Sete - inscries abertas

    Quico volta com vlvulas afinadas

    Grmio recebeu Venncio

  • Sentinela do Jacu - Triunfo, 22 de maio de 201012

    Final

    FONES:3654.3003 / 99940527E-MAIL: [email protected]

    O Programa Gestoda Aprendizagem Esco-lar Gestar II ofereceformao continuada emLngua Portuguesa eMatemtica aos profes-sores dos anos finais doensino fundamental emexerccio nas escolaspblicas, promovidopelo Ministrio da Edu-cao e conduzido emTriunfo pela SecretariaMunicipal de Educao.

    Atualmente, em Tri-unfo, o Programa est naetapa de encerramentodos encontrospresenciais. Para recebero certificado, o professorcursista precisa desenvol-ver um projeto na escolaem que trabalha. O pro-jeto escolhido pelos pro-fessores de Lngua Por-

    dolos que (en)cantamencerra o Programa Gestar II

    tuguesa chama-se do-los que (en)cantam,onde professores e alu-nos realizam pesquisas,concursos e apresenta-es sobre os ritmosmusicais das dcadas de50, 60, 70, 80 e 90, in-clusive em parceria comprofessores de outras dis-ciplinas.

    Algumas escolas japlicaram o projeto. AEscola Jozu Machadodos Santos, no Porto Ba-tista, por exemplo, reali-zou uma apresentao nanoite de quinta-feira, dia13 de maio, no GinsioWaldomiro Kuhn, comas atividades organiza-das pelas professoras deLngua Portuguesa, Sl-via, Andria e Mariane.Os alunos apresentaram

    videoclipes, pardias ecovers das dcadas de50, 60 e 70. Os melho-res de cada categoria fo-ram premiados com umamedalha. Alm da apre-sentao, no dia 6 demaio, houve um grandeseminrio, onde os gru-pos de alunos expuseramsuas pesquisas sobre asdcadas e dolos, comdestaque para os fatoshistricos, economia epoltica; moda e arte;anlise das letras dasmsicas e lbuns dosdolos.

    J na Escola CndidoJustiminiano de Carva-lho, na Esquina da Sor-te, o projeto dolos que(en)cantam envolveu asdisciplinas de LnguaPortuguesa e Histria. A

    professora de LnguaPortuguesa, Ldia Carva-lho, desenvolveu ativi-dades como entrevistas,pesquisa na comunidadesobre dolos, msicas,roupas e costumes dapoca, e a professora deHistria, VernicaBaptista, organizou pe-as teatrais fazendo refe-rncia aos costumes, po-ltica, msicas e griasusadas em cada dcada,analisando, dessa forma,as transformaes cultu-rais que cada perodoproporcionou.

    Toda comunidade es-colar est satisfeita como resultado do projeto. Oencerramento oficialdessa etapa do ProgramaGestar II est marcadopara a prxima tera-fei-ra, dia 25, na Cmara deVereadores.