Dominando Leis Universais e Eternas

download Dominando Leis Universais e Eternas

of 17

  • date post

    08-Jul-2018
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Dominando Leis Universais e Eternas

  • 8/19/2019 Dominando Leis Universais e Eternas

    1/17

    pegasus.portal.nom.br    http://pegasus.portal.nom.br/dominando-leis-universais-e-eternas

     Antônio Carlos Tanure

    Dominando Leis Universais e Eternas

    Primeira Parte

     

     Através de Princípios Universais a consciência valendo-se de um corpo às vezes denso (mais físico) outras vezes não (mais vibrátil), vai experienciando em um determinado espaço, em uma determinad dimensão ou realidade. Leis dentro destes Princípios organizam a duração das experiências que têm qu ser vividas, em função daquilo que no tempo, já foi, é ou será vivenciado por este ser consciente, a fim d que ele obtenha informações buscando O Conhecimento e com ele adquirir a Luz da Sabedoria. Estas Leis Universais são aplicadas para tudo que é gerado, regendo o processo da vida. À medida que este se consciente se harmoniza, se descobrindo no contexto do Universo, percebe que estas Leis se aplicam tudo que ele faz, o que pensa e mesmo o que ele imagina e, que no seu agora, está inserido também o seu antes e o seu depois.

    Aquele que procura se informar no intuito de se conhecer, ele está paralelamente buscando como Co criador ter domínio sobre as Leis Universais, para que possa manipulando Frequências Multivibracionais ter também domínio sobre a matéria e interagir com as realidades paralelas. Mas, para alcançar estes objetivos ele deve antes de tudo vibrar na Freqüência do Amor Universal através da Energia Taquiônica que é a soma de todas as formas de energias emocionais e a sexual (Energia da Vida), em sintonia com o Cosmo. Nesta Freqüência observando o Primeiro Principio Universal e com a força de seu poder menta que Cristo Jesus vibrava, quando ao mesmo tempo ensinava e vivenciava o “amai o próximo como a s mesmo”.

    Neste texto (1ª e 2ª parte) estão também outras informações em linguagem da física quântica pertinentes

    aos Sete Princípios Universais e ainda, exemplos tanto de experiências e de situações vividas “no mundo do Projeto Portal, quanto de situações de um modo geral acontecidas no cotidiano humano.

    Estas informações esclarecem o buscador de si mesmo, para que ele desenvolva sua intuição para uma visão ainda mais universal compatibilizada com o Ciclo de Aquário que inicia. Permite que ele tenha verdadeiramente uma mente mais cósmica, distanciando-o daquela outra que “apenas olhando par baixo”, aprisiona nas limitadas necessidades próprias de um ser, que também apenas inteligente (humano planetário) vive em um pequenino planeta (Terra) perdido na vastidão do Universo. As Leis Universai contidas nos Sete Princípios são claras e validas para qualquer um em qualquer parte do Universo e, aind mais, norteiam e impulsionam aceleradamente ao Multidimensional, ao Infinito.

     ___________________________

    A Transmutação Mental

     A Mente pode ser transmutada de estado em estado, de grau em grau, de condição em condição, de pól em pólo, de vibração em vibração. A verdadeira transmutação é uma Arte Mental.

    A palavra transmutar significa mudar de uma natureza (forma ou substancia) em outra e da mesma form Transmutação Mental é a arte de transformar e de mudar os estados, as formas e as condições mentais em outras – é a Arte da Química Mental.

    1/1

    http://pegasus.portal.nom.br/dominando-leis-universais-e-eternas/ http://pegasus.portal.nom.br/

  • 8/19/2019 Dominando Leis Universais e Eternas

    2/17

    O Todo é Mente. O Universo é Mental na sua natureza. A Transmutação Mental pode ser considerada como a arte de mudar as condições do Universo, nas divisões de Matéria, Força e Mente.

    Aquele que já opera no Plano Mental, transmuta as condições mentais e os estados em outros, de varias maneiras mais ou menos eficazes.

    O Todo

    Sob as aparências do Universo, do Tempo, do Espaço e da Mobilidade está sempre encoberta a Realidad

    Substancial: a Verdade fundamental.

    A “Substância” é tudo aquilo que está escondido sob todas as manifestações exteriores, como a essência como a realidade essencial e como a coisa em si mesma. Portanto, é aquilo que existe no aqui e agora como o Elemento Essencial, como o que é Real. A Realidade é um estado permanente, duradouro e atual d um ente, como a realidade do Espírito é para o homem.

    “O observador” tendo em vista o Universo do qual é simplesmente uma partícula, ele pode perceber já em outro nível de conhecimento, que no plano físico (e ilusório) em que experiencia tudo se transforma em matéria, em forças e em estados mentais. Que nada está parado, que tudo está em fluxo nascendo morrendo. Que tudo depois de chegar ao seu auge começa declinar através da lei do ritmo em constant

    ação.

    Não existe “Substancialidade” em qualquer coisa que seja. Nada é permanente, tudo se transforma  Através de Leis Universais “o observador” percebe uma constante ação e reação, um fluxo e refluxo, um criação e destruição, com todas as coisas como aparências ou manifestações exteriores da mesma Força Oculta – da mesma Realidade Substancial.

    O “observador” quando procura antes de tudo se conhecer, ele já percebe que está interligado em Uma Só Verdade, que para Ela “caminhando” ao se informar buscando Conhecimento, depara-se com Lei Universais que regem determinados momentos na Manifestação e que expressam aspectos de verdades que com eles vai gradualmente se informando, experienciando e se descobrindo cada vez mais como Co

    criador. E dentro deste contexto ele já sabe que é o resultado do que pensa e age, portanto é responsáve pelo que cria.

    No Universo não existe anormalidade, tudo é explicável através de Leis Universais que são bastante claras quando sinalizam que se deve fazer a sublimação do pensamento e a polarização do sentimento em momentos de criatividade.

     A humanidade em seu caminhar civilizatório associou a Realidade Substancial com o Divino, com o Etern e com a Energia (com vários adjetivos). Ainda a associou à Força Oculta, que para ela foi dado o nome de O Todo, que Incognoscível ninguém pode compreendê-Lo.

    A ciência apenas procura entender em laboratórios providos de tecnologias mais recentes e dentro das lei da física o inicio do Universo. Procura compreender os mecanismos pelos os quais a Infinita Mente Vivent o construiu e não tentar “decifrá-La” – conhecer O Incognoscível.

    Apesar da natureza essencial d’O Todo seja Incognoscível, existem certas verdades conexas com a su existência que a mente humana já alcança. O Todo é Tudo o que é Real. O Todo é Infinito no Tempo e Eterno, sem nada há que o pudesse criar. Ele não pode deixar de existir e de estar em toda parte, porque não há lugar fora do Todo. Nada há que separe, divida ou interrompa a sua continuidade. Ele é Infinito ou Absoluto em Poder, porque não há nada para limitá-lo, restringi-lo ou acondicioná-lo. Não está sujeito nenhum outro Poder, porque não há outro Poder.

    2/1

  • 8/19/2019 Dominando Leis Universais e Eternas

    3/17

    O Todo é ainda Imutável. Não está sujeito a ser mudado na sua natureza real, portanto nada há que possa operar mudanças nele, nada há em que possa ser mudado, nem nada que tenha sido mudado.

    A Matéria constitui o principio de todas as formas, mas não pode manifestar a Vida ou a Mente. No Univers o que é superior a Matéria ou a Energia é a Vida e a Mente, que são superiores às forças mecânicas ou à matéria.

    A Energia da Vida (Kundalini no mundo da matéria) apenas utiliza dos corpúsculos físicos espermatozóide e óvulo para gerar o ser vivente – ela pré-existe independentemente deles.

    A Infinita Mente Vivente que é muito superior em comparação à Vida e à Mente finita, os parceiros d outras realidades a associam à Luz Central.

    Levando em conta a Primeira Lei Universal que o Universo é Mental na sua natureza, será que o pesquisador do Projeto Portal quando aumenta a sua freqüência mental e “chama” a “Nave” do GNA, “Nave” de Gemus e várias outras de freqüências diferentes para que se mostrem fisicamente, como se aparecessem “do nada” e também como se sumissem “no nada”, não é porque através da Infinita Ment Vivente, mentes finitas mesmo em realidades diferentes se comunicam e interagem entre elas?

    O Universo é Mental

    O Universo é Mental, ele está dentro da mente d’O Todo.

    O Todo está associado às elevadas concepções da Infinita Mente Vivente, que não se pode compreendê-la quer raciocinando sobre ela, quer estudando a matéria na sua totalidade. O Universo não é O Todo, porqu ele parece ser formado de muitos, está constantemente mudando e não pode ser comparado com idéias que se queira estabelecer a respeito d’O Todo.

    Pode-se considerar que O Todo Cria Mentalmente o Universo, de um modo semelhante ao processo pelo qual o Homem cria as Imagens mentais, através do “mecanismo” cérebro-mente.

    Pela Física Quântica é a Consciência (através da Mente Infinita d’O Todo) identificada na CausalidadDescendente como “Algo” além da matéria, que interage com o que Ela própria criou na escolha de possibilidades quânticas através de “o observador” (mente finita), convertendo as ondas de possibilidade em eventos reais – é Ela que gera a realidade, o que é escolhido (convertido) em ato (evento por evento) construindo por saltos quânticos a realidade com a sua finalidade criadora tanto no plano da objetividade (Matéria) quanto no plano da subjetividade (Espírito).

    Co