Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em...

of 4 /4
Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes [email protected] São Lourenço, Terça-feira, 12 de setembro de 2017 Circulação Diária ANO XXIV - Nº 1029 - R$ 2,00 Telefax: 35 3332-1008 Nicole se destaca na 4ª etapa do Campeonato Mineiro de Karatê Como tradicional- mente acontece em São Lourenço, o dia 7 de Setembro foi marca- do pelo Desfile Cívico e Militar, que contou com a presença das autori- dades Civis e Militares, Escolas e Entidades. Para a abertura da solenidade, com início às 8h na Praça Duque de Caxias, a Prefeitura realizou a cerimônia de hasteamento das Bandeiras, com apre- sentação das tropas militares do Exército (TG-04-024), Corpo de Bombeiros, Polí - cia Militar e Sistema Prisional. Realizaram chamadas Atleta do São Lourenço Rugby é convocada pela seleção brasileira página 3 Cadastro para Educação Infantil e Creches começa segunda-feira página 3 Comer café e as Quitandeiras de Carmo de Minas página 3 Avaliação do Ensino Público em São Lourenço página 3 Atleta conquista mais 02 medalhas para São Lourenço São Lourenço realiza tradicional desfile com entidades da cidade Início dos trabalhos de prevenção para o período chuvoso em São Lourenço Como medida pre- ventiva para o perío- do de chuvas, a Co- ordenadoria de Pro- teção e Defesa Civil em conjunto com o 3º Pelotão de Bom- beiros Militar de São Lourenço está reali- zando, neste mês de setembro, o levan - tamento e aprimora- mento das informa- ções sobre as áreas de risco do município de São Lourenço. Estão sendo reali- zados levantamentos das áreas de inunda- ção e deslizamento, onde as Equipes de Defesa Civil e Bom- beiros, com apoio tam- bém da Secretaria de Assistência Social, fazem o levantamento topográfico, populacio- nal e tipo de residên- cias (construções). Após este levanta- mento, estas informa- ções serão compila- das e enviadas para o 9º Batalhão de Bom- beiros Militares de Minas Gerais. Dessa forma, acontecerá uma atualização do Plano de Contingên- cia de Defesa Civil do Município e as pro - vidências para me - lhorias e prevenções poderão ser tomadas com embasamento e apoio do Estado. Com apenas 5 anos e 2 meses de Caratê, Nicole Maciel, 13 anos, já soma 75 medalhas e 12 títulos conquistados atra- vés do esporte. Durante a 4ª etapa do Campeonato Mineiro de Karatê Inte- restilos (FMKI) a carateca conquistou as medalhas de prata, na modalidade Kata, e medalha de bronze, na modalidade Kumite. O campeonato, orga- nizado pela Confedera- ção Brasileira de Karatê Interestilos (CBKI), foi realizado no Ginásio Po- liesportivo Mutucão da cidade de Elói Mendes (MG), no último dia 03 de setembro. As dis- putas aconteceram em duas categorias: Kata, que é uma sequência de movimentos de ataque e defesa, e Kumite, que é a luta. A carateca Nicole, graduação roxa, compe- tiu na categoria Infanto Juvenil de faixas verde, roxa, marrom e preta de 13 a 14 anos. Ao todo a o hasteamento das Bandeiras, a Prefeita Municipal Célia Caval- canti, o Ten. Coronel Paulo Alex Moreira Silveira (Cmt. 57 Ba- talhão da PMMG) e o Presidente da Câmara de Vereadores Agilsan- der Rodrigues. O Hino Nacional e o Hino da Independência ficaram sob a responsabilidade da Sociedade Musical Antônio de Lorenzo, regida pelo Maestro Joaquim Ferreira, que tradicionalmente parti- cipa com louvor desta cerimônia. Após o discurso da Prefeita Municipal, to- dos se dirigiram para a Av. Dom Pedro II onde o desfile foi realizado. As Escolas que com- pareceram realizaram um brilhante desfile com a participação dos alunos e toda equi- pe pedagógica, assim como as Entidades que trouxeram para a Avenida a esperança de um País melhor. Como diferencial, este ano, evento contou com a participação atleta já participou de 34 campeonatos, entre eles da FMKI, FMK, Mundial WUKF, Sul-Americano e Brasileiro e agradece ao seu Mestre Joaquim Felício (Kiko) por acredi- tar na sua determinação de vencer. SEJA VOCÊ TAMBÉM NOSSO ASSINANTE Receba três edições semanalmente em sua casa 35-3332-1008 E-mail: [email protected] da entidade Sukyo Mahikari, que realizou uma apresentação em frente ao palanque das autoridades e também os jovens da Ordem Demolay, representan- do a Maçonaria.

Transcript of Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em...

Page 1: Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes jornalcp@correiodopapagaio.com.br

Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro

Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes [email protected]

São Lourenço, Terça-feira, 12 de setembro de 2017

Circulação Diária

ANO XXIV - Nº 1029 - R$ 2,00 Telefax: 35 3332-1008

Nicole se destaca na 4ª etapa do Campeonato Mineiro de Karatê

Como tradicional-mente acontece em São Lourenço, o dia 7 de Setembro foi marca-do pelo Desfile Cívico e Militar, que contou com a presença das autori-dades Civis e Militares, Escolas e Entidades. Para a abertura da solenidade, com início às 8h na Praça Duque de Caxias, a Prefeitura realizou a cerimônia de hasteamento das Bandeiras, com apre-sentação das tropas militares do Exército (TG-04-024), Corpo de Bombeiros, Polí-cia Militar e Sistema Prisional. Realizaram

chamadasAtleta do São Lourenço Rugby é convocada pela seleção brasileira

página 3

Cadastro para Educação Infantil e Creches começa segunda-feira

página 3

Comer café e as Quitandeiras de Carmo de Minas

página 3

Avaliação do Ensino Público em São Lourenço

página 3

Atleta conquista mais 02 medalhas para São Lourenço

São Lourenço realiza tradicional desfile com entidades da cidade

Início dos trabalhos de prevenção para o período chuvoso em São LourençoComo medida pre-

ventiva para o perío-do de chuvas, a Co-ordenadoria de Pro-teção e Defesa Civil em conjunto com o 3º Pelotão de Bom-beiros Militar de São Lourenço está reali-zando, neste mês de setembro, o levan-tamento e aprimora-mento das informa-ções sobre as áreas de risco do município de São Lourenço.

Estão sendo reali-zados levantamentos das áreas de inunda-ção e deslizamento, onde as Equipes de Defesa Civil e Bom-beiros, com apoio tam-

bém da Secretaria de Assistência Social , fazem o levantamento topográfico, populacio-nal e tipo de residên-cias (construções).

Após este levanta-mento, estas informa-ções serão compila-das e enviadas para o 9º Batalhão de Bom-beiros Mil i tares de Minas Gerais. Dessa forma, acontecerá uma atualização do Plano de Contingên-cia de Defesa Civil do Município e as pro-vidências para me-lhorias e prevenções poderão ser tomadas com embasamento e apoio do Estado.

Com apenas 5 anos e 2 meses de Caratê, Nicole Maciel, 13 anos, já soma 75 medalhas e 12 títulos conquistados atra-vés do esporte. Durante a 4ª etapa do Campeonato Mineiro de Karatê Inte-restilos (FMKI) a carateca conquistou as medalhas de prata, na modalidade Kata, e medalha de bronze, na modalidade Kumite.

O campeonato, orga-nizado pela Confedera-ção Brasileira de Karatê Interestilos (CBKI), foi

realizado no Ginásio Po-liesportivo Mutucão da cidade de Elói Mendes (MG), no último dia 03 de setembro. As dis-putas aconteceram em duas categorias: Kata, que é uma sequência de movimentos de ataque e defesa, e Kumite, que é a luta.

A carateca Nicole, graduação roxa, compe-tiu na categoria Infanto Juvenil de faixas verde, roxa, marrom e preta de 13 a 14 anos. Ao todo a

o hasteamento das Bandeiras, a Prefeita Municipal Célia Caval-canti, o Ten. Coronel Paulo Alex Moreira Silveira (Cmt. 57 Ba-talhão da PMMG) e o Presidente da Câmara de Vereadores Agilsan-der Rodrigues. O Hino Nacional e o Hino da Independência ficaram sob a responsabilidade da Sociedade Musical Antônio de Lorenzo, regida pelo Maestro Joaquim Ferreira, que tradicionalmente parti-cipa com louvor desta cerimônia.

Após o discurso da Prefeita Municipal, to-

dos se dirigiram para a Av. Dom Pedro II onde o desfile foi realizado. As Escolas que com-pareceram realizaram um brilhante desfile com a participação dos alunos e toda equi-

pe pedagógica, assim como as Entidades que trouxeram para a Avenida a esperança de um País melhor. Como diferencial, este ano, evento contou com a participação

atleta já participou de 34 campeonatos, entre eles da FMKI, FMK, Mundial

WUKF, Sul-Americano e Brasileiro e agradece ao seu Mestre Joaquim

Felício (Kiko) por acredi-tar na sua determinação de vencer.

SEJA VOCÊ TAMBÉMNOSSO ASSINANTE

Receba três edições semanalmente em sua casa

35-3332-1008E-mail: [email protected]

da entidade Sukyo Mahikari, que realizou uma apresentação em frente ao palanque das autoridades e também os jovens da Ordem Demolay, representan-do a Maçonaria.

Page 2: Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes jornalcp@correiodopapagaio.com.br

Terça-feira, 12 de setembro de 2017Pág 2 :: Correio do Papagaio

a

Atos e Gerais

Opinião

* Luiz Carlos Amorim

Leitura é condição sine que non para que possamos aprender, adquirir cultura, para que saibamos falar e escrever, para que tenha-mos uma vida mais digna e mais plena. Porque sem saber ler, não podemos es-tudar e se não estudarmos, como termos uma profissão, um trabalho que nos possibi-lite uma vida decente?

Nós, brasileiros, ainda lemos pouco, infelizmente. Por uma série de razões das quais já falei em outros textos. Mas existem pro-fessores do primeiro grau que, apesar do conteúdo programático cada vez mais apertado do nosso ensino fundamental e também mé-dio, imposto pela educação oficial, fazem um trabalho fenomenal, conseguindo in-cutir o gosto pela leitura em seus alunos. Como a profes-sora Edna, de Divinópolis, Minas, que cativa suas tur-mas de sétimas séries para a leitura e consegue lhes incutir, sem impor, o gosto de ler. Como a professora Mariza, de Joinville, que faz o mesmo trabalho e ainda distribui livros pela cidade. Como a professora Luciane, de Joinville, que também faz um trabalho excelente com seus alunos. E por aí afora, outros professores abnega-dos e extremamente dedica-dos como os três que tenho o prazer de conhecer.

Então, além de ser de primordial importância que as crianças convivam com livros desde a mais tenra infância, o fato de o estu-dante ter um professor ou professora que se preocupa com o hábito de ler de seus alunos completa um cenário que é ideal para termos jo-vens e adultos que gostem de ler. E que gostam de es-tudar, portanto, que gostam de adquirir conhecimento.

Para além do salutar e indispensável hábito de ler, precisamos levar em conta que ler pode e deve nos dar prazer, pois além de nos preparar para a vida, a leitura pode nos fazer mais felizes, já que nos abre as portas, também, para a magia e para o encantamento. Leitura

pode nos trazer felicidade? Pode. E de diversas manei-ras. Algumas das quais já falamos acima.

Uma história bem en-gendrada que culmina com um bom final e nos faz refletir sobre nossa real idade, nossa e do próximo, é outra maneira. Pois uma história criativa, original, instigante, nos mostrando personagens e cenários fantást icos marav i lhosos, gênero tão explorado por auto-res vários, nos últimos tempos, por exemplo, cativa a muitos leitores, leitores de todas as ida-des. Poemas que leem a vida e o mundo de maneira diferente, nos ensinando a ver tudo por novos ân-gulos, com sentimentos e emoções novos, constru-ídos com palavras fortes e com novos significados, também são outras manei-ras de nos proporcionar uma boa leitura, uma boa interpretação ou recriação da vida acontecendo ao nosso redor. E além dela.

Então leitura é importante, é indispensável, sempre foi e continuará sendo. Preci-samos ler mais, precisamos ler sempre, precisamos ler muito. Porque o futuro será sempre consequência de nossas leituras. Se nós não gostarmos de ler, perderemos o caminho para o futuro, pois só conseguiremos chegar a um futuro melhor através do hábito da leitura. Através dos conhecimentos adquiridos nos livros. Então, leitores em formação, leiam hoje, leiam amanhã, leiam muito, cada vez mais. O futuro está nas mãos dos leitores, dos aman-tes da leitura, daqueles que têm o hábito de ler. Porque leitura é insubstituível.

Se no passado líamos só os clássicos, hoje, ou de algum tempo para cá, temos uma gama imensa de contemporâneos da melhor qualidade. Brasileiros ou não, temos muitos autores excelentes para lermos. Então, vamos à leitura. Hoje e sempre.

* Luiz Carlos Amorim é escritor, editor e revisor. Cadeira 19 da Academia Sulbrasileira de Letras.

Leitura hoje e sempre

......................................................................O Jornal Correio do Papagaio é filiado ao SINDIJORI - Sindicato dos Proprie-tários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas Gerais.

.......................................................É expressamente proibida a reprodução integral ou parcial de quaisquer textos aqui publicados sem prévia autorização do Jornal Correio do Papagaio,

........................................................A Diretoria não se responsabiliza por conceitos, opiniões e pela coerência das matérias assinadas, que ficam então sob inteira responsabilidade de seus autores. ........................................................

Circulação em 33 cidades do Sul de MinasAiuruoca, Alagoa, Andrelândia, Arantina, Baependi, Bocaina de Minas, Bom Jar-dim de Minas, Campanha, Carmo de Minas, Carvalhos, Caxambu, Conceição do Rio Verde, Cristina, Cruzília, Dom Viçoso, Itamonte, Itanhandu, Jesuânia, Liber-dade, Lambari, Minduri, Olímpo Noronha, Passa Quatro, Passa Vinte, Pouso Alto, Santa Rita de Jacutinga, São Lourenço, São Sebastião do Rio Verde, São Vicente de Minas, Seritinga, Serranos, Soledade de Minas e Virgínia.

O Jornal Correio do Papagaio é uma publicação de:JCP Edições de Jornais e Eventos Ltda - CNPJ: 11.458.016/0001-69

R. Ledo, 250 - Centro - São Lourenço-MG - Cep 37470-000Diretor-Presidente

Márcio Muniz FernandesJornalista

Júlio Simões - MTb 13.144/58/77Redação

Marina IbbaClaudiane Landim

Diagramação Márcio Muniz e Marina Ibba

Tiragem SemanalEdição Colorida 5.000 a 8.000

Edição P&B 1.000Impressão:

Edição ColoridaO Tempo Serviços Gráficos

31-2101.3807 Edição PB

Gráfica Novo Mundo35-3339.3333

Telefones: (35) 3332-1008 / 3331-6899 / 98895-6899E-mail: [email protected]

Portal: www.correiodopapagaio.com.br

Prefeitura Municipal de AndrelândiaDecreto N° 66 - de 10 de Maio de 2017

Insere no Orçamento vigente a natureza de despesa que menciona e da outras providências.

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica inserido no orçamento

vigente, conforme discriminação abaixo, a(s) seguinte(s) Natureza(s) de despesa(s): abrindo-se para este fim.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.1.90.94.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - - - - - R$ 2.050,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 2.050,00Total da Unidade 2 - R$ 2.050,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 01 - ATENÇÃO BÁSICA2 . 0 5 . 0 1 . 1 0 . 3 0 1 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 3 0 -

3.3.90.32.00 DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE ATENÇÃO BÁSICA - R$ 10.000,00

Tota l da Sub-Unidade 01 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 5 - R$ 10.000,00Total Geral - R$ 12.050,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizado como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.3.90.30.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - - - - - R$ 2.050,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 2.050,00Total da Unidade 2 - R$ 2.050,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 02 - MÉDIA E ALTA COM-

PLEXIDADE2 . 0 5 . 0 2 . 1 0 . 3 0 2 . 0 0 0 5 . 2 . 0 0 3 1

- 3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL - - - - - R$ 10.000,00

Tota l da Sub-Unidade 02 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 5 - R$ 10.000,00Total Geral - R$ 12.050,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

10 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 067, de 10 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.3.90.30.00.2.05.04.10.303.0004.2.0040 AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS DA ATENÇÃO BÁSICA

00.01.51 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO SUS PARA ASSISTENCIA FARMACEUTICA

00.01.55 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE 10.000,00

TOTAL 10.000,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

10 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 068, de 11 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.3.90.30.00.2.05.01.10.301.0004.2.0028 DESENVOLVIMENTO DO PSF/ PCAS / PSB

00.01.55 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE

00.01.48 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO SUS PARA ATENÇÃO BASICA 10.000,00

TOTAL 10.000,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

11 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 070, de 12 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.3.90.30.00.2.05.01.10.301.0004.2.0028 DESENVOLVIMENTO DO PSF/ PCAS / PSB

00.01.55 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE

00.01.48 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO SUS PARA ATENÇÃO BASICA 10.000,00

3.3.90.30.00.2.05.02.10.302.0005.2.0031 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL

00.01.02 RECEITAS DE IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DE IMPOSTOS-SAÚDE

00.01.49 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO SUS PARA ATENÇÃO DE MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE AMBULA-TORIAL E HOSPITALA 10.000,00

TOTAL 20.000,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

12 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 71 - de 12 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 1.700,25 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suple-

mentar no valor de R$ 1.700,25 ( um mil, setecentos reais e vinte e cinco centavos ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

Prefeitura Municipal de Andrelândia2 . 0 3 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 11 -

4.4.90.52.00 GESTÃO ADM. DA SEC. DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS - - - - - R$ 1.700,25

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.700,25Total da Unidade 3 - R$ 1.700,25Total Geral - R$ 1.700,25Art. 2 - Para atender o que prescreve

o artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 1 . 0 0 0 8 - 4.4.90.51.00 AMPLIAÇÃO DA REDE DE ESGOTO - - - - - R$ 1.700,25

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.700,25Total da Unidade 3 - R$ 1.700,25Total Geral - R$ 1.700,25Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

12 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 72 - de 15 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 3.000,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 3.000,00 ( três mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 5 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 1 3 - 3.3.90.39.00 MANUTENÇÃO OFICINA E SERRARIA - - - - - R$ 2.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 2.000,00Total da Unidade 3 - R$ 2.000,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 01 - ATENÇÃO BÁSICA2 . 0 5 . 0 1 . 1 0 . 3 0 1 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 2 8 -

4.4.90.52.00 DESENVOLVIMENTO DO PSF/ PCAS / PSB - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 01 - R$ 1.000,00Total da Unidade 5 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 3.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 1 . 0 0 9 5 - 3.3.90.30.00 CANALIZAÇÃO DO CÓRRE-GO SÃO DIMAS - - - - - R$ 3.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 3.000,00Total da Unidade 3 - R$ 3.000,00Total Geral - R$ 3.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

15 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 73 - de 15 de Maio de 2017Insere no Orçamento vigente a natureza

de despesa que menciona e da outras providências.

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica inserido no orçamento

vigente, conforme discriminação abaixo, a(s) seguinte(s) Natureza(s) de despesa(s): abrindo-se para este fim.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 06 - SECRETARIA DE EDU-CAÇÃO

Sub-Unidade 01 - Fundo Municipal de Educação

2 . 0 6 . 0 1 . 1 2 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 4 4 - 3.1.90.94.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA EDUCAÇÃO - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 01 - R$ 1.000,00Total da Unidade 6 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizado como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 1 . 0 0 0 8 - 3.3.90.30.00 AMPLIAÇÃO DA REDE DE ESGOTO - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 3 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

15 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 074, de 15 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.1.90.04.00.2.06.01.12.122.0001.2.0044 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA EDUCAÇÃO

00.01.01 RECEITAS DE IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DE IMPOSTOS - EDUCAÇÃO

00.01.19 TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB-(APLICAÇÃO EM OUTRAS DESPESAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA) 2.000,00

3.1.90.94.00.2.06.01.12.122.0001.2.0044 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA EDUCAÇÃO

00.01.01 RECEITAS DE IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DE IMPOSTOS - EDUCAÇÃO

00.01.19 TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB-(APLICAÇÃO EM OUTRAS DES-PESAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA) 500,00

TOTAL 2.500,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

15 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 77 - de 18 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 1.000,00 as dotações do Município de

ANDRELÂNDIAO Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso

de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 1.000,00 ( um mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 2 . 0 0 2 0 - 3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DA LIMPEZA PÚBLICA - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 3 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 5 . 4 5 2 . 0 0 0 2 . 2 . 0 0 1 8 - 3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DE ATIV. NOS CEMITÉRIOS MUNICIPAIS - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 3 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

18 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 078, de 19 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.3.90.30.00.2.05.02.10.302.0005.2.0031 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL

00.01.02 RECEITAS DE IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DE IMPOSTOS-SAÚDE

00.01.49 TRANSFERENCIAS DE RE-CURSOS DO SUS PARA ATENÇÃO DE MEDIA E ALTA COMPLEXIDADE AMBULA-TORIAL E HOSPITALA 10.000,00

TOTAL 10.000,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

19 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 79 - de 19 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 3.000,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 3.000,00 ( três mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 10 - FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Sub-Unidade 01 - FUNDO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

2 . 1 0 . 0 1 . 0 8 . 2 4 4 . 0 0 11 . 2 . 0 0 8 7 - 3.3.90.36.00 SERV. DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS - - - - - R$ 3.000,00

Total da Sub-Unidade 01 - R$ 3.000,00

Total da Unidade 10 - R$ 3.000,00Total Geral - R$ 3.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 1 . 0 0 9 5 - 4.4.90.51.00 CANALIZAÇÃO DO CÓRRE-GO SÃO DIMAS - - - - - R$ 3.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 3.000,00

Total da Unidade 3 - R$ 3.000,00Total Geral - R$ 3.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

19 de Maio de 2017 FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 80 - de 23 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 21.500,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 21.500,00 ( vinte e um mil e quinhentos reais ) as seguintes dotações do Municipio de

ANDRELÂNDIA.Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL

DE ANDRELÂNDIAUnidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 01 - ATENÇÃO BÁSICA2 . 0 5 . 0 1 . 1 0 . 3 0 1 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 2 8 -

3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DO PSF/ PCAS / PSB - - - - - R$ 20.000,00

Tota l da Sub-Unidade 01 - R$ 20.000,00

Sub-Unidade 02 - MÉDIA E ALTA COM-PLEXIDADE

2 . 0 5 . 0 2 . 1 0 . 3 0 2 . 0 0 0 5 . 2 . 0 0 3 1 - 4.4.90.52.00 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL - - - - - R$ 500,00

Total da Sub-Unidade 02 - R$ 500,00Total da Unidade 5 - R$ 20.500,00Unidade 09 - SECRETARIA DE ASSIS-

TÊNCIA SOCIALSub-Unidade 00 - Secretaria de Assis-

tência Social2 . 0 9 . 0 0 . 0 8 . 1 2 2 . 0 0 1 3 . 2 . 0 0 7 6 -

3.3.90.39.00 APOIO AO CONSELHO TUTELAR - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 9 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 21.500,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.3.90.30.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 2 - R$ 1.000,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 02 - MÉDIA E ALTA COM-

PLEXIDADE2 . 0 5 . 0 2 . 1 0 . 3 0 2 . 0 0 0 5 . 2 . 0 0 3 1

- 3.3.90.36.00 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL - - - - - R$ 20.500,00

Tota l da Sub-Unidade 02 - R$ 20.500,00

Total da Unidade 5 - R$ 20.500,00Total Geral - -R$ 21.500,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

23 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 81 - de 25 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 1.000,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 1.000,00 ( um mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-NISTRAÇÃO E OBRAS

Sub-Unidade 00 - SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E OBRAS

2 . 0 3 . 0 0 . 1 7 . 5 1 2 . 0 0 0 3 . 2 . 0 0 2 0 - 3.1.90.94.00 DESENVOLVIMENTO DA LIMPEZA PÚBLICA - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 3 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.3.90.39.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 1.000,00Total da Unidade 2 - R$ 1.000,00Total Geral - R$ 1.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

25 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 82 - de 26 de Maio de 2017Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 6.000,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta:Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 6.000,00 ( seis mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

Sub-Unidade 03 - VIGILÂNCIA EM SAÚDE

2 . 0 5 . 0 3 . 1 0 . 3 0 4 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 3 6 - 3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DA VI-GILÂNCIA SANITÁRIA - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 03 - R$ 1.000,00Sub-Unidade 04 - ASSISTÊNCIA FAR-

MACÊUTICA2 . 0 5 . 0 4 . 1 0 . 3 0 3 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 4 0 -

3.3.90.30.00 AQUISIÇÃO DE MEDICA-MENTOS DA ATENÇÃO BÁSICA - - - - - R$ 5.000,00

Total da Sub-Unidade 04 - R$ 5.000,00Total da Unidade 5 - R$ 6.000,00Total Geral - R$ 6.000,00Art. 2 - Para atender o que prescreve o

artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.3.90.39.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - - - - - R$ 1.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - -R$

1.000,00Total da Unidade 2 - R$ 1.000,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 02 - MÉDIA E ALTA COM-

PLEXIDADE2 . 0 5 . 0 2 . 1 0 . 3 0 2 . 0 0 0 5 . 2 . 0 0 3 1

- 3.3.90.39.00 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL - - - - - R$ 5.000,00

Total da Sub-Unidade 02 - R$ 5.000,00Total da Unidade 5 - R$ 5.000,00Total Geral - R$ 6.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

26 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto n° 083, de 26 de Maio de 2017Altera a fonte de recursos nas seguintes

dotações do Município de ANDRELÂN-DIA.

Art. 1 - O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, altera a fonte de recursos das seguintes dotações do Município de ANDRELÂNDIA:

Dotação Fonte Acrescida Fonte De-crescida Valor

3.3.90.30.00.2.06.01.12.361.0006.2.0045 DESENVOLVIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL

00.01.47 TRANSFERENCIA DO SALA-RIO EDUCAÇÃO

00.01.19 TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB-(APLICAÇÃO EM OUTRAS DESPESAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA) 2.000,00

TOTAL 2.000,00Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

26 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

Decreto N° 84 - de 29 de Maio de 2017 Abre Crédito Suplementar no Valor de

R$ 30.000,00 as dotações do Município de ANDRELÂNDIA

O Prefeito de ANDRELÂNDIA, no uso de suas atribuições, e devidamente auto-rizado pelo disposto na Lei n° 2021, 18 de novembro de 2016

Decreta: Art. 1 - Fica aberto Crédito Suplementar

no valor de R$ 30.000,00 ( trinta mil reais ) as seguintes dotações do Municipio de ANDRELÂNDIA.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

Sub-Unidade 02 - MÉDIA E ALTA COM-PLEXIDADE

2 . 0 5 . 0 2 . 1 0 . 3 0 2 . 0 0 0 5 . 2 . 0 0 3 1 - 3.3.90.30.00 DESENVOLVIMENTO DO HOSPITAL MUNICIPAL - R$ 10.000,00

Tota l da Sub-Unidade 02 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 5 - R$ 10.000,00Unidade 08 - SEC. ESPORTE, LAZER,

CULT., IND.COMÉRCIOSub-Unidade 01 - FUNDO MUNICIPAL

DE CULTURA2 . 0 8 . 0 1 . 1 3 . 3 9 2 . 0 0 0 8 . 2 . 0 0 7 0

- 3.3.90.39.00 EVENTOS E FESTAS FOLCLÓRICAS E POPULARES - R$ 20.000,00

Tota l da Sub-Unidade 01 - R$ 20.000,00

Total da Unidade 8 - R$ 20.000,00Total Geral - R$ 30.000,00 Art. 2 - Para atender o que prescreve

o artigo anterior, será utilizada como fonte de recurso: ANULAÇÃO DE DOTAÇÕES do Orçamento do Munícipio na

forma do paragrafo 1°, inciso I a IV do artigo 43 da Lei Federal 4.320.

Orgão 02 - PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDRELÂNDIA

Unidade 02 - SECRETARIA DE FI-NANÇAS

Sub-Unidade 00 - Secretaria de Fi-nanças

2 . 0 2 . 0 0 . 0 4 . 1 2 2 . 0 0 0 1 . 2 . 0 0 0 7 - 3.3.90.39.00 GESTÃO ADMINISTRATIVA DA SECRETARIA DE FINANÇAS - R$ 10.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 2 - R$ 10.000,00Unidade 03 - SECRETARIA DE ADMI-

NISTRAÇÃO E OBRASSub-Unidade 00 - SECRETARIA DE

ADMINISTRAÇÃO E OBRAS2 . 0 3 . 0 0 . 2 6 . 7 8 2 . 0 0 0 2 . 2 . 0 0 2 3 -

3.3.90.30.00 DESENVOLVIMENTO DAS ESTRADAS VICINAIS - R$ 10.000,00

Total da Sub-Unidade 00 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 3 - R$ 10.000,00Unidade 05 - FUNDO MUNICIPAL DE

SAÚDESub-Unidade 01 - ATENÇÃO BÁSICA2 . 0 5 . 0 1 . 1 0 . 3 0 1 . 0 0 0 4 . 2 . 0 0 2 8 -

3.3.90.30.00 DESENVOLVIMENTO DO PSF/ PCAS / PSB - - - - - R$ 10.000,00

Total da Sub-Unidade 01 - R$ 10.000,00

Total da Unidade 5 - R$ 10.000,00Total Geral - R$ 30.000,00Art. 3 - Este decreto entra em vigor na

data de sua publicação.Prefeitura Municipal de ANDRELÂNDIA,

29 de Maio de 2017FRANCISCO CARLOS RIVELLIPREFEITO MUNICIPAL

PROCEDIMENTO DE RETIFICAÇÃO DE ÁREA NO REGISTRO DE IMÓVEIS DA COMARCA DE

SÃO LOURENÇO/MGIMÓVEL DE MATRÍCULA Nº 1.609 DO LIVRO 2

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE CONFRONTANTE

O Sr. Júlio César Círio Nogueira, Oficial Interino do Serviço Registral de Imóveis da Comarca de São Lourenço-MG, Serventia situada na Rua Dr. Melo Viana nº 307, Centro, São Lourenço-MG, FAZ SABER que MARLENE FERREIRA JUNQUEIRA, residente e domiciliada na Fazenda Limeira, Zona Rural deste município, requereu a retificação da área do imóvel de matrí-cula de nº 1.609 do Livro 2, deste Registro Imobiliário, de sua propriedade, denominado “Fazenda Limeira”, Zona Rural desta cidade, processado nos termos dos artigos 212 e 213 da Lei dos Registros Públicos (Lei nº 6.015/73). Devido à falta de anuência expressa na Planta e no Memorial Descritivo, do titular do imóvel confrontante, este, sito um imóvel rural, confrontante com a Fazenda Limeira, Zona Rural, com matrícula de nº 18.525 do livro 02 desta Comarca, propriedade do Notificando: LUIZ CARLOS CHAVES MINEIRO, brasileiro, empresário, inscrito no CPF nº 912.142.897-20, não localizado no endereço: Rua Gustavo Corção, nº 30 apto.101, Bairro Recreio dos Bandeirantes, Rio Janeiro/RJ, CEP: 22.790-150, fica desde já, seu titular, devidamente NOTIFICADO do inteiro teor dos trabalhos técnicos que se encontram arquivados neste Serviço Registral, podendo impugnar funda-mentadamente, os presentes trabalhos, no prazo legal de 15 dias. O pedido de retificação foi instruído com os documentos enumerados no artigo 213 da Lei dos Registros Públicos, os quais se encontram disponíveis neste serviço registral imobiliário para exame e conhecimento do interessado. Nos termos do §4° do artigo 213 da LRP, Provimento nº 260/CGJ/2013 - Art. 796 a 822, a falta de impugnação no prazo da notificação resulta na presunção legal de anuência do confrontante ao pedido de retificação de registro. Portanto, as opções que a lei confere ao NOTIFICADO são: 1) impugnar fundamenta-damente; 2) anuir expressamente e 3) deixar transcorrer o prazo, aceitando os trabalhos tacitamente. Esclarece-se, finalmente, que eventuais falhas que venham a ser provadas no futuro não impedem novo procedimento retifica-tório nem vinculam a pessoa que anuiu nos presentes trabalhos, estando resguardados seus direitos reais nos termos da legislação civil, exceto nos casos de usucapião. Decorrido o prazo legal sem impugnações, contado da primeira publicação deste edital que será publicado duas vezes, poderá ser deferida a retificação pretendida.

Page 3: Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes jornalcp@correiodopapagaio.com.br

Correio do Papagaio :: Pág 3Terça-feira, 12 de setembro de 2017São Lourenço e Região

Cadastro para Educação Infantil e Creches começa na próxima

segunda-feira em São Lourenço

Fotos: Divulgação/São Lourenço Rugby

Fotos: Divulgação/ IF Sul de Minas

Cadastramento é válido apenas para moradores do município

Comer café e as Quitandeiras de Carmo de Minas

Atleta do São Lourenço Rugby é convocada pela

seleção brasileira

Curso de capacitação integra a programação do Primeiro Festival do Café Especial

Kathelen irá participar dos treinamentos pela Seleção Brasileira de Rugby Juvenil que se prepara para o Campeonato Sul Americano em 2018

A atleta do São Lou-renço Rugby, Kathelen Ferreira, foi convocada para treinamentos pela Seleção Brasileira de Ru-gby Juvenil, que esta se preparando para o Cam-peonato Sul Americano no início de 2018.

Kathelen treina a cerca de um ano e é estudante da Escola Estadual do Ensino Médio. “Seu bom porte físico, agressivi-dade e habilidade foram cruciais para a escolha. Apenas ela e uma atleta de Uberaba foram as mi-neiras convocadas, o que valoriza ainda mais nosso trabalho de categorias de base”, afirma seu treina-dor, Hugo Fróes.

O Brasil é franco favo-rito na categoria feminina adulta de Rugby, de 12 edições do Campeonato Sulamericano o país ven-ceu as 12, sem perder ou empatar nenhum jogo.

Este ano pela primeira vez uma seleção de base feminina foi convocada no país. Caso o Brasil fique entre as três primeiras

Avaliação do Ensino Público é divulgada

pelo EstadoEscolas de São Lourenço apresentam melhora

no desempenho dos alunos avaliados

Kathelen Ferreira, de São Lourenço, irá participar dos treinos com a seleção brasileira ainda este mês

Curso de Formação Inicial e Continuada é iniciativa do IF Sul de Minas

5º São Lourenço Rugby Fest - São Lourenço X Rio Rugby (Rio de Janeiro)

Doces e salgados contendo café como ingrediente foram apresentados durante o curso

A Secretaria de Estado de Educação lançou, através do Sistema de Monitoramento Es-colar (SIMAVE), os resultados comparativos do Programa de Avaliação da Alfabetiza-ção (Proalfa) e Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb). Este comparativo demonstra os resultados dos anos de 2015 e 2016 sobre o desem-penho dos alunos das Escolas Municipais de todo o Estado.

Estas avaliações são rea-lizadas entre os alunos do 3º ano do Ensino fundamental para avaliar o desempenho dos es-tudantes em procedimentos de Leitura – o Proalfa, e também os alunos do Ensino Fundamental e Médio em Língua Portuguesa e Matemática – o Proeb.

Em São Lourenço, a Se-cretaria Municipal de Educação constatou, através do resultado do Proalfa, que a maioria das escolas municipais aumentou sua pontuação, que gira em torno dos 600 a 707 pontos, sendo que a pontuação máxi-ma é 1000. Das seis escolas avaliadas, quatro aumentaram a sua pontuação (Cel. Manoel Dias, Melo Viana, Ismael Jun-queira e Manoel Monteiro), com destaque para a Escola Melo Viana, que obteve um aumento de 647,4 pontos para 707,3. Na avaliação do Proeb, das oito escolas avaliadas, três au-mentaram a pontuação com a avaliação do 5 ano (Escola Cel. Manoel Dias , Ismael Junqueira de Souza Manoel Monteiro) e uma aumentou a pontuação

com a avaliação do 9 ano (Dr. Emílio Abdón Póvoa).

Este Sistema de monito-ramento reúne informações administrativas e medidas educacionais, o que permite a análise comparativa de um amplo conjunto de indicado-res ao longo do tempo. Dessa forma, há uma facilidade no acompanhamento do proces-so de ensino e aprendizagem na escola, para que a gestão educacional e escolar verifi-que a qualidade e dos resul-tados da escola em relação ao estado e às instâncias regionais de ensino.

Através da nova gestão municipal, a expectativa é de que nas próximas avaliações, o aumento seja progressivo em todas as escolas.

Tem início na pró-xima segunda-feira, 18, o período de ca-dastramento escolar para Educação Infan-til, 4 a 5 anos, e tam-bém para as Creches, crianças de 4 meses até 3 anos, da rede pública de Ensino de São Lourenço. O pra-zo para realização dos cadastros segue até o dia 29 deste mês de setembro.

Creches As vagas nas cre-

ches da rede pública atendem crianças com 4 meses até 3 anos completos, ou que irão completar essas ida-des até 30 de junho de 2018. Para cadastrar e garantir uma vaga é preciso comparecer na

Secretaria Municipal de Educação com uma cópia da certidão de nascimento do candi-dato e também de uma conta de luz recente. Os pais que já haviam deixado o nome de seus filhos na lista de espera também devem fazer o cadastro.

A Secretaria está localizada na rua Aris-totelina Bittencourt, 99, no bairro Santa

Terezinha e o atendi-mento é realizado de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h.

Educação InfantilPara a Educação In-

fantil podem se cadas-trar alunos de 4 anos ou que vão completar essa idade até 30/06/2018 e também alunos de 5 anos vindos de outras lo-calidades ou transferidos de escolas particulares.

Para o cadastramen-to, os pais/responsáveis devem comparecem a um posto de cadastra-mento com: Certidão de nascimento (original e cópia) e Conta de luz re-cente (original e cópia).

Os postos de cadas-tramento no município são: Escola Municipal Coronel Manoel dias Ferraz; Escola Muni-cipal Dona Ida Mas-carenhas Lage; Es-cola Municipal Doutor Emílio Ábdon Póvoa; Escola Municipal Frei Osmar Dirk´s; Esco-la Municipal Ismael Junqueira de Souza; Escola Municipal Ma-noel Monteiro; Escola Municipal Melo Viana e CEMEI Noêmia Gou-lart Ferreira.

As Quitandeiras do Carmo foram recebidas no Laboratório de Pro-cessamento de Alimentos do Campus Avançado Carmo de Minas para o curso de Formação Inicial e Continuada - FIC Vamos comer um café? O uso gastronômico do café. O curso foi especialmente ofertado para capacitá-las para prepararem e comer-cializarem alimentos com café no I Festival do Café Especial, que acontecerá no município entre 15 e 17 de setembro de 2017.

As atividades práticas ocorreram nos dias 24, 25 e 31 de agosto e foram mi-nistradas pelo gastrônomo Gabriel Freitas, com a par-ticipação da Profa. Lílian Vanessa complementando a preparação dos pratos com orientações sobre Boas Práticas de Manipu-lação. No dia 30 de agosto houve ações de planeja-mento e organização das equipes para atuarem no Festival. As participantes do curso ainda puderam conhecer as instalações do Campus. Em 05 de se-tembro as quitandeiras re-ceberam orientação para a montagem de porções, do cardápio e conserva-ção de alimentos com a professora Lílian Vanessa; e para a formação de pre-ços com o professor José

Celso de Castro.Pratos doces e sal-

gados contendo café como ingrediente foram ricamente apresentados por Gabriel Freitas, que preparou para as Qui-tandeiras: filé de frango flambado com batatas a provençal, molho jus e confit de minitomates; patê de café em canapés com presunto de parma e no pão de queijo; arroz doce com café; ragu de carne bovina com molho de café e aligot de bata-tas inglesa e baroa; ma-carrão gravatinha com molho de café; naked cake com creme de café; rosca com ganache de café e com caramelo de café com uvas passas; pão de café recheado com muçarela e tomate.

Gabriel Freitas co-mentou que foi desafia-

dor, interessante e muito gratificante elaborar pre-parações com café, es-pecialmente as salgadas; mas que este ingrediente oferece aroma, sabor e textura inusitados e sur-preendentes aos pratos.

Este FIC foi realizado com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Carmo de Minas, que se-lecionou as Quitandeiras e forneceu o material. E contou com o apoio das alunas do Curso Técnico em Alimentos Ester Naza-reth Policarpo da Graça, Eveline Silva Carneiro e Natália Moreira Mafra para a realização das ativida-des práticas.

O projeto “Vamos co-mer um café?” foi iniciado em 2015 pela professora Lílian Vanessa.

FONTE: IF Sul de Minas

posições do torneio conti-nental, o que especialistas acreditam ser possível, a Seleção Juvenil irá jogar as Olimpíadas da Juven-tude, em Buenos Aires, na Argentina.

No próximo dia 22 de setembro a atleta vai para o Centro de Treinamento da Seleção Brasileira de Rugby, em São José dos Campos/SP, onde pas-sará três dias treinando com a seleção.

Há 4 anos desenvol-vendo o projeto na cidade, o São Lourenço Rugby se mostra cada dia mais capaz de contribuir com o desenvolvimento do esporte e dos jovens na cidade.

Atualmente o projeto oferece a prática do es-porte na Escola Estadual Antônio Magalhães Alves (Polivalente), para os alu-nos do 9º ao 3ºano, atin-gindo cerca de 350 alunos diretamente.

Após a primeira tempo-rada de treinos, o clube realizou um Torneio de Rugby entre os alunos,

colocando em prática oque foi aprendido.

O projeto agora irá apresentar o Rugby para os alunos de 5º ao 7º da

escola para em breve promover um Torneio no Parque das Águas en-volvendo outras escolas do município.

Page 4: Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de ... · Desfile Cívico e Militar em comemoração ao 7 de Setembro Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes jornalcp@correiodopapagaio.com.br

Terça-feira, 12 de setembro de 2017Pág 4 :: Correio do PapagaioGerais

Em abril deste ano, a secretária Macaé esteva na aldeia em Caldas que irá receber os Jogos Indígenas para um encontro de preparação para o torneio. Foto; Eric Abreu (ACSSEEMG)

Aldeia Xucuru-Kariri, em Caldas, receberá Jogos dos Povos Indígenas de Minas Gerais

Competição tem objetivo de promover práticas esportivas tradicionais dos povos indígenas em Minas

A aldeia Xucuru-Kariri, do município de Caldas, no Território Sul, recebe-rá, a partir do dia 13 de setembro, os Jogos dos Povos Indígenas de Mi-nas Gerais (JPIMG), uma competição esportiva que tem o objetivo de promo-ver, difundir, fortalecer e valorizar as práticas esportivas tradicionais dos Povos Indígenas de Minas Gerais. O torneio, que chega a sua 5ª edi-ção, acontece até o dia 17 de setembro.

Atualmente, o JPIMG é o maior evento voltado para a população indíge-na em Minas Gerais. Nos Jogos se promove o en-contro, se compartilham ideias, sendo um instru-mento de fortalecimento da identidade indígena e de valorização das diver-sidades culturais.

A expectativa é de par-ticipação de 600 indíge-nas, de 11 etnias de todo o Estado de Minas Gerais. O JPIMG 2017 é uma realização do Conselho dos Povos Indígenas do Estado de Minas Gerais (COPIMG), em parceria com a Secretaria de Es-tado de Educação (SEE), com a Secretaria de Esta-do de Esportes (SEESP) e a Prefeitura Municipal de Caldas, com o apoio das secretarias de Estado de Cultura (SEC), Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (SE-DPAC) e Saúde (SES).

Os Jogos Indígenas surg i ram no se io da própria comunidade in-dígena. Por dois anos, através do COPIMG, os indígenas pleitearam re-cursos para realizar o evento, até que em 2012 conseguiram realizar a primeira edição com re-cursos assegurados pela emenda da Comissão de Participação Popular da

Assembleia Legislativa.A primeira edição dos

Jogos foi sediada pelo Povo Xakriabá, em São João das Missões, em 2012, e contou com a participação de 403 indí-genas. A segunda edição aconteceu em 2013, na Aldeia Guarani Pataxó, em Carmésia, e contou com a participação de 526 participantes. A ter-ceira foi recebida pelos Krenak, em Resplendor, em 2014, contando com a participação de 541 indígenas. A IV Edição dos Jogos aconteceu na Aldeia Verde do Povo Maxakali, em Ladainha, e contou com a partici-pação de cerca de 822 indígenas.

São oito as modalida-des esportivas: derruba o toco, arco e flecha, cabo de guerra, zarabatana, corrida do maracá, bo-dok, arremesso de lança e futebol.

Escolas indígenasMinas Gerais tem mais

17.500 indígenas em seu território, de 12 povos, que estão distribuídos em seis regiões do estado. O atendimento escolar

é realizado pelo Estado em 17 escolas indíge-nas – duas turmas estão vinculadas a escolas não indígenas – que atendem, aproximadamente, 4.200 alunos das etnias Kaxixó, Krenak, Maxakali, Pata-xó, Pankararu, Xacriabá, Xucuru-Kariri e Mokurin. O atendimento escolar ocorre em 64 endereços e as unidades de ensino estão localizadas em 11 municípios.

Em abril deste ano, a secretária de Estado de Educação, Macaé Eva-risto, esteve na comuni-

dade para o encontro de preparação dos Jogos Indígenas. “A escola tem um papel importante na construção dos jogos indígenas nesta comu-nidade. É uma demanda desses povos que traba-lhemos para garantir a participação de todas as etnias e, também, contri-buir para uma maior arti-culação com povos que não são do estado para participarem da competi-ção”, disse Macaé.

Fonte:Elian Oliveira / Se-cretaria de Educação-MG

RECEITA

Ganhador da loteriaO homem chega esbaforido em

casa.- Mulher, arruma as suas coisas

que eu ganhei na loteria!- Nossa, meu bem, que bom! Eu

coloco roupa de frio ou calor?- Bota o que você quiser! - respon-

de o marido. - Desde que você se mande dessa casa até a meia-noite!

Concurso de Piadas numCampo de Concentração

Quatro soldados de diferentes países (um americano, um japonês, um espanhol e um português) encon-travam-se presos em um campo de concentração.

O sádico diretor do campo, dispos-to a divertir-se com esses pobres sol-dados, resolveu promover um teste: todos deveriam contar piadas.

Se as piadas fossem boas e todos da prisão rissem (incluindo o diretor), suas vidas seriam poupadas. Caso contrário, a forca seria o destino do

comediante sem talento...O primeiro foi o americano: con-

tou uma piada engraçadíssima e todos riram, menos o português. O diretor, assistindo a impassividade do português, clamou: “Matem esse americano sem graça!”

E lá se foi o pobre gringo...O próximo era o japonês: contou

uma piada ainda mais engraçada que ele tinha lido num Boletim do Humor Tadela.

Mais uma vez, todos riram, menos o português. Perante o rosto sério do lusitano, o diretor ordenou: “Matem esse japonês que não sabe contar piadas!”

E chegou a vez do espanhol. As-sim que começou, o português caiu na risada.

E passou a rir sem parar! O diretor, não entendendo o ocorrido,perguntou ao português:

— Mas, homem, o espanhol mal começou a contar a piada... Do que você está rindo?

— Ora, foi muito boa a piada do americano!

Modo de Preparo:- Comece preparando o molho de

pêra.- Bata no liquidificador, o azeite ex-

tra virgem, suco de limão, as peras, o iogurte natural.- Acerte o sal, polvilhe as raspas

de limão, mexa delicadamente e reserve.- Numa panela grande ferva 5

litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver.- Deixe cozinhar de acordo com o

tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.Escorra a massa e esfrie em água

corrente.- Coloque num refratário grande,

acrescente o molho de pêra e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes.- Junte o queijo cottage, o peito

de peru, os tomates cereja, nozes, castanha do para, misture delica-damente.- Decore com as folinhas de man-

jericão e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porçõesTempo de Preparo: 20 minutos

Variação: Querendo substitua a pêra por melão.

Salada Nutritiva

Ingredientes:- 1 embalagem de Penne Grano

D’Oro Adria- 200g de queijo cottage, em

cubos- 300g de peito de peru, em cubos- 15 tomates cereja, cortados ao

meio- 100g de nozes, picadas- 100g de castanha do pará,

picadas- Sal e folhinhas de manjericão a

gosto

Molho de Pêra:- 6 colheres (sopa) de azeite extra

virgem- 1 colher de (sopa) de suco de

limão- 2 pêras médias, picadas- 1 iogurte natural desnatado - Sal e raspas de limão a gosto

CINEMA15 de Setembro

Sexta

Sessão de Terror com o filme It a Coisa às 23:55h

14 de Setembro(Quinta-feira)

CAFETERIA FINOSABOR

Música ao vivo com Cyro Costa e Beto Moreira (MPB)

15 de Setembro(Sexta-feira)

TABERNA DO PAUL

Show Sertanejo com Moi-sés Bira e banda a partir das 23:45

GASOLINE ROCK BAR

Música ao vivo com Banda Versão Contrária

16 de Setembro(Sábado)

TABERNA DO PAUL

Show de Rock com com a Banda RADIOZARA a partir das 23:45

GASOLINE ROCK BAR

Música ao vivo com Banda Banda Três

RESTAURANTE PALA-DAR MINEIRO

Música ao vivo comBeto Matos

MINEIROCA BAR

Música Sertaneja com Gus-tavo & Guilherme

PIADAS

CRUZADAS