Colet¢nea de Atualidades - ?tanea-Atu...  e pelo Enem. Com a exposi§£o que...

download Colet¢nea de Atualidades - ?tanea-Atu...  e pelo Enem. Com a exposi§£o que ganhou na m­dia em

of 37

  • date post

    12-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    217
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Colet¢nea de Atualidades - ?tanea-Atu...  e pelo Enem. Com a exposi§£o que...

  • Coletnea de Atualidades

    Prof Daniel Augusto

    2018

  • Acidente em Mariana (MG) e

    seus impactos ambientais

    Em 05 novembro de 2015, ocorreu o pior

    acidente da minerao brasileira no

    municpio de Mariana, em Minas Gerais. A

    tragdia ocorreu aps o rompimento de

    uma barragem (Fundo) da mineradora

    Samarco, que controlada pela Vale e pela

    BHP Billiton.

    O rompimento da barragem provocou

    uma enxurrada de lama que devastou o

    distrito de Bento Rodrigues, deixando um

    rastro de destruio medida que avana

    pelo Rio Doce. Vrias pessoas esto

    desabrigadas, com pouca gua disponvel,

    sem contar aqueles que perderam a vida

    na tragdia. Alm disso, h os impactos

    ambientais, que so incalculveis e,

    provavelmente, irreversveis.

    Principais impactos ambientais

    O acidente em Mariana liberou cerca de 62

    milhes de metros cbicos de rejeitos de

    minerao, que eram formados,

    principalmente, por xido de ferro, gua e

    lama. Apesar de no possuir, segundo a

    Samarco, nenhum produto que causa

    intoxicao no homem, esses rejeitos

    podem devastar grandes ecossistemas.

    A lama que atingiu as regies prximas

    barragem formou uma espcie de

    cobertura no local. Essa cobertura, quando

    secar, formar uma espcie de cimento,

    que impedir o desenvolvimento de muitas

    espcies. Essa pavimentao, no entanto,

    demorar certo tempo, pois, em virtude da

    quantidade de rejeitos, especialistas

    acreditam que a lama demorar anos para

    secar. Enquanto o solo no seca, tambm

    impossvel realizar qualquer construo no

    local.

    A cobertura de lama tambm impedir o

    desenvolvimento de espcies vegetais,

    uma vez que pobre em matria orgnica,

    o que tornar, portanto, a regio

    infrtil.Alm disso, em virtude da

    composio dos rejeitos, ao passar por um

    local, afetaro o pH da terra e causaro a

    desestruturao qumica do solo. Todos

    esses fatores levaro extino total do

    ambiente presente antes do acidente.

    O rompimento da barragem afetou o rio

    Gualaxo, que afluente do rio Carmo, o

    qual desgua no Rio Doce, um rio que

    abastece uma grande quantidade de

    cidades. medida que a lama atinge os

    ambientes aquticos, causa a morte de

    todos os organismos ali encontrados,

    como algas e peixes. Aps o acidente,

    vrios peixes morreram em razo da falta

    de oxignio dissolvido na gua e tambm

    em consequncia da obstruo das

    brnquias. O ecossistema aqutico desses

    rios foi completamente afetado e,

    consequentemente, os moradores que se

    beneficiavam da pesca.

    A grande quantidade de lama lanada no

    ambiente afeta os rios no apenas no que

    diz respeito vida aqutica. Muitos desses

    rios sofrero com assoreamento,

    mudanas nos cursos, diminuio da

    profundidade e at mesmo soterramento

    de nascentes. A lama, alm de causar a

    morte dos rios, destruiu uma grande regio

    ao redor desses locais. A fora dos rejeitos

    arrancou a mata ciliar e o que restou foi

    coberto pelo material.

    Por fim, espera-se que a lama, ao atingir o

    mar, afete diretamente a vida marinha na

    regio do Esprito Santo onde o rio Doce

    encontra o oceano. Bilogos temem os

    efeitos dos rejeitos nos recifes de corais de

    Abrolhos, um local com grande variedade

    de espcies marinhas.

    Fonte: Brasil escola

    http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/minas-gerais.htmhttp://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/impactos-ambientais.htmhttp://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/impactos-ambientais.htm

  • Tarefa Mnima

    1- Em novembro de 2015 ocorreu um dos maiores desastres ambientais do nosso pas: O acidente em Mariana (MG). Sobre esse acidente, marque a alternativa correta:

    a) O acidente em Mariana ocorreu em virtude da liberao de uma grande quantidade de petrleo no mar, o que causou a morte de vrias espcies.

    b) O acidente em Mariana ocorreu porque vrios produtos radioativos foram liberados no local sem a devida proteo.

    c) O acidente em Mariana refere-se ao desmatamento de uma grande rea de floresta nesse local, o que causou a morte de vrias espcies.

    d) O acidente em Mariana ocorreu em razo do rompimento de uma barragem de rejeitos de minerao.

    e) O acidente em Mariana ocorreu por causa da exploso de uma usina nuclear no local.

    2- O acidente em Mariana (MG), em 2015, provocou uma srie de impactos negativos no meio ambiente. O rompimento da barragem de rejeitos de minerao levou lama, por exemplo, aos rios, afetando diretamente a cadeia alimentar. Sobre esse assunto, marque a alternativa incorreta:

    a) O acidente de Mariana, apesar de causar grades danos a outras reas, causou pouco prejuzo no que diz respeito ao ambiente aqutico, uma vez que a lama liberada no possua produtos txicos, no afetando, portanto, os peixes no local.

  • b) A lama que chegou aos rios provocou a morte de peixes, pois o produto obstrua a brnquia desses organismos. Com a morte de vrias espcies, a cadeia alimentar ficou prejudicada.

    c) A cadeia alimentar ficou prejudicada porque muitos indivduos de diferentes espcies morreram tanto em terra quanto nos ambientes aquticos atingidos pela lama da mineradora.

    d) Algas e plantas aquticas tambm morreram nos rios atingidos pela lama que foi liberada com o rompimento da barragem, o que afetou diretamente a cadeia alimentar dos ambientes aquticos.

    e) A lama diminuiu o oxignio dos rios atingidos, o que causou a morte dos organismos aquticos.

    3- O homem, frequentemente, provoca danos ao meio ambiente. Um dos mais recentes e tambm mais devastadores foi o acidente em Mariana, em 2015. Entre os pontos listados abaixo, marque um problema que no pode ser atribudo ao rompimento da barragem de rejeitos.

    a) Modificao da cadeia alimentar dos rios da regio.

    b) Assoreamento dos rios da regio.

    c) Alterao do pH do solo da regio.

    d) Alterao da fertilidade do solo da regio.

    e) Aumento de oxignio disponvel nos rios da regio.

    Tarefa Complementar

    1- O acidente em Mariana foi considerado um dos maiores desastres ambientais da nossa histria. Segundo alguns estudiosos, sero necessrios mais de 10 anos para recuperar os danos causados, por exemplo,

    ao rio Doce. Sobre o tema, marque o item correto:

    a) O rio Doce foi afetado apenas em sua fauna, uma vez que apenas peixes morreram em decorrncia do desastre.

    b) A oxigenao da gua do rio Doce no foi alterada, uma vez que a grande quantidade de lama sedimentou-se logo aps o acidente.

    c) A recuperao do rio Doce depende, principalmente, da recuperao da oxigenao da gua, pois s assim organismos podero voltar ao rio.

    d) A destruio de algas e plantas aquticas presentes no rio Doce no afeta a vida aqutica e, portanto, o foco da recuperao deve ser o restabelecimento dos peixes no local.

    e) O rio Doce, aps o acidente, morreu completamente, no havendo a menor chance de recuperao daquelas guas.

    2- O rompimento de barragem em

    Mariana causou mortes em Minas Gerais,

    e a lama atingiu o Rio Doce at o Esprito

    Santo e chegou ao oceano. Sobre a

    tragdia em Mariana, analise as

    afirmaes abaixo e identifique a(s)

    correta(s):

    I- Mais de 10 pessoas morreram em razo desse rompimento, considerado um dos maiores desastres ambientais do pas, resultado de uma combinao de negligncia e descaso. II- Um dos prejuzos desse rompimento se refere remoo e ao comprometimento de trechos significativos da vegetao ciliar, associados a rios, crregos e solos saturados. III- A Samarco a empresa que opera o complexo de barragens na regio de Mariana (MG), e suas acionistas so a

  • brasileira Vale e a anglo-australiana BHP Billiton. IV- No se trata de um desastre natural, mas, sim, de um desastre provocado por uma atividade econmica e, nesse caso, cabe reparao de danos, alm das multas decorrentes.

    a) Apenas a afirmao II esto corretas.

    b) Apenas as afirmaes I e II esto corretas.

    c) Apenas as afirmaes II e IV. d) Apenas as afirmaes I e III. e) Todas as afirmativas esto

    corretas.

    Gabarito

    TM

    1-D

    2-A

    3-E

    TC

    1-C

    2-E

    Como a crise de refugiados

    pode aparecer nos

    vestibulares e Enem

  • O mundo vive atualmente a mais grave

    crise de refugiados desde a Segunda

    Guerra Mundial. A Organizao das Naes

    Unidas (ONU) estima que mais de 300 mil

    pessoas tentaram cruzar o Mar

    Mediterrneo para chegar Europa em

    2015. A maioria dos migrantes vem da

    frica e do Oriente Mdio, fugindo de

    perseguies polticas e guerras, como a

    que castiga a Sria desde 2011. Mas nem

    todos conseguem chegar ao seu destino

    final. A travessia perigosa, feita em

    embarcaes precrias geralmente

    superlotadas. Em 2015, cerca de 2,5 mil

    pessoas j morreram afogadas no Mar

    Mediterrneo. Entre as vtimas est o

    garoto srio Aylan Kurdi. A imagem de seu

    corpo estendido na praia turca de Bodrum

    comoveu o mundo e chamou a ateno

    para o drama dos refugiados.

    Os pases europeus tm dificuldade em

    lidar com este enorme fluxo de

    estrangeiros e tentam estabelecer uma

    ao coordenada para receber os

    refugiados. Os migrantes geralmente

    aportam na Europa pela Grcia ou pela

    Itlia e, de l, muitos tentam chegar

    Alemanha. O pas mais prspero da Unio

    Europeia prometeu abrigar 800 mil

    refugiad