Civiliza§µes fluviais: Mesopot¢mia e Egito

download Civiliza§µes fluviais: Mesopot¢mia e Egito

of 14

  • date post

    07-Jan-2016
  • Category

    Documents

  • view

    297
  • download

    8

Embed Size (px)

description

Civilizações fluviais: Mesopotâmia e Egito. Taiane Mendes Taborda História. Mesopotâmia e Egito. MESOPOTÂMIA: terra entre rios. - Localização: Entre os rios Tigre e Eufrates (atual Iraque), Crescente Fértil - PowerPoint PPT Presentation

Transcript of Civiliza§µes fluviais: Mesopot¢mia e Egito

  • Civilizaes fluviais: Mesopotmia e EgitoTaiane Mendes TabordaHistria

  • MESOPOTMIA: terra entre rios- Localizao: Entre os rios Tigre e Eufrates (atual Iraque), Crescente FrtilFoi sucessivamente invadida por povos como sumrios, acdios, amoritas, assrios e caldeus. Cada um desses povos dominou a Mesopotmia em um determinado momento.7000 a.C. Surgimento de aldeias sedentrias4000 a.C Constituio de mltiplas cidades-Estado no sul mesopotmico.Alta MesopotmiaMdia e Baixa Mesopotmia

  • Os povos mesopotmicosAs enchentes do Tigre e Eufrates so mais violentas que as do Nilo, na maioria das vezes provocando inundaes violentas. (Mito do dilvio)Os sumrios e os acdios: Os sumrios vieram do Planalto do Ir e fixaram-se na Caldia Smer: Aperfeioaram tcnicas de irrigao, arquitetura, artes, comrcio. + antiga forma de escrita: cuneiforme- 3000 a.C. Revoluo Urbana: A organizao poltica e administrativa desse povo deu origem cidades-Estado como Ur, Uruk, Nipur e Lagash. Os chefes eram chamados de Patesi, reis-sacerdotes que acumulavam funes religiosas, militares e administrativas- 2350 a. C. Os ncleos sumrios ficaram sob domnio de um povo de origem semita, os acdios, que formaram o Imprio Acdio- primeiro unificao.

  • Os amoritas ou babilnicos:1900 a.C. : sumrios e acdios foram dominados pelos amoritas, tambm de origem semita, que criaram o Imprio Babilnico.Hamurbi: unificou toda a mesopotmia. Durante seu governo, a cidade da Babilnia tornou-se um grande centro comercial. Criou o maior cdigo de leis Cdigo de Hamurbi: Lei de Talio (olho por olho e dente por dente)

    A morte de Hamurbi levou o Imprio decadncia, motivada por novas ondas migratrias.

  • Os assrios e os caldeus:1300 a.C.: Ascenso dos assrios (norte da Mesopotmia, Planalto de Assur) Imprio AssrioTiveram o primeiro exrcito organizado da histria, com tropas de arqueiros e lanceiros, carros de combate e cavalaria. Chegaram a conquistar os territrios da Armnia, Sria, Palestina e Egito. Tratavam os vencidos com extrema crueldade: mutilaes, torturas e deportaes.- 612 a. C.: Os caldeus derrotaram os assrios e fundaram o Segundo Imprio Babilnico- Nabucodonosor foi o rei que promoveu o pice do desenvolvimento arquitetnico; muralhas da cidade, Torre de Babel e Jardins Suspensos da Babilnia.

  • Economia e vida social- Diviso social: Nobres, guerreiros, sacerdotes e funcionrios ocupavam posies privilegiadas. Na base da pirmide social estavam os escravos e os camponeses. Nas cidades, os artesos produziam vasilhas de argila, vidro, pedra e madeira. Fabricavam cerveja, tijolos, tecidos, couro, objetos de metal.Cincia e arquiteturaEstudavam os corpos celestes e seus movimentos, inventores do astrolbio, desenvolveram a astrologia e a astronomia, assim como aperfeioaram estudos matemticos (lgebra, crculo 360). Calendrio lunar, semana de 7 dias, ano de 12 meses foram contribuies deles.Zigurates: Templos altos e majestosos para que ficassem mais prximos do cu.Religio e literaturaDeuses antropomrficos masculinos e femininos.Acreditavam na vida aps a morte, mas com a idia de ser um estgio diminudo da vida

  • POVOLDERCIDADE(S)CARACTERSTICASSumriosPatesi (rei)Ur, Uruk, Nippur, LagashEscrita cuneiforme; ZiguratesAcdiosSargo IIdem aos sumriosUnificao;AmoritasHamurbiBabilniaCdigo de Hamurbi Assrios AssurbanipalAssur, NniveViolnciaCaldeusNabucodonossorBabilniaConquistas territoriais; construes (Jardins Suspensos).

  • s margens do Nilo: o EgitoLocalizao: Nordeste da frica, territrio predominantemente desrtico.Economia: Agricultura irrigadaRegime de cheias: Entre os meses de junho a outubro, as guas cobriam as margens desrticas do Nilo. Quando o rio voltava ao nvel normal, uma grossa camada de limo fertilizante (hmus) era deixada sobre a terra.Aproveitamento: Por meio de grandes obras hidrulicas, realizavam a drenagem dos pntanos e distribuam a gua por diques e canais.Cultivos: Trigo, cevada, linho, papiro, legumes e frutas.Animais: Bois, carneiros, aves e porcos

  • Uma sociedade diversificadaEscravosCamponesesArtesos, comerciantes, soldadosSacerdotes, escribas e funcionrios pblicosFara

  • A terra dos deusesPolitestasAntropozoomrfica (seres hbridos)Atribuam a condio de deuses e deusas s foras da natureza o sol, o cu, a terra e o Rio NiloEram associadas aos acontecimentos da vida diria, morte a aos fenmenos naturaisAton, o deus nicoAmenfis IV tentou implementar culto a um deus nico para diminuir a autoridade crescente dos sacerdotes Akenaton

  • Dois reinos, trs impriosNomos: pequenas aldeias independentes (nomarcas)Por volta de 3200 a. C. ocorreu a unificao do Egito, que passou a estar submetido autoridade de um nico soberano, o Fara (senhor de todas as terras)Filho de R, o deus-sol, detinha a administrao, os tribunais de justia, chefiava os templos, liderava o exrcito, intervinha no comrcio, nas minas, nos celeiros

  • s margens do Nilo: o EgitoPerodos da histria poltica do Egito:Antigo Imprio: (capital em Mnfis) caracterizou-se pelas grandes obras de irrigao e pelo desenvolvimento da agricultura, alm da construo das grandes pirmides

    Mdio Imprio (2052 a.C): (capital em Tebas) Perodo prspero marcado pela expanso territorial e pelo incio das relaes culturais entre os egpcios e outros povos. Teve seu declnio quando o Egito foi conquistado pelos hicsos.

    Novo Imprio ( 1539 525 a. C) Resultou da unio dos egpcios contra os hicsos. Escravizaram os hebreus, conquistaram a Nbia, Palestina, Etipia, Sria e Fencia

    VII- Invadidos pelos assrios, 525 a.C. pelos persas, 332 a.C por Alexandre da Macednia, 30 a.C pelos romanos

  • A chave da escrita egpciaPedra de Roseta: Lpide de basalto preto com trs escritas diferentes Hieroglfica (sagrada)Hiertica (administrativa)Demtica (popular)