Capítulo 02. Comunidades abertas de prática e redes...

download Capítulo 02. Comunidades abertas de prática e redes ...oer.kmi.open.ac.uk/wp-content/uploads/cap02_

of 17

  • date post

    11-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Capítulo 02. Comunidades abertas de prática e redes...

  • 1

    Recursos Educacionais Abertos e Redes Sociais : coaprendizagem e desenvolvimento profissional

    Captulo 02. Comunidades abertas de prtica e redes sociais de coaprendizagem da UNESCO

    Grupo de estudos UNESCO OER OU, UK & UFTM, Brasil

    Alexandra Okada, Alexandra Bujokas

    (Colaborao: Susan DAntoni, AU,Canada)

    RESUMO

    Este captulo apresenta um resumo da histria da Comunidade de Recursos Educacionais Abertos da UNESCO, considerada uma comunidade internacional de prtica organizada para disseminar o movimento de contedos abertos educacionais. Alm disso, este trabalho introduz tambm plataformas de recursos abertos de comunicao e informao, bem como redes sociais de conhecimentos abertos do Portal da UNESCO. Tais ambientes e recursos proporcionam vrias oportunidades para educadores e alunos participarem e expandirem seus conhecimentos e prticas atravs da co-aprendizagem.

    OBJETIVO DE COAPRENDIZAGEM

    O objetivo deste trabalho possibilitar reflexo sobre estas oportunidades para as pessoas se conectarem de forma inclusiva e tambm incentivar debate para promover a colaborao, bem como gerar questes-chave para promover e expandir o movimento OER.

    POSSIBILIDADE DE REUTILIZAO

    Este contedo aberto uma verso de re-autoria com base no artigo The UNESCO OER Community from collective interaction to collaborative action do livro Collaborative Learning 2.0: Open Educational Resources, reconstrudo e ampliado pelas autoras. Este captulo sob licena aberta pode ser reutilizado por quaisquer educadores, alunos, pesquisadores e usurios interessados em disseminar o movimento de OER e integrar novas questes e reflexes pessoais.

    PALAVRAS-CHAVE: interao coletiva, ao colaborativa, comunidades de REA e co-aprendizagem. 1. ABERTURA OER Timeline

    REA 01: Linha do tempo sobre movimento REA

    Autor: Ale Okada Fonte: http://www.timetoast.com/timelines/recursos-educacionais-abertos Objetivos: Visualizar linha do tempo dos principais momentos do Open Content Moviment Descrio: Linha do tempo desenvolvida no TimeToast Licena: CC BY SA

    http://openscout.kmi.open.ac.uk/tool-library/pg/profile/alexandrahttp://openscout.kmi.open.ac.uk/tool-library/pg/profile/bujokashttp://www.timetoast.com/timelines/recursos-educacionais-abertoshttp://openscout.kmi.open.ac.uk/tool-library/pg/view/9551

  • 2

    Recursos Educacionais Abertos e Redes Sociais : coaprendizagem e desenvolvimento profissional

    A imagem acima tem como objetivo convidar os leitores a refletir sobre a importncia das iniciativas de REA e a democratizao de informaes compartilhadas a [em] nvel global, atravs de contedo aberto como resultado dos rpidos avanos tecnolgicos.

    A comunidade OER (DAntoni, 2012) mostra a importncia da conexo de grupos de interesse e indivduos para refletir e debater questes-chave no movimento de REA. Esta comunidade, baseada em aes colaborativas, trabalho cooperativo e co-aprendizagem, atua como um estmulo eficaz para a partilha de conhecimentos e prticas, bem como para a implementao de novas aes coletivas para provocar mudanas.

    A WSIS KC, uma plataforma de rede sociais da UNESCO, tem como principal objetivo facilitar a escolha de informao e intercmbio, bem como para estimular o desenvolvimento comum de idias e projetos.

    Para iniciar a leitura deste captulo trazemos duas questes: Quais as principais iniciativas sobre REA da UNESCO? Como participar neste movimento OER atravs do ambiente de rede social WSIS KC UNESCO Sociedade de Informao e Comunidades de Conhecimento?

    2. INTRODUO

    A UNESCO Organizao das Naes Unidas para Educao, Cincia e Cultura foi fundada em 1945. Sua misso contribuir para a construo da paz, erradicao da pobreza, desenvolvimento sustentvel e dilogo intercultural. Para tanto, as aes da organizao se dividem em cinco reas de atuao: Educao, Cincias Naturais, Cincias Humanas e Sociais, Cultura e Comunicao e Informao.

    Uma das prioridades da UNESCO concentra-se na educao de qualidade. Sua inteno propiciar a aprendizagem ao longo da vida , a promoo da diversidade cultural e a construo de sociedades do conhecimento inclusivas, atravs da informao e comunicao e do desenvolvimento de redes de aprendizagem de amplo acesso, via Recursos Educacionais Abertos (REA).

    O Relatrio da UNESCO 2011 indicou que 776 milhes de jovens e adultos so analfabetos, o que representa 16% da populao adulta mundial, e 75 milhes de crianas continuam fora da escola primria. A maioria dessas crianas abandona a escola sem adquirir conhecimentos bsicos ou habilidades de leitura e raciocnio matemtico. Estes dados so alarmantes e trazem tona a urgncia de polticas que favoream o amplo acesso ao conhecimento. Uma das formas de se promover tal acesso so as aes de aprendizagem baseadas nos REA.

    A fim de contribuir para a divulgao do movimento de Recursos Educacionais Abertos entre os falantes de lngua portuguesa, a prxima parte deste captulo resume a histria da Comunidade de REA da UNESCO e discute aes que visam expandir o movimento. O texto tambm analisa as interaes da rede social aberta do portal da UNESCO, que propiciam vrias oportunidades para educadores e aprendizes participarem e expandirem seus conhecimentos e prticas, atravs da co-aprendizagem.

    3. RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS

    O termo Recursos Educacionais Abertos (REA) foi criado durante um evento organizado pela UNESCO em 2002. Um grupo de indivduos envolvidos no Ensino Superior de diferentes pases foram convidados para discutir o potencial do movimento aberto da iniciativa OpenCourseWare do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Esta inicitaiva do MIT tem como objetivo tornar os materiais de seus cursos abertamente disponveis na web. Os participantes desta reunio estavam muito entusiasmados com esta iniciativa, e concordaram com o seu significado importante descrito em uma Declarao Final:

    No final do Frum sobre o Impacto do OpenCourseWare do Ensino Superior nos Pases em Desenvolvimento, organizado pela UNESCO, os participantes expressam sua satisfao e seu desejo de desenvolver em conjunto um recurso educacional universal, disponvel para toda a humanidade, a ser referido doravante como Recursos Educacionais Abertos. Seguindo o exemplo do Patrimnio Mundial da Humanidade, preservado pela UNESCO, eles esperam que esse recurso aberto para o futuro mobilize toda a comunidade mundial de educadores. (UNESCO, 2002, p. 28) (traduzido pelos co-autores).

  • 3

    Recursos Educacionais Abertos e Redes Sociais : coaprendizagem e desenvolvimento profissional

    Tambm definiram o termo como a proviso de recursos educacionais abertos, ativada por tecnologias de informao e comunicao, para uso, consulta e adaptao por uma comunidade de usurios para fins no-comerciais. (UNESCO, 2002, p 24.)

    Ambas as iniciativas OER OpenCourseWare do MIT e o evento da UNESCO foram apoiados pela William e Flora Hewlett Foundation, que tem desempenhado um papel central no movimento OER, com financiamento de projetos de REA em todo o mundo. Desde 2002, seus objetivos englobam plano estratgico que utilizam as TIC para aumentar o acesso a contedos de alta qualidade educacional . O objetivo a criao de exemplares de contedo acadmico que sejam gratuitos e acessveis a todos na web. Estes exemplares abertos visam elevar o nvel de acesso aos materiais de aprendizagem acadmica, definindo um padro de prtica. Para isso, o critrio para produo de contedo educacional disponibilizado gratuitamente na web deve estabelecer padres de referncia de qualidade, organizao e distribuio (William e Flora Hewlett Foundation, 2002).

    Recursos Educacionais Abertos um termo fundamental destacado por DAntoni (2012) como conceito extremamente relevante quando seu significado conhecido e compreendido. A partilha de recursos do mundo para o bem comum ressoa com o compromisso internacional de Educao para Todos. D Antoni destaca que as organizaes internacionais de tecnologia deveriam envolver uma ampla gama de pessoas interessadas em todo o mundo em uma comunidade de interesse para explorar novas idias e compartilhar experincias. A abordagem deve ser abrangente, reunindo aqueles que normalmente nunca tm a chance de conhecer e discutir os interesses comuns, contribuies e benefcios com o movimento de educao aberta para todos.

    4. COMUNIDADE DE OER DA UNESCO

    A Comunidade OER foi lanada em 2005 pelo Instituto Internacional da UNESCO para o Planejamento Educacional (IIEP). A misso do IIEP fortalecer a capacidade dos pases de planejar e gerir seus sistemas de ensino, atravs de pesquisa, treinamento e assistncia tcnica adequados s necessidades especficas locais. O objetivo da Comunidade REA reunir pessoas interessadas em discutir o emergente movimento aberto de recursos educativos. Vrias perguntas, entretanto, foram inicialmente levantadas pelos facilitadores da comunidade OER: Quem so essas pessoas? Como elas se renem em uma comunidade internacional? Qual o objetivo da interao desta comunidade?

    Quando a comunidade OER surgiu, o conhecimento sobre o assunto REA, incluindo os interesses e expectativas de seus membros, era mnimo. Atravs de muitas discusses e eventos, pessoas de diferentes pases se filiaram nesta comunidade e se envolveram nos fruns de discusso. Estes membros representavam diferentes interesses, instituies e nacionalidades e, mesmo com diferentes culturas e idiomas, comearam a trabalhar juntos.

    O ambiente de interao inicial foi constitudo por lista de emails com forum de discusso, na qual todos tinham acesso e oportunidade de compartilhar idias, sugestes e informaes, incluindo planejamento de novas aes.

    Essas interaes coletivas, atravs de vrios eventos, produes e discusses conduziram a importantes aes colaborativas para expandir a iniciativa REA. Promover a ampla conscientizao sobre o movimento foi identificada como