Business to Consumer – B2C Conceitos Modelos de B2C Comparativo com o modelo...

download Business to Consumer – B2C Conceitos Modelos de B2C Comparativo com o modelo tradicional Requisitos de sistema B2C

of 23

  • date post

    17-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    111
  • download

    4

Embed Size (px)

Transcript of Business to Consumer – B2C Conceitos Modelos de B2C Comparativo com o modelo...

  • Slide 1
  • Slide 2
  • Business to Consumer B2C Conceitos Modelos de B2C Comparativo com o modelo tradicional Requisitos de sistema B2C
  • Slide 3
  • Business to Consumer B2C / Definio uma das modalidades de comercializao eletrnica que pode ser considerada como o varejo eletrnico. A referida modalidade se caracteriza pela definio do shopping virtual, onde as empresas instaladas na rede oferecem seus produtos ao consumidor em geral, que acessa remotamente o site dessas empresas cujos se produtos se encontram disposio para aquisio atravs da rede. o comrcio efetuado diretamente entre a empresa produtora, vendedora ou prestadora de servios e o consumidor final, atravs da Internet Sob o ponto de vista do consumidor: define uma imagem de empresa atualizada, demonstrando uma organizao de carter evolutivo, moderna e apta a oferecer um produto ou servio de qualidade.
  • Slide 4
  • Business to Consumer B2C / Caractersticas do B2C comunicao instantnea entre os vrios participantes dos sistemas de negcios Comunicao instantnea tm um alcance global e proporcionam maior acesso aos consumidores Acesso Global ao oferecer capacidade para oferecer produtos e servios em tempo real, a capacidade de personalizar mercadorias para as necessidades so maiores Personalizao disponveis 24 horas por dia, 7 dias da semana nos 365 dias do ano Aumento da disponibilidade eliminao de intermedirios ineficientes De-Intermediao facilita a automatizao de transaes eletrnica entre empresas, suporte em tempo real de troca de informaes permitindo assim um processo colaborativo Colaborao
  • Slide 5
  • Business to Consumer B2C / Desafios na implementao de B2C Para a mudana da transformao de um negcio tradicional para um comrcio eletrnico B2C, deve haver uma mudana radical organizacional. Isto torna-se particularmente difcil, devido forte resistncia mudana Mudana organizacional Adaptar o modelo tradicional para o eletronico Redesenho de negcio sistemas que representam um negcio, bem como os dos seus parceiros da cadeia de abastecimento, sejam integrados. Isso porque o poder real do negcio eletrnico efetiva-se quando os sistemas esto integrados. Sistema de integrao de obstculos Existe uma grande diferena entre ter tecnologia e utilizar devidamente essa tecnologia. Dificuldade em combinar a tecnologia para necessidades de negcios reduziu o papel de intermedirios permitindo a interao direta entre a empresa e os clientes finais. Assim, um dos principais desafios para um estabelecimento comercial tradicional se transformar numa empresa de comrcio eletrnico o de definir o papel dos intermedirios na sua cadeia de abastecimento. Papel dos intermedirios
  • Slide 6
  • Business to Consumer B2C / Desafios na implementao de B2C Customer Relationship Management provavelmente um dos mais importantes desafios, podendo ser feito pelas seguintes maneiras: Personalizao Criar um pedido de servio fcil ao cliente Fazer um site fcil de usar Construir a fidelidade dos clientes Ter visitantes do site apenas metade da batalha, pois s aps uma compra (ou vrias) que se determina o sucesso de um site B2C. Obtendo Compradores O sucesso do comrcio eletrnico B2C exige que os desejos dos clientes sejam cumpridas como prometido. Cumprimento
  • Slide 7
  • Business to Consumer B2C / Vantagens de implementao de B2C Qualquer empresa de qualquer tamanho, pode construir a sua loja virtual online, beneficiando da promoo acrescida das marcas e, ao mesmo tempo, obtendo mais receitas junto dos consumidores que acessam a Internet. A loja virtual oferece ainda a opo de comrcio eletrnico dirigido a negcios de qualquer dimenso, sejam pequenos, mdios ou grandes negcios Na realizao de uma encomenda eletrnico, consegue-se saber o que o cliente deseja pelo relatrio dos vrios passos que executa. Numa compra tradicional, se no encontrar o produto que deseja, o cliente sai da loja e no deixa nenhum registro.
  • Slide 8
  • Conceitos Modelos de B2C Comparativo com o modelo tradicional Requisitos de sistema B2C Business to Consumer B2C
  • Slide 9
  • Modelos de B2C Existem trs tipos de modelos de B2C, tais como: leiles, lojas online e servios online. Leiles Lojas online Servios Online
  • Slide 10
  • Modelos de B2C / Leiles O leilo eletrnico oferece uma aplicao eletrnico da licitao, podendo ser acompanhada de uma apresentao multimdia da mercadoria. Vantagens de leiles na internet Convenincia: Concede convenincia aos participantes de permanecerem em sua casa ou escritrio, e ainda participar no concurso, tal como no leilo tradicional. Alm disso, tambm mais conveniente para um candidato a descobrir mais sobre as mercadorias leiloadas. Flexibilidade: Leiles tradicionais permitem a sincronia de licitao exigindo que todos os licitantes participem ao mesmo tempo. Em contrapartida, a Internet permite leiles em tempos diferentes, de licitao duradoura, que podem durar dias ou semanas, o que oferece mais flexibilidade para os licitantes.
  • Slide 11
  • Modelos de B2C / Leiles / Vantagens de leilo na internet (cont.) Acesso Global: O potencial de alcance de um site baseado na Internet leilo global e, portanto, o mercado de bens leiloados muito grande. Econmica para operar: Estes leiles so mais baratos para executar as despesas relativas ao lote de infra-estrutura no necessitando de um sistema de leilo convencional.
  • Slide 12
  • Modelos de B2C / Leiles / Desvantagens de leilo na internet Desvantagens de leiles na internet Inspeo de mercadorias: Num leilo na Internet, no possvel inspecionar fisicamente as mercadorias. Os candidatos tm de confiar nas informaes prestadas ou ento pode ter que confiar em algumas imagens eletrnica dos bens em leilo. Potencialidade de fraude: A Internet proponente tem que confiar que o vendedor ser realmente bom para enviar o pagamento. Os pagamentos so feitos normalmente, fornecendo informaes de carto de crdito atravs da Internet, que normalmente seguro para o consumidor.
  • Slide 13
  • Modelos de B2C / Leiles / Sites
  • Slide 14
  • Modelos de B2C / Lojas virtuais Refere-se a uma comercializao dos produtos da empresa atravs da web. Esta pode ser feita tanto para promover a empresa, produtos e servios ou para realmente vender os produtos / servios atravs desta loja virtual. Benefcios para os clientes Preos mais baixos; Maior escolha; Melhor informao; Convenincia;
  • Slide 15
  • Modelos de B2C / Lojas virtuais / Importncia das lojas virtuais A lojas virtuais desempenham um papel estratgico para qualquer negcio na Internet. nas lojas virtuais que o visitante ser apresentado aos produtos e, e se sentir motivado para realizar a compra. Partindo-se da premissa que os produtos so de interesse do visitante e esto sendo oferecidos a um preo justo, a deciso de compra vai depender da qualidade da loja virtual em transmitir informaes precisas ao comprador; Alm da confiabilidade, segurana e facilidade de navegao encontrada.
  • Slide 16
  • Modelos de B2C / Lojas virtuais / Planejamento das lojas virtuais A rigor, lojas virtuais so uma srie de sistemas que vo interagir com o usurio; de tal forma que ele possa realizar aes que, preferencialmente, culminem com uma compra; Sistemas podem ser adquiridos de terceiros ou desenvolvidos Fundamental que funcionem dando respostas geis e eficientes aos usurios 365 dias por ano, 24 horas por dia. Estrutura das Lojas Virtuais O correto funcionamento das lojas virtuais, 24 hs por dia, 360 dias por ano depende primordialmente de um bom provedor de servios de hospedagem. No vale a pena economizar aqui. Mesmo porque, o custo desse tipo de servio est bem acessvel no Brasil, graas a grande concorrncia de fornecedores de infra-estrutura. Hospedagem das Lojas Virtuais
  • Slide 17
  • Modelos de B2C / Lojas virtuais / Planejamento das lojas virtuais (cont.) Clonagem da loja, Invaso de sistemas e acesso a informaes sigilosas. Problemas que so evitados com a certificao do site, encriptao das informaes e outras medidas de segurana j acessveis ao empreendedor na Internet. Lojas Virtuais e segurana nas transaes Tradicionalmente, o boleto bancrio e o carto de crdito so os meios mais disponibilizados pelos lojistas; Quanto mais opes de pagamento houver, melhor para os clientes; A escolha do banco e operadora de cartes que devem ser consideradas pelo lojista. Parceiros financeiros e meios de pagamento
  • Slide 18
  • Modelos de B2C / Lojas virtuais Maneiras de ganhar clientes Os comerciantes tm de tentar encontrar maneiras de ganhar vantagem competitiva em outros fatores que no apenas o preo; Lojas online necessitam de proporcionar uma experincia de compras que aborda todas as exigncias do cliente. Tambm devem tentar proporcionar um ambiente que seja fcil de explorar; A expanso da gama de servios; Relao custo-eficcia, encontrando formas de aumentar o volume de compras dos seus clientes, assim gerando mais receitas;
  • Slide 19
  • Modelos de B2C / Servios Muitas companhias usam a Internet para fornecer servios a clientes. Servios bancrios e de aes comerciais. Sites como o do Governo do Estado trouxe a facilidade para o internauta em tirar segunda via de suas contas, emplacamento do carro, etc.
  • Slide 20
  • Modelos de B2C / Servios Este tipo de servios podem tambm fornecer Seguros, baseados na Internet; Solues para a empresa e para o mercado consumidor; Transferncias bancrias; Cancelar servios pblicos,tais como o gs, eletricidade e telefone local; Televiso por cabo, Chamadas telefnicas via internet; Jornais; Revi